Departamento de Comunicação

O Palmeiras vai entrar em campo no próximo domingo (18), às 20h, para enfrentar a Ferroviária pela primeira rodada do Brasileiro Feminino. Disputada no Allianz Parque, em São Paulo-SP, a partida marca a estreia do time feminino na temporada de 2021. Os torcedores poderão acompanhar o jogo ao vivo pela TV Bandeirantes.

“Espero que o nosso time possa fazer uma boa estreia. Será uma competição muito difícil, todos os times se reforçaram e muitos mantiveram a base. Acredito que cada jogo será decidido nos detalhes, o que torna a competição mais atraente ao público e mais competitiva”, destaca a goleira Jully, que renovou por mais uma temporada e vai para o seu terceiro ano no Verdão

Jully está no clube desde a reativação do futebol feminino em 2019 (Foto: Priscila Pedroso/Palmeiras)

A equipe alviverde iniciou os treinamentos no dia 17 de fevereiro com um treino na Academia de Futebol I, na Barra Funda, em São Paulo-SP. “De início a pré-temporada não é fácil, mas já nos adaptamos bem e entramos no ritmo. A torcida pode esperar um time comprometido e bastante competitivo”, completa a arqueira palestrina. A preparação para a estreia se encerra na tarde deste sábado (17).

No ano passado, o Verdão fez história ao avançar para as semifinais dos dois campeonatos que disputou: o Brasileiro e o Paulista Feminino. Na competição nacional, o time acumulou nove vitórias, cinco empates e cinco derrotas em 19 jogos realizados. Para a edição deste ano, participam da competição os 16 melhores clubes no ranking da CBF. A primeira fase será em formato único e as oito melhores equipes avançam para as quartas de final, com duelos de ida e volta nas etapas de mata-mata até a final.

Palestrinas encerram preparação para a estreia neste sábado (Foto: Lucas Zenatti/Palmeiras)

Confira abaixo os próximos confrontos do Palmeiras no Brasileiro Feminino A1 2021:

21/04 – 15h – Avaí/Kindermann x Palmeiras
24/04 – 20h – Palmeiras x Cruzeiro
29/04 – 19h – Botafogo x Palmeiras
03/05 – 19h – Palmeiras x Grêmio
09/05 – 20h – Corinthians x Palmeiras
13/05 – 15h – Palmeiras x Real Brasília
16/05 – 18h – Santos x Palmeiras

Arqueiro do Palmeiras conquista medalhas no Parapan e garante vaga nas Paralimpíadas de Tóquio

O arqueiro Heriberto Roca fez bonito com a Seleção Brasileira no Parapan-Americano de Tiro com Arco, disputado entre os dias 22 e 28 de março, em Monterrey, no México. Além de conquistar duas medalhas de prata, o atleta também garantiu a vaga para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, previstos para os meses de agosto e setembro deste ano.

“Eu fui além das minhas expectativas no torneio e consegui bater o meu recorde pessoal com 597 pontos após 72 flechas atiradas. Com esse resultado, também tivemos o recorde das Américas”, ressalta Heriberto, que se sagrou campeão brasileiro de Tiro com Arco Paralímpico Outdoor (70m) em dezembro de 2020.

Heriberto voltou para o Brasil com duas medalhas de prata (Foto: arquivo pessoal)

Atleta do Verdão desde 2020, Roca conquistou a primeira medalha na última quarta-feira (24) na prova por equipe mista no arco recurvo (arco composto por lâmina, punho e corda). Ao lado de Fabíola Dergovics e em uma distância de 70 metros, o atleta palestrino teve atuação de destaque e ficou próximo do ouro, que terminou com o México.

Já nas competições da última sexta-feira (26), foi a vez do arqueiro disputar a final do arco recurvo masculino. No combate, o atleta foi superado pelo placar de 6 a 2, mas garantiu mais uma vaga para o Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio.

“Eu fui focado, sabia que existiam as vagas e que eu precisaria dar o meu melhor para conquistá-la. Na semifinal, o nosso técnico avisou que eu tinha conseguido a vaga, mas, ainda assim, queria mais e busquei a final. Estou muito feliz, essa será a minha terceira Paralimpíada em uma modalidade diferente e o meu objetivo é ficar entre os três melhores arqueiros do mundo”, destaca Heriberto, que foi atleta de basquete em cadeiras de rodas por 15 anos.

Arqueiro palestrino posa com companheiros de Seleção Brasileira no Parapan (Foto: arquivo pessoal)

Além de prometer dedicação para melhorar cada vez mais o seu desempenho, o atleta também sabe da importância de suas conquistas para a modalidade no país. “Quero ir até Tóquio para conquistar, pois isso é muito importante para o esporte paralímpico brasileiro de uma forma geral. Eu quero representar os deficientes e mostrar que nós temos capacidade de treinar, trabalhar e sermos atletas”, conclui.

O Brasil encerrou a participação no torneio com nove medalhas (duas de ouro, seis de prata e uma de bronze) e garantiu mais quatro vagas, de um total de cinco, para o país para os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Sete atletas do Verdão são convocadas pela Seleção Brasileira Feminina

A zagueira Tainara, as meio-campistas Julia Bianchi, Camilinha, Duda Santos e Ary Borges, e as atacantes Bia Zaneratto e Chú Santos foram convocadas na tarde desta quinta-feira (25) para a Seleção Brasileira Feminina. As atletas vão participar de treinos preparatórios, visando as Olimpíadas de Tóquio, entre os dias 5 e 13 de abril (Data FIFA), na Granja Comary, em Teresópolis-RJ.

Esse é o número recorde de atletas do Palmeiras convocadas desde a retomada da modalidade em 2019 (Fotos: Divulgação/CBF)

Essa foi a terceira convocação feita pela técnica Pia Sundhage em 2021. Em janeiro, o Brasil realizou um período de treinamentos em Viamão, no Rio Grande do Sul, e em abril, a Canarinho enfrentou as seleções da Argentina, Estados Unidos e Canadá no Torneio She Belives, em Orlando, nos EUA. Nas oportunidades, cinco palmeirenses estiveram presentes na lista de convocadas e tiveram atuações de destaque.

Além das Palestrinas, outras 18 jogadoras foram convocadas para o período de treinamento. O Palmeiras foi o clube que mais cedeu atletas na convocação ao lado da equipe do Corinthians. Desde a reativação da modalidade, esse é o número recorde de atletas do Alviverde que foram convidadas a representar o Brasil.

Os Jogos Olímpicos serão realizados entre os dias 23 de julho e 8 de agosto, em Tóquio, no Japão. O evento estava previsto para acontecer em 2020, mas, por conta da pandemia do novo coronavírus, foi adiado para este ano. Durante a realização do evento, os campeonatos Paulista e Brasileiro Feminino serão paralisados.

Departamento de Comunicação

O Verdão anunciou na noite desta quarta-feira (10) a contratação da atacante Bia Zaneratto por empréstimo. Após uma passagem rápida, mas marcante, pelo clube entre os meses de fevereiro e julho de 2020, essa é a segunda vez em que a atleta veste as cores do Alviverde na carreira.

Um dos nomes mais cotados para representar a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, previsto para julho deste ano, a atacante foi contratada por empréstimo junto ao Wuhan Xinjiyuan, clube chinês que detém os direitos federativos da atleta.

Atleta retorna ao Verdão após sete meses no Wuhan Xinjiyuan, da China (Foto: Rebeca Reis)

“Agradeço ao Palmeiras pela oportunidade e carinho. Estou muito feliz em poder retornar ao Brasil, os campeonatos estão mais competitivos e isso mostra o investimento dos clubes. Volto com o mesmo pensamento de querer agregar e contribuir para o crescimento da modalidade. Tenho certeza que esse ano será ainda mais especial para o Palmeiras feminino. Avanti Palestrinas”, diz Bia Zaneratto.

Natural de Araraquara, no interior de São Paulo, a goleadora de 27 anos conta com três disputas de Copas do Mundo na bagagem pela Seleção Brasileira (2011, 2015 e 2019) e já teve passagens por Ferroviária-SP, Santos-SP, Bangu-RJ, Vitória das Tabocas-PE, Incheon Hyundai Steel Red Angels-KOR e Wuhan Xinjiyuan-CHI.

A Imperatriz, como é conhecida pelos torcedores pela facilidade de marcar gols, participou de dois jogos pelo Palmeiras e balançou as redes uma vez em cada oportunidade. Além disso, a jogadora também se destacou nas assistências e serviu as companheiras em dois lances de gols.

Bia se junta a outras 11 atletas contratadas pelo Verdão para a temporada, são elas: Taty Amaro (goleira), Karol Arcanjo e Tainara (zagueiras); Bruna Calderan (lateral); Duda Santos, Julia Bianchi, Rafa Andrade e Katrine (meio-campistas); Chú, Dandara e Carol Baiana (atacantes).

Bia comemora primeiro gol pelo Palmeiras em 2020 (Foto: Gero Rodrigues)

Ficha técnica
Nome: Beatriz Zaneratto João
Data de nascimento: 17/12/1993 (27 anos)
Naturalidade: Araraquara-SP
Posição: Atacante
Clubes: Wuhan Xinjiyuan (2020/2021), Palmeiras (2020), Incheon Hyundai (2013/2015 a 2019), Vitória das Tabocas (2011/2012/2014), Ferroviária (2008/2009/2011) e Santos (2010).
Títulos: Copa América (2018), Yongchuan International Tournament (2017), Liga Rep. Coreia (2013, 2015, 2016 e 2019), Campeonato Pernambucano (2011), Copa Libertadores (2010) e Campeonato Paulista (2010).

Palmeiras apresenta três atletas do time feminino em coletiva na Academia de Futebol

O Palmeiras apresentou na tarde deste sábado (27) a zagueira Tainara, a meio-campista Julia Bianchi e a atacante Chú, na Academia de Futebol I, em São Paulo-SP. As atletas foram contratadas para a temporada de 2021 e vão disputar os campeonatos Paulista e Brasileiro com a camisa do Verdão.

Atacante se apresentou ao Verdão após período de treinos com a Seleção Brasileira (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Campeã do Mundial de Clubes, Chú acumula passagens pela Seleção Brasileira e teve como último clube a Ferroviária. Na coletiva de apresentação a atleta mostrou confiança no projeto do Palmeiras.

“O clube vem fazendo um ótimo trabalho nesses quase três anos de projeto. O Palmeiras tem estrutura, ótimos profissionais e comprometimento com a modalidade. Além disso, é um clube grande e de expressão. Espero representar a altura essa camisa”, disse a atacante Chú, que promete dedicação máxima na temporada.

Com atuações expressivas, Julia Bianchi foi a sensação do Brasileiro Feminino em 2020 (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Eleita na última quinta-feira (26) como a melhor meio-campista do Brasileiro Feminino pelo Prêmio Brasileirão da CBF e a melhor jogadora do futebol brasileiro pelo Prêmio Bola de Prata da ESPN Brasil, Julia Bianchi foi mais uma atleta a ser apresentada na tarde deste sábado.

“O principal desafio no Palmeiras é me tornar uma jogadora melhor. Venho para buscar a minha melhor versão e vim com o objetivo de ajudar a conquistar títulos e todos os objetivos traçados. Acredito muito no trabalho duro”, diz Julia, que estava no Avaí/Kindermann na temporada de 2020.

Mesmo jovem, Tainara é considerada uma das promessas do futebol brasileiro que virou realidade (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Para fechar a apresentação com chave de ouro, a zagueira Tainara, de 21 anos, foi mais uma atleta a conversar com a torcida por meio das perguntas dos jornalistas que cobrem a modalidade. Destaque desde as categorias de base da Seleção Brasileira, a defensora destacou a sua polivalência na entrevista.

“O futebol evoluiu muito e uma das coisas que nós somos cobradas é para sermos jogadoras versáteis. Eu venho buscando ter oportunidades em diversos setores, mas, independentemente da posição em que eu estiver, entrega não vai faltar, assim como o comprometimento e a responsabilidade”, ressalta a zagueira Tainara, que também atua como volante.

Além do trio, o Alviverde também apresentou outras oito atletas no dia 17 de fevereiro, foram elas, a goleira Taty Amaro; a zagueira Karol Arcanjo; a lateral Bruna Calderan; as meio-campistas Duda Santos, Rafa Andrade e Katrine; e as atacantes Dandara e Carol Baiana. A equipe se prepara para estrear no Brasileiro Feminino, no dia 28 de março, contra a Ferroviária, em horário e local a serem definidos pela CBF.

Palmeiras é superado pelo Santos e se despede do Brasileiro Feminino Sub-18

O Palmeiras entrou em campo na manhã deste sábado (13) e, apesar da luta, foi superado pelo Santos pelo placar de 3 a 0, no CT do Criciúma II, em Santa Catarina-SC. Com o placar, as Palestrinas se despediram do Brasileiro Feminino Sub-18 na segunda fase da competição.

Time de base chegou pela primeira vez na segunda fase (Foto: Priscila Pedroso/Palmeiras)

Mesmo com a eliminação, o time alviverde fez história no torneio nacional. Pela primeira vez, o Sub-18 avançou para a segunda fase desde a criação do campeonato, em 2019. No total, a equipe acumulou quatro vitórias, dois empates e três derrotas em nove jogos, além de 12 gols marcados e 12 sofridos.

Balançaram as redes na competição as atletas Jaqueline (quatro vezes); Carol Santos e Manuela (duas vezes cada); Taty, Naiane, Giovana e Thayná (uma vez cada).

O jogo

Digno de um clássico, o jogo começou eletrizante e com as duas equipes de lançando ao ataque. Logo nos primeiros minutos, a goleira Awanny foi exigida e mostrou segurança ao defender as finalizações da equipe santista.

As Palestrinas apostaram no toque de bola envolvente e na velocidade para encontrar espaços na defesa da equipe rival. Mesmo com luta e dedicação, o Palmeiras saiu atrás do placar aos 27 minutos. Cinco minutos depois, o Santos ampliou o placar para 2 a 0 no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Palmeiras voltou com uma substituição. A atacante Jaqueline deu lugar a lateral-esquerda Julinha, que foi um dos destaques da equipe no segundo tempo.

