Palmeiras abre inscrições para seletiva de basquete das categorias de base em 2021

Departamento de Comunicação

O Palmeiras abriu na tarde desta quarta-feira (25) as inscrições para os atletas interessados em fazer parte das categorias de base do basquete alviverde. Para participar do processo, é necessário clicar aqui e preencher gratuitamente a ficha de inscrição.

A seletiva é destinada para os atletas das categorias Sub-11, Sub-12, Sub-13, Sub-14 e Sub-15 (nascidos entre os anos de 2002 e 2006). O preenchimento do formulário não é garantia de seleção do jogador. As datas, horários e locais serão informadas em breve pelo Departamento de Basquete do clube.

Cria do basquete alviverde, armador Caio Pacheco representa Brasil no Draft da NBA em 2020

Angelo Salvioni
Departamento de Comunicação

Acostumado a formar craques em diversas modalidades, o Palmeiras teve recentemente mais uma de suas revelações chamando a atenção do universo esportivo. No último domingo (26), Caio Pacheco, armador do Bahía Basket, da Argentina, e com passagens pelo basquete do Verdão nas categorias Sub-17 e Sub-19, foi inscrito no Draft da NBA neste ano, previsto para o dia 25 de junho, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

O atleta defendeu o Verdão na base por dois anos e teve destaque seu auge no clube durante a temporada de 2017 (Fabio Menotti)

Natural de Rio Claro-SP, o atleta de 21 anos e 1,88m de altura tem dado o que falar na Liga Argentina. Com média de 19,4 pontos (segunda maior do torneio) e 6,0 assistências (maior do torneio) em 21 jogos disputados na atual temporada (interrompida pela pandemia da COVID-19), Caio é o líder do time nos dois quesitos e tem como mentor Pepe Sanchez, campeão olímpico com a Argentina em 2004 e atual presidente do clube.

“O Palmeiras tem muita importância para mim. Joguei no clube por dois anos e tive a oportunidade de trabalhar com grandes profissionais e uma estrutura grandiosa. Não estava acostumado com isso no interior, mas foi muito bom a mim. Sou muito grato a todos àqueles que me ajudaram a crescer como pessoa e jogador”, declarou Caio.

Caio é o principal assistente da Liga Argentina (Bahía Basket/Divulgação)

Técnico do atleta na maior parte de sua passagem pelo Palmeiras, Felipe Santana, o Filé, já conhecia o garoto pelas grandes exibições em Rio Claro e Limeira antes de chegar ao clube para atuar na categoria Sub-17. Caio, inclusive, foi vice-campeão paulista Sub-17 e medalhista de bronze com o time Sub-19 no Torneio Aberto Adulto da FPB, em 2017.

“Percebemos que ele era um atleta com ‘alto QI de basquete’, com muita inteligência e personalidade. Trabalhamos bastante para ele atuar na posição 1 (armador), já que ele reúne características raras principalmente no basquete brasileiro. Sei que ajudamos bastante em seu processo de formação e não tínhamos dúvida de que ele estouraria em qualquer clube que estivesse. Vê-lo inscrito no Draft mostra o quão bom jogador ele vem se tornando”, exaltou Filé.

O amor pela bola laranja corre em suas veias desde cedo. O jogador é filho de Álvaro Pacheco, um dos maiores armadores da história do basquete do Palmeiras. O ex-atleta defendeu as cores do Verdão por quase 20 anos e se destacou entre os profissionais nos anos 90, ao lado de nomes como Patterson, Pipoka, entre outros.

“Eu me inspiro em diversos jogadores, mas o primeiro deles foi o meu pai, desde pequeno. Gosto muito do Facundo Campazzo (Real Madrid), Luka Dončić (Dallas Mavericks), Trae Young (Atlanta Hawks), Damian Lillard (Portland Trail Blazers)… estudo bastante e tento colher o melhor de cada um deles para incorporar ao meu estilo de jogo”, destacou o garoto, que atua na cidade de Manu Ginóbili, um dos maiores estrangeiros da história da NBA.

Álvaro (esq.), pai, e Caio (dir.), filho: geração de grandes basquetebolistas da família Pacheco (Montagem/Acervo Histórico/Fabio Menotti)

Há dois anos na Argentina, Caio defendeu o Verdão ao lado de outras crias palestrinas, como Yago Mateus (inscrito no Draft da NBA em 2019), Paulo Scheuer, Nicolas Ronsini, Daniel Haydin, Rafael Paulichi (companheiro de Bahía Basket), entre outros. No ano passado, o armador foi um dos destaques do bicampeonato sul-americano Sub-21 conquistado pela Seleção Brasileira.

