#MAIORCAMPEÃODOBRASIL
|SITE OFICIAL
Crefisa FAM Puma

COPA LIBERTADORES

A trajetória do Verdão na maior competição de clubes da América

* Dados atualizados até a participação de 2022

Retrospecto

Geral

222

jogos

125

vitórias

42

empates

55

derrotas

429

gols marcados

226

gols sofridos

Mandante

109

jogos

75

vitórias

20

empates

14

derrotas

253

gols marcados

85

gols sofridos

Visitante

110

jogos

48

vitórias

22

empates

40

derrotas

173

gols marcados

138

gols sofridos

Neutro

3

jogos

2

vitória

0

empate

1

derrota

3

gol marcado

3

gols sofridos

Recordes

Dado Marca
Primeira vitória Independiente-ARG 0 x 2 Palmeiras, em 04/05/1961
Última vitória Palmeiras 5 x 0 Cerro Porteño-PAR, em 06/07/2022
Maior série de vitórias (geral) 9 vitórias, entre 27/11/2021 e 06/07/2022 - ao lado do Flamengo
Maior série invicta (geral) 18 jogos, entre 27/05/2021 e 10/08/2022
Maior série de vitórias como mandante 9 vitórias, entre 05/05/1999 e 06/06/2000
Maior série invicta como mandante 34 jogos, entre 12/04/1979 e 12/05/2005
Maior série de vitórias como visitante 5 vitórias, duas vezes: entre 01/03/2018 e 20/09/2018 e entre 05/01/2021 e 14/07/2021
Maior série invicta como visitante 20 jogos (14 V - 6 E), de 25/04/2019 até 03/08/2022 (não inclui campo neutro)
Maior goleada como mandante Palmeiras 8 x 1 Independiente Petrolero-BOL, em 12/04/2022
Maiores goleadas como visitante Independiente Petrolero-BOL 0 x 5 Palmeiras, 03/05/2022, no Estádio Olímpico Patria (Sucre-BOL)
Edição com mais jogos disputados 1968: 15 partidas
Edição com mais vitórias 1968: 11 vitórias
Edição com maior percentual de vitórias 2020: 77% (10 vitórias em 13 jogos)
Edição com menos derrotas 1961 (1, em 6 jogos), 2001 (1, em 12 jogos), 2020 (1, em 13 jogos) e 2021 (1, em 13 jogos)
Edição com menor percentual de derrota 2020, 2021 e 2022: 8%
Edição com mais gols marcados 2022: 37 gols
Edição com maior média de gols marcados 2022: 2,67 (37 gols em 12 jogos)
Edição com menos gols sofridos 1961 (5, em 6 jogos), 1974 (5, em 6 jogos) e 2019 (5, em 10 jogos)
Edição com menor média de gols sofridos 2020: 0,46 (6 gols em 13 jogos)

 

  • BRASILEIRO COM MAIS EDIÇÕES DISPUTADAS: O Palmeiras é o time brasileiro com mais edições disputadas da Libertadores. Em 2022, disputou o Continental pela 22ª vez, superando as 21 do Grêmio e do São Paulo. Ao fim de sua participação na edição de 2022, o Verdão disputou 222 jogos pela Libertadores, com 125 vitórias, 42 empates e 55 derrotas (429 gols marcados e 226 sofridos).

  • BRASILEIRO COM MAIS PARTICIPAÇÕES SEGUIDAS: Quando o tema se restringe a participações seguidas, em 2022, disputou a Libertadores pela sétima vez em série, se tornando, aquele momento, o líder dentre os times brasileiros com mais edições seguidas, ao lado do São Paulo (o Tricolor disputou sete ininterruptas entre 2004 e 2010).

  • BRASILEIRO COM MAIS TÍTULOS: Com a conquista do bicampeonato das edições de 2020 e de 2021 (seu tricampeonato no geral, pois a primeira conquista foi em 1999), o Palmeiras passou a ser, ao fim da edição de 2021, o brasileiro com mais títulos do torneio, igualando o Santos, o São Paulo e o Grêmio, todos com três conquistas - depois, o Flamengo, em 2022, com a conquista daquela edição, também entrou para este grupo.

  • BRASILEIRO COM MAIS FINAIS DISPUTADAS: O Palmeiras possui três títulos e três vices, portanto, seis finais disputadas e, desta forma, continua sendo até o fim da edição de 2022, o time brasileiro com mais finais de Libertadores ao lado do São Paulo – o Verdão disputou as de 1961, 1968, 1999, 2000, 2020 e 2021.

  • BRASILEIRO COM MAIS JOGOS, VITÓRIAS E GOLS NA LIBERTADORES: A edição de 2022 fez com que o Verdão reforçasse alguns números positivos dos quais já era detentor. E ampliou o seu saldo como o clube brasileiro na Libertadores com mais jogos (222, seguido do Grêmio, 207), mais vitórias (125, seguido do Grêmio, com 108), mais gols no geral (429, seguido do Grêmio, 318, e do Flamengo, 316 - dados atualizados até a final da edição de 2022).

  • BRASILEIRO COM MAIS JOGOS, VITÓRIAS E GOLS COMO MANDANTE: A edição de 2022, além de reforçar outras marcas das quais já era detentor, também trouxe uma que ainda faltava para que o Palmeiras se tornasse absoluto na Libertadores dentre os times nacionais: iniciou a edição como o segundo time brasileiro com mais vitórias em casa pela competição, com 71 vitórias (atrás só do São Paulo e do Grêmio, ambos com 72), mas superou ambas as equipes encerrando essa sua participação com 75 vitórias como mandante, se tornando líder também neste quesito que faltava. Além disso, ampliou o seu saldo como o brasileiro com gols em casa pela Libertadores (253 até o fim da edição de 2022, seguido do São Paulo, com 206, e do Flamengo, com 203) e ainda ampliou sua vantagem em número de jogos no cenário mandante (109, seguido do Grêmio, com 103),

  • BRASILEIRO COM MAIS JOGOS, VITÓRIAS E GOLS COMO VISITANTE: Com sua disputa de 2022, o Palmeiras também ampliou outras marcas das quais já era o número um dentre os brasileiros, desta vez no cenário visitante: chegou a 110 jogos fora de casa (seguido do Grêmio, 103), 48 vitórias (a frente do Grêmio, com 36) e 173 gols, contra 123 do Grêmio, segundo da lista – essa contagem não inclui gols em campo neutro.

  • TIME DE QUALQUER NACIONALIDADE COM A MAIOR SÉRIE INVICTA GERAL DA HISTÓRIA DA LIBERTADORES: Outra estatística proveniente desta participação do Palmeiras foi a de que o clube passou a dominar, de forma geral, a maior sequência invicta da história do torneio: 18 jogos, igualando a série do Atlético-MG, curiosamente, obtida e encerrada dias antes. Quando se iniciou a competição em 2022, o recorde máximo de mais jogos invictos era de 17 partidas seguidas, e era dividido por dois clubes: Flamengo, entre 2020 e 2021, e Sporting Crystal-PER, entre 1962 e 1967. Entretanto, o Galo já vinha de partidas invictas de edições anteriores e desbancou as equipes que dividiam o topo. E depois, o Alviverde, que já somava oito jogos invictos logo que iniciou a disputa (pois não havia perdido mais nenhum jogo desde o seu último revés até então, que foi para o Defensa y Justicia-ARG, em 17 de maio de 2021, até a caminhada para o título diante do Flamengo), venceu oito e empatou dois de seus 10 jogos seguintes até conhecer o seu primeiro (e único) revés da Libertadores 2022; com isso, igualou os mesmos 18 jogos invictos do Galo; curiosamente, o 18º contra o próprio Atlético-MG, de maneira heroica, com um a menos e se classificando nos penais; desta forma, passou a ostenta mais este expressivo recorde geral do Continental.

  • TIME DE QUALQUER NACIONALIDADE COM A MAIOR SÉRIE INVICTA COMO MANDANTE E VISITANTE DA HISTÓRIA DA LIBERTADORES: Fora de casa, o Palmeiras seguiu ampliando o recorde de invencibilidade de um clube já atingido em toda a história da Libertadores; marca esta que começou a ser construída na edição de 2019. O Verdão, ao longo da construção dessa invencibilidade superou o então recordista, que era o River Plate-ARG com 12 jogos invictos fora de casa, em 2022, chegou a 20! O atual segundo colocado, atrás do Alviverde, é o Flamengo, com 14 jogos invictos fora de casa até o fim da edição de 2022 (esta estatística não contabiliza jogos de mando neutro). Vale lembrar que o Palmeiras já ostentava outros recordes expressivos gerais da Libertadores (e não só dentre os brasileiros), como, por exemplo, o de que já era o dono da maior invencibilidade como mandante (34 jogos entre 1979 a 2005).

  • DONO DO RECORDE GERAL DE VITÓRIAS SEGUIDAS NA LIBERTADORES E DE MAIS VITÓRIAS EM UMA MESMA EDIÇÃO: Ainda na edição de 2022, o Palmeiras se tornou o recordista geral da história da Libertadores em número de vitórias em sequência: nove, isso porque venceu os seus oito primeiros jogos do torneio em 2022 e já vinha de um triunfo em seu último jogo na edição de 2021. Desta forma, o Maior Campeão do Brasil superou o antigo recorde já registrado, de oito vitórias seguidas atingidos por cinco clubes anteriormente ao longo da história da competição: o Peñarol-URU (1966), o Estudiantes (1968 a 1970), o Cruzeiro (1976), o Vasco da Gama (2001) e o Santos (2007). Ainda no final da edição de 2022, o Flamengo, vencedor do torneio, igualou em seu derradeiro jogo (contra o Athletico-PR) as nove vitórias seguidas do Verdão.

  • MELHOR CAMPANHA DA PRIMEIRA FASE DA LIBERTADORES EM QUATRO DE CINCO ANOS (2018, 2019, 2020 E 2022): Além dos 100% de aproveitamento do Maior Campeão do Brasil na fase de grupos da edição de 2022 registrou a conquista da melhor campanha desta etapa do torneio pela quarta vez em cinco anos! Foi assim em 2018, 2019, 2020 e, por último, em 2022.