Aos oito minutos, Giovana deu um belo lançamento para Taty, que se lançou com velocidade a meta adversária e chutou para o gol, mas a bola foi defendida pela goleira santista.

Mesmo com uma postura bastante ofensiva na etapa final, aos 29 minutos, o Santos marcou pela terceira vez no jogo. Sendo assim, a partida terminou com a vitória do rival pelo placar de 3 a 0.

Palmeiras Feminino: Awanny (G), Carol Santos, Ana Clara, Naiane, Joice (Ludmilla), Thayná, Manuela, Brendha, Jaqueline (Julinha), Taty e Giovana. Técnico: Ricardo Belli.

Confira os resultados do Palmeiras na segunda fase do Brasileiro Feminino:

09/02 – 9h30 – Internacional 0 x 0 Palmeiras – CT Criciúma I

11/02 – 9h30 – Flamengo 1 x 1 Palmeiras – CT Criciúma Il
Gol: Carol Santos

13/02 – 9h30 – Palmeiras 0 x 3 Santos – CT Criciúma Il

Veja a campanha do Verdão na primeira fase do torneio:

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras 2 x 1 Coritiba – CT Sorocaba II
Gols: Jaqueline e Manuela

01/02 – 8h – Coritiba 2 x 5 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gols: Manuela, Taty, Naiane, Giovana e Jaqueline.

03/02 – 15h30 – Bahia 0 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba II
Gol: Jaqueline

05/02 – 10h30 – Palmeiras 1 x 2 Internacional – CT Sorocaba II
Gol: Thayná

Em Criciúma, Palmeiras empata com Flamengo pela segunda fase do Brasileiro Feminino Sub-18

O Palmeiras entrou em campo na manhã desta quinta-feira (11) para encarar o Flamengo e empatou pelo placar de 1 a 1, no CT do Criciúma II, em Santa Catarina-SC. A partida foi válida pela rodada de número dois da segunda fase do Brasileiro Feminino Sub-18 e o gol palestrino foi marcado por Carol Santos.

Palmeiras volta a campo no próximo sábado diante do Santos (Foto: Adriano Fontes/CBF)

A equipe feminina encerra a segunda fase em clássico contra o Santos no próximo sábado (13), às 9h30, no CT do Criciúma II. O Palmeiras precisa vencer a partida para avançar a terceira fase. Para assistir ao vivo, clique aqui.

A partida

O primeiro encontro das equipes no ano foi marcado pela ofensividade e oportunidades de gol criadas pelos dois lados. Aos cinco minutos, o técnico Ricardo Belli precisou fazer a primeira alteração na equipe. A lateral-direta Evelin sentiu uma lesão e deu lugar a Julinha.

Com nove minutos de jogo, o Flamengo abriu o placar com Kaylane. O Alviverde não sentiu o gol e seguiu confiante em direção ao gol adversário. Aos 15 minutos o juiz assinalou pênalti para o Verdão, mesmo com uma cobrança forte de Giovana, a goleira adversária defendeu a finalização.

Depois de sete minutos, o Verdão chegou novamente à meta adversária. Julinha cobrou escanteio, Carol Santos subiu mais alto que a defesa rival e cabeceou rente a trave no lado direito da goleira, que não teve chances de defesa. Esse foi o segundo gol da zagueira no campeonato.

Na etapa final, o Palmeiras efetuou a sua segunda modificação por opção técnica. Jaqueline entrou no lugar de Joice e a equipe manteve a mesma qualidade que apresentou no primeiro tempo.

A goleira Awanny foi bastante acionada no período e fez duas boas defesas aos oito e 13 minutos, após chutes de longa distância do ataque flamenguista. Entre os lances, aos 11 minutos, Jaqueline quase virou o placar para o Verdão, após girar e limpar a marcação e finalizar para o gol. Apesar das oportunidades criadas, o jogo terminou empatado em 1 a 1 .

Palmeiras Feminino: Awanny (G), Evelin (Julinha), Carol Santos, Ana Clara, Naiane (Ludmilla), Joice (Jaqueline (Karol) ), Thayná, Manuela, Brendha ©, Taty e Giovana. Técnico: Ricardo Belli.

Confira os jogos do Palmeiras na segunda fase do Brasileiro Feminino:

09/02 – 9h30 – Internacional 0 x 0 Palmeiras – CT Criciúma I

11/02 – 9h30 – Flamengo 1 x 1 Palmeiras – CT Criciúma Il
Gol: Carol Santos

13/02 –
9h30 – Palmeiras x Santos – CT Criciúma Il

Veja a campanha do Verdão na primeira fase do torneio:

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras 2 x 1 Coritiba – CT Sorocaba II
Gols: Jaqueline e Manuela

01/02 – 8h – Coritiba 2 x 5 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gols: Manuela, Taty, Naiane, Giovana e Jaqueline.

03/02 – 15h30 – Bahia 0 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba II
Gol: Jaqueline

05/02 – 10h30 – Palmeiras 1 x 2 Internacional – CT Sorocaba II
Gol: Thayná

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados.

Palmeiras anuncia contratação da atacante Carol Baiana, ex-Hammarby-SUE

O Palmeiras fechou nesta quarta-feira (10) a contratação da atacante Carol Baiana para o elenco feminino da temporada de 2021. Com passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira, a atleta retorna ao Brasil após oito anos fora do país.

“Joguei boa parte da minha carreira no exterior, mas sempre quis jogar no Brasil e o Palmeiras me proporcionou essa oportunidade de retornar ao meu país de uma forma grandiosa. Estou muito animada, pois o clube é conhecido mundialmente e tem muita expressão. Pretendo colaborar com minhas companheiras para conquistarmos feitos excelentes nesse ano”, destaca a atacante Carol Baiana.

Carol Baiana retorna ao Brasil após oito anos fora do país (Foto: Divulgação)

Apesar de ser natural de Petrolina-PE, Carol cresceu na cidade de Juazeiro-BA e teve o primeiro contato com o futebol aos seis anos. Com velocidade e força física, a atleta foi tricampeã do Campeonato Pernambucano pelo Vitória-PE (2011, 2012 e 2013) e passou a ser vista como uma das promessas do futebol brasileiro em 2013.

No mesmo ano, a atleta decidiu unir o estudo ao futebol e embarcou para os Estados Unidos. No país, Carol foi eleita a jogadora mais valiosa (MVP) do futebol universitário. A jogadora também teve passagens pela base da Ferroviária-SP (2008/2009) e do Bangu-RJ (2010). No profissional, atuou pelo Hammarby-SUE (2020), Dijon-FRA (2019/2020), Bordeaux-FRA (2017/2018/2019) e Orlando Pride-EUA (2017).

A atacante também chegou a jogar dois Mundiais com a Seleção Brasileira Sub-20 em 2012 e 2014 (Japão e Canadá). Carol se junta a outras 10 atletas contratadas pelo Verdão para a temporada, são elas: Taty Amaro (goleira), Karol Arcanjo e Tainara (zagueiras); Bruna Calderan (lateral); Duda Santos, Julia Bianchi, Rafa Andrade e Katrine (meio-campistas); Chú e Dandara (atacantes).

Atacante é a 11ª contratação do Palmeiras para a temporada de 2021 (Foto: Divulgação)

Ficha técnica
Nome:
Ana Caroline Martins Rodrigues
Data de nascimento: 28/10/1994 (26 anos)
Naturalidade: Petrolina (PE)
Posição: Atacante
Clubes: Hammarby-SUE (2020), Dijon-FRA (2019/2020), Bordeaux-FRA (2017/2018/2019), Orlando Pride-EUA (2017) e Vitória das Tabocas-PE (2012).
Títulos: tricampeã do Campeonato Pernambucano (2011, 2012 e 2013).

Palmeiras empata sem gols com o Internacional na primeira rodada da 2ª fase do Brasileiro Feminino Sub-18

O Palmeiras entrou em campo na manhã desta terça-feira (09) para encarar o Internacional pela primeira rodada da 2ª fase do Brasileiro Feminino Sub-18 e empatou pelo placar de 0 a 0, no CT do Criciúma I, em Santa Catarina-SC.

Verdão volta a campo na próxima quinta-feira (11) contra o Flamengo (Foto: Adriano Fontes/CBF)

As Palestrinas voltam a atuar na próxima quinta-feira (11), às 9h30, contra o Flamengo, em partida válida pela segunda rodada da competição, no CT do Criciúma II. Para assistir ao vivo, clique aqui.

A equipe de base do Verdão se classificou para a etapa dois ao se manter na vice-liderança do grupo A com 12 pontos e ser o primeiro melhor segundo colocado da competição. O Alviverde acumulou quatro vitórias e duas derrotas em seis jogos, além de 11 gols marcados e oito sofridos.

O confronto

No terceiro jogo entre as equipes no Brasileiro Feminino Sub-18, o equilíbrio foi predominante mais uma vez. A primeira oportunidade da equipe do Verdão surgiu aos 15 minutos do primeiro tempo, após chute da atacante Thayná e defesa da goleira Gabriela, do Internacional.

Marcada pelo estudo entre as equipes e pela disputa da bola no meio-campo, a etapa inicial ainda contou com boa e segura defesa da goleira Awanny aos 27 minutos. O primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0.

Na etapa final, o técnico Ricardo Belli fez uma alteração no intervalo e a atacante Jaqueline deu lugar a meia-atacante Taty. Com a característica da velocidade, a atleta levou perigo a meta gaúcha aos 15 minutos, quando limpou a marcação e chutou forte para o gol.

Aos 39 minutos de jogo, a zagueira Carol estava bem posicionada na área e se aproveitou de um rebote para finalizar para o gol. A camisa quatro quase abriu o placar para o Verdão nos últimos minutos de jogo, mas a partida terminou empatada em 0 a 0.

Palmeiras Feminino: Awanny (G), Evelin ©, Carol Santos, Ana Clara, Naiane, Joice, Thayná, Manuela, Brendha (Julinha), Jaqueline (Taty) e Giovana. Técnico: Ricardo Belli.

Essa é a primeira vez em que o Verdão disputa a 2ª fase do torneio (Foto: Adriano Fontes/CBF)

Confira os jogos do Palmeiras na segunda fase do Brasileiro Feminino:

09/02 – 9h30 – Internacional 0 x 0 Palmeiras – CT Criciúma I
11/02 – 9h30 – Flamengo x Palmeiras – CT Criciúma Il
13/02 – 9h30 – Palmeiras x Santos – CT Criciúma Il

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados.

Veja a campanha do Verdão na primeira fase do torneio:

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras 2 x 1 Coritiba – CT Sorocaba II
Gols: Jaqueline e Manuela

01/02 – 8h – Coritiba 2 x 5 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gols: Manuela, Taty, Naiane, Giovana e Jaqueline.

03/02 – 15h30 – Bahia 0 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba II
Gol: Jaqueline

05/02 – 10h30 – Palmeiras 1 x 2 Internacional – CT Sorocaba II
Gol: Thayná

Palmeiras conhece adversários da segunda fase do Brasileiro Feminino Sub-18

O time feminino Sub-18 do Verdão garantiu no último sábado (06) a classificação inédita para a segunda fase do Brasileiro Feminino da categoria. Com a melhor campanha entre os segundos colocados, o Palmeiras está no Grupo G e vai enfrentar as equipes do Internacional, Flamengo e Santos, no CT do Criciúma, em Criciúma-SC.

Na segunda fase, os oito melhores times foram divididos em dois grupos, que se enfrentam dentro de cada chave em turno único. Dessa forma, classificam-se os dois primeiros colocados de cada grupo para a semifinal. No grupo H estão Ferroviária, Fluminense, Avaí/Kindermann e São Paulo. A competição teve início com 24 clubes participantes.

Palmeiras avançou à segunda fase pela primeira vez na história (Foto: Flávio Torres/Divulgação)

Clique aqui e confira a ficha técnica das representantes do Verdão na competição.

As Palestrinas encerraram a primeira fase na vice-liderança do grupo A com 12 pontos. O Alviverde acumulou quatro vitórias e duas derrotas em seis jogos, além de 11 gols marcados e oito sofridos. A artilheira do Alviverde é a atacante Jaqueline, que balançou as redes quatro vezes no torneio.

Histórico 

Em sua estreia no Brasileiro Sub-18, em 2019, o time feminino do Palmeiras terminou a primeira fase na vice-liderança do Grupo A04, com 11 pontos (61% de aproveitamento). No total, as Palestrinas acumularam três vitórias, dois empates e uma derrota, além de nove gols marcados e seis sofridos. Mesmo com o retrospecto positivo, o time se despediu da competição na primeira fase por não ser um dos dois melhores segundos colocados.

Confira os jogos do Palmeiras na segunda fase do Brasileiro Feminino:

09/02 – 9h30 – Internacional x Palmeiras – CT Criciúma I
11/02 – 9h30 – Flamengo x Palmeiras – CT Criciúma Il
13/02 – 9h30 – Palmeiras x Santos – CT Criciúma Il
*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados.

Veja a campanha do Verdão na primeira fase do torneio:

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras 2 x 1 Coritiba – CT Sorocaba II
Gols: Jaqueline e Manuela

01/02 – 8h – Coritiba 2 x 5 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gols: Manuela, Taty, Naiane, Giovana e Jaqueline.

03/02 – 15h30 – Bahia 0 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba II
Gol: Jaqueline

05/02 – 10h30 – Palmeiras 1 x 2 Internacional – CT Sorocaba II
Gol: Thayná

Jogadoras da base do Verdão são convocadas pela Seleção Brasileira Sub-17

A goleira Eluiza e a lateral-esquerda Julinha foram convocadas neste sábado (06) pela Seleção Brasileira Feminina Sub-17 para um período de preparação em Pinheiral-RJ. Os treinos serão realizados entre os dias 14 e 26 de fevereiro e servem como preparação para o Campeonato Sul-Americano da categoria, que ainda não tem data definida pela CONMEBOL.