“A evolução do Caio no basquete desde sua chegada ao Palmeiras é constante. Ele sempre treinou muito e buscava o melhor em todas as atividades. O Filé cobrava muito dele, insistia bastante principalmente nos fundamentos, e ele abraçou as orientações. Ele é muito querido por todos aqui até os dias de hoje e merece todo o sucesso que tem conquistado”, destacou Willians Manzini, coordenador técnico das categorias de base do basquete alviverde.

Palmeiras Sub-19 (2017). Em pé: Filé (treinador), Petrick Sato (fisioterapeuta), Enzo, Alex, Pedro, Guilherme, João Vitor, Rafael Paulichi e Rodrigo Leite (fisiologista); agachados: Daniel, Eduardo, Caio, Nicolas, Dalaqua, Jonas e Marcelinho (mordomo) (Fabio Menotti)

NBA já teve atletas com passagens pelo Palmeiras

Não é de hoje que o Palmeiras tem consolidada tradição na formação de grandes equipes de basquete e na revelação de jogadores. Oscar Schmidt, considerado por muitos o melhor brasileiro de todos os tempos na modalidade, iniciou sua carreira no clube e teve a oportunidade de atuar pelo New Jersey Nets (atual Brooklyn Nets) em 1984, mas recusou o convite para não ficar impedido de atuar pela Seleção Brasileira.

Albert de Witt, Randy Ayers, Dwaine Dillard, Pipoka, Patterson, Jefferson Sobral e Leandrinho Barbosa (campeão da NBA com o Golden State Warriors na temporada 2014-15) foram outros nomes que passaram pelo Verdão e tiveram contato com a principal liga de basquete do mundo. Já a lista recente de inscritos no Draft da NBA inclui os atletas Pedro Faria (2016) e Yago Mateus (2019), revelados na base palmeirense.

Oscar atuou nas categorias de base do Palmeiras durante a década de 70 (Divulgação)

Verdão vence Inter de Regatas em todas as categorias da GSP, e Sub-16 bate São Paulo pelo Estadual

Priscila Pedroso
Departamento de Comunicação

O Palmeiras começou bem e venceu todos os jogos que disputou na primeira rodada dos campeonatos Metropolitano (GSP) e Estadual. Na última sexta-feira (06), no jogo que marcou a estreia da equipe alviverde, o Sub-16 levou a melhor contra o São Paulo e ganhou pelo placar de 74 a 65, no Ginásio do Morumbi.

Sub-15 abriu grande vantagem ao vencer o Inter de Regatas por 82 a 42 (Foto: Caio Carlucci)

No sábado (07) foi a vez das categorias Sub-12 e Sub-13, do técnico Gustavo Rocha, mostrarem técnica e entrosamento nos dois triunfos conquistados contra o Inter de Regatas com parciais de 57 a 28 e 98 a 39, respectivamente, no Ginásio do Palestra Italia.

Para encerrar a primeira rodada, as equipes Sub-14 e Sub-15 entraram novamente em quadra para enfrentar o Inter de Regatas no domingo (08) e ganharam os seus compromissos por 90 a 51 e 82 x 42, nesta ordem, e confirmaram os 100% de aproveitamento do Verdão nos torneios.

Confira os resultados do Palmeiras na primeira rodada dos Campeonatos Metropolitano e Estadual:

Sub-16
06/03 – São Paulo 65 x 74 Palmeiras – Ginásio do Morumbi

Sub-15
08/03 – 11h: Palmeiras 82 x 42 Inter de Regatas – Ginásio do Palestra Italia

Sub-14
08/03 – 9h: Palmeiras 90 x 51 Inter de Regatas – Ginásio do Palestra Italia

Sub-13
07/03 – 11h: Palmeiras 98 x 39 Inter de Regatas – Ginásio do Palestra Italia

Sub-12
07/03 – 9h: Palmeiras 57 x 28 Inter de Regatas – Ginásio do Palestra Italia

Veja os dias e horários dos próximos jogos do Palmeiras:

Sub-16
14/03 – 15h – Bauru x Palmeiras – Ginásio da ITE
Estadual de Basquete

Sub-15
21/03 – 15h – Círculo Militar x Palmeiras – Círculo Militar de SP
Metropolitano (GSP) de Basquete