  • MELHOR ATAQUE DA HISTÓRIA DE UMA FASE DE GRUPOS DA LIBERTADORES: Logo de cara, o time de Abel Ferreira venceu os seis primeiros compromissos pela fase de grupos e se tornou o dono da melhor campanha geral, com 100% de aproveitamento e 25 gols marcados, algo que aconteceu pela quarta vez em cinco anos, pois o Alviverde também havia sido dono da melhor campanha em 2018, 2019 e 2020. Com esses 25 gols na fase, aliás, se tornou o time em todos os tempos da história da Libertadores, instituída em 1960, com mais bolas na rede acumuladas por esta etapa do campeonato, tendo superado os 21 do River Plate-ARG de 2020, até então ataque recordista.

  • TIME COM MAIS PONTOS DE DIFERENÇA DE UM PRIMEIRO PARA UM SEGUNDO COLOCADO NA HISTÓRIA DAS FASES DE GRUPOS: Ainda em se tratando de fase de grupos, o Palmeiras impôs também o recorde de time que, ao longo de todas as primeiras fases de Libertadores já disputadas na história, se classificou com mais pontos de diferença para um segundo colocado do mesmo grupo, pois, neste ano, fechou com 18, contra 8 do Emelec-EQU, superando o antigo recordista Santos, que havia registrado nove pontos de diferença duas vezes para o vice de seu grupo (em 2007 e 2020).

  • VITÓRIAS EM SEIS PAÍSES DIFERENTES EM UMA ÚNICA EDIÇÃO DE LIBERTADORES: Em 2018, o time palmeirense alcançou uma façanha inédita dentre clubes brasileiros: venceu em seis países diferentes em uma mesma edição da mais importante competição das Américas, acumulando triunfos na Colômbia (contra o Junior Barranquilla), Argentina (Boca Juniors), Peru (Alianza Lima), Paraguai (Cerro Porteño), Chile (Colo Colo) e no próprio Brasil (Alianza Lima. Junior Barranquilla e Colo-Colo). Antes, o Verdão estava empatado com outros cinco times nacionais que já conseguiram vencer em cinco países diferentes na Libertadores. São eles: Cruzeiro (1976), Flamengo (1981), Vasco (2001), Santos (2007) e Grêmio (2009).

  • PRIMEIRO PAULISTA A DESPACHAR OS 3 RIVAIS DO ESTADO NA LIBERTADORES: A noite do dia 17 de agosto de 2021 foi inédita para os torcedores do Palmeiras. Depois de empatar com o São Paulo por 1 a 1 no estádio do Morumbi pelo jogo de ida das quartas de final da CONMEBOL Libertadores, o time comandado por Abel Ferreira teve uma atuação perfeita no Allianz Parque, venceu o rival por 3 a 0 e garantiu uma vaga na semifinal pelo segundo ano consecutivo. Com isso, o Alviverde quebrou um tabu, já que nunca havia eliminado o Tricolor em mata-mata de Libertadores, e ainda se tornou o primeiro clube paulista a superar os três rivais estaduais na história da competição (Corinthians, nas quartas de 1999 e nas semis de 2000, Santos na final de 2020 e São Paulo nas quartas de 2021).

  • PRIMEIRO BRASILEIRO FINALISTA DA LIBERTADORES: O Verdão carrega a fama histórica de ter sido o primeiro brasileiro a ter disputado uma final de Libertadores. Foi em 1961, quando enfrentou o Peñarol e ficou com o vice-campeonato. O Alviverde também chegou à decisão em 1968 (vice), 1999 (campeão), 2000 (vice), 2020 (campeão) e 2021 (campeão). Além disso, o clube ainda alcançou a fase semifinal em 1971, 2001 e 2018.

  • ARTILHEIROS PALMEIRENSES NA LIBERTADORES: Ao longo de sua trajetória na mais importante competição das Américas, o Alviverde já contou com cinco artilheiros: Tupãzinho (1968, com 11 gols), Lopes (em 2001, com nove gols), Marcinho e Washington (ambos em 2006, com cinco gols cada um), e Borja (em 2018, com nove gols).

Colocação

Ano Posição
1961 Vice-campeão
1968 Vice-campeão
1971 Semifinal
1973 1ª fase
1974 1ª fase
1979 1ª fase
1994 Oitavas de Final
1995 Quartas de Final
1999 Campeão
2000 Vice-campeão
2001 Semifinal
2005 Oitavas de Final
2006 Oitavas de Final
2009 Quartas de Final
2013 Oitavas de Final
2016 1ª fase
2017 Oitavas de Final
2018 Semifinal
2019 Quartas de Final
2020 Campeão
2021 Campeão
2022 Semifinal

