Símbolos

O atual escudo da Sociedade Esportiva Palmeiras foi instituído em 1942, após a mudança de nome do clube. Na circunferência maior, de fundo verde, aparece a inscrição “Palmeiras” em branco e, também em branco, oito estrelas fazem referência a agosto, mês de fundação do Palestra Italia. Na circunferência menor, de fundo branco, aparece em verde o contorno da Cruz de Savoia, símbolo da Casa Real Italiana e distintivo de camisa no primeiro campeonato disputado pela equipe, em 1916. O espaço interno é preenchido por 26 linhas alusivas ao dia de fundação do clube e pelo tradicional “P”, presente no emblema desde a época do Palestra

A bandeira oficial do Palmeiras é verde e tem o escudo oficial do clube no centro sob uma faixa diagonal branca. Acima do símbolo é colocada uma estrela vermelha em referência ao título mundial do Torneio Internacional de Clubes Campeões – Copa Rio 1951. O pavilhão é desfraldado em reuniões, solenidades, competições e sempre em que se manifeste o dever ou a oportunidade de sua presença.

O galhardete guarda, em miniatura, as mesmas especificações da bandeira, indicado na base do triângulo: “Sociedade Esportiva Palmeiras”, em caracteres verdes; mais abaixo do aro exterior e dele equidistante, um cimácio lacrimal, de branco, em um dos quais se grava: “Fundada em 26/VIII/1914” sob estes, próximo de cada extremidade, um modilhão, bordejado de branco. Mais abaixo, em caracteres brancos, escreve-se por extenso, horizontalmente, “São Paulo” e, verticalmente, “Brasil”. Todos os lados do triângulo se tarjarão de branco.

A flâmula é, em miniatura, a reprodução do galhardete

O brasão compreende à representação da Cruz de Savoia envolvendo o "P" presente no símbolo desde a época do Palestra Italia e o espaço interno preenchido por 26 linhas alusivas ao dia de fundação do clube, exatamente como no escudo oficial.
Desenvolvido por Foursys