Após quatro anos na Prudentina, conquistou a terceira e a segunda divisões estaduais, chamando a atenção dos dirigentes palmeirenses. Logo em seu segundo ano no Verdão, fez um Torneio Rio-São Paulo primoroso, se sagrando campeão e artilheiro – marcou 14 vezes em 11 jogos. Apelidado de Pantera, graças ao vigor físico e ímpeto usado para romper as defesas adversárias, atuou na partida que o Palmeiras representou a Seleção Brasileira frente à Seleção Uruguaia. Só ficou de fora da lista final para Copa do Mundo de 1966, pois estava com a perna fraturada. Após encerrar a carreira, virou figura constante nas partidas da equipe de Masters do Alviverde.

 

Ademar Miranda Júnior 31 de outubro de 1941
São Paulo-SP 30 de novembro de 2001

Posição: Atacante

Número de temporadas: 5

Clube anterior: Prudentina-SP

Jogos:

135 (81 vitórias, 24 empates e 30 derrotas)

Estreia: Palmeiras 3x4 Botafogo (03/05/1964)

Último jogo: Palmeiras 2x3 Portuguesa (10/04/1968)

Gols: 87

Primeiro gol: Palmeiras 1x1 Bancária-SP (24/06/1964)

Último gol: Palmeiras 4x1 Universidad Católica-CHI (21/03/1968)

Principais títulos:

Torneio Rio-São Paulo em 1965; Campeonato Paulista em 1966

Desenvolvido por Foursys