Jogadores com mais partidas

JOGADOR POSIÇÃO J EDIÇÕES
Marcos Goleiro 57 6 (1999, 2000, 2001, 2005, 2006 e 2009)
Weverton Goleiro 53 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Dudu Atacante 51 7 (2016, 2017, 2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Gustavo Gómez Zagueiro 50 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Alex Meia 39 3 (1999, 2000 e 2001)
Galeano Volante 38 3 (1999, 2000 e 2001)
Raphael Veiga Meia 38 5 (2017, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Marcos Rocha Lateral-direito 37 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Zé Rafael Meia 37 4 (2019, 2020, 2021 e 2022)
Luan Zagueiro 36 5 (2017, 2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Willian Atacante 35 5 (2017, 2018, 2019, 2020 e 2021)
Felipe Melo Volante 35 5 (2017, 2018, 2019, 2020 e 2021)
Danilo Volante 32 3 (2020, 2021 e 2022)
Rony Atacante 31 3 (2020, 2021 e 2022)
Cesar Sampaio Volante 30 3 (1994, 1999 e 2000)
Mayke Lateral-direito 29 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2021)
Ademir da Guia Meia 29 3 (1968, 1971 e 1973)
Dudu Volante 29 4 (1968, 1971, 1973 e 1974)
Gabriel Menino Meio-campista 28 3 (2020, 2021 e 2022)
Gustavo Scarpa Meia 27 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Rogério Volante 27 2 (1999 e 2000)
Bruno Henrique Volante 26 4 (2017, 2018, 2019 e 2020)
Cléber Zagueiro 26 3 (1994, 1995 e 1999)
Arce Lateral-Direito 25 3 (1999, 2000 e 2001)
Júnior Lateral-Esquerdo 25 2 (1999 e 2000)
Wesley Atacante 24 3 (2020, 2021 e 2022)
Borja Atacante 24 3 (2017, 2018 e 2019)
Thiago Santos Volante 22 4 (2016, 2017, 2018 e 2019)
Deyverson Atacante 21 4 (2017, 2018, 2019 e 2021)
Eurico Lateral-Direito 21 3 (1971, 1973 e 1974)
Zinho Meia 21 2 (1994 e 1999)
Edu Bala Ponta-Direita 20 3 (1971, 1973 e 1974)
Corrêa Volante 20 2 (2005 e 2006)
Fernando Prass Goleiro 20 4 (2013, 2016, 2017 e 2018)
Maurício Ramos Zagueiro 20 2 (2009 e 2013)
Fedato Atacante 19 3 (1971, 1973 e 1974)
Marcinho Guerreiro Volante 19 2 (2005 e 2006)
Edmundo Atacante 18 3 (1994, 1995 e 2006)
Evair Atacante 18 2 (1994 e 1999)
Nei Ponta-Esquerda 18 3 (1973, 1974 e 1979)
Lúcio Lateral-Esquerdo 18 2 (2005 e 2006)
Baldochi Zagueiro 17 2 (1968 e 1971)
Antonio Carlos Zagueiro 17 2 (1994 e 1995)
Leão Goleiro 17 2 (1971 e 1973)
Gabriel Veron Atacante 16 3 (2020, 2021 e 2022)
Luiz Adriano Atacante 16 3 (2019, 2020 e 2021)
Patrick de Paula Volante 16 2 (2020 e 2021)
Euller Atacante 16 2 (1999 e 2000)
Roque Júnior Zagueiro 16 2 (1999 e 2000)
Daniel Zagueiro 16 2 (2005 e 2006)
Sérgio Goleiro 16 4 (1994, 1995, 2005 e 2006)
Viña Lateral-esquerdo 15 2 (2020 e 2021)
Moisés Meia 15 3 (2017, 2018 e 2019)
Roberto Carlos Lateral-Esquerdo 15 2 (1994 e 1995)
Rinaldo Ponta-Esquerda 15 1 (1968)
Argel Zagueiro 15 2 (2000 e 2001)
Magrão Volante 15 2 (2001 e 2005)
Ferrari Lateral-Esquerdo 15 1 (1968)
Luís Pereira Zagueiro 15 2 (1971 e 1973)
Diogo Barbosa Lateral-Esquerdo 15 2 (2018 e 2019)
Lucas Lima Meia 15 4 (2018, 2019, 2020 e 2021)
Breno Lopes Atacante 14 3 (2020, 2021 e 2022)
Tupãzinho Meia 14 1 (1968)
Oséas Atacante 14 1 (1999)
Paulo Nunes Atacante 14 1 (1999)
Zeca Lateral-Esquerdo 14 3 (1971, 1973 e 1974)
Jean Lateral-Direito 14 3 (2016, 2017 e 2018)
Amaral Volante 14 2 (1994 e 1995)
Djalma Santos Lateral-Direito 14 2 (1961 e 1968)
Valdir Goleiro 14 2 (1961 e 1968)
Junior Baiano Zagueiro 13 1 (1999)
Pena Atacante 13 1 (2000)
Cleiton Xavier Meia 13 2 (2009 e 2016)
Edu Dracena Zagueiro 13 3 (2016, 2017 e 2018)
Suíngue Volante 13 1 (1968)
Fernando Volante 13 2 (2000 e 2001)
Victor Luis Lateral-Esquerdo 13 3 (2018, 2019 e 2021)
Piquerez Lateral-esquerdo 12 2 (2021 e 2022)
Antônio Carlos Zagueiro 12 3 (2017, 2018 e 2019)
Vitor Hugo Zagueiro 12 3 (2016, 2017 e 2020)
Fábio Junior Atacante 12 1 (2001)
Marcinho Atacante 12 2 (2005 e 2006)
Washington Atacante 12 2 (2005 e 2006)
Diego Souza Meia 12 1 (2009)
Danilo Zagueiro 12 1 (2009)
Felipe Lateral-Esquerdo 12 1 (2001)
Leonardo Zagueiro 12 1 (2001)
Pierre Volante 12 1 (2009)
Velloso Goleiro 12 2 (1995 e 1999)
Hyoran Meia 11 2 (2018 e 2019)
Lopes Meia 11 1 (2001)
Keirrison Atacante 11 1 (2009)
Pio Ponta-Esquerda 11 2 (1971 e 1973)
Minuca Zagueiro 11 2 (1968 e 1971)
Armero Lateral-Esquerdo 11 1 (2009)
Rafael Navarro Atacante 10 1 (2022
César Maluco Atacante 10 1 (1971)
Hector Silva Meia 10 1 (1971)
Keno Atacante 10 2 (2017 e 2018)
Guerra Meia 10 2 (2017 e 2018)
Mancuso Volante 10 1 (1995)
Zé Roberto Lateral-Esquerdo 10 2 (2016 e 2017)
Tchê Tchê Volante 10 2 (2017 e 2018)
Lateral-Esquerdo 10 1 (1971)
Basílio Atacante 10 1 (2001)
Cristian Meia 10 2 (2005 e 2006)
Paulo Baier Lateral-Direito 10 1 (2006)
Rivaldo Meia 9 1 (1995)
Ademar Pantera Atacante 9 1 (1968)
Servílio Meia 9 1 (1968)
Ricardinho Atacante 9 1 (2005)
Alexandre Zagueiro 9 1 (2001)
Zequinha Volante 9 2 (1961 e 1968)
Willians Meia 9 1 (2009)
Alfredo Mostarda Zagueiro 9 2 (1971 e 1973)
Tiago Silva Volante 9 2 (1999 e 2000)
Cláudio Lateral-Direito 9 1 (1994)
Jackson Meia 9 2 (1999 e 2000)
Wendel Volante 9 3 (2006, 2009 e 2013)
Murilo Zagueiro 8 1 (2022
Fabinho Capixaba Lateral-Direito 8 1 (2009)
Emerson Santos Zagueiro 8 2 (2018 e 2020)
Edílson Meia 8 1 (1994)
Osmar Atacante 8 1 (2005)
Marcelo Ramos Atacante 8 1 (2000)
Paulo Isidoro Meia 8 1 (1995)
Tuta Atacante 8 1 (2001)
Taddei Volante 8 2 (2000 e 2001)
Ronaldo Atacante 8 2 (1973 e 1974)
Asprilla Atacante 8 1 (2000)
Gamarra Zagueiro 8 1 (2006)
Maurílio Atacante 8 2 (1994 e 1995)
Geraldo Escalera Lateral-Esquerdo 8 1 (1968)
Flávio Conceição Volante 8 1 (1995)
Nélson Zagueiro 8 1 (1971)
Zé Carlos Volante 8 3 (1971, 1973 e 1974)