Eluiza é a atleta mais nova do elenco Sub-18 (Foto: Flávio Torres/Divulgação)

Natural de Pinhalzinho-SC, a goleira Eluiza tem 14 anos, 1,68 de altura e chegou ao Verdão em janeiro deste ano. A atleta já teve passagem pela equipe da Chapecoense e conta com o título de campeã gaúcha Sub-15 de futsal no currículo.

Julinha é lateral-esquerda, tem 16 anos e, assim como Eluiza, também chegou ao Alviverde em janeiro e atuou na Chapecoense na última temporada. Natural de Marmeleiro-PR, a jogadora já foi bicampeã Catarinense de Futsal,
campeã catarinense de Futebol de Campo e medalha de bronze na Liga de Desenvolvimento.

Julinha é lateral-esquerda e um dos destaques do Verdão (Foto: Flávio Torres/Divulgação)

As Palestrinas disputaram a primeir fase do Campeonato Brasileiro Sub-18 pelo Verdão e aguardam uma possível classificação para a segunda fase do torneio, que depende de uma combinação de resultados das partidas realizadas neste sábado (06).

Além das duas atletas do Palmeiras, a técnica Simone Jatobá convocou outras 21 atletas que atuam no Brasil para o período de concentração. Esse será o primeiro encontro da Amarelinha Sub-17 em 2021.

Verdão promove peneira de futsal para garotos nascidos em 2014 e 2015

O Palmeiras iniciou nesta sexta-feira (05) as inscrições para a seletiva de futsal da temporada de 2021. A peneira é destinada para atletas da categoria Sub-7 (nascidos em 2014 e em 2015) e para participar, basta clicar aqui e preencher ao formulário.

Após a efetivação da autorização e confirmação da data, horário e local do teste por parte do Palmeiras, o interessado tem de comparecer à peneira com material e uniforme adequados à prática do futsal (chuteira de futsal, shorts, meião e camiseta). Além disso, os inscritos também devem portar o formulário de inscrição impresso, RG original e um atestado médico de 2021.

A categoria Sub-7 foi criada em 2020 pela Federação Paulista de Futsal (FPFS) e deve disputar pela primeira vez o Campeonato Paulista de Iniciação e o Torneio União de Clubes neste ano.

Palmeiras é superado pelo Internacional, mas segue com chances de classificação no Brasileiro Feminino Sub-18

O Palmeiras jogou na manhã desta sexta-feira (05) e foi superado pelo Internacional pelo placar de 2 a 1, em partida válida pela sexta e última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18, no CT do Clube Atlético Sorocaba, em Sorocaba-SP. O gol alviverde foi marcado por Thayná.

Sexta rodada acaba no sábado e define possível classificação alviverde (Foto: Adriano Fontes/CBF)

Com o resultado, as Palestrinas encerraram a primeira fase na vice-liderança do grupo A da competição com 12 pontos. O Alviverde acumula quatro vitórias e duas derrotas em seis jogos, além de 11 gols marcados e oito sofridos. O Alviverde depende de uma combinação de resultados para avançar à segunda fase da competição, já que a rodada se encerra amanhã (06) e os dois melhores segundos colocados do torneio avançam para a etapa de número dois.

O jogo

Como já era previsto, o equilíbrio marcou os minutos iniciais da partida entre os dois melhores times do Grupo A. As adversárias pressionaram a saída de bola nos primeiros minutos, mas o Verdão se comportou bem defensivamente diante da pressão do Internacional.

Aos 10 minutos, o Palmeiras criou a sua primeira oportunidade. A atacante Giovana arriscou um belo chute de fora da área, mas a goleira da equipe gaúcha fez a defesa. Oito minutos depois, foi a vez da atacante Brendha arriscar de longe e com perigo.

Já aos 33 minutos, o Verdão teve um pênalti marcado a seu favor. Jaqueline bateu firme, mas a goleira adversária se esticou para fazer a defesa. A perda não abalou as Palestrinas, que finalizaram o primeiro tempo com mais chegadas ao gol adversário.

Na etapa final, aos dois minutos, o Verdão teve a oportunidade de abrir o placar com Thayná, após bela jogada criada pelo ataque alviverde. No minuto seguinte, as adversárias marcaram o gol. Aos 38 minutos, o Internacional marcou pela segunda vez no jogo. Sem se entregar, o Verdão diminuiu o placar com Thayná aos 38 minutos, após belo cruzamento de Brendha.

Palmeiras Feminino: Awanny (G) ©, Evelin, Carol Santos, Ana Clara, Naiane, Joice (Ludmilla), Thayná, Manuela, Brendha, Jaqueline e Giovana (Julinha). Técnico: Ricardo Belli.

Confira os resultados do Verdão na primeira fase do Brasileiro Femino Sub-18:

Grupo 01 (Sorocaba-SP – CT Sorocaba I e II)

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras 2 x 1 Coritiba – CT Sorocaba II
Gols: Jaqueline e Manuela

01/02 – 8h – Coritiba 2 x 5 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gols: Manuela, Taty, Naiane, Giovana e Jaqueline.

03/02 – 15h30 – Bahia 0 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba II
Gol: Jaqueline

05/02 – 10h30 – Palmeiras 1 x 2 Internacional – CT Sorocaba II
Gol: Thayná

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados.

Zagueira do feminino, Agustina é chamada pela Seleção Argentina para torneio nos EUA

A zagueira Agustina foi convocada na tarde desta quinta-feira (04) pela Seleção Argentina para a disputa do Torneio She Believes entre os dias 15 e 24 de fevereiro, em Orlando (EUA). A competição também conta com a participação das seleções do Brasil, Canadá e Estados Unidos.

“Sempre é um prazer, uma responsabilidade e uma felicidade enorme ser convocada. Será um torneio muito difícil e com potencias mundiais, algo que é positivo, pois não nos reuníamos há um tempo. É importante observar como está cada jogadora, já que a Copa América se aproxima”, diz Agustina, que renovou o contrato com o Verdão em janeiro deste ano.

Essa é a primeira convocação da atleta na temporada de 2021 (Foto: Divulgação/AFA)

Convocada pela última vez em novembro do ano passado, Agustina já foi medalhista de prata com a albiceleste nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019, e também disputou a Copa do Mundo da modalidade, no mesmo ano, na França.

A estreia da equipe comandada pelo técnico Carlos Borrello acontece diante do Brasil, no dia 18 de fevereiro, às 18h (horário de Brasília). Além de Agustina, o confronto também vai contar com a participação de outras quatro palestrinas, são elas, Camilinha e Julia Bianchi (meio-campistas), Chú (atacante) e Tainara (zagueira).

Verdão vence Bahia e mira classificação para a 2ª fase do Brasileiro Feminino Sub-18

O Verdão entrou em campo na tarde desta quarta-feira (03) e venceu o Bahia pelo placar de 1 a 0, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18, no CT do Clube Atlético Sorocaba, em Sorocaba-SP. O gol alviverde foi marcado pela atacante Jaqueline, artilheira da equipe com quatro gols na competição.

Palestrinas conquistaram a quarta vitória consecutiva no torneio (Foto: Adriano Fontes/CBF)

Com o resultado, as Palestrinas seguem na vice-liderança do grupo A da competição com 12 pontos, sendo três a menos do que o líder Internacional. O Alviverde acumula quatro vitórias e uma derrota em cinco jogos, além de 10 gols marcados e seis sofridos.

O Verdão busca a classificação para a segunda fase da competição contra o Internacional nesta sexta-feira (05), às 10h30, no CT Sorocaba Il. Na primeira rodada, o Palmeiras foi superado pela equipe gaúcha pelo placar de 3 a 1. Para assistir ao jogo, clique aqui.

A partida

Sob forte calor, as equipes apresentaram um jogo truncado no primeiro tempo. Apesar disso, o Palmeiras criou as melhores oportunidades, sendo a primeira aos 10 minutos após cruzamento de Naiane e cabeçada de Giovana, que quase resultou do primeiro gol do Verdão.

Aos 18 minutos, foi a vez de Joice roubar a bola da zaga baiana e ser interceptada no momento da finalização. Já aos 25 minutos, em cobrança de falta cobrada por Julinha, a goleira adversária rebateu a bola, que quase sobrou nos pés do ataque alviverde.

As Palestrinas abriram o placar aos 28 minutos da etapa inicial, após um cruzamento de Joice sobrar para a artilheira Jaqueline, que chutou bonito para o gol, sem chances de defesa para a goleira rival.

O Palmeiras ainda teve oportunidade de ampliar o placar aos 43 minutos, após cobrança de escanteio de Julinha, cabeçada de Carol Santos e rebote para Giovana, que chutou, e Taciara, do Bahia, salvou o que seria segundo gol em cima da linha.

Na segunda etapa, o Bahia se lançou ao ataque em busca do gol de empate, mas, bem postado na defesa, o Alviverde conseguiu segurar o placar e ainda teve chances de marcar mais gols.

Jaqueline marcou pela quarta vez no Brasileiro Feminino Sub-18 (Foto: Adriano Fontes/CBF)

Palmeiras Feminino: Awanny (G), Julinha (Evelin), Carol Santos, Ana Clara, Naiane, Joice (Ludmilla), Taty (expulsa), Manuela, Brendha, Jaqueline e Giovana (Mariana). Técnico: Ricardo Belli.

Confira os jogos do Verdão na primeira fase do Brasileiro Femino Sub-18:

Grupo 01 (Sorocaba-SP – CT Sorocaba I e II)

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras 2 x 1 Coritiba – CT Sorocaba II
Gols: Jaqueline e Manuela

01/02 – 8h – Coritiba 2 x 5 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gols: Manuela, Taty, Naiane, Giovana e Jaqueline.

03/02 – 15h30 – Bahia 0 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba II
Gol: Jaqueline

05/02 – 10h30 – Palmeiras x Internacional – CT Sorocaba II

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados.

Goleira da base, Awanny é convocada pela Seleção Brasileira Feminina Sub-20

A goleira Awanny, da equipe feminina Sub-18, foi convocada na tarde desta terça-feira (02) pela Seleção Brasileira Sub-20 para um período de treinamentos entre os dias 15 e 24 de fevereiro, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

Essa foi a primeira convocação da categoria Sub-20 no ano. Além da goleira, outras 22 jogadoras que atuam no país foram chamadas pelo técnico Jonas Urias. A Canarinho se prepara para a disputa da fase final do Campeonato Sul-Americano Sub-20, previsto para junho.

Awanny faz parte do elenco do Palmeiras que disputa o Brasileiro Sub-18 (Foto: Flávio Torres)

Natural de Barra D’Alcântara, no interior do Piauí, Awanny chegou ao Palmeiras em janeiro deste ano, após defender o Fortaleza, no Brasileiro Feminino Série A2. A jogadora também conta com passagens pelos times do Realidade Jovem-SP e Iranduba-AM.

Atualmente, a atleta faz parte do elenco que disputa o Brasileiro Feminino Sub-18. A equipe está na vice-liderança do grupo A com nove pontos, sendo três a menos do que o líder Internacional. O Alviverde acumula três vitórias e uma derrota em quatro jogos, além de nove gols marcados e seis sofridos.

Palmeiras acerta permanência da meio-campista Camilinha para 2021

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta terça-feira (02) a renovação de contrato da meio-campista Camilinha, de 26 anos, para a temporada de 2021. A jogadora atuou no Orlando Pride (EUA) de 2017 até julho do ano passado, quando acertou empréstimo com o Verdão até o final de 2020.

“Estou muito feliz em poder jogar o ano de 2021 pelo Palmeiras e feliz pelo plantel que o clube está formando. Nós fizemos um campeonato muito bom no ano passado, mas temos novas metas, que é estar no topo e sermos campeãs. Sou muito grata ao time pela oportunidade de retornar ao Brasil. Fiz uma boa competição e também pude retornar à Seleção Brasileira”, destaca a meio-campista Camilinha.

Camilinha é a sétima atleta a renovar contrato com o Verdão para 2021 (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Com a carreira iniciada no futsal, a atleta catarinense é versátil e atua como meio-campista e lateral-esquerda. Em 2020, Camilinha ajudou o Verdão a chegar nas semifinais dos campeonatos Brasileiro e Paulista ao atuar em 21 jogos e marcar cinco gols.

Nome constante nas convocações da Seleção Brasileira, Camilinha voltou a ser convocada pela Amarelinha assim que vestiu as cores do Verdão. Na última quinta-feira (28), a atleta foi chamada mais uma vez pela técnica Pia Sundhage, dessa vez, para disputar o Torneio She Believes, entre os dias 15 e 24 de fevereiro, em Orlando, nos Estados Unidos.

Camilinha é a sétima jogadora do elenco feminino a ter o contrato renovado em 2021. A polivalente jogadora se junta a Jully (goleira), Thaís e Agustina (zagueiras), Ary e Juliana (meio-campistas) e Ottilia (atacante).

Palestrinas goleiam Coritiba e conquistam terceira vitória no Brasileiro Feminino Sub-18

Departamento de Comunicação

As Palestrinas golearam o Coritiba/Toledo na manhã desta segunda-feira (1°) pelo placar de 5 a 2, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18, no CT do Clube Atlético Sorocaba, em Sorocaba-SP. Os gols foram marcados por Manuela, Taty, Naiane, Giovana e Jaqueline.

Em busca da classificação, Verdão enfrenta Bahia na próxima rodada (Foto: Adriano Fontes/CBF)

Com o resultado, o Verdão segue na vice-liderança do grupo A da competição com nove pontos, sendo três a menos do que o líder Internacional. O Alviverde acumula três vitórias e uma derrota em quatro jogos, além de nove gols marcados e seis sofridos. A artilheira do Palmeiras no Brasileirão é a atacante Jaqueline, que balançou as redes três vezes.

O Verdão volta a campo na próxima quarta-feira (5), às 15h30, contra o Bahia, no CT Sorocaba I. O Palmeiras venceu a equipe baiana na segunda rodada pelo placar de 1 a 0. Para assistir a partida, clique aqui.