Sub-14
16/03 – 19h – Paineiras x Palmeiras – Clube Paineiras do Morumby
Metropolitano (GSP) de Basquete

Sub-13
15/03 – 11h – Palmeiras x Esperia – Ginásio Palestra Italia
Metropolitano (GSP) de Basquete

Sub-12
15/03 – 9h – Palmeiras x Esperia- Clube Paineiras do Morumby
Metropolitano (GSP) de Basquete

Sub-16 do basquete inicia temporada com Choque-Rei no Campeonato Estadual

Priscila Pedroso
Departamento de Comunicação

Os times de basquete do Verdão estão de volta às competições após intenso período de treinamentos. A primeira categoria a entrar em quadra será o Sub-16, que encara o São Paulo nesta sexta-feira (06), às 19h30, pelo Campeonato Estadual, no Ginásio do Morumbi.

Equipe bicampeã brasileira vai em busca da primeira vitória na temporada de 2020 (Foto: Simone Costa)

A equipe, que se sagrou bicampeã brasileira em 2019 sob o comando do técnico Rafael Martins, o Toca, vai encarar as equipes do Paulistano, Centro Olímpico, Esperia, Pinheiros, São Paulo, Corinthians, Limeira, Alphaville TC, Inter de Regatas, São José, Girafinhas do Basquete, Santo André, Cravinhos, Sesi, Bauru, Campinas e Instituto Superação.

Além do Sub-16, as categorias Sub-12 e Sub-13, do comandante Gustavo Rocha, o Sub-14, do técnico Toca e o Sub-15, do técnico e coordenador da modalidade Willians Manzini, também disputam a primeira partida neste final de semana, a partir das 9h, no Ginásio do Palestra Italia. A entrada será gratuita para associados e convidados.

Do Sub-12 ao Sub-15, o Verdão disputa anualmente o Campeonato da Grande São Paulo (G.S.P.) e, em caso de título ou vice da Série Ouro do torneio, joga o Campeonato Estadual contra as duas melhores equipes do interior. Já as categorias Sub-16, Sub-17 e Sub-19 disputam o Campeonato Paulista e, eventualmente, competições nacionais e de pré-temporada.

Confira os dias e horários dos próximos jogos do Palmeiras:

Sub-16
06/03 – 19h30: São Paulo x Palmeiras – Ginásio do Morumbi

Sub-15
08/03 – 11h: Palmeiras x Inter de Regatas – Ginásio do Palestra Italia

Sub-14
08/03 – 9h: Palmeiras x Inter de Regatas – Ginásio do Palestra Italia

Sub-13
07/03 – 11h: Palmeiras x Inter de Regatas – Ginásio do Palestra Italia

Sub-12
07/03 – 9h: Palmeiras x Inter de Regatas – Ginásio do Palestra Italia

Jogadores do Palmeiras são convocados para evento do NBB em São Paulo

Priscila Pedroso
Departamento de Comunicação

O ala João Victor Scopel e o ala-pivô Gustavo Henrique Santana, do basquete Sub-17, foram convocados para participar do 2° Nike Elite NBB Camp, evento que busca desenvolver a modalidade por meio de uma clínica que será realizada entre os dias 17 e 21 de fevereiro, no Parque São Jorge, sede do Corinthians, em São Paulo-SP.

Essa é a segunda vez que atletas do Palmeiras são convidados para o evento (Foto: Michael Oliveira)

Os atletas, que são destaques do basquete alviverde, foram selecionados por meio da indicação de dez treinadores de diversos clubes paulistas que atuam na categoria. Além deles, outros 25 jogadores também foram convidados para a atividade.

Com o apoio da Liga Nacional de Basquete (LNB), o acampamento vai contar com uma série de atividades, como treinamentos específicos para ampliar os níveis técnicos e táticos dos atletas e apresentações sobre desenvolvimento de carreira, ética de trabalho, liderança e trabalho em equipe. Na primeira edição do evento, em 2017, outro atleta do Palmeiras foi convidado: o armador Yago Matheus, revelado pelo Palmeiras e hoje atleta do C.A. Paulistano.