João Carlos Zagueiro 8 2 (1973 e 1974)
Marcelo Oliveira Lateral-Esquerdo 8 1 (2013)
Márcio Araújo Volante 8 1 (2013)
Alceu Volante 8 2 (2005 e 2006)
Nen Zagueiro 8 1 (2005)
Renan Zagueiro 8 1 (2021)
Perez Goleiro 8 1 (1968)
Ramires Volante 7 1 (2020)
Atuesta Meia 7 1 (2022
Kuscevic Zagueiro 7 3 (2020, 2021 e 2022)
Jailson Goleiro 7 3 (2017, 2018 e 2021)
Leivinha Meia 7 1 (1973)
Danilo Barbosa Meio-campista 7 1 (2021)
Basílio Atacante 7 1 (2000)
Leonardo Silva Zagueiro 7 1 (2006)
Marcão Zagueiro 7 1 (2009)
Neném Lateral-Direito 7 1 (2000)
Souza Volante 7 1 (2013)
Tonhão Zagueiro 7 2 (1994 e 1995)
Michel Bastos Meia 7 1 (2017)
Róger Guedes Atacante 7 1 (2017)
Válber Meia 7 1 (1995)
Ricardinho Meia 7 1 (2006)
Vinicius Atacante 7 1 (2013)
Gláuber Zagueiro 7 1 (2005)
Mazinho Volante 7 1 (1994)
Alan Empereur Zagueiro 6 2 (2020 e 2021)
Wesley Volante 6 1 (2013)
Edmílson Zagueiro 6 1 (2009)
Romeiro Ponta-Esquerda 6 1 (1961)
Chinesinho Meia 6 1 (1961)
Egídio Lateral-Esquerdo 6 2 (2016 e 2017)
Geraldo II Atacante 6 1 (1961)
Ortigoza Atacante 6 1 (2009)
Rosemiro Lateral-Direito 6 1 (1979)
Henrique Zagueiro 6 1 (2013)
Muñoz Atacante 6 1 (2001)
Claudecir Volante 6 2 (2001 e 2005)
Aguinaldo Zagueiro 6 2 (1999 e 2000)
Aldemar Zagueiro 6 1 (1961)
Geraldo Scotto Lateral-Esquerdo 6 1 (1961)
Julinho Ponta-Direita 6 1 (1961)
Lenny Atacante 6 1 (2009)
Polozi Zagueiro 6 1 (1979)
Valdemar Carabina Zagueiro 6 1 (1961)
Enílton Atacante 6 1 (2006)
Robinho Meia 6 1 (2016)
Gilmar Goleiro 6 1 (1979)
Jorge Lateral-esquerdo 5 1 (2022
Jorge Mendonça Meia 5 1 (1979)
Gabriel Jesus Atacante 5 1 (2016)
Gildo Ponta-Direita 5 1 (1961)
Milton Atacante 5 1 (1973)
Warley Atacante 5 1 (2005)
Charles Volante 5 1 (2013)
Ivo Volante 5 1 (1979)
Pedro Rocha Meia 5 1 (1979)
Careca Atacante 5 1 (1974)
Alecsandro Atacante 5 1 (2016)
Rincón Meia 5 1 (1994)
Índio Lateral-Direito 5 1 (1995)
Amilton Rocha Ponta-Direita 5 1 (1979)
Osmar Zagueiro 5 1 (1968)
Ayrton Lateral-Direito 5 1 (2013)
Juninho Meia 5 1 (2001)
Marquinhos Atacante 5 1 (2009)
Pires Volante 5 1 (1979)
Polaco Zagueiro 5 1 (1974)
Sóter Lateral-Direito 5 1 (1979)
Diego Souza Meia 5 1 (2005)
Lucas Lateral-Direito 5 1 (2016)
Tonho Goleiro 5 1 (1974)
Allione Meia 4 1 (2016)
Mina Zagueiro 4 1 (2017)
Toninho Catarina Atacante 4 1 (1979)
Caio Atacante 4 1 (2013)
Júlio Amaral Volante 4 1 (1968)
Thiago Martins Zagueiro 4 1 (2018)
Patrick Vieira Meia 4 1 (2013)
Lucas Barrios Atacante 4 1 (2016)
Daniel Martins Lateral-Esquerdo 4 1 (2001)
Toninho Ponta-Direita 4 1 (1968)
Pedrinho Lateral-Esquerdo 4 1 (1979)
Alex Alves Atacante 4 1 (1995)
Evandro Meia 4 1 (2009)
Jumar Volante 4 1 (2009)
Juninho Lateral-Esquerdo 4 1 (2013)
Thiago Martins Zagueiro 4 1 (2016)
Weldinho Lateral-Direito 4 1 (2013)
Zé Mario Meia 4 1 (1979)
Bruno Goleiro 4 2 (2009 e 2013)
Souza Volante 4 1 (2009)
Tiago Real Meia 4 1 (2013)
Vilson Zagueiro 4 1 (2013)
Kleber Atacante 4 1 (2013)
Maikon Leite Atacante 4 1 (2013)
Fernández Goleiro 4 1 (1994)
Vanderlan Lateral-esquerdo 3 2 (2021 e 2022)
Gabriel Silva Atacante 3 1 (2020)
Jean Carlo Meia 3 1 (1994)
Baroninho Ponta-Esquerda 3 1 (1979)
Ricardo Goulart Atacante 3 1 (2019)
Douglas Zagueiro 3 1 (2006)
Marinho Peres Zagueiro 3 1 (1979)
Cardozinho Ponta-Direita 3 1 (1968)
Odair Atacante 3 1 (1971)
Beto Fuscão Zagueiro 3 1 (1979)
Celso Lateral-Esquerdo 3 1 (1974)
Juliano Atacante 3 1 (2000)
Madurga Meia 3 1 (1973)
Marcel Meia 3 1 (2005)
Paulo Turra Zagueiro 3 1 (2001)
Ronny Meia 3 1 (2013)
Rúbens Júnior Lateral-Esquerdo 3 1 (1999)
André Cunha Lateral-Direito 3 1 (2005)
Arouca Volante 3 1 (2016)
De Rosis Meia 3 1 (1974)
Gabriel Volante 3 1 (2016)
Juninho Paulista Meia 3 2 (2005 e 2006)
Flaco López Atacante 2 1 (2022
Bruno Tabata Atacante 2 1 (2022
Cafu Lateral-Direito 2 1 (1995)
Fabinho Meia 2 1 (2022
Humberto Tozzi Atacante 2 1 (1961)
Fabiano Lateral-Direito 2 1 (2017)
Sorato Atacante 2 1 (1994)
Cristaldo Atacante 2 1 (2016)
Macula Meia 2 1 (1994)
Pedrinho Meia 2 1 (2005)
Rafael Marques Atacante 2 1 (2016)
Sandro Silva Volante 2 1 (2009)
Wágner Lateral-Esquerdo 2 1 (1995)
Biro Lateral-Esquerdo 2 1 (1994)
Bruno Lateral-Direito 2 1 (2005)
China Atacante 2 1 (1968)
Daniel Frasson Volante 2 1 (1995)
Emerson Atacante 2 1 (2013)
Erik Atacante 2 1 (2016)
Fred Meia 2 1 (1995)
Índio Zagueiro 2 1 (2000)
Jéfferson Lateral-Esquerdo 2 1 (2009)
Márcio Careca Lateral-Esquerdo 2 1 (2006)
Matheus Sales Volante 2 1 (2016)
Mozart Volante 2 1 (2009)
Müller Atacante 2 1 (1995)
Reinaldo Volante 2 1 (2006)
Thiago Mathias Zagueiro 2 1 (2001)
Tupã Atacante 2 1 (2001)
Valdomiro Zagueiro 2 1 (2006)
Zé Roberto Meia 2 1 (1974)
Felipe Pires Atacante 2 1 (2019)
Obina Atacante 2 1 (2009)
Thiago Gentil Atacante 2 1 (2005)
Thiago Gomes Zagueiro 2 1 (2006)
Valdivia Meia 2 1 (2013)
Lucas Esteves Lateral-esquerdo 2 2 (2020 e 2021)
Giovani Atacante 2 2 (2021 e 2022)
Nardo Atacante 1 1 (1961)
Alexandre Rosa Zagueiro 1 1 (1994)
Arouca Zagueiro 1 1 (1974)
Ferrugem Volante 1 1 (2000)
Gabriel Zagueiro 1 1 (2005)
Gioino Atacante 1 1 (2006)
Jaime Meia 1 1 (1971)
Jéci Zagueiro 1 1 (2009)
João Denoni Volante 1 1 (2013)
Julião Lateral-Direito 1 1 (1974)
Luís Cláudio Atacante 1 1 (2000)
Magrão Atacante 1 1 (1995)
Osmir Atacante 1 1 (1979)
Ricardo Zagueiro 1 1 (1994)
Arthur Cabral Atacante 1 1 (2019)
Carlos Eduardo Atacante 1 1 (2019)
André Luiz Zagueiro 1 1 (2013)
Cabralzinho Meia 1 1 (1971)
Rivarola Zagueiro 1 1 (1999)
Roger Carvalho Zagueiro 1 1 (2016)
Jhonatan Atacante 1 1 (2022)
Jailson Siqueira Volante 1 1 (2022
Merentiel Atacante 1 1 (2022
Raul Marcel Goleiro 1 1 (1974)