O jogo

Com emoção, o Palmeiras viu o Coritiba abrir o placar com Ingrid no primeiro minuto do jogo. Apesar do susto, o Verdão se recompôs e não deu tempo para a equipe paranaense se empolgar. No minuto seguinte, Jaqueline deu passe para Manu, que chutou forte para o gol e empatou para o Verdão.

Aos 13 minutos, Evelin fez um cruzamento perfeito para Taty, que chutou de dentro da área e virou para o Alviverde. Na segunda etapa, aos quatro minutos, Joice cruzou do lado direito, a goleira adversária espalmou e a bola sobrou para Naiane, que chutou de longe e ampliou o placar.

Já aos 11 minutos, Evelin cobrou escanteio, Giovana dominou com o pé direito sem deixar a bola cair e deu um chutaço para o gol, sem chances da goleira adversária fazer a defesa. Oito minutos depois, Giovana cruzou do lado direto para Jaque, que dominou e marcou o quinto gol da equipe no jogo.

Aos 26 minutos, Coritiba diminuiu o placar em cobrança de pênalti. Apesar da equipe paranaense buscar uma reação, o Palmeiras não deu espaços e conseguiu manter a ótima atuação e selar a vitória em 5 a 2.

Jaqueline é a artilheira da equipe com três gols (Foto: Adriano Fontes/CBF)

Palmeiras Feminino: Awanny (G), Evelin (C) / (Thayná), Carol Santos, Ana Clara (Karol), Naiane, Joice, Taty (Mariana), Manuela, Brendha, Jaqueline (Ludmilla) e Giovana. Técnico: Ricardo Belli.

Confira os jogos do Verdão na primeira fase do Brasileiro Femino Sub-18:

Grupo 01 (Sorocaba-SP – CT Sorocaba I e II)

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras 2 x 1 Coritiba – CT Sorocaba II
Gols: Jaqueline e Manuela

01/02 – 8h – Coritiba 2 x 5 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gols: Manuela, Taty, Naiane, Giovana e Jaqueline.

03/02 – 15h30 – Bahia x Palmeiras – CT Sorocaba II

05/02 – 10h30 – Palmeiras x Internacional – CT Sorocaba II

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados.

De virada, Palmeiras bate Coritiba e assume vice-liderança do Grupo A do Brasileiro Feminino Sub-18

Departamento de Comunicação

O time feminino Sub-18 entrou em campo neste sábado (30) e venceu o Coritiba/Toledo de virada pelo placar de 2 a 1, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro Feminino da categoria, no CT do Clube Atlético Sorocaba, em Sorocaba-SP. Os gols das Palestrinas foram marcados por Jaqueline e Manuela.

Manu marcou o seu primeiro gol no torneio (Foto: Flávio Torres)

Com o resultado, o Verdão assumiu a vice-liderança do grupo A da competição com seis pontos, três a menos do que o líder Internacional. No total, a equipe acumula duas vitórias e uma derrota em três jogos, além de quatro gols marcados e quatro sofridos. A artilheira do Palmeiras no Brasileirão é a atacante Jaqueline, que marcou em duas oportunidades.

O Alviverde volta a campo na próxima segunda-feira (1°), às 8h, mais uma vez contra o Coritiba/Toledo, no CT Sorocaba I. Para assistir a partida, clique aqui.

A partida

Sob forte calor em Sorocaba, o Palmeiras travou um jogo acirrado contra o Coritiba. Aos dois minutos, Giovana invadiu a área e chutou forte para o gol, mas a zaga adversária conseguiu afastar a bola quase de dentro do gol.

Aos sete minutos, as rivais conseguiram abrir o placar, o que não tirou a vontade da equipe Alviverde de vencer. Atrás do placar, as Palestrinas iniciaram uma verdadeira pressão ao Coritiba.

Com 17 minutos, Taty recebeu de Ana Clara e apostou na velocidade. Quase na linha de fundo, a atacante cruzou para Jaqueline, que chutou e marcou o seu segundo gol na competição.

Já com o empate, o Palmeiras criou diversas oportunidades para virar o placar no primeiro tempo. Aos 27 minutos, Giovana acertou um belo na trave das paranaenses. Quase no final da etapa inicial, aos 40 minutos, Evelin bateu falta rasteira, que passou rente ao gol.

No minuto seguinte, Taty foi até a linha de fundo e cruzou para Manu, que chutou e quase marca o que seria o segundo gol do Verdão. Mas o placar terminou empatado em 1 a 1 no primeiro tempo.

Na etapa final, as palmeirenses criaram as principais oportunidades do período. Aos oito minutos, Evelin cobrou falta, que desviou barreira e sobrou para Manu. A atacante chutou forte, marcou seu primeiro gol na competição e virou o jogo para as Palestrinas.

O Palmeiras ainda chutou de fora da área com Brendha, aos 14 minutos, e viu a bola passar perto da meta rival. Aos 35 minutos, Joice e Taty, de cabeça, fizeram o mesmo e quase encobriram o gol adversário.

Com uma forte disputa de bola, que resultou em muitas faltas no jogo, o jogo teve sete minutos de acréscimo. Durante o período, o Verdão conseguiu segurar a posse de bola, se manter bem postado na defesa, criar outras oportunidades de gol e jogo terminou com vitória palestrina por 2 a 1.

Palmeiras Feminino: Awanny (G), Evelin, Carol Santos (C), Ana Clara, Naiane, Joice, Taty (Mariana), Manuela, Brendha (Julinha), Jaqueline (Ludmilla) e Giovana. Técnico: Ricardo Belli.

Confira os jogos do Verdão na primeira fase do Brasileiro Femino Sub-18:

Grupo 01 (Sorocaba-SP – CT Sorocaba I e II)

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras 2 x 1 Coritiba – CT Sorocaba II
Gols: Jaqueline e Manuela

01/02 – 8h – Coritiba x Palmeiras – CT Sorocaba I
03/02 – 15h30 – Bahia x Palmeiras – CT Sorocaba II
05/02 – 10h30 – Palmeiras x Internacional – CT Sorocaba II

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados.

Jogadoras do Palmeiras são convocadas pela Seleção Brasileira para disputa do Torneio She Believes

Departamento de Comunicação

A zagueira Tainara, as meio-campistas Camilinha e Julia Bianchi e a atacante Chú foram convocadas na tarde desta quinta-feira (28) pela Seleção Brasileira para a disputa do Torneio She Believes. O campeonato será disputado na primeira Data FIFA do ano, entre os dias 15 e 24 de fevereiro, em Orlando, nos Estados Unidos.

Jogadoras foram convocadas pela primeira vez no ano (Foto: Divulgação/CBF)

Essa foi a primeira convocação da técnica Pia Sundhage no ano. Todas as atletas do Verdão já vestiram as cores no Brasil na carreira, tanto nas categorias de base, quanto no time principal. Na temporada de 2020, todas as jogadoras participaram de treinamentos ou amistosos com a Amarelinha.

Além das Palestrinas, a lista ainda possui outros 21 nomes. A competição vai contar com a participação das seleções da Argentina, Canadá e Estados Unidos. A estreia da Canarinho vai acontecer diante da Argentina, no dia 18 de fevereiro, às 18h (horário de Brasília), no Exploria Stadium, em Orlando (EUA).

Verdão vence Bahia e conquista primeira vitória no Brasileiro Feminino Sub-18

Departamento de Comunicação

As Palestrinas entraram em campo nesta quinta-feira (28) e venceram o Bahia pelo placar de 1 a 0, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18, no CT do Clube Atlético Sorocaba, em Sorocaba-SP. O gol alviverde foi marcado pela zagueira Carol Santos.

A equipe Sub-18 do Verdão volta a campo no próximo sábado (30), às 10h30, contra o Coritiba/Toledo, no CT Sorocaba II. A partida terá transmissão ao vivo pelo MyCujoo (CBF TV). Para assistir, clique aqui.

Essa foi a primeira vitória do Palmeiras na competição (Foto: Adriano Fontes/CBF)

O jogo

Mostrando ofensividade, o Verdão teve domínio da posse de bola desde os primeiros minutos do jogo. Aos 15 minutos, o Palmeiras quase abriu o placar com a meia-atacante Taty, que chutou próximo a meta da goleira adversária. Aos 35 minutos, foi a vez da atacante Jaqueline apostar na velocidade e finalizar forte para o gol.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, após cobrança de falta de Evelin, a zagueira Carol Santos subiu mais alto que as defensoras do Bahia e cabeceou para o gol sem chances de defesa. Esse foi o primeiro gol da atleta na competição.

Na etapa final, as Palestrinas mantiveram o poder ofensivo, mas também souberam inibir as oportunidades criadas pela equipe baiana. A goleira Awanny também foi uma das responsáveis pela primeira vitória do Verdão na competição e fez belas defesas quando exigida.

Palmeiras Feminino: Awanny (G), Evelin, Carol Santos, Ana Clara, Naiane, Joice, Taty (Mariana), Manuela (C), Brendha, Jaqueline (Thayná) e Giovana. Técnico: Ricardo Belli. Expulsão: Thayná.

Confira os jogos do Verdão na primeira fase do Brasileiro Femino Sub-18:

Grupo 01 (Sorocaba-SP – CT Sorocaba I e II)

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jaqueline

28/01 – 15h30 – Palmeiras 1 x 0 Bahia – CT Sorocaba I
Gol: Carol Santos

30/01 – 10h30 – Palmeiras x Coritiba – CT Sorocaba II
01/02 – 8h – Coritiba x Palmeiras – CT Sorocaba I
03/02 – 15h30 – Bahia x Palmeiras – CT Sorocaba II
05/02 – 10h30 – Palmeiras x Internacional – CT Sorocaba II

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados

Palmeiras anuncia mais três reforços para o time feminino em 2021

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta quinta-feira (28) a contratação da lateral Bruna Calderan e das meio-campistas Julia Bianchi e Duda Santos para o time feminino. Destaques do Campeonato Brasileiro em 2020, as atletas chegam ao Verdão após atuações marcantes pelo Avaí/Kindermann na última temporada.

Polivalente, Bruna Calderan pode jogar nas duas laterais (Rafael Ribeiro/CBF)

Natural de Sananduva (RS), Bruna tem 24 anos e atua nas laterais direita e esquerda. A jogadora, que já disputou o Mundial Sub-20 em 2016, conta com passagens pelos times do Avaí/Kinderman e do Iranduba e já se sagrou campeã do Campeonato Amazonense (2016), tetracampeã do Campeonato Catarinense (2017, 2018, 2019 e 2020) e campeã do Sul-Americano Sub-20 (2015).

“O Palmeiras é um grande clube, estou muito feliz por vestir essa camisa e fazer parte da história do clube. As expectativas são as melhores possíveis e estou ansiosa para entrar em campo. Espero ajudar a equipe, conquistar títulos e dar muita alegria ao torcedor palmeirense”, disse Bruna.

Duda é um dos nomes mais frequentes na Seleção Brasileira (Foto: Divulgação/CBF)

A segunda novidade é a chegada da meio-campista Duda Santos, que também tem 24 anos e é natural de Major Isidoro (AL). Colecionando convocações para a Seleção Brasileira, tanto na base quanto no time principal, a atleta já atuou nas equipes do Avaí/Kinderman, Figueirense, Kiryat Gat-ISR, UnoChapecó/Female (Futsal) e Chapecoense.

“Ir para o Palmeiras é como uma motivação, um clube grande onde vou dar o melhor de mim para conquistarmos títulos. A expectativa é a melhor possível. Estou animada para esse ano e sei que vamos chegar forte nas competições”, ressaltou Duda, que já participou do Mundial Sub-20 (2016) e é bicampeã do Campeonato Catarinense (2018/2019).

Julia foi eleita uma das melhores atletas do Brasileiro Feminino (Foto: Divulgação/CBF)

Para fechar o trio, Julia Bianchi é a terceira contratada do time alviverde. Nascida em Xanxerê (SC), a atleta tem 22 anos e já atuou no futebol europeu.  A atleta já jogou Avaí/Kinderman, Madrid CFF, Figueirense, Ferroviária e Centro Olímpico.

“Me sinto muito honrada em poder representar um clube do tamanho que é o Palmeiras e motivada para contribuir com essa história que o clube está escrevendo no futebol feminino. As expectativas são as melhores, pois acredito muito no potencial da equipe que está se formando e tenho certeza que faremos uma ótima temporada”, afirma Julia, que já disputou os Mundiais Sub-20 (2014 e 2016) e Sub-17 (2012).

O trio se junta a outras sete atletas contratadas pelo Verdão para a temporada, são elas: Taty Amaro (goleira), Karol Arcanjo e Tainara (zagueiras), Rafa Andrade e Katrine (meio-campista), Chú e Dandara (atacantes).

Fichas técnicas

Bruna Calderan
Nome: Bruna Rafagnin Calderan
Data de nascimento: 12/09/1996 (24 anos)
Naturalidade: Sananduva (RS)
Posição: Lateral-direita e esquerda
Clubes: Avaí/Kinderman (2017/2018/2019/2020) e Iranduba (2015/2016).
Títulos: Campeã do Campeonato Amazonense (2016), tetracampeã do Campeonato Catarinense (2017, 2018, 2019 e 2020) e campeã do Sul-Americano Sub-20 (2015).

Júlia Bianchi
Nome: Júlia Bianchi
Data de nascimento: 07/10/1997 (22 anos)
Naturalidade: Xanxerê (SC)
Posição: Meio-campista
Clubes: Avaí/Kinderman (2019/2020); Madrid CFF (2018/2019); Figueirense, Avaí/Kindermann e Madrid CFF (2017/2018);  Avaí/Kindermann (2016/2017); Ferroviária (2014/2015/2016); Centro Olímpico e Avaí/Kindermann (2013/2014); Avaí/Kindermann (2010/2011/2012/2013).
Títulos: Hexacampeã do Campeonato Catarinense (2011, 2012, 2013, 2017, 2018 e 2019), Torneio Internacional Cidade de São Paulo (2014), Copa Libertadores Feminina (2015) e Sul-Americano Sub-20 (2014 e 2015).

