Disputado pelos rivais Corinthians e São Paulo, Dudu acabou seduzido pelo projeto do Palmeiras e faz questão de destacar que foi a melhor escolha da carreira. Em 2015, logo seu ano de estreia no Verdão, foi campeão da Copa do Brasil marcando duas vezes na finalíssima contra o Santos.

Em 2016, conquistou o Campeonato Brasileiro, foi eleito o melhor atacante do Brasil por todas as premiações (inclusive levando a Bola de Prata) e voltou a ser convocado para a Seleção Brasileira – a última vez havia sido em 2011, quando defendia o Dínamo de Kiev-UCR. No ano seguinte, faturou mais uma Bola de Prata na campanha do vice-campeonato brasileiro.

A temporada de 2018, por sua vez, colocou definitivamente o Baixinho na galeria dos grandes ídolos da história do Palestra. Campeão nacional novamente, foi o grande protagonista do time – não à toa, levou a Bola de Ouro de melhor jogador do Campeonato Brasileiro.

Em quatro temporadas no Palestra Italia, o camisa 7 tornou-se o artilheiro alviverde no Século XXI e o maior goleador do clube na história do Brasileiro de pontos corridos, além de ser o atleta que mais jogou, mais venceu, mais fez gol e mais deu assistências no Allianz Parque.

Eduardo Pereira Rodrigues
Eduardo Pereira Rodrigues 7 de janeiro de 1992
Goiânia (GO) 1,67 m

Clubes

2009 - 2010
Cruzeiro
2010
Corinthians
2011
Cruzeiro
2011-2014
Dínamo de Kiev-UKR
2014
Grêmio
desde 2015
Palmeiras

Títulos

Campeonato Brasileiro (2016 e 2018)
Copa do Brasil (2015)
Campeonato Mineiro (2011)
Copa do Mundo Sub-20 (2011)
Campeonato Brasileiro Série B (2010)
Histórico no Palmeiras
Total Paulista Copa do Brasil Brasileiro Sul-Americana Libertadores Recopa Mundial de Clubes Amistosos
Ano JGJGJGJGJGJGJGJGJG
2020 12 2 8 2 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 0 0 2 0
2019 65 13 14 2 4 0 36 9 0 0 10 2 0 0 0 0 1 0
2018 66 14 17 4 5 1 31 7 0 0 11 2 0 0 0 0 2 0
2017 53 16 14 4 4 2 26 9 0 0 7 1 0 0 0 0 2 0
2016 53 9 12 3 2 0 33 6 0 0 4 0 0 0 0 0 2 0
2015 56 16 16 3 11 3 28 10 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0
Total30570811826615441003450000100
Desenvolvido por Foursys