Jogadores com mais vitórias

JOGADOR POSIÇÃO V EDIÇÕES
Weverton Goleiro 37 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Gustavo Gómez Zagueiro 35 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Dudu Atacante 31 7 (2016, 2017, 2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Marcos Goleiro 27 6 (1999, 2000, 2001, 2005, 2006 e 2009)
Felipe Melo Volante 25 5 (2017, 2018, 2019, 2020 e 2021)
Zé Rafael Meia 25 4 (2019, 2020, 2021 e 2022)
Raphael Veiga Meia 24 5 (2017, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Marcos Rocha Lateral-Direito 24 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Rony Atacante 23 3 (2020, 2021 e 2022)
Willian Atacante 23 5 (2017, 2018, 2019, 2020 e 2021)
Luan Zagueiro 23 6 (2017, 2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Gustavo Scarpa Meia 23 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Danilo Volante 23 3 (2020, 2021 e 2022)
Mayke Lateral-Direito 22 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Gabriel Menino Meio-campista 20 3 (2020, 2021 e 2022)
Alex Meia 20 3 (1999, 2000 e 2001)
Ademir da Guia Meia 20 3 (1968, 1971 e 1973)
Galeano Volante 18 3 (1999, 2000 e 2001)
Wesley Atacante 17 3 (2020, 2021 e 2022)
Dudu Volante 17 4 (1968, 1971, 1973 e 1974)
Borja Atacante 16 3 (2017, 2018 e 2019)
Deyverson Atacante 14 4 (2017, 2018, 2019 e 2021)
Bruno Henrique Volante 14 1 (2017, 2018, 2019 e 2020)
Rogério Volante 14 2 (1999 e 2000)
Patrick de Paula Volante 14 2 (2020 e 2021)
Victor Luis Lateral-Esquerdo 13 3 (2018, 2019 e 2021)
Cesar Sampaio Volante 13 3 (1994, 1999 e 2000)
Thiago Santos Volante 13 4 (2016, 2017, 2018 e 2019)
Eurico Lateral-Direito 13 3 (1971, 1973 e 1974)
Baldochi Zagueiro 13 2 (1968 e 1971)
Cléber Zagueiro 12 3 (1994, 1995 e 1999)
Júnior Lateral-Esquerdo 12 2 (1999 e 2000)
Gabriel Veron Atacante 11 3 (2020, 2021 e 2022)
Breno Lopes Atacante 11 3 (2020, 2021 e 2022)
Viña Lateral-esquerdo 11 2 (2020 e 2021)
Luiz Adriano Atacante 11 3 (2019, 2020 e 2021)
Arce Lateral-Direito 11 3 (1999, 2000 e 2001)
Edu Bala Ponta-Direita 11 3 (1971, 1973 e 1974)
Leão Goleiro 11 2 (1971 e 1973)
Rinaldo Ponta-Esquerda 11 1 (1968)
Ferrari Lateral-Esquerdo 11 1 (1968)
Luís Pereira Zagueiro 11 2 (1971 e 1973)
Fernando Prass Goleiro 10 4 (2013, 2016, 2017 e 2018)
Fedato Atacante 10 3 (1971, 1973 e 1974)
Nei Ponta-Esquerda 10 3 (1973, 1974 e 1979)
Moisés Meia 10 3 (2017, 2018 e 2019)
Tupãzinho Meia 10 1 (1968)
Hyoran Meia 10 2 (2018 e 2019)
Zinho Meia 9 2 (1994 e 1999)
Maurício Ramos Zagueiro 9 2 (2009 e 2013)
Euller Atacante 9 2 (1999 e 2000)
Djalma Santos Lateral-Direito 9 2 (1961 e 1968)
Valdir Goleiro 9 2 (1961 e 1968)
Edu Dracena Zagueiro 9 3 (2016, 2017 e 2018)
Suíngue Volante 9 1 (1968)
Minuca Zagueiro 9 2 (1968 e 1971)
Rafael Navarro Atacante 8 1 (2022)
Lucas Lima Meia 8 4 (2018, 2019, 2020 e 2021)
Edmundo Atacante 8 3 (1994, 1995 e 2006)
Antonio Carlos Zagueiro 8 2 (1994 e 1995)
Roque Júnior Zagueiro 8 2 (1999 e 2000)
Jean Lateral-Direito 8 3 (2016, 2017 e 2018)
Amaral Volante 8 2 (1994 e 1995)
Antônio Carlos Zagueiro 8 3 (2017, 2018 e 2019)
Guerra Meia 8 2 (2017 e 2018)
Tchê Tchê Volante 8 2 (2017 e 2018)
Diogo Barbosa Lateral-Esquerdo 8 2 (2018 e 2019)
Kuscevic Zagueiro 7 3 (2020, 2021 e 2022)
Renan Zagueiro 7 2 (2020 e 2011)
Corrêa Volante 7 2 (2005 e 2006)
Marcinho Guerreiro Volante 7 2 (2005 e 2006)
Evair Atacante 7 2 (1994 e 1999)
Roberto Carlos Lateral-Esquerdo 7 2 (1994 e 1995)
Argel Zagueiro 7 2 (2000 e 2001)
Oséas Atacante 7 1 (1999)
Paulo Nunes Atacante 7 1 (1999)
Zeca Lateral-Esquerdo 7 3 (1971, 1973 e 1974)
Cleiton Xavier Meia 7 2 (2009 e 2016)
Fernando Volante 7 2 (2000 e 2001)
Velloso Goleiro 7 2 (1995 e 1999)
Pio Ponta-Esquerda 7 2 (1971 e 1973)
César Maluco Atacante 7 1 (1971)
Hector Silva Meia 7 1 (1971)
Lateral-Esquerdo 7 1 (1971)
Ademar Pantera Atacante 7 1 (1968)
Piquerez Lateral-esquerdo 6 2 (2021 e 2022)
Danilo Barbosa Volante 6 1 (2021)
Ramires Volante 6 1 (2020)
Emerson Santos Zagueiro 6 2 (2018 e 2020)
Vitor Hugo Zagueiro 6 3 (2016, 2017 e 2020)
Lúcio Lateral-Esquerdo 6 2 (2005 e 2006)
Sérgio Goleiro 6 4 (1994, 1995, 2005 e 2006)
Magrão Volante 6 2 (2001 e 2005)
Junior Baiano Zagueiro 6 1 (1999)
Pena Atacante 6 1 (2000)
Fábio Junior Atacante 6 1 (2001)
Diego Souza Meia 6 1 (2009)
Danilo Zagueiro 6 1 (2009)
Felipe Lateral-Esquerdo 6 1 (2001)
Leonardo Zagueiro 6 1 (2001)
Pierre Volante 6 1 (2009)
Lopes Meia 6 1 (2001)
Armero Lateral-Esquerdo 6 1 (2009)
Keno Atacante 6 2 (2017 e 2018)
Mancuso Volante 6 1 (1995)
Servílio Meia 6 1 (1968)
Zequinha Volante 6 2 (1961 e 1968)
Alfredo Mostarda Zagueiro 6 2 (1971 e 1973)
Tiago Silva Volante 6 2 (1999 e 2000)
Geraldo Escalera Lateral-Esquerdo 6 1 (1968)
Perez Goleiro 6 1 (1968)
Atuesta Meia 5 1 (2022)
Alan Empereur Zagueiro 5 2 (2020 e 2021)
Daniel Zagueiro 5 2 (2005 e 2006)
Keirrison Atacante 5 1 (2009)
Basílio Atacante 5 1 (2001)
Cristian Meia 5 2 (2005 e 2006)
Rivaldo Meia 5 1 (1995)
Willians Meia 5 1 (2009)
Paulo Isidoro Meia 5 1 (1995)
Tuta Atacante 5 1 (2001)
Taddei Volante 5 2 (2000 e 2001)
Flávio Conceição Volante 5 1 (1995)
Nélson Zagueiro 5 1 (1971)
Zé Carlos Volante 5 3 (1971, 1973 e 1974)
Tonhão Zagueiro 5 2 (1994 e 1995)
Jailson Goleiro 5 3 (2017, 2018 e 2021)
Marcinho Atacante 4 2 (2005 e 2006)
Washington Atacante 4 2 (2005 e 2006)
Zé Roberto Lateral-Esquerdo 4 2 (2016 e 2017)
Paulo Baier Lateral-Direito 4 1 (2006)
Alexandre Zagueiro 4 1 (2001)
Cláudio Lateral-Direito 4 1 (1994)
Jackson Meia 4 2 (1999 e 2000)
Wendel Volante 4 3 (2006, 2009 e 2013)
Marcelo Ramos Atacante 4 1 (2000)
Ronaldo Atacante 4 2 (1973 e 1974)
Fabinho Capixaba Lateral-Direito 4 1 (2009)
João Carlos Zagueiro 4 2 (1973 e 1974)
Leivinha Meia 4 1 (1973)
Michel Bastos Meia 4 1 (2017)
Róger Guedes Atacante 4 1 (2017)
Válber Meia 4 1 (1995)
Claudecir Volante 4 2 (2001 e 2005)
Índio Lateral-Direito 4 1 (1995)
Daniel Martins Lateral-Esquerdo 4 1 (2001)
Toninho Ponta-Direita 4 1 (1968)
Ricardinho Atacante 3 1 (2005)
Edílson Meia 3 1 (1994)
Asprilla Atacante 3 1 (2000)
Gamarra Zagueiro 3 1 (2006)
Maurílio Atacante 3 2 (1994 e 1995)
Marcelo Oliveira Lateral-Esquerdo 3 1 (2013)
Márcio Araújo Volante 3 1 (2013)
Basílio Atacante 3 1 (2000)
Leonardo Silva Zagueiro 3 1 (2006)
Marcão Zagueiro 3 1 (2009)
Neném Lateral-Direito 3 1 (2000)
Souza Volante 3 1 (2013)
Ricardinho Meia 3 1 (2006)
Vinicius Atacante 3 1 (2013)
Edmílson Zagueiro 3 1 (2009)
Romeiro Ponta-Esquerda 3 1 (1961)
Chinesinho Meia 3 1 (1961)
Egídio Lateral-Esquerdo 3 2 (2016 e 2017)
Geraldo II Atacante 3 1 (1961)
Ortigoza Atacante 3 1 (2009)
Rosemiro Lateral-Direito 3 1 (1979)
Aguinaldo Zagueiro 3 2 (1999 e 2000)
Aldemar Zagueiro 3 1 (1961)
Geraldo Scotto Lateral-Esquerdo 3 1 (1961)
Julinho Ponta-Direita 3 1 (1961)
Lenny Atacante 3 1 (2009)
Polozi Zagueiro 3 1 (1979)
Valdemar Carabina Zagueiro 3 1 (1961)
Gilmar Goleiro 3 1 (1979)
Gildo Ponta-Direita 3 1 (1961)
Milton Atacante 3 1 (1973)
Warley Atacante 3 1 (2005)
Ivo Volante 3 1 (1979)
Pedro Rocha Meia 3 1 (1979)
Amilton Rocha Ponta-Direita 3 1 (1979)
Osmar Zagueiro 3 1 (1968)
Tonho Goleiro 3 1 (1974)
Caio Atacante 3 1 (2013)
Júlio Amaral Volante 3 1 (1968)
Thiago Martins Zagueiro 3 1 (2018)
Pedrinho Lateral-Esquerdo 3 1 (1979)
Ricardo Goulart Atacante 3 1 (2019)
Cardozinho Ponta-Direita 3 1 (1968)
Odair Atacante 3 1 (1971)
Vanderlan Lateral-Esquerdo 2 1 (2022)
Gabriel Silva Atacante 2 1 (2020)
Osmar Atacante 2 1 (2005)
Alceu Volante 2 2 (2005 e 2006)
Nen Zagueiro 2 1 (2005)
Gláuber Zagueiro 2 1 (2005)
Mazinho Volante 2 1 (1994)
Henrique Zagueiro 2 1 (2013)
Muñoz Atacante 2 1 (2001)
Enílton Atacante 2 1 (2006)
Robinho Meia 2 1 (2016)
Wesley Meia 2 1 (2013)
Jorge Mendonça Meia 2 1 (1979)
Charles Volante 2 1 (2013)
Careca Atacante 2 1 (1974)
Ayrton Lateral-Direito 2 1 (2013)
Juninho Meia 2 1 (2001)
Marquinhos Atacante 2 1 (2009)
Pires Volante 2 1 (1979)
Polaco Zagueiro 2 1 (1974)
Sóter Lateral-Direito 2 1 (1979)
Allione Meia 2 1 (2016)
Mina Zagueiro 2 1 (2017)
Toninho Catarina Atacante 2 1 (1979)
Patrick Vieira Meia 2 1 (2013)
Alex Alves Atacante 2 1 (1995)
Evandro Meia 2 1 (2009)
Jumar Volante 2 1 (2009)
Juninho Lateral-Esquerdo 2 1 (2013)
Thiago Martins Zagueiro 2 1 (2016)
Weldinho Lateral-Direito 2 1 (2013)
Zé Mario Meia 2 1 (1979)
Jean Carlo Meia 2 1 (1994)
Beto Fuscão Zagueiro 2 1 (1979)
Celso Lateral-Esquerdo 2 1 (1974)
Juliano Atacante 2 1 (2000)
Madurga Meia 2 1 (1973)
Marcel Meia 2 1 (2005)
Paulo Turra Zagueiro 2 1 (2001)
Ronny Meia 2 1 (2013)
Rúbens Júnior Lateral-Esquerdo 2 1 (1999)
Fabiano Lateral-Direito 2 1 (2017)
Sorato Atacante 2 1 (1994)
Rafael Marques Atacante 2 1 (2016)
Sandro Silva Volante 2 1 (2009)
Wágner Lateral-Esquerdo 2 1 (1995)
Lucas Esteves Lateral-esquerdo 2 2 (2020 e 2021)
Gabriel Jesus Atacante 1 1 (2016)
Alecsandro Atacante 1 1 (2016)
Rincón Meia 1 1 (1994)
Diego Souza Meia 1 1 (2005)
Lucas Lateral-Direito 1 1 (2016)
Lucas Barrios Atacante 1 1 (2016)
Bruno Goleiro 1 2 (2009 e 2013)
Souza Volante 1 1 (2009)
Tiago Real Meia 1 1 (2013)
Vilson Zagueiro 1 1 (2013)
Fernández Goleiro 1 1 (1994)
Baroninho Ponta-Esquerda 1 1 (1979)
Douglas Zagueiro 1 1 (2006)
Marinho Peres Zagueiro 1 1 (1979)
André Cunha Lateral-Direito 1 1 (2005)
Arouca Volante 1 1 (2016)
De Rosis Meia 1 1 (1974)
Gabriel Volante 1 1 (2016)
Cafu Lateral-Direito 1 1 (1995)
Humberto Tozzi Atacante 1 1 (1961)
Cristaldo Atacante 1 1 (2016)
Macula Meia 1 1 (1994)
Pedrinho Meia 1 1 (2005)
Biro Lateral-Esquerdo 1 1 (1994)
Bruno Lateral-Direito 1 1 (2005)
China Atacante 1 1 (1968)
Daniel Frasson Volante 1 1 (1995)
Emerson Atacante 1 1 (2013)
Erik Atacante 1 1 (2016)
Fred Meia 1 1 (1995)
Índio Zagueiro 1 1 (2000)
Jéfferson Lateral-Esquerdo 1 1 (2009)
Márcio Careca Lateral-Esquerdo 1 1 (2006)
Matheus Sales Volante 1 1 (2016)
Mozart Volante 1 1 (2009)
Müller Atacante 1 1 (1995)
Reinaldo Volante 1 1 (2006)
Thiago Mathias Zagueiro 1 1 (2001)
Tupã Atacante 1 1 (2001)
Valdomiro Zagueiro 1 1 (2006)
Zé Roberto Meia 1 1 (1974)
Felipe Pires Atacante 1 1 (2019)
Alexandre Rosa Zagueiro 1 1 (1994)
Arouca Zagueiro 1 1 (1974)
Ferrugem Volante 1 1 (2000)
Gabriel Zagueiro 1 1 (2005)
Gioino Atacante 1 1 (2006)
Jaime Meia 1 1 (1971)
Jéci Zagueiro 1 1 (2009)
João Denoni Volante 1 1 (2013)
Julião Lateral-Direito 1 1 (1974)
Luís Cláudio Atacante 1 1 (2000)
Magrão Atacante 1 1 (1995)
Osmir Atacante 1 1 (1979)
Giovani Atacante 1 1 (2022)
Jhonatan Atacante 1 1 (2022)
Fabinho Meia 1 1 (2022)
Jailson Siqueira Volante 1 1 (2022)
Jorge Lateral-Esquerdo 1 1 (2022)
Murilo Zagueiro 1 1 (2022)
Ricardo Zagueiro 1 1 (2022)
Arthur Cabral Atacante 1 1 (2019)
Carlos Eduardo Atacante 1 1 (2019)