Duda Santos
Nome: Adailma Aparecida da Silva dos Santos
Data de nascimento: 24/03/1996 (24 anos)
Naturalidade: Major Isidoro (AL)
Posição: Meio-campista
Clubes: Avaí/Kinderman (2019/2020); Figueirense, Avaí/Kindermann e Kiryat Gat-ISR (2017/2018); UnoChapecó/Female e Avaí/Kindermann (2016/2017); Chapecoense (2015/2016) e Chapecoense e UnoChapecó/Female (2013/2014).
Títulos: Campeonato Catarinense (2018/2019)

Palmeiras luta, mas é superado pelo Internacional na estreia do Brasileiro Feminino Sub-18

Departamento de Comunicação

O Palmeiras foi superado pelo Internacional na manhã desta terça-feira (26) pelo placar de 3 a 1, em partida que marcou a abertura do Brasileiro Feminino Sub-18, no CT do Atlético Sorocaba I, em Sorocaba-SP. O gol alviverde foi marcado pela atacante Jaqueline.

Palmeiras volta a campo na quinta-feira contra o Bahia (Foto: Flávio Torres/Divulgação)

As Palestrinas começaram o jogo a todo vapor e se lançaram ao ataque. Aos 15 minutos, a insistência se transformou em pênalti, que foi convertido pela atacante Jaqueline. Esse foi o primeiro gol marcado por uma equipe no torneio.

Apesar da força defensiva, o Verdão levou o gol de empate aos 20 minutos e a virada aos 34 do primeiro tempo. Sem se abater, a equipe alviverde criou oportunidades para empatar a partida ainda na etapa inicial.

No segundo tempo, as chances continuaram a aparecer para o Palmeiras, sendo que as principais oportunidades surgiram pelo lado esquerdo do campo. Aos oito minutos, Manu quase marcou o segundo gol em cobrança de falta com efeito.

Já aos 14 minutos, foi a vez de Taty cobrar falta e Carol Santos desviar de cabeça próximo a meta da equipe gaúcha. Mesmo com esforço, o Verdão sofreu o terceiro gol aos 35 minutos e foi superado pelo Internacional, que é o atual campeão da competição.

Palmeiras Feminino: Awanny (G), Evelin, Carol Santos, Ana Clara (Mariana), Naiane, Joice (Ludmilla), Manuela, Brendha, Jaqueline (Julinha) e Giovana. Técnico: Ricardo Belli.

Confira os jogos do Verdão na primeira fase do Brasileiro Femino Sub-18:

Grupo 01 (Sorocaba-SP – CT Sorocaba I e II)

26/01 – 8h – Internacional 3 x 1 Palmeiras – CT Sorocaba I
Gol: Jackeline

28/01 – 15h30 – Palmeiras x Bahia – CT Sorocaba I
30/01 – 10h30 – Palmeiras x Coritiba – CT Sorocaba II
01/02 – 8h – Coritiba x Palmeiras – CT Sorocaba I
03/02 – 15h30 – Bahia x Palmeiras – CT Sorocaba II
05/02 – 10h30 – Palmeiras x Internacional – CT Sorocaba II

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados

Destaque do Brasileiro Feminino, Katrine é a nova meio-campista contratada pelo Palmeiras

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta quarta-feira (20) a contratação da meio-campista Katrine para o time feminino. Destaque do Campeonato Brasileiro em 2020, a atleta defendeu as cores do Minas Brasília na última temporada.

“Estou muito feliz em vestir a camisa do Palmeiras, pois é um clube grande e que tem uma história enorme.
A minha expectativa é ter um ano abençoado com com a camisa do Verdão. Que tenhamos muitas conquistas e objetivos atingidos”, destaca Katrine, que se diz ansiosa para estrear no Alviverde.

Katrine é a sétima contratação do Palmeiras em 2021 (Foto: Divulgação/CBF)

Natural de Fortaleza (CE), a jogadora iniciou a carreira atuando no futebol de areia. Já no campo, a atleta foi revelada pela Associação Menina Olímpica (CE) em 2013. Aos 22 anos, Katrine é considerada experiente e já passou por clubes como Minas Brasília (2020), Grêmio (2019), Internacional (2018), Osasco Audax (2018), Corinthians (2016/2017), Brasil Unifor Futsal (2014/2015) e Menina Olímpica (2013/2014).

Mesmo jovem, a cearense conta com títulos importantes no currículo, como a conquista do Sul-Americano Sub-20 (2015) e da Copa Libertadores (2017), além do vice-campeonato do Brasileiro Feminino (2017). A meio-campista também integrou as categorias de base da Seleção Brasileira por cinco anos e participou dos Mundiais Sub-20 de 2016 e 2018.

Em 2020, a atleta atuou em 15 jogos do Campeonato Brasileiro e balançou as redes quatro vezes. Katrine se junta a outras seis atletas contratadas pelo Verdão para a temporada, são elas: Taty Amaro (goleira), Karol Arcanjo e Tainara (zagueiras), Rafa Andrade (meio-campista), Chú e Dandara (atacantes).

Atleta representou a Seleção Brasileira de base por cinco anos (Foto: Divulgação/CBF)

Ficha técnica

Nome: Katrine da Silva Costa
Data de nascimento: 19/04/1998 (22 anos)
Naturalidade: Fortaleza (CE)
Posição: Meio-campista/volante
Clubes: Minas Brasília (2020), Grêmio (2019), Internacional (2018), Osasco Audax (2018), Corinthians (2016/2017), Brasil Unifor Futsal (2014/2015) e Menina Olímpica (2013/2014).
Títulos: Sul-Americano Sub-20 (2015), Copa Libertadores (2017) e vice-campeã do Brasileiro Feminino (2017).

Em Sorocaba, Palmeiras disputa Brasileiro Feminino Sub-18 em busca de título inédito

Departamento de Comunicação

A equipe feminina do Palmeiras vai disputar a partir da próxima terça-feira (26) a segunda edição do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18, em Sorocaba-SP. As Palestrinas estreiam diante do Internacional, às 8h, no CT Sorocaba I. Essa será a segunda participação do Verdão no torneio nacional.

Além da equipe gaúcha, o Palmeiras vai enfrentar, em jogos de ida e volta, as equipes do Bahia e Coritiba, que também integram o Grupo 01 da competição. Para avançar a segunda fase, que será disputada em Cricíuma-SC, o Alviverde deve assegurar a primeira colocação do grupo ou ser um dos dois melhores segundos colocados.

Primeira fase será disputada entre os dias 26 de janeiro e 6 de fevereiro (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Na segunda fase, os oito melhores times serão divididos em dois grupos, que se enfrentam dentro de cada chave em turno único. Dessa forma, classificam-se dois times de cada grupo para a semifinal. As semifinais e as finais acontecerão em partidas eliminatórias de ida e volta nos domínios das equipes classificadas.

Clique aqui e confira a ficha técnica das representantes do Verdão na competição.

O torneio conta com a participação de 24 times e o critério de seleção das equipes é estabelecido pela CBF.  Além do Verdão, estão na competição: São Paulo, Corinthians, Grêmio, Fluminense, Santos, Vitória-BA, Atlético-MG, Sport, Iranduba-AM, Avaí-Kindermann, São Francisco-BA, Foz Cataratas-PR, Flamengo, Fortaleza, Goiás, Botafogo, Vasco da Gama, Ceará, Ferroviária-SP e Minas Brasília-DF.

Histórico 

Em sua estreia no Brasileiro Sub-18, em 2019, o time feminino do Palmeiras terminou a primeira fase na vice-liderança do Grupo A04, com 11 pontos (61% de aproveitamento). No total, as Palestrinas acumularam três vitórias, dois empates e uma derrota, além de nove gols marcados e seis sofridos. Mesmo com o retrospecto positivo, o time se despediu da competição na primeira fase por não ser um dos dois melhores segundos colocados.

Confira os jogos do Verdão na primeira fase do Brasileiro Femino Sub-18:

Grupo 01 (Sorocaba-SP – CT Sorocaba I e II)

26/01 – 8h – Internacional 1×0 Palmeiras – CT Sorocaba I
28/01 – 15h30 – Palmeiras x Bahia – CT Sorocaba I
30/01 – 10h30 – Palmeiras x Coritiba – CT Sorocaba II
01/02 – 8h – Coritiba x Palmeiras – CT Sorocaba I
03/02 – 15h30 – Bahia x Palmeiras – CT Sorocaba II
05/02 – 10h30 – Palmeiras x Internacional – CT Sorocaba II

*Todos os jogos serão realizados com os portões fechados.

Zagueira da Seleção Brasileira, Tainara reforça equipe feminina do Verdão

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta sexta-feira (15) a contratação da zagueira Tainara para o time feminino. Uma das revelações do futebol brasileiro, a defensora jogou pelo Santos na última temporada.

Tainara é a sexta contratação do Palmeiras para a temporada de 2021 (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Revelada pelo São Francisco-BA, a atleta de 21 anos teve passagens pelas equipes do Santos (2020), Vitória (2017 a 2019) e São Francisco (2016). Mesmo jovem, Tainara já conta com os títulos de campeã do Sul-Americano Sub-20 (2018), do Campeonato Baiano (2018) e da Copa Paulista (2020) no currículo.

Na última temporada, a atleta participou de 13 jogos, divididos entre os campeonatos Paulista e Brasileiro, além da Copa Paulista. A atleta também balançou as redes uma vez em 2020. O desempenho fez a jogadora ser convocada para a Seleção Brasileira Principal diversas vezes no ano passado. Atualmente, a atleta está em um período de treinos com o Brasil, em Viamão (RS), que se estende até o dia 21 de janeiro.

Tainara se junta a outras cinco atletas contratadas pelo Verdão para a temporada, são elas: Chú (atacante), Dandara (atacante), Karol Arcanjo (zagueira), Rafa Andrade (meio-campista) e Taty Amaro (goleira).

Defensora em treino da Seleção Brasileira, no Rio Grande do Sul (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Ficha técnica

Nome: Tainara de Souza da Silva
Data de nascimento: 21/01/1999 (21 anos)
Naturalidade: Brasília (DF)
Posição: Zagueira
Clubes: Santos (2020), Vitória (2017 a 2019) e São Francisco (2016).
Títulos: Sul-Americano Sub-20 (2018), Campeonato Baiano (2018) e Copa Paulista (2020).

Palmeiras acerta contratação da goleira Taty Amaro para o time feminino

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta quinta-feira (14) a contratação da goleira Taty Amaro para o elenco feminino. A atleta jogou pelas equipes do Corinthians e do Nordsjaelland (DIN) na temporada de 2020.

“É uma grande honra vestir a camisa do Palmeiras, agradeço pela oportunidade e vou dar o meu máximo para que as coisas aconteçam. As expectativas são as melhores possíveis,  pois sempre deixei a minha marca por onde passei. Quero buscar títulos, vitórias e dar alegria para o torcedor”, disse Taty Amaro.

Taty é a quinta contratação do Palmeiras no ano (Foto: Bruno Teixeira/Corinthians)

Natural de Uruaçu, no interior de Goiás, a jogadora tem 25 anos e iniciou a carreira em 2014. Revelada pelo Iranduba-AM, Taty teve passagens expressivas pelas equipes do Nordsjaelland-DIN (2020), Corinthians-SP (2019/2020), São José (2017/2018), CRESSPOM-DF (2016), Vitória-BA (2016) e Iranduba-AM (2014).

No ano passado, a atleta participou de quatro jogos da Liga Dinamarquesa. A goleira também acumula títulos importantes, como as conquistas do Campeonato Brasileiro (2020), do Campeonato Paulista (2019 e 2020) e da Taça Libertadores (2019).

Atleta já teve passagem pelo futebol dinamarquês (Foto: Reprodução/Instagram)

A jogadora se junta a outras quatro atletas contratadas para a temporada de 2021, são elas: Chú (atacante), Dandara (atacante), Karol Arcanjo (zagueira) e Rafa Andrade (meio-campista). 

Ficha técnica

Nome: Tatyane Amaro Santos
Data de nascimento: 10/05/1995 (25 anos)
Naturalidade: Uruaçu (GO)
Posição: Goleira
Clubes: Nordsjaelland-DIN (2020), Corinthians-SP (2019/2020), São José (2017/2018), CRESSPOM-DF (2016), Vitória-BA (2016) e Iranduba-AM (2014).
Títulos: Campeonato Brasileiro (2020), Campeonato Paulista (2019 e 2020) e Taça Libertadores (2019).

No Palmeiras desde 2019, Jully renova contrato por mais uma temporada

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta segunda-feira (11) a renovação de contrato da goleira Jully, de 21 anos, para a temporada de 2021. No clube desde a reativação do futebol feminino, em 2019, essa será a terceira temporada da jogadora no Verdão.

Goleira já vestiu a camisa do Verdão em 33 partidas (Foto: Divulgação/CBF)

Campeã da Copa Paulista com o Palmeiras (2019) e uma das atletas que participaram do Mundial Sub-20 (2018), a goleira atuou em três jogos, divididos entre os campeonatos Paulista e Brasileiro, na temporada de 2020.

Jully é a sexta jogadora do elenco feminino a ter o contrato renovado em 2021. A goleira se junta a Thaís (zagueira), Agustina (zagueira), Ary e Juliana (meio-campistas) e Ottilia (atacante), que tiveram os vínculos prolongados nos últimos dias.

Verdão renova contrato da meio-campista Juliana para a temporada de 2021

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou neste domingo (10) a renovação de contrato da meio-campista Juliana Passari, de 20 anos, para a temporada de 2021. No clube desde a reativação do futebol feminino, em 2019, essa será a terceira temporada da jogadora no Verdão.

“Estou muito feliz por continuar no clube. Infelizmente, no ano passado não pude contribuir como gostaria por conta da lesão que sofri, mas, para 2021, espero voltar ainda mais forte e preparada para a temporada. Agradeço o carinho de todos que sempre me apoiaram”, diz Juliana.

