Com um estilo de jogo duro, mas não violento, foi um dos principais marcadores de Pelé em uma época em que a Primeira Academia e o Santos travavam históricos duelos. É o quinto jogador que mais vezes envergou o manto alviverde. Entre tantos importantes jogos, destaque para a reinauguração do Palestra Italia –  após a primeira grande reforma, na qual o gramado foi suspenso, e os vestiários foram construídos abaixo dele – e para a partida na qual o Uruguai foi derrotado pelo Palmeiras em 1965, quando o Verdão representou a Seleção Brasileira. No gramado do Pacaembu, Valdemar ganhou seu apelido após marcar um belo gol, um verdadeiro balaço da intermediária. O comentarista Mário Moraes assim descreveu o feito: “Um tiro mais forte que o tiro de uma carabina”.

Saiba mais:
>Especial Derby: TOP 10

Valdemar dos Santos Figueira 28 de janeiro de 1932
São Paulo-SP 21 de agosto de 2010

Posição: Zagueiro

Número de temporadas: 13

Clube anterior: Ypiranga-SP

Jogos:

594 (341 vitórias, 115 empates e 138 derrotas)

Estreia: Palmeiras 4x3 Santos (27/05/1954)

Último jogo: Palmeiras 2x0 Bragantino (21/08/1966)

Gols: 9

Primeiro gol: Palmeiras 5x1 Linense (15/08/1954)

Último gol: Palmeiras 3x3 Corinthians (24/03/1959)

Principais títulos:

Campeonato Paulista em 1959, 1963 e 1966; Campeonato Brasileiro em 1960; Torneio Rio-São Paulo em 1965

Desenvolvido por Foursys