Jogadores com mais gols

Jogador Posição GP Edições
Rony Atacante 18 3 (2020, 2021 e 2022)
Raphael Veiga Meia 14 5 (2017, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Alex Meia 12 3 (1999, 2000 e 2001)
Gustavo Scarpa Meia 12 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Borja Atacante 11 3 (2017, 2018 e 2019)
Tupãzinho Meia 11 1 (1968)
Willian Atacante 11 5 (2017, 2018, 2019, 2020 e 2021)
Lopes Meia 9 1 (2001)
Dudu Atacante 8 7 (2016, 2017, 2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Ademir da Guia Meia 8 3 (1968, 1971 e 1973)
Edmundo Atacante 8 3 (1994, 1995 e 2006)
César Maluco Atacante 8 1 (1971)
Gustavo Gómez Zagueiro 7 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Rafael Navarro Atacante 7 1 (2022)
Luiz Adriano Atacante 7 3 (2019, 2020 e 2021)
Arce Lateral-Direito 5 3 (1999, 2000 e 2001)
Evair Atacante 5 2 (1994 e 1999)
Junior Baiano Zagueiro 5 1 (1999)
Pena Atacante 5 1 (2000)
Fábio Junior Atacante 5 1 (2001)
Keirrison Atacante 5 1 (2009)
Rivaldo Meia 5 1 (1995)
Marcinho Atacante 5 2 (2005 e 2006)
Washington Atacante 5 2 (2005 e 2006)
Edílson Meia 5 1 (1994)
Jorge Mendonça Meia 5 1 (1979)
Zé Rafael Meio-campista 5 4 (2019, 2020, 2021 e 2022)
Danilo Volante 4 3 (2020, 2021 e 2022)
Gabriel Veron Atacante 4 3 (2020, 2021 e 2022)
Patrick de Paula Volante 4 2 (2020 e 2021)
Rogério Volante 4 2 (1999 e 2000)
Nei Ponta-Esquerda 4 3 (1973, 1974 e 1979)
Euller Atacante 4 2 (1999 e 2000)
Roberto Carlos Lateral-Esquerdo 4 2 (1994 e 1995)
Oséas Atacante 4 1 (1999)
Diego Souza Meia 4 1 (2009)
Osmar Atacante 4 1 (2005)
Gabriel Jesus Atacante 4 1 (2016)
Breno Lopes Atacante 3 3 (2020, 2021 e 2022)
Deyverson Atacante 3 4 (2017, 2018, 2019 e 2021)
Murilo Zagueiro 3 1 (2022)
Gabriel Menino Meio-campista 3 3 (2020, 2021 e 2022)
Galeano Volante 3 3 (1999, 2000 e 2001)
Dudu Volante 3 4 (1968, 1971, 1973 e 1974)
Bruno Henrique Volante 3 4 (2017, 2018, 2019 e 2020)
Júnior Lateral-Esquerdo 3 2 (1999 e 2000)
Fedato Atacante 3 3 (1971, 1973 e 1974)
Paulo Nunes Atacante 3 1 (1999)
Cleiton Xavier Meia 3 2 (2009 e 2016)
Pio Ponta-Esquerda 3 2 (1971 e 1973)
Hector Silva Meia 3 1 (1971)
Ademar Pantera Atacante 3 1 (1968)
Keno Atacante 3 2 (2017 e 2018)
Servílio Meia 3 1 (1968)
Marcelo Ramos Atacante 3 1 (2000)
Ricardinho Atacante 3 1 (2005)
Allione Meia 3 1 (2016)
Mina Zagueiro 3 1 (2017)
Toninho Catarina Atacante 3 1 (1979)
Marcos Rocha Lateral-Direito 2 5 (2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Viña Lateral-esquerdo 2 2 (2020 e 2021)
Felipe Melo Volante 2 5 (2017, 2018, 2019, 2020 e 2021)
Cléber Zagueiro 2 3 (1994, 1995 e 1999)
Edu Bala Ponta-Direita 2 3 (1971, 1973 e 1974)
Rinaldo Ponta-Esquerda 2 1 (1968)
Moisés Meia 2 3 (2017, 2018 e 2019)
Roque Júnior Zagueiro 2 2 (1999 e 2000)
Zeca Lateral-Esquerdo 2 3 (1971, 1973 e 1974)
Paulo Isidoro Meia 2 1 (1995)
Tuta Atacante 2 1 (2001)
Alexandre Zagueiro 2 1 (2001)
Edmílson Zagueiro 2 1 (2009)
Romeiro Ponta-Esquerda 2 1 (1961)
Gildo Ponta-Direita 2 1 (1961)
Milton Atacante 2 1 (1973)
Warley Atacante 2 1 (2005)
Charles Volante 2 1 (2013)
Jean Carlo Meia 2 1 (1994)
Baroninho Ponta-Esquerda 2 1 (1979)
Cafu Lateral-Direito 2 1 (1995)
Humberto Tozzi Atacante 2 1 (1961)
Wesley Atacante 1 3 (2020, 2021 e 2022)
Cesar Sampaio Volante 1 3 (1994, 1999 e 2000)
Jean Lateral-Direito 1 3 (2016, 2017 e 2018)
Amaral Volante 1 2 (1994 e 1995)
Luan Zagueiro 1 6 (2017, 2018, 2019, 2020, 2021 e 2022)
Guerra Meia 1 2 (2017 e 2018)
Corrêa Volante 1 2 (2005 e 2006)
Argel Zagueiro 1 2 (2000 e 2001)
Magrão Volante 1 2 (2001 e 2005)
Lucas Lima Meia 1 4 (2018, 2019, 2020 e 2021)
Mancuso Volante 1 1 (1995)
Zequinha Volante 1 2 (1961 e 1968)
Willians Meia 1 1 (2009)
Taddei Volante 1 2 (2000 e 2001)
Zé Roberto Lateral-Esquerdo 1 2 (2016 e 2017)
Ronaldo Atacante 1 2 (1973 e 1974)
Leivinha Meia 1 1 (1973)
Asprilla Atacante 1 1 (2000)
Gamarra Zagueiro 1 1 (2006)
Maurílio Atacante 1 2 (1994 e 1995)
Basílio Atacante 1 1 (2000)
Leonardo Silva Zagueiro 1 1 (2006)
Marcão Zagueiro 1 1 (2009)
Neném Lateral-Direito 1 1 (2000)
Souza Volante 1 1 (2013)
Chinesinho Meia 1 1 (1961)
Egídio Lateral-Esquerdo 1 2 (2016 e 2017)
Geraldo II Atacante 1 1 (1961)
Ortigoza Atacante 1 1 (2009)
Rosemiro Lateral-Direito 1 1 (1979)
Ivo Volante 1 1 (1979)
Pedro Rocha Meia 1 1 (1979)
Caio Atacante 1 1 (2013)
Júlio Amaral Volante 1 1 (1968)
Thiago Martins Zagueiro 1 1 (2018)
Ricardo Goulart Atacante 1 1 (2019)
Henrique Zagueiro 1 1 (2013)
Muñoz Atacante 1 1 (2001)
Careca Atacante 1 1 (1974)
Patrick Vieira Meia 1 1 (2013)
Fabiano Lateral-Direito 1 1 (2017)
Sorato Atacante 1 1 (1994)
Alecsandro Atacante 1 1 (2016)
Rincón Meia 1 1 (1994)
Lucas Barrios Atacante 1 1 (2016)
Douglas Zagueiro 1 1 (2006)
Marinho Peres Zagueiro 1 1 (1979)
Cristaldo Atacante 1 1 (2016)
Macula Meia 1 1 (1994)
Renan Zagueiro 1 1 (2021)
Danilo Barbosa Volante 1 1 (2021)
Pedrinho Meia 1 1 (2005)
Nardo Atacante 1 1 (1961)

Técnicos com mais partidas

 

Treinador Jogos Vitórias Empates Derrotas Edições
Luiz Felipe Scolari 43 23 7 13 4 (1999, 2000, 2018 e 2019)
Abel Ferreira 29 20 6 3 3 (2020, 2021 e 2022)
Vanderlei Luxemburgo 25 13 5 7 3 (1994, 2009 e 2020)
Oswaldo Brandão 13 7 1 5 2 (1973 e 1974)
Celso Roth 12 6 5 1 1 (2001)
Rubens Minelli 10 7 0 3 1 (1971)
Gilson Kleina 8 3 1 4 1 (2013)
Leão 8 4 3 1 1 (2006)
Valdir Espinosa 8 5 1 2 1 (1995)
Alfredo González 7 5 0 2 1 (1968)
Armando Renganeschi 6 3 2 1 1 (1961)
Cuca 6 3 1 2 2 (2016 e 2017)
Mário Travaglini 6 5 1 0 1 (1968)
Roger Machado 6 5 1 0 1 (2018)
Telê Santana 6 3 0 3 1 (1979)
Eduardo Baptista 5 3 1 1 1 (2017)
Candinho 4 1 2 1 1 (2005)
Paulo Bonamigo 4 1 1 2 1 (2005)
João Martins 3 2 1 0 2 (2020 e 2022)
Carlos Alberto Silva 2 1 0 1 1 (1995)
Estevam Soares 2 1 1 0 1 (2005)
Julinho Botelho 2 1 0 1 1 (1968)
Marcelo Oliveira 2 1 1 0 1 (2016)
Marcelo Vilar 2 0 1 1 1 (2006)
Andrey Lopes (Cebola) 1 1 0 0 1 (2020)
Tico do Santos 1 0 0 1 1 (2016)

Técnicos com mais vitórias

Treinador Vitórias Edições
Luiz Felipe Scolari 23 4 (1999, 2000, 2018 e 2019)
Abel Ferreira 20 3 (2020, 2021 e 2022)
Vanderlei Luxemburgo 13 3 (1994, 2009 e 2020)
Oswaldo Brandão 7 2 (1973 e 1974)
Rubens Minelli 7 1 (1971)
Celso Roth 6 1 (2001)
Valdir Espinosa 5 1 (1995)
Alfredo González 5 1 (1968)
Mário Travaglini 5 1 (1968)
Roger Machado 5 1 (2018)
Leão 4 1 (2006)
Gilson Kleina 3 1 (2013)
Armando Renganeschi 3 1 (1961)
Cuca 3 2 (2016 e 2017)
Telê Santana 3 1 (1979)
Eduardo Baptista 3 1 (2017)
João Martins 2 2 (2020 e 2022)
Andrey Lopes (Cebola) 1 1 (2020)
Candinho 1 1 (2005)
Paulo Bonamigo 1 1 (2005)
Carlos Alberto Silva 1 1 (1995)
Estevam Soares 1 1 (2005)
Julinho Botelho 1 1 (1968)
Marcelo Oliveira 1 1 (2016)
Marcelo Vilar 0 1 (2006)
Tico do Santos 0 1 (2016)