Juliana faz parte do elenco alviverde desde 2019 (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

A jogadora sofreu um entorse no joelho direito no jogo contra o São José, na primeira fase do Brasileiro Feminino, em setembro de 2020. A atleta passou por uma cirurgia no final de outubro e se recupera no Departamento Médico do clube. A estimativa de retorno é de aproximadamente oito meses.

Campeã da Copa Paulista com o Palmeiras (2019) e do Sul-Americano Sub-20 com a Seleção Brasileira (2018), a meio-campista chegou a ser convocada pela Amarelinha, na categoria, pouco antes da lesão. A atleta atuou em quatro jogos em 2020.

Juliana é a quinta jogadora do elenco feminino a ter o contrato renovado em 2021. A meio-campista se junta a Ary (meio-campista), Thaís (zagueira), Agustina (zagueira) e Ottilia (atacante), que tiveram os vínculos prolongados na última semana.

Zagueira do time feminino, Agustina renova com o Palmeiras por mais uma temporada

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta sexta-feira (8) a renovação de contrato da zagueira Agustina, de 27 anos, para a temporada de 2021. A atleta se prepara para representar as cores do Verdão pelo segundo ano consecutivo.

“Fico muito feliz em poder defender novamente essa camisa. Vou trabalhar duro para estar a altura do clube. É uma honra, um orgulho e uma grande responsabilidade. As expectativas sempre são as melhores e o meu desejo continua sendo o mesmo: que o Palmeiras seja campeão!”, disse Agustina.

Agustina atuou em 21 partidas e marcou um gol (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Em 2020, a defensora teve atuações de destaque e ajudou o clube a ter uma das defesas mais eficientes e elogiadas da temporada. Agustina atuou em 21 jogos, divididos entre os campeonatos Paulista e Brasileiro, e marcou um gol. Na oportunidade, o golaço de cabeça garantiu, no último minuto, a vitória das Palestrinas no clássico contra o São Paulo, no mês de março.

Argentina vai jogar a quinta temporada no Brasil (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Agustina é a quarta jogadora do elenco feminino a ter o contrato renovado em 2021. A zagueira se junta a Ary (meio-campista), Thaís (zagueira) e Ottilia (atacante), que tiveram os vínculos prolongados na última semana.

Destaque do Paulista, atacante Dandara reforça time feminino do Verdão

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta quinta-feira (7) a contratação da atacante Dandara, de 24 anos, para a temporada de 2021. A atleta, que defendeu as cores do Red Bull Bragantino no último ano, foi destaque do Campeonato Paulista de 2020.

“É um momento único e uma alegria para mim e para toda minha família defender as cores de uma equipe do tamanho do Palmeiras. O belo projeto no feminino me encantou, quis fazer parte dessa equipe que busca ser vencedora. É um sonho que se realiza. Só tenho a agradecer ao clube por acreditar no meu potencial. É uma nova etapa que tem início na minha carreira e eu estou ansiosa para poder dar o melhor em campo pelo time e agregar ao elenco. A torcida pode esperar muita entrega e alegria em jogar futebol porque é como eu o vejo. Alegria, ousadia, mas sempre com responsabilidade”, ressalta Dandara.

Dandara é a quarta contratação do Palmeiras em 2021 (Foto: Pri Fiotti)

Eleita a melhor atacante do Campeonato Paulista de 2020, Dandara viu a paixão pelo futebol começar graças a Copa do Mundo de 2006. Natural de Capivari, no interior de São Paulo, a jovem começou a praticar o esporte justamente por conta do evento esportivo.

A carreira da atleta começou 12 anos depois e na equipe da Ferroviária. No time de Araraquara, Dandara ficou por quase duas temporadas e conquistou o seu primeiro título: o Campeonato Brasileiro de 2019.

A jogadora também teve passagens pelos times do Napoli-SC, Ponte Preta-SP e Red Bull Bragantino-SP. No último, a atleta participou de 12 jogos, balançou as redes três vezes e fez história ao marcar o primeiro gol da história da equipe no Paulista Feminino.

Atacante teve atuações de destaque no Paulista Feminino de 2020 (Foto: Pri Fiotti)

Ficha técnica

Nome: Dandara Lauriele de Camargo Moraes
Data de nascimento: 22/05/1996 (24 anos)
Naturalidade: Capivari (SP)
Posição: Atacante
Clubes: Red Bull Bragantino (2020), Ponte Preta (2020), Napoli-SC (2019) e Ferroviária (2018/2019 ).
Título: Campeonato Brasileiro (2019).

Palmeiras acerta renovação de contrato da atacante Ottilia para 2021

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta quarta-feira (6) a renovação de contrato da atacante Ottilia, de 23 anos, para a temporada de 2021. Esse será o segundo ano da atleta vestindo a camisa do Verdão.

“Estou muito feliz pela renovação de contrato. Vou me dedicar ao máximo para retribuir a confiança da diretoria, comissão técnica, das minhas companheiras e da torcida. Vamos dar o nosso melhor para que 2021 seja um ano especial para o Palmeiras dentro e fora dos gramados”, destaca Ottilia.

Ottilia no primeiro jogo do futebol feminino no Allianz Parque (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Na temporada de 2020, a atacante atuou em 25 partidas, divididas entre os campeonatos Paulista e Brasileiro, e marcou três gols. Uma das melhores atuações individuais da atleta aconteceu no clássico contra o São Paulo pelo estadual. Na oportunidade, o Alviverde bateu o adversário pelo placar de 3 a 0 e a jogadora marcou um dos gols.

Atacante comemora gol contra o São Paulo, em Cotia-SP (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Identificada com o clube e uma das atletas mais queridas pela torcida, Ottilia é a terceira jogadora a ter o contrato renovado pelo futebol feminino em 2021. A centroavante se junta a Ary (meio-campista) e Thaís (zagueira), que tiveram os novos vínculos anunciados na última semana.

Campeã mineira, polivalente Karol Arcanjo é a nova contratada do Palmeiras

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta terça-feira (5) a contratação da polivalente Karol Arcanjo para o elenco de 2021. A atleta, que atua como zagueira e volante, defendeu o Atlético-MG nas últimas duas temporadas.

“Estou muito feliz e honrada de chegar ao Palmeiras. As expectativas são as melhores possíveis, quero contribuir da melhor forma para que nós possamos alcançar grandes feitos na temporada”, disse Karol, terceira contratada do Verdão em 2021.

Karol Arcanjo atua como zagueira e volante (Foto: Daniela Veiga/Atlético-MG)

Natural de Belo Horizonte (MG), a jogadora de 23 anos iniciou a carreira em 2011. Revelada pelo próprio Atlético-MG, Karol teve passagens expressivas por diversas equipes mineiras, como o Ipatinga (2018/2016/2017), Manchester-BH (2018/2014 a 2016), Frigoarnaldo (2016/2017) e Santa Cruz-BH (2012/2013).

Em 2020, a defensora participou de 10 jogos, divididos entre o Brasileiro Feminino da Série A2 e o Campeonato Mineiro Feminino, e marcou um gol. No mesmo ano, a jogadora se sagrou campeã mineira após bater o Cruzeiro nos pênaltis. No currículo, Karol também conta com o título da Copa BH de Futebol Feminino (2019).

Atleta se sagrou campeã mineira em 2020 (Foto: Daniela Veiga/Atlético-MG)

Ficha técnica

Nome: Ana Carolina Arcanjo da Silva
Data de nascimento: 02/04/1997 (23 anos)
Naturalidade: Belo Horizonte (MG)
Posição: Zagueira | volante
Clubes: Atlético Mineiro (2020/2019), Ipatinga (2018), Lustrika – Fut.7 Feminino (2018), Manchester-BH (2018), Ipatinga (2016/2017), Frigoarnaldo (2016/2017), Manchester-BH (2 014 a 2016), Santa Cruz-BH (2012/2013) e Atlético Mineiro (2011/2012).
Títulos: Campeonato Mineiro Feminino (2020) e Copa BH de Futebol Feminino (2019).

Palmeiras renova com meio-campista Ary Borges para a temporada de 2021

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou nesta segunda-feira (04) a renovação de contrato da meio-campista Ary Borges, de 21 anos, para a temporada de 2021. Um dos destaques individuais da equipe no ano passado, a atleta se prepara para jogar pelo segundo ano com a camisa do Verdão.

“É uma felicidade e honra muito grande poder vestir a camisa do Palmeiras por mais um ano. A expectativa é de crescimento e evolução de tudo o que fizemos em 2020 para podermos entrar ainda mais na história do clube e, quem sabe, termos uma grande conquista esse ano”, ressalta Ary.

Ary em primeiro jogo da história do time feminino no Allianz Parque (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Em 2020, a jogadora atuou em 21 partidas, divididas entre os campeonatos Paulista e Brasileiro, e marcou nove gols. Ary ainda se sagrou a artilheira do Alviverde no torneio estadual com sete tentos.

No final da temporada passada, a atleta também recebeu o prêmio de melhor meio-campista do Campeonato Paulista pelo segundo ano consecutivo. A premiação foi realizado de forma online pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

 

Palestrina em treino da Seleção Brasileira em 2020 (Foto: Thaís Magalhães/CBF)

O desempenho da meio-campista também despertou a atenção da técnica da Seleção Brasileira Principal, Pia Sundhage, que a convocou em setembro do ano passado, pela primeira vez, para participar de um período de treinos na Granja Comary, em Teresópolis-RJ.

Ary é a segunda atleta a ter a renovação anunciada pelo Verdão em 2021. A primeira foi a zagueira Thaís, que segue para a terceira temporada no clube. Ambas se juntam a Chú (atacante) e Rafa Andrade (meio-campista), novas contratadas da equipe.

Feminino do Verdão contrata meio-campista Rafa Andrade, ex-Ferroviária

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou neste domingo (03) a contratação da meio-campista Rafa Andrade para o elenco feminino na temporada de 2021. A atleta defendeu a Ferroviária nos últimos dois anos.

“É uma grande honra ter a oportunidade de vestir uma camisa tão pesada como é a do Palmeiras. Estou muito feliz e motivada para fazer uma ótima temporada e poder aprender e crescer. A torcida pode ter certeza que garra, força e dedicação não vão faltar da minha parte para ajudar o clube a conquistar títulos”, destaca Rafa, que atua como volante.

Rafa Andrade é o segundo reforço anunciado pelo Verdão em 2021 (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Nascida em Souza, município localizado no interior do estado da Paraíba (PB), a atleta de 23 anos começou a carreira no São Bernardo-SP, em 2015. Por ser uma volante moderna e ter facilidade para chegar na área e marcar gols, não demorou para o futebol da jogadora chamar a atenção de outros clubes brasileiros.

Além do time do ABC, a meio-campista jogou pela Portuguesa-SP (2016), Foz Cataratas FC-PR (2016), Avaí/Kindermann-SC (2017/2018), Napoli-SC (2018), 3B da Amazônia-AM (2018), Tiradentes-CE (2018), Botafogo-PB (2018) e Ferroviária-SP (2019/2020). A atleta também teve duas passagens pela Seleção Brasileira, sendo uma em 2015, ainda pelas categorias de base e outra em 2018, no time principal.

Na temporada de 2020, Rafa atuou em 20 partidas e marcou cinco gols. Com a camisa do time de Araraquara, a atleta superou a marca de 50 jogos disputados. A volante é a segunda contratação anunciada pelo Verdão e vai reencontrar a atacante Chú, que foi o primeiro reforço do Verdão em 2021 e companheira da atleta na Ferroviária.

Rafa em treino da Seleção Brasileira Sub-20 em 2015 (Foto: Divulgação)

Ficha técnica

Nome: Rafaela Andrade da Silva
Data de nascimento: 02/05/1997 (23 anos)
Naturalidade: Souza (PB)
Posição: Meia (volante) / Defensora (lateral-direita)
Clubes: Ferroviária (2020 e 2019), Botafogo-PB (2018), Tiradentes-CE (2018), 3B da Amazônia (2018), Avaí/Kindermann (2018), Napoli-SC (2018),
Avaí/Kindermann (2017), Foz Cataratas FC (2016),
Portuguesa (2016) e São Bernardo (2015).
Títulos: Sul-Americano Sub-20 (2015), Campeonato Catarinense (2017), Campeonato Paraibano (2018), Campeonato Brasileiro Feminino (2019), vice-campeã da Libertadores (2019) e vice-campeã do Paulista Feminino (2020).

Palmeiras acerta renovação de contrato da zagueira Thaís para a temporada de 2021

Departamento de Comunicação

O Palmeiras anunciou neste sábado (02) a primeira renovação de contrato do time feminino para a temporada de 2021. Trata-se da zagueira Thaís, atleta de 24 anos, que está no clube desde a reativação da modalidade, em 2019.

“Estou muito feliz em vestir e honrar essa camisa por mais um ano. Quero estar muito bem e ajudar o time, novamente, dentro e fora de campo. Que seja um ano de muitas conquistas para nós”, diz Thaís.

Essa será a terceira temporada de Thaís com a camisa do Verdão (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Campeã da Copa Paulista na primeira temporada vestindo a camisa do Verdão, a defensora é uma das atletas mais identificadas com a torcida e isso se deve não só pelas responsabilidades defensivas, como, também, pela qualidade técnica, a precisão nos passes e os gols marcados.

Zagueira comemora gol contra a Ferroviária no Allianz Parque (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Em 2020, a jogadora participou de 26 das 28 partidas do Palmeiras no ano e marcou quatro gols. No final da temporada passada, Thaís também recebeu o prêmio de melhor zagueira do Campeonato Paulista, em votação promovida pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Campeã mundial, atacante Chú reforça elenco feminino do Palmeiras

Departamento de Comunicação

A atacante Chú é o mais novo reforço do futebol feminino do Palmeiras para a temporada de 2021. Campeã do Mundial de Clubes, a jogadora acumula passagens pela Seleção Brasileira e teve como último clube a Ferroviária.

“Conheço a história e a grandeza do Palmeiras. Sei que enfrentaremos grandes desafios, assim como eu sei do potencial da equipe. Estou muito feliz pelo novo desafio, vamos lutar para conquistar títulos e farei de tudo para ter uma grande história com o clube. Não vejo a hora de entrar em campo com esse manto”, destaca Chú, a primeira contratação anunciada pelo Alviverde no ano.

Chú vai participar da preparação da Seleção Brasileira antes de se apresentar ao Verdão (Foto: Mariana Sá/CBF)

Natural de São João de Meriti, no Rio de Janeiro, a atacante de 30 anos atua pelos lados do campo e teve passagens de destaque pelos clubes: CEPE Duque de Caxias-RJ (2008), Santos-SP (2011/2018), Centro Olímpico-SP (2012), Vitória das Tabocas-PE (2013/2014), São José-SP (2014/2017), Corinthians/Audax-SP (2016), Fortuna Hjørring-DIN (2017), Changchun Dazhong-CHI (2019) e Ferroviária-SP (2020).

Na temporada de 2020, a atleta atuou em 25 partidas, divididas entre os campeonatos Paulista e Brasileiro, e balançou as redes sete vezes. No mesmo ano, Chú também se sagrou vice-campeã do Campeonato Paulista com a equipe de Araraquara.

Atacante já treinou na Academia de Futebol II vestindo a Amarelinha (Foto: Mariana Sá/CBF)

Em seu extenso currículo, a jogadora também acumula os títulos de campeã dos seguintes torneios: Sul-Americano Sub-20 (2008), Copa Libertadores Feminina (2014), Mundial Feminino de Clubes (2014), Copa América Feminina (2014), Copa do Brasil (2016) e Campeonato Paulista (2011 e 2018).

Antes de se apresentar ao Verdão, a atacante vai participar do período de preparação da Seleção Brasileira entre os dias 5 e 20 de janeiro, em Viamão (RS). As atividades fazem parte do ciclo de observações do Brasil para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (adiados para 2021).

Ficha técnica

Nome: Francisleide dos Santos Barbosa
Data de nascimento: 27/02/1990 (30 anos)
Naturalidade: São João de Meriti (RJ)
Posição: Atacante
Clubes: Ferroviária (2020), Changchun Dazhong (2019), Santos (2018/2011), São José (2017/2014), Fortuna Hjørring (2017), Corinthians/Audax (2016), Vitória das Tabocas (2013/2014), Centro Olímpico (2012) e CEPE Duque de Caxias (2008).

Títulos: Sul-Americano Sub-20 (2008), Copa Libertadores Feminina (2014), Mundial Feminino de Clubes (2014), Copa América Feminina (2014), Copa do Brasil (2016), Campeonato Paulista (2011 e 2018) e vice-campeã do Campeonato Paulista (2020).

Departamento de Comunicação

A equipe feminina de futebol do Palmeiras fez história na recém-encerrada temporada de 2020. Com um elenco formado por jogadoras consagradas e jovens de grande talento, as palestrinas avançaram à semifinal nas duas principais competições do calendário: o Campeonato Brasileiro e o Campeonato Paulista.

Segundo o diretor-executivo da modalidade, Alberto Simão, os resultados superaram as expectativas iniciais, que levavam em conta o fato de o clube ter reativado o time feminino em 2019.

“Apesar do pouco tempo de trabalho, já conseguimos mostrar a cara do Palmeiras. Ficamos felizes com o que conseguimos, mas, por outro lado, sabemos o que nos faltou para subir o último degrau”, afirma. “Por toda a sua grandeza, o Palmeiras precisa estar sempre brigando na parte de cima da tabela, almejando títulos. Vamos trabalhar ainda mais em 2021 para continuarmos crescendo.”

Confira a seguir algumas razões para aplaudir as palestrinas:

Papel de protagonista

Ao longo de todo o ano, o Verdão encarou as principais forças da modalidade de igual para igual. No Brasileiro, ganhou os clássicos contra São Paulo e Santos, ambos por 2 a 1, e eliminou nas quartas de final a forte equipe da Ferroviária (foto), campeã nacional em 2019. Já no Paulista, o clube bateu novamente o São Paulo, desta vez fora de casa e por 3 a 0, e superou no mata-mata o tradicional São José, tricampeão da Libertadores feminina (2011, 2013 e 2014).

Atletas comemoram classificação para a semifinal do Brasileiro Feminino em Araraquara (Foto: Tetê Viviani)

Atletas na Seleção

O bom desempenho das palmeirenses chamou a atenção da técnica da Seleção Brasileira, Pia Sundhage. Durante a temporada, a sueca convocou cinco atletas do clube para a equipe principal: a goleira Vivi, a lateral-direita Isabella (foto), as meio-campistas Ary (foto) e Camilinha (foto) e a atacante Bia Zaneratto. Como se não bastasse, a lateral-esquerda Vitória, as meio-campistas Angelina e Juliana e a atacante Lurdinha ganharam chances no time Sub-20 do Brasil. Na Seleção da Argentina, a zagueira Agustina também foi lembrada nas convocações.

Camilinha, Ary e Isabella foram convocadas para um período de treinos com a Seleção em setembro (Foto: Divulgação/CBF)

Maior artilheira 

Com 12 gols, Carla Nunes (foto) terminou o Brasileiro como principal goleadora do torneio. Além disso, a camisa 10 do Alviverde alcançou outras duas façanhas: ela fez o primeiro gol do nosso time feminino no Allianz Parque (em 24 de setembro, contra o Santos) e se tornou a maior artilheira da história do clube, com 34 bolas na rede – são oito de vantagem em relação a Nildinha, que marcou 26 gols em duas passagens pelo Verdão (1999 e 2011/2012).

Carla Nunes chuta para fazer o primeiro gol do time feminino no Allianz Parque (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Clube da inclusão 

Na partida contra a Ponte Preta, pela sexta rodada do Brasileiro, o Alviverde promoveu a estreia da atacante Stefany (foto), a primeira atleta surda de futebol a atuar profissionalmente no país. A catarinense chegou ao clube após se sagrar campeã mundial com a Seleção Brasileira de futsal de surdos. A iniciativa palmeirense ganhou o mundo e foi tema de reportagem no site oficial da Fifa.

Tefy foi a primeira atleta surda de futebol a atuar profissionalmente no Brasil (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Contratação de craques 

Além de manter a base da equipe que conseguira o acesso para a Primeira Divisão em 2019, o Palmeiras superou a concorrência de outros grandes clubes do país e se reforçou com atletas de alto nível técnico, como a meio-campista Camilinha (foto) e atacante Bia Zaneratto, chamadas constantemente para defender a Seleção.

Camilinha chegou ao clube em agosto, após passagem de sucesso nos Estados Unidos (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Triplo reconhecimento 

As atletas Ary (meio-campista), Thaís (zagueira) e Vivi (goleira) também foram destaques na Seleção do Paulistão Feminino. As atletas foram eleitas como melhor meio-campista, zagueira e goleira, respectivamente, na premiação organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Os votos foram feitos pelos técnicos e capitãs das 16 equipes participantes.

Thaís conquistou pela primeira vez o prêmio da FPF (Foto: Arquivo pessoal)

Apoio merecido 

O desempenho das palestrinas lhes rendeu o patrocínio da PUMA, empresa parceira do Palmeiras. A multinacional alemã, que desenvolve o material esportivo do Verdão desde 2019, fechou acordo com todas as jogadoras que ainda não tinham patrocínio particular. Além de utilizarem chuteiras e acessórios da PUMA em jogos e treinos, as craques do Alviverde participaram de ações em conjunto com a marca, como a doação de livros e materiais para as atletas do Taboão da Serra.

Carta ao associado

Departamento de Comunicação

Mais um ano está chegando ao fim e a Sociedade Esportiva Palmeiras só tem uma palavra a dizer: OBRIGADO.

Sabemos que o ano de 2020 foi repleto de desafios, mas nos unimos e entendemos que um ambiente seguro é responsabilidade de todos. Por esse motivo, agradecemos aos associados, colaboradores e parceiros por entenderem e se unirem em prol do cuidado com a saúde.

Também aproveitamos para desejar um Feliz Natal e um próspero Ano Novo. Muita paz, amor, saúde e sucesso para você e a sua família!

Que nos próximos 365 dias você possa sonhar, lutar pelo que acredita e concretizar todas as suas metas. Fica aqui a nossa torcida por você. Somos a #FamíliaPalmeiras e a sua vitória também é a nossa vitória!

Daqui para frente vamos estar mais juntos do que nunca. Vai dar tudo certo e estamos com as esperanças renovadas para 2021!

Sociedade Esportiva Palmeiras 

Palmeiras oferece clube de vantagens para os associados

Departamento de Comunicação

Jogadoras do Palmeiras ganham prêmio e integram Seleção do Paulistão Feminino

Departamento de Comunicação

A goleira Vivi, a zagueira Thaís e a meio-campista Ary receberam na noite desta segunda-feira (21) o prêmio de melhor atleta por posição do Campeonato Paulista Feminino, em cerimônia online realizada no Facebook da competição, que se encerrou no último domingo (20). O time foi escalado através de votos das capitãs e dos técnicos de 16 equipes paulistas.

Vivi, Thaís e Ary se destacaram ao longo da temporada de 2020 (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Eleita a melhor meio-campista, Ary Borges teve um ano especial. Além de ser a artilheira do Palmeiras com 7 gols no torneio, a jogadora ajudou o Verdão a chegar na semifinal dos campeonatos Paulista e Brasileiro e foi convocada pela primeira vez para a Seleção Brasileira Principal.

“Gostaria de agradecer a Deus, a minha família e as minhas companheiras de time, pois sem elas nada disso seria possível. Estou muito feliz de estar na Seleção do campeonato pelo segundo ano consecutivo”, destaca a camisa 8 do Verdão.

Já a zagueira Thaís, recebeu a indicação pela primeira vez. Atleta do clube desde 2019, a defensora foi uma das responsáveis pelo destaque da defesa alviverde na competição. Até o primeiro jogo da semifinal, o Palmeiras havia sofrido apenas quatro gols em sete partidas disputadas.

“Estou muito feliz pela conquista e gostaria de agradecer a todos que me apoiam e me acompanham, em especial, a minha família, por estar sempre ao meu lado, e as minhas companheiras de time”, diz Thaís.

Para encerrar a lista de premiadas, a goleira Vivi foi mais uma atleta a ser lembrada pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Recém-convocada para a Seleção Brasileira, a jogadora foi surpreendida com notícias positivas no final de 2020.

“Foi um ano dificil e fico feliz de encerrar a temporada com essa conquista. Um trabalho não é feito sozinho, por isso, agradeço a todos os profissionais do Palmeiras e a minha família”, conclui Vivi, que se apresenta na Seleção no dia 5 de janeiro.

O time feminino do Palmeiras entrou em período de férias no dia 11 de dezembro e retorna as atividades em 2021.

Garanta a sua ceia de Natal e Ano Novo no Café 1914

Cardápios – Kit final de ano

Confira o regulamento da Promoção dos Triângulos no clube social

Regulamento

Palestrinas são convocadas para treinamentos com a Seleção Brasileira Feminina

Departamento de Comunicação

A goleira Vivi e a meio-campista Camilinha foram convocadas na tarde desta segunda-feira (14) para um período de treinamentos com a Seleção Brasileira de Futebol Feminino entre os dias 5 e 20 de janeiro, em Viamão (RS). A preparação faz parte do ciclo de observações da técnica Pia Sundhage para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que serão realizados em 2021.

Atletas se apresentam para treinamentos no dia 5 de janeiro (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Neste ano, a Seleção se reuniu quatro vezes, sendo que em três oportunidades as Palestrinas foram lembradas pela técnica sueca. Já vestiram as cores do Brasil, as jogadoras Ary, Bia Zaneratto, Isabella e Camilinha que, inclusive, foi a atleta do Verdão com mais convocações no ano. A jogadora também participou dos últimos amistosos da Amarelinha contra o Equador nos dias 27 de novembro e 1° de dezembro.

Uma das novidades da lista de convocadas é a goleira Vivi, que foi chamada pela primeira vez por Pia Sundhage. A atleta está no Palmeiras desde o ano passado e foi um dos destaques do clube na temporada de 2020 com grandes defesas nos campeonatos Paulista e Brasileiro.

Além das representantes alviverdes, que estão de férias desde o último sábado (12), a lista de convocadas conta com outras 21 atletas. A concentração será realizada em um período que não corresponde a Data FIFA.

Atletas do Palmeiras conquistam faixa preta de karate em exame realizado no Clube Esperia

Departamento de Comunicação

Os caratecas Paulo Tadeu Lima Almeida, Rafael Lima de Almeida e Regis Calvário conquistaram neste sábado (12) a faixa preta de karate, em exame realizado no Clube Esperia, na zona norte de São Paulo (SP).

Caratecas do Palmeiras participaram do exame de faixas da FPK (Foto: Divulgação)

O exame foi realizado pela Federação Paulista de Karate (FPK) que, por meio da banca examinadora, elogiou a participação e o desempenho dos atletas alviverdes. A faixa preta (3º Dan) é considerada de “nível avançado” e um marco de renovação na prática da modalidade, sendo assim, os caratecas passam a ter ainda mais responsabilidades.

No total, o Departamento de Karate conta com seis atletas federados, cinco militantes e um associado. Já na equipe mirim, 10 associados fazem parte do Projeto Olímpico São Paulo da FPK, que conta com inscrições na Coordenadoria.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, as equipes de karate do Verdão não participaram de competições em 2020. Os treinos do Projeto Olímpico São Paulo da FPK também estão suspensos por tempo indeterminado.

Departamento de Comunicação

Começou nesta sexta-feira (11) o Bazar da Filó, um evento sediado pela a Sociedade Esportiva Palmeiras pelo segundo ano consecutivo, no ginásio poliesportivo. O evento segue até o domingo (13), no mesmo lugar.

Seguindo todos os protocolos de segurança e com aferição de temperatura, distribuição de máscaras para os expositores e álcool em gel na entrada e em todas as barracas, o Bazar da Filó precisou se adaptar para esta edição, reduzindo em 40% o número de expositores.