Palmeiras derrota Unitri/Praia e estreia com o pé direito na LDB 2015

Angelo Salvioni
Departamento de Comunicação

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação _ Yago obteve 83,3% de aproveitamento dos pontosNa noite desta sexta-feira (24), o time juvenil de basquete do Palmeiras estreou na Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) diante do Unitri/Praia Clube e, apesar do susto nos primeiros instantes de jogo, não teve maiores dificuldades para derrotar o adversário por 73 a 58 em Uberlândia (MG), sede da edição de 2015 do torneio. Em noite inspirada, Yago Mateus, com 20 pontos em 24 tentados e 100% de aproveitamento nos arremates de três, foi o grande destaque do Verdão na partida.

O jogo

Nos minutos iniciais de jogo, a equipe mineira soube aproveitar o “fator casa” e abriu sete pontos para o Verdão, que encontrou dificuldades para frear as investidas adversárias. No entanto, os garotos palmeirenses entraram no duelo com Yago Mateus, que saiu do banco e comandou a virada palmeirense no placar com arremates precisos de três. No fim do primeiro quarto, 25 a 18 para o Alviverde e nove pontos para o atleta.

O Palmeiras seguiu absoluto na partida. No segundo período, com o encaixe da marcação e ataques eficientes, os garotos do Palestra abriram quinze pontos de frente aos mineiros. Calibrado, Yago – Mion para os companheiros – continuou a derrubar bolas de três e, nos dois últimos quartos de jogo, somava seis acertos em seis tentativas de longe e quatro assistências à cesta.

Outro destaque no ótimo desempenho palmeirense em quadra foi o pivô Gabriel: o atleta de 2,06m de altura obteve êxito em 12 dos 14 pontos tentados (86%) e, por pouco, não fez um duplo-duplo – conseguiu oito rebotes no duelo. No fim, manutenção da vantagem dos quinze pontos e triunfo palestrino na estreia da Liga de Desenvolvimento: 73 a 58.

A equipe juvenil alviverde volta às quadras do Praia Clube neste sábado (25), às 16h, contra a Seleção Brasileira Sub-17, no duelo válido pela segunda rodada da competição nacional de base. 

Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) – 2015

Primeira Etapa – Primeira Fase

24/07 – 18h: Palmeiras 73 x 58 Praia Clube – Praia Clube (Quadra 2)
25/07 – 16h: Seleção Brasileira Sub-17 62 x 66 Palmeiras – Praia Clube (Quadra 3)
26/07 – 14h: Palmeiras 58 x 68 Campo Mourão – Praia Clube (Quadra 1)
28/07 – 20h: Brasília 48 x 35 Palmeiras – Praia Clube (Quadra 2)
31/07 – 14h: Paulistano 72 x 64 Palmeiras – Praia Clube (Quadra 2)
01/02 – 14h: Palmeiras 60 x 69 Pinheiros – Praia Clube (Quadra 3)
02/02 – 16h: Inter 66 x 70 Palmeiras – Praia Clube (Quadra 1)

Basquete do Palmeiras inicia disputa da LDB 2015 com etapa em Uberlândia

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação_Palmeiras irá com atletas da categoria sub-19 para o torneioPrincipal torneio de base do basquete brasileiro, a Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) começa nesta sexta-feira (24) e a bola laranja sobe para sete jogos do Palmeiras ao longo da próxima semana. Com a primeira etapa da primeira fase sediada no Praia Clube, em Uberlândia (MG), o Verdão estreia justamente contra os donos da casa, e enfrenta na sequência Seleção Brasileira Sub-17, Campo Mourão, Brasília, Paulistano, Pinheiros e Inter.

O regulamento da LDB é diferente do Novo Basquete Brasil. Os 24 times jogarão entre si em turno único durante a fase de classificação (dividida em cinco etapas) e os oito melhores se classificarão para o octogonal final, que será disputado nos mesmos moldes dos anos anteriores – dois grupos e os dois melhores de cada lado avançando ao Final Four. A fase decisiva contará com transmissão dos jogos ao vivo através do site da LNB (www.lnb.com.br).

Apesar de o torneio permitir inscrição de atletas com idade até Sub-22, o Verdão participará com um time totalmente Sub-19. A equipe será comandada por Felipe Santana, o Filé, técnico da equipe Juvenil desde o ano passado e que tem feito boa campanha no Campeonato Paulista Sub-19. O ala-pivô Cadu, que integrava o elenco principal do Verdão na última temporada, alerta para a diferença de idade e as dificuldades que o clube deve superar no início.