Todos os jogos

DIA MÊS ANO PALMEIRAS GP x GC ADVERSÁRIO MANDO
4 5 1961 Palmeiras 2 x 0 Independiente-Argentina ADV
11 5 1961 Palmeiras 1 x 0 Independiente-Argentina Palmeiras
21 5 1961 Palmeiras 2 x 2 Independiente Santa Fé-Colômbia ADV
28 5 1961 Palmeiras 4 x 1 Independiente Santa Fé-Colômbia Palmeiras
4 6 1961 Palmeiras 0 x 1 Peñarol-Uruguai ADV
11 6 1961 Palmeiras 1 x 1 Peñarol-Uruguai Palmeiras
21 1 1968 Palmeiras 3 x 1 Náutico-PE ADV
4 2 1968 Palmeiras 2 x 1 Deportivo Galícia-Venezuela ADV
7 2 1968 Palmeiras 2 x 1 Deportivo Portugués-Venezuela ADV
18 2 1968 Palmeiras 2 x 0 Deportivo Galícia-Venezuela Palmeiras
22 2 1968 Palmeiras 3 x 0 Deportivo Portugués-Venezuela Palmeiras
3 3 1968 Palmeiras 0 x 0 Náutico-PE Palmeiras
21 3 1968 Palmeiras 4 x 1 Universidad Católica-Chile Palmeiras
24 3 1968 Palmeiras 0 x 2 Club Guaraní-Paraguai ADV
31 3 1968 Palmeiras 1 x 0 Universidad Católica-Chile ADV
4 4 1968 Palmeiras 2 x 1 Club Guaraní-Paraguai Palmeiras
18 4 1968 Palmeiras 1 x 0 Peñarol-Uruguai Palmeiras
23 4 1968 Palmeiras 2 x 1 Peñarol-Uruguai ADV
2 5 1968 Palmeiras 1 x 2 Estudiantes de La Plata-Argentina ADV
7 5 1968 Palmeiras 3 x 1 Estudiantes de La Plata-Argentina Palmeiras
16 5 1968 Palmeiras 0 x 2 Estudiantes de La Plata-Argentina Neutro
29 1 1971 Palmeiras 0 x 2 Fluminense-RJ Palmeiras
7 2 1971 Palmeiras 3 x 2 Deportivo Galícia-Venezuela ADV
10 2 1971 Palmeiras 3 x 0 Petare FC (antigo Deportivo Italia)-
Venezuela
ADV
25 2 1971 Palmeiras 1 x 0 Petare FC (antigo Deportivo Italia)-
Venezuela
Palmeiras
3 3 1971 Palmeiras 3 x 0 Deportivo Galícia-Venezuela Palmeiras
10 3 1971 Palmeiras 3 x 1 Fluminense-RJ ADV
14 4 1971 Palmeiras 2 x 1 Universitário-Peru ADV
2 5 1971 Palmeiras 0 x 3 Nacional-Uruguai Palmeiras
6 5 1971 Palmeiras 3 x 0 Universitário-Peru Palmeiras
18 5 1971 Palmeiras 1 x 3 Nacional-Uruguai ADV
17 2 1973 Palmeiras 3 x 2 Botafogo-RJ Palmeiras
25 2 1973 Palmeiras 2 x 0 Peñarol-Uruguai Palmeiras
28 2 1973 Palmeiras 1 x 1 Nacional-Uruguai Palmeiras
10 3 1973 Palmeiras 0 x 2 Botafogo-RJ ADV
21 3 1973 Palmeiras 2 x 0 Peñarol-Uruguai ADV
24 3 1973 Palmeiras 2 x 1 Nacional-Uruguai ADV
29 3 1973 Palmeiras 1 x 2 Botafogo-RJ ADV
30 3 1974 Palmeiras 0 x 2 São Paulo-SP ADV
4 4 1974 Palmeiras 0 x 1 Club Jorge Wilstermann-Bolívia ADV
7 4 1974 Palmeiras 1 x 0 Club Deportivo Municipal-Bolívia ADV
24 4 1974 Palmeiras 1 x 2 São Paulo-SP Palmeiras
28 4 1974 Palmeiras 3 x 0 Club Deportivo Municipal-Bolívia Palmeiras
11 5 1974 Palmeiras 2 x 0 Club Jorge Wilstermann-Bolívia Palmeiras
10 3 1979 Palmeiras 4 x 2 Alianza-Peru ADV
13 3 1979 Palmeiras 5 x 2 Universitário-Peru ADV
25 3 1979 Palmeiras 1 x 4 Guarani-SP Palmeiras
8 4 1979 Palmeiras 1 x 2 Universitário-Peru Palmeiras
12 4 1979 Palmeiras 4 x 0 Alianza-Peru Palmeiras
15 4 1979 Palmeiras 0 x 1 Guarani-SP ADV
2 3 1994 Palmeiras 2 x 0 Cruzeiro-MG Palmeiras
9 3 1994 Palmeiras 6 x 1 Boca Juniors-Argentina Palmeiras
17 3 1994 Palmeiras 0 x 1 Vélez Sarsfield-Argentina ADV
25 3 1994 Palmeiras 1 x 2 Cruzeiro-MG ADV
30 3 1994 Palmeiras 1 x 2 Boca Juniors-Argentina ADV
7 4 1994 Palmeiras 4 x 1 Vélez Sarsfield-Argentina Palmeiras
27 4 1994 Palmeiras 0 x 0 São Paulo-SP Palmeiras
24 7 1994 Palmeiras 1 x 2 São Paulo-SP ADV
21 2 1995 Palmeiras 3 x 2 Grêmio-RS Palmeiras
7 3 1995 Palmeiras 0 x 1 El Nacional-Equador ADV
10 3 1995 Palmeiras 3 x 1 Emelec-Equador ADV
22 3 1995 Palmeiras 0 x 0 Grêmio-RS ADV
28 3 1995 Palmeiras 2 x 1 Emelec-Equador Palmeiras
4 4 1995 Palmeiras 7 x 0 El Nacional-Equador Palmeiras
26 4 1995 Palmeiras 0 x 1 Club Bolívar-Bolívia ADV
3 5 1995 Palmeiras 3 x 0 Club Bolívar-Bolívia Palmeiras
26 7 1995 Palmeiras 0 x 5 Grêmio-RS ADV
2 8 1995 Palmeiras 5 x 1 Grêmio-RS Palmeiras
27 2 1999 Palmeiras 1 x 0 Corinthians-SP Palmeiras
3 3 1999 Palmeiras 5 x 2 Cerro Porteño-Paraguai ADV
5 3 1999 Palmeiras 2 x 4 Olímpia-Paraguai ADV
12 3 1999 Palmeiras 1 x 1 Olímpia-Paraguai Palmeiras
17 3 1999 Palmeiras 1 x 2 Corinthians-SP ADV
7 4 1999 Palmeiras 2 x 1 Cerro Porteño-Paraguai Palmeiras
14 4 1999 Palmeiras 1 x 1 Vasco da Gama-RJ Palmeiras
21 4 1999 Palmeiras 4 x 2 Vasco da Gama-RJ ADV
5 5 1999 Palmeiras 2 x 0 Corinthians-SP Palmeiras
12 5 1999 Palmeiras 0 (4) x (2) 2 Corinthians-SP ADV
19 5 1999 Palmeiras 0 x 1 River Plate-Argentina ADV
26 5 1999 Palmeiras 3 x 0 River Plate-Argentina Palmeiras
2 6 1999 Palmeiras 0 x 1 Deportivo Cáli-Colômbia ADV
16 6 1999 Palmeiras 2 (4) x (3) 1 Deportivo Cáli-Colômbia Palmeiras
15 2 2000 Palmeiras 4 x 0 The Strongest-Bolívia Palmeiras
16 3 2000 Palmeiras 1 x 3 El Nacional-Equador ADV
21 3 2000 Palmeiras 3 x 0 Juventude-RS Palmeiras
6 4 2000 Palmeiras 2 x 4 The Strongest-Bolívia ADV
13 4 2000 Palmeiras 4 x 1 El Nacional-Equador Palmeiras
20 4 2000 Palmeiras 2 x 2 Juventude-RS ADV
4 5 2000 Palmeiras 0 x 2 Peñarol-Uruguai ADV
11 5 2000 Palmeiras 3 (5) x (4) 1 Peñarol-Uruguai Palmeiras
18 5 2000 Palmeiras 2 x 0 Atlas-México ADV
25 5 2000 Palmeiras 3 x 2 Atlas-México Palmeiras
30 5 2000 Palmeiras 3 x 4 Corinthians-SP ADV
6 6 2000 Palmeiras 3 (5) x (4) 2 Corinthians-SP Palmeiras
14 6 2000 Palmeiras 2 x 2 Boca Juniors-Argentina ADV
21 6 2000 Palmeiras 0 (2) x (4) 0 Boca Juniors-Argentina Palmeiras
8 3 2001 Palmeiras 2 x 1 Universidad de Chile-Chile Palmeiras
14 3 2001 Palmeiras 4 x 1 Sport Boys-Peru ADV
4 4 2001 Palmeiras 0 x 0 Cerro Porteño-Paraguai ADV
11 4 2001 Palmeiras 3 x 0 Sport Boys-Peru Palmeiras
18 4 2001 Palmeiras 2 x 1 Universidad de Chile-Chile ADV
2 5 2001 Palmeiras 5 x 2 Cerro Porteño-Paraguai Palmeiras
9 5 2001 Palmeiras 0 x 1 São Caetano-SP ADV
16 5 2001 Palmeiras 1 (5) x (3) 0 São Caetano-SP Palmeiras
23 5 2001 Palmeiras 3 x 3 Cruzeiro-MG Palmeiras
30 5 2001 Palmeiras 2 (4) x (3) 2 Cruzeiro-MG ADV
7 6 2001 Palmeiras 2 x 2 Boca Juniors-Argentina ADV
13 6 2001 Palmeiras 2 (2) x (3) 2 Boca Juniors-Argentina Palmeiras
2 2 2005 Palmeiras 2 x 2 Tacuary-Paraguai ADV
9 2 2005 Palmeiras 2 x 0 Tacuary-Paraguai Palmeiras
2 3 2005 Palmeiras 1 x 1 Cerro Porteño-Paraguai ADV
10 3 2005 Palmeiras 3 x 0 Deportivo Táchira-Venezuela Palmeiras
16 3 2005 Palmeiras 1 x 1 Santo André-SP Palmeiras
19 4 2005 Palmeiras 1 x 2 Santo André-SP ADV
4 5 2005 Palmeiras 2 x 1 Deportivo Táchira-Venezuela ADV
12 5 2005 Palmeiras 0 x 0 Cerro Porteño-Paraguai Palmeiras
18 5 2005 Palmeiras 0 x 1 São Paulo-SP Palmeiras
25 5 2005 Palmeiras 0 x 2 São Paulo-SP ADV
25 1 2006 Palmeiras 2 x 0 Deportivo Táchira-Venezuela Palmeiras
1 2 2006 Palmeiras 4 x 2 Deportivo Táchira-Venezuela ADV
15 2 2006 Palmeiras 0 x 0 Cerro Porteño-Paraguai ADV
2 3 2006 Palmeiras 3 x 2 Atlético Nacional de Medellín-Colômbia Palmeiras
15 3 2006 Palmeiras 0 x 0 Rosário Central-Argentina Palmeiras
23 3 2006 Palmeiras 2 x 2 Rosário Central-Argentina ADV
4 4 2006 Palmeiras 2 x 1 Atlético Nacional de Medellín-Colômbia ADV
13 4 2006 Palmeiras 2 x 3 Cerro Porteño-Paraguai Palmeiras
26 4 2006 Palmeiras 1 x 1 São Paulo-SP Palmeiras
3 5 2006 Palmeiras 1 x 2 São Paulo-SP ADV
29 1 2009 Palmeiras 5 x 1 Real Potosí-Bolívia Palmeiras
4 2 2009 Palmeiras 2 x 0 Real Potosí-Bolívia ADV
17 2 2009 Palmeiras 2 x 3 Liga Deportiva Universitária-Equador ADV
3 3 2009 Palmeiras 1 x 3 Colo-Colo-Chile Palmeiras
8 4 2009 Palmeiras 2 x 0 Sport-PE ADV
15 4 2009 Palmeiras 1 x 1 Sport-PE Palmeiras
21 4 2009 Palmeiras 2 x 0 Liga Deportiva Universitária-Equador Palmeiras
29 4 2009 Palmeiras 1 x 0 Colo-Colo-Chile ADV
5 5 2009 Palmeiras 1 x 0 Sport-PE Palmeiras
12 5 2009 Palmeiras 0 (3) x (1) 1 Sport-PE ADV
28 5 2009 Palmeiras 1 x 1 Nacional-Uruguai Palmeiras
17 6 2009 Palmeiras 0 x 0 Nacional-Uruguai ADV
14 2 2013 Palmeiras 2 x 1 Sporting Cristal-PERU Palmeiras
28 2 2013 Palmeiras 0 x 2 Club Libertad-Paraguai ADV
6 3 2013 Palmeiras 0 x 1 Tigre-Argentina ADV
2 4 2013 Palmeiras 2 x 0 Tigre-Argentina Palmeiras
11 4 2013 Palmeiras 1 x 0 Club Libertad-Paraguai Palmeiras
18 4 2013 Palmeiras 0 x 1 Sporting Cristal-PERU ADV
30 4 2013 Palmeiras 0 x 0 Tijuana-México ADV
14 5 2013 Palmeiras 1 x 2 Tijuana-México Palmeiras
16 2 2016 Palmeiras 2 x 2 River Plate-Uruguai ADV
3 3 2016 Palmeiras 2 x 0 Rosário Central-Argentina Palmeiras
9 3 2016 Palmeiras 1 x 2 Nacional-Uruguai Palmeiras
17 3 2016 Palmeiras 0 x 1 Nacional-Uruguai ADV
6 4 2016 Palmeiras 3 x 3 Rosário Central-Argentina ADV
14 4 2016 Palmeiras 4 x 0 River Plate-Uruguai Palmeiras
8 3 2017 Palmeiras 1 x 1 Atlético Tucumán-Argentina ADV
15 3 2017 Palmeiras 1 x 0 Club Jorge Wilstermann-Bolívia Palmeiras
12 4 2017 Palmeiras 3 x 2 Peñarol-Uruguai Palmeiras
26 4 2017 Palmeiras 3 x 2 Peñarol-Uruguai ADV
3 5 2017 Palmeiras 2 x 3 Club Jorge Wilstermann-Bolívia ADV
24 5 2017 Palmeiras 3 x 1 Atlético Tucumán-Argentina Palmeiras
5 7 2017 Palmeiras 0 x 1 Barcelona de Guayaquil-Equador ADV
9 8 2017 Palmeiras 1 (4) x (5) 0 Barcelona de Guayaquil-Equador Palmeiras
1 3 2018 Palmeiras 3 x 0 Atlético Júnior Barranquilla-Colômbia ADV
3 4 2018 Palmeiras 2 x 0 Alianza-Peru Palmeiras
11 4 2018 Palmeiras 1 x 1 Boca Juniors-Argentina Palmeiras
25 4 2018 Palmeiras 2 x 0 Boca Juniors-Argentina ADV
3 5 2018 Palmeiras 3 x 1 Alianza-Peru ADV
16 5 2018 Palmeiras 3 x 1 Atlético Júnior Barranquilla-Colômbia Palmeiras
9 8 2018 Palmeiras 2 x 0 Cerro Porteño-Paraguai ADV
30 8 2018 Palmeiras 0 x 1 Cerro Porteño-Paraguai Palmeiras
20 9 2018 Palmeiras 2 x 0 Colo-Colo-Chile ADV
3 10 2018 Palmeiras 2 x 0 Colo-Colo-Chile Palmeiras
24 10 2018 Palmeiras 0 x 2 Boca Juniors-Argentina ADV
31 10 2018 Palmeiras 2 x 2 Boca Juniors-Argentina Palmeiras
06 03 2019 Palmeiras 2 x 0 Atlético Júnior Barranquilla-Colômbia ADV
12 03 2019 Palmeiras 3 x 0 Melgar-Peru Palmeiras
02 04 2019 Palmeiras 0 x 1 San Lorenzo de Almagro-Argentina ADV
10 04 2019 Palmeiras 3 x 0 Atlético Júnior Barranquilla-Colômbia Palmeiras
25 04 2019 Palmeiras 4 x 0 Melgar-Peru ADV
08 05 2019 Palmeiras 1 x 0 San Lorenzo de Almagro-Argentina Palmeiras
23 07 2019 Palmeiras 2 x 2 Godoy Cruz-Argentina ADV
30 07 2019 Palmeiras 4 x 0 Godoy Cruz-Argentina Palmeiras
20 08 2019 Palmeiras 1 x 0 Grêmio-RS ADV
27 08 2019 Palmeiras 1 x 2 Grêmio-RS Palmeiras
04 03 2020 Palmeiras 2 x 0 Tigre-ARG ADV
10 03 2020 Palmeiras 3 x 1 Guaraní-PAR Palmeiras
16 09 2020 Palmeiras 2 x 1 Bolívar-BOL ADV
23 09 2020 Palmeiras 0 x 0 Guaraní-PAR ADV
30 09 2020 Palmeiras 5 x 0 Bolívar-BOL Palmeiras
21 10 2020 Palmeiras 5 x 0 Tigre-ARG Palmeiras
25 11 2020 Palmeiras 3 x 1 Delfín-EQU ADV
02 12 2020 Palmeiras 5 x 0 Delfín-EQU Palmeiras
08 12 2020 Palmeiras 1 x 1 Libertad-PAR ADV
15 12 2020 Palmeiras 3 x 0 Libertad-PAR Palmeiras
05 01 2021 Palmeiras 3 x 0 River Plate-ARG ADV
12 01 2021 Palmeiras 0 x 2 River Plate-ARG Palmeiras
30 01 2021 Palmeiras 1 x 0 Santos-SP Neutro
30 04 2021 Palmeiras 3 x 2 Universitário-Peru ADV
21 04 2021 Palmeiras 5 x 0  Ind. Del Valle-EQU Palmeiras
04 05 2021 Palmeiras 2 x 1 Defensa y Justicia-ARG ADV
11 05 2021 Palmeiras 1 x 0 Ind. Del Valle-EQU ADV
18 05 2021 Palmeiras 3 x 4 Defensa y Justicia-ARG Palmeiras
27 05 2021 Palmeiras 6 x 0 Universitário-Peru Palmeiras
14 07 2021 Palmeiras 1 x 0 Universidad Católica-CHI ADV
21 07 2021 Palmeiras 1 x 0 Universidad Católica-CHI Palmeiras
10 08 2021 Palmeiras 1 x 1 São Paulo-SP ADV
17 08 2021 Palmeiras 3 x 0 São Paulo-SP Palmeiras
21 09 2021 Palmeiras 0 x 0 Atlético-MG Palmeiras
28 09 2021 Palmeiras 1 x 1 Atlético-MG ADV
27 11 2021 Palmeiras 2 x 1 Flamengo-RJ Neutro
06 04 2022 Palmeiras 4 x 0 Deportivo Táchira-VEN ADV
12 04 2022 Palmeiras 8 x 1 Ind. Petrolero-BOL Palmeiras
27 04 2022 Palmeiras 3 x 1 Emelec-EQU ADV
03 05 2022 Palmeiras 5 x 0 Ind. Petrolero-BOL ADV
18 05 2022 Palmeiras 1 x 0 Emelec-EQU Palmeiras
24 05 2022 Palmeiras 4 x 1 Deportivo Táchira-VEN Palmeiras
29 06 2022 Palmeiras 3 x 0 Cerro Porteño-PAR ADV
06 07 2022 Palmeiras 5 x 0 Cerro Porteño-PAR Palmeiras
03 08 2022 Palmeiras 2 x 2 Atlético-MG ADV
10 08 2022 Palmeiras 0 (6) x (5) 0 Atlético-MG Palmeiras
30 08 2022 Palmeiras 0 x 1 Athletico-PR ADV
06 09 2022 Palmeiras 2 x 2 Athletico-PR Palmeiras