A organizadora do evento, Filomena Scagliusi, comenta que tem boas expectativas para a edição. “Espero que seja um sucesso para que todos os expositores aqui presentes saiam satisfeitos e possam passar um final de ano melhor”, destaca.

Acompanhe essa e mais novidades na página SE Palmeiras – Clube Social no Facebook e no Instagram @palmeirasclubesocial.

⚠️ O evento será realizado seguindo todas as recomendações de segurança e saúde.

Palmeiras empata com Corinthians e se despede do Paulista Feminino na semifinal

Departamento de Comunicação

O Palmeiras enfrentou o Corinthians na tarde desta quinta-feira (10) e empatou pelo placar de 2 a 2, no jogo da volta da semifinal do Paulista Feminino, na Arena Barueri. Os gols foram marcados por Janaína e Ary.

Palestrinas chegaram nas semifinais do Brasileiro e do Paulista (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Com o resultado, as Palestrinas se despediram da competição na semifinal. Na primeira fase, o time feminino disputou cinco jogos e conquistou três vitórias, um empate e uma derrota, além de 28 gols marcados e três sofridos.

Na semifinal, a equipe eliminou o São José, vencendo as partidas por 2 a 0 (primeiro jogo) e 1 a 0 (segundo jogo). A equipe retorna as competições na temporada de 2021.

O jogo

O time alviverde começou a partida determinado a reverter o placar que as rivais conquistaram no primeiro jogo do mata-mata.

As principais chances das Palestrinas foram criadas nas bolas paradas, em especial, as faltas e escanteios batidos por Bianca e Camilinha.

No final do primeiro tempo, aos 47 minutos, o Verdão abriu o placar com a zagueira Janaína, após cobrança de escanteio de Bianca.

Para o segundo tempo, o Alviverde voltou com uma substituição. A autora do gol, Janaína, sentiu uma lesão e deu lugar a meio-campista Nicoly.

A primeira oportunidade da etapa final foi criada pelo Corinthians, mas parou nas mãos da goleira Vivi, um dos destaques do time na partida.

Mesmo encaixado na marcação e com a defesa menos vazada do campeonato, o Palmeiras sofreu a virada com gols aos 11 e 14 minutos.

Sem se abater, as Palestrinas empataram o placar aos 20 minutos. Carla Nunes deu um belo passe para Ary, que chutou de longe e fez o seu sétimo gol no torneio.

Mesmo com o empate, o Palmeiras precisava de mais um gol para buscar a vaga nos pênaltis e foi eliminado na semifinal.

Palmeiras Feminino: Vivi, Isabella, Agustina, Thaís, Janaína (Nicoly), Maressa (Ottilia), Angelina, Ary, Camilinha (Vitória), Carla Nunes (Lurdinha) e Bianca (Rosana). Técnico: Ricardo Belli.

Confira abaixo os resultados do Palmeiras no Paulista Feminino 2020:

Semifinal:

02/12 – Palmeiras 0 x 1 Corinthians

10/10 – Corinthians 2 x 2 Palmeiras
Gol: Janaína e Ary

Quartas de final

19/11 – São José 0 x 2 Palmeiras
Gols: Ary (duas vezes)

28/11 – Palmeiras 1 x 0 São José
Gol: Ary

Primeira fase

19/10 – Ferroviária 2 x 1 Palmeiras – Arena Fonte Luminosa
Gol: Thaís

22/10 – Palmeiras 7 x 0 Realidade Jovem – Estádio Nelo Bracalente
Gol: Bianca (duas vezes), Camilinha (duas vezes), Vitória, Thaís e Lurdinha

25/10 – Palmeiras 1 x 1 Red Bull Bragantino – Estádio Nelo Bracalente
Gol: Lurdinha

04/11 – São Paulo 0 x 3 Palmeiras – CT de Cotia
Gols: Lurdinha (duas vezes) e Ottilia

11/11 – Palmeiras 14 x 0 Taboão da Serra – Estádio Nelo Bracalente
Gols: Ary (três vezes), Angelina (três vezes), Carla Nunes (três vezes), Janaína, Karla Alves, Rosana (duas vezes), Bia e Ottilia.

Em Barueri, Palestrinas decidem vaga na final do Paulista Feminino contra o Corinthians

Departamento de Comunicação

O Palmeiras vai disputar nesta quinta-feira (10), às 16h, o segundo jogo da semifinal do Paulista Feminino contra o Corinthians, na Arena Barueri, em São Paulo-SP. Os palmeirenses podem assistir a partida ao vivo no Facebook da competição.

Palestrinas precisam vencer por 2 a 0 para garantirem a vaga no tempo normal (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Mesmo com um bom futebol apresentado no jogo de ida, as Palestrinas foram superadas pelo placar de 1 a 0. A equipe precisa empatar o resultado para decidir a vaga na final nos pênaltis ou superar as rivais por dois gols de diferença no tempo normal. Esse será o quinto Derby realizado em 2020 e o 14° encontro das equipes na história do futebol feminino.

As Palestrinas contam com a melhor defesa da competição e sofreram apenas quatro gols em oito jogos disputados. A equipe também se destaca no ataque, que conta com a artilharia das atletas Ary (seis gols), Lurdinha (quatro), Angelina e Carla Nunes (três cada); Thaís, Bianca, Camilinha, Rosana e Ottilia (dois cada) e Vitória, Bia, Janaína, Karla Alves e Maressa (um cada).

O Paulista Feminino 2020 contou com a participação de 12 equipes na primeira fase. O vencedor do Derby vai enfrentar a Ferroviária, que eliminou o Red Bull Bragantino, nos dias 13 e 20 de dezembro em horários e locais a serem definidos pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Confira abaixo os confrontos do Palmeiras no Paulista Feminino 2020:

Semifinal

02/12 – Palmeiras 0 x 1 Corinthians – Estádio Nelo Bracalente
10/12 – Corinthians x Palmeiras – Arena Barueri

Quartas de final

19/11 – São José 0 x 2 Palmeiras – Estádio Martins Pereira
Gols: Ary (duas vezes)

28/11 – Palmeiras 1 x 0 São José – Nelo Bracalente
Gol: Ary

Primeira fase

19/10 – Ferroviária 2 x 1 Palmeiras – Arena Fonte Luminosa
Gol: Thaís

22/10 – Palmeiras 7 x 0 Realidade Jovem – Estádio Nelo Bracalente
Gols: Bianca (duas vezes), Camilinha (duas vezes), Vitória, Thaís e Lurdinha

25/10 – Palmeiras 1 x 1 Red Bull Bragantino – Estádio Nelo Bracalente
Gol: Lurdinha

04/11 – São Paulo 0 x 3 Palmeiras – CT de Cotia
Gols: Lurdinha (duas vezes) e Ottilia

11/11 – Palmeiras 16 x 0 Taboão da Serra – Estádio Nelo Bracalente
Gols: Ary (três vezes), Angelina (três vezes), Carla Nunes (três vezes), Bia, Ottilia e Maressa.

Arqueiros do Palmeiras conquistam pódio no Campeonato Brasileiro Paraolímpico de Tiro com Arco

Departamento de Comunicação

Os atletas Heriberto Roca e Cecília lida participaram do 14° Campeonato Brasileiro Paraolímpico de Tiro com Arco entre os dias 2 e 6 de dezembro e conquistaram as medalhas de ouro e bronze, respectivamente, em competição realizada no Clube Kaikan, em Goiânia (GO).

Arqueiro palestrino também garantiu vaga no Parapanamericano da modalidade em 2021 (Foto: Divulgação)

Heriberto compete na categoria recurvo masculino (arco composto por lâmina, punho e corda) e conquistou a vaga para a finalíssima ao terminar a semifinal na terceira colocação com 518 pontos e um total de 72 flechas atiradas.

“Por conta da pandemia enfrentamos dificuldades e adaptações nos treinos e na vida. Precisei me reinventar e tirar forças para mostrar o meu melhor. Com muita garra e determinação nós chegamos lá. O campeonato foi incrível, seguimos todas as normas e tivemos excelentes disputas. Conseguir o meu primeiro título de campeão brasileiro de Tiro com Arco Paralímpico Outdoor (70m) tem um significado ainda mais especial e, com muita honra, vou dar o meu melhor para representar o Brasil nos Jogos Parapanamericanos”, ressalta Heriberto.

Na modalidade, o objetivo é acertar as flechas o mais próximo possível do centro do alvo. Na categoria de Heriberto, o alvo fica posicionado a 70m de distância e é formado por 10 círculos, sendo que o mais externo vale um ponto e o central, 10 tentos.

Já Cecília, faz parte da categoria composto feminino, onde o arco possui duas polias nas extremidades. Além disso, a atleta também utiliza uma mira com lente de aumento. Por conta dessas diferenças, a distância para a categoria é de 50 metros e o seu alvo é composto por cinco círculos, que fazem a pontuação variar de cinco a 10 pontos.

Cecília conquistou o bronze na primeira competição com a camisa alviverde (Foto: Divulgação)

Para a recém-contratada pelo Palmeiras, a medalha de bronze também tem um sabor especial. Retornando a competir após uma lesão no ombro, a atleta somou 551 pontos na semifinal e destacou a conquista em solo goiano.

“Foi um campeonato de muitas superações para mim. Fiquei um tempo sem treinar por conta da pandemia e, ao retornar em ritmo intenso, senti uma piora na lesão do ombro. Durante o campeonato acabei passando mal, mas, no penúltimo dia, garanti a medalha de bronze. Fiquei bastante satisfeita com o resultado geral e com as minhas pontuações. Quero aproveitar e agradecer imensamente o meu instrutor, Luiz Paulo (também diretor da modalidade), que me ajudou de forma física e emocional para atingir esse resultado”, destaca Cecília.

Após o Campeonato Brasileiro, os atletas palestrinos, que estão em busca de uma vaga nas Paralimpíadas de Tóquio 2020 (adiada para 2021) e chegaram ao clube no meio deste ano, também participaram da seletiva para o IV Parapanamericano de Tiro com Arco, que será disputado na cidade de Monterrey, no México, entre os dias 22 e 28 de março de 2021.

Na disputa, estiveram presentes os arqueiros que ficaram entre os seis primeiros colocados no Round Classificatório de cada categoria do torneio nacional. Heriberto terminou em primeiro lugar e garantiu vaga na competição, enquanto Cecília ficou na terceira colocação e se tornou a primeira reserva.

Palmeiras é superado pelo Corinthians no primeiro jogo da semifinal do Paulista Feminino

Departamento de Comunicação

O Palmeiras mediu forças contra o Corinthians na tarde desta quarta-feira (02) e foi superado pelo placar de 1 a 0 no primeiro jogo da semifinal do Paulista Feminino, no estádio Nelo Bracalente, em Vinhedo-SP.

Palmeiras precisa vencer por dois gols de diferença para avançar à final (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Com o resultado, o Verdão precisa vencer a equipe rival com dois gols de diferença para garantir de forma direta a vaga na final do campeonato. Caso as Palestrinas balançem a rede uma vez, a decisão vai para os pênaltis.

O segundo Derby será disputado com mando do Corinthians no dia 10 de dezembro, às 16h, na Arena Barueri. O jogo será transmitido ao vivo no Facebook do Paulistão Feminino.

O jogo

As Palestrinas começaram o primeiro tempo a todo vapor e se lançaram ao ataque logo nos minutos iniciais da partida.

Com volume de jogo e bem postada na defesa, a equipe alviverde teve a primeira chance clara de gol aos 15 minutos, após a finalização de Ary, que notou a goleira Lelê adiantada e tentou marcar de cobertura.

Aos 28 minutos foi a vez da meio-campista Angelina, que retornou ao clube após um período de treinos com a Seleção Brasileira Sub-20, arriscar um belo chute de de fora da área, que passou próximo a meta rival.

Na etapa final, o Verdão chegou com perigo aos 15 minutos, após Bianca recuperar a bola e iniciar um belo contra-ataque, que terminou com a finalização da atacante para o gol.

Mesmo com a forte marcação palestrina, as rivais abriram o placar aos 19 minutos com Gabi Nunes. O time não se abateu e ainda criou oportunidades para empatar o placar, mas o resultado terminou com revés de 1 a 0 para o Palmeiras.

Angelina foi um dos destaques da partida (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Palmeiras Feminino: Vivi (G), Isabella (Camilinha), Agustina, Thaís (Nicoly), Janaína, Maressa, Ary, Angelina, Bianca (Rosana), Carla Nunes (Vitória) e Ottilia (Lurdinha). Técnico: Ricardo Belli.

Confira abaixo os confrontos do Palmeiras no Paulista Feminino 2020:

Semifinal

02/12 – 15h – Palmeiras 0 x 1 Corinthians – Estádio Nelo Bracalente

10/12 – 16h – Corinthians x Palmeiras – Arena Barueri

Quartas de final

19/11 – São José 0 x 2 Palmeiras – Estádio Martins Pereira
Gols: Ary

28/11 – Palmeiras 1 x 0 São José – Estádio Nelo Bracalente
Gol: Ary

Primeira fase:

19/10 – Ferroviária 2 x 1 Palmeiras – Arena Fonte Luminosa
Gol: Thaís

22/10 – Palmeiras 7 x 0 Realidade Jovem – Estádio Nelo Bracalente
Gol: Bianca (duas vezes), Camilinha (duas vezes), Vitória, Thaís e Lurdinha

25/10 – Palmeiras 1 x 1 Red Bull Bragantino – Estádio Nelo Bracalente
Gol: Lurdinha

04/11 – São Paulo 0 x 3 Palmeiras – CT de Cotia
Gols: Lurdinha (duas vezes) e Ottilia

11/11 – Palmeiras 16 x 0 Taboão da Serra – Estádio Nelo Bracalente
Gols: Ary (três vezes), Angelina (três vezes), Carla Nunes (três vezes), Janaína, Karla Alves, Rosana (duas vezes), Bia e Ottilia.