“A expectativa para o início da competição é muito grande. Apesar de sermos o time mais novo a participar, todos estão se doando muito nos treinos para fazer um bom campeonato. Individualmente, vejo como uma grande oportunidade de fazer bons jogos, enfrentar jogadores mais experientes e ganhar destaque no cenário nacional. Será, sem dúvida, mais uma ótima experiência, como foi no Paulista e no NBB”, disse o jogador alviverde.

O Verdão já havia disputado a Liga de Desenvolvimento em 2012, mas o torneio estava em suas primeiras edições e tinha um caráter experimental, com outro formato e menos equipes. Outro destaque da equipe é o armador Murilo, que confia em uma boa campanha. “Espero ajudar o time a ficar entre os oito. Estamos cientes das adversidades, mas também sabemos do nosso potencial. O principal é representar o Palmeiras com a determinação de sempre”.

Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) – 2015

Primeira Etapa – Primeira Fase

24/07 – 18h: Palmeiras 73 x 58 Praia Clube – Praia Clube (Quadra 2)
25/07 – 16h: Seleção Brasileira Sub-17 62 x 66 Palmeiras – Praia Clube (Quadra 3)
26/07 – 14h: Palmeiras 58 x 68 Campo Mourão – Praia Clube (Quadra 1)
28/07 – 20h: Brasília 48 x 35 Palmeiras – Praia Clube (Quadra 2)
31/07 – 14h: Paulistano 72 x 64 Palmeiras – Praia Clube (Quadra 2)
01/02 – 14h: Palmeiras 60 x 69 Pinheiros – Praia Clube (Quadra 3)
02/02 – 16h: Inter 66 x 70 Palmeiras – Praia Clube (Quadra 1)

Desafio de Basquete 3×3 dos associados do Verdão tem bom público e animação

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

O Desafio de Basquete 3×3 promovido pelo Palmeiras no último domingo (26) agitou o clube e mobilizou a criançada a conhecer uma nova modalidade do basquete. Com disputa de trios nas categorias Infantil (10 a 12 anos), Juvenil (13 a 15 anos) e Livre (a partir de 16 anos), na quadra ao lado do prédio poliesportivo, o evento contou com sorteio de brindes e muita animação de todos os presentes.

Marcos Terence/Divulgação _ Além das partidas de basquete, foram sorteados aproximadamente 25 brindes, e os primeiros e segundos colocados levaram medalhas de ouro e prata, respectivamente.

As equipes se enfrentaram em jogos de 12 minutos ou 21 pontos, ao som de músicas que deram o clima da festa. O campeão de cada categoria foi o trio com maior número de vitórias. Pais e apaixonados por basquete completaram a festa e torceram muito pelos “gigantes” em quadra. No Infantil, foram cinco trios inscritos, além de quatro no Juvenil e outros quatro no Livre.

Foram sorteados aproximadamente 25 brindes, e os primeiros e segundos colocados levaram medalhas de ouro e prata, respectivamente. O evento foi promovido pela Coordenadoria Sócio-Desportiva e organizado pelos professores Willians Manzini, Divanir, Daniela, Ed e Joel, além da equipe de estagiários formada por Luiz, Maurício, Érica, Egle, Alessandra e Quezia.

O Basquete 3×3

As regras do basquete 3×3 são diferentes do basquete regular. Disputado somente na metade da quadra, com três atletas titulares e um reserva em cada time, a modalidade do basquete pode ser jogada tanto em espaços indoor quanto outdoor. As cestas valem um ponto ou dois (nos arremessos da linha de 3 pontos do basquete tradicional), e a partida acaba aos dez minutos ou quando o placar atingir 21 pontos. Segundo a LNB, a modalidade é praticada por 250 milhões de adeptos no mundo e atualmente é uma das que mais cresce no Brasil.

Clique aqui e confira as fotos do Desafio de Basquete 3×3 do último domingo (26).

Basquete do Verdão vê saldo positivo na temporada: ‘Não deixamos de lutar’

Daniel Romeu
Angelo Salvioni
Departamento de Comunicação

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação _ O Verdão de Régis Marrelli conquistou 12 das 15 vitórias no NBB7 em casaO Palmeiras/Meltex despediu-se do NBB7 neste domingo (19), mas de cabeça erguida após um duelo equilibrado nas oitavas de final contra o Franca. Após reverter a desvantagem inicial dos playoffs e empatar a série em 2 a 2, o Verdão forçou o quinto jogo contra o rival e acabou derrotado por 73 a 64, no ginásio Pedrocão, com muita luta e suor dos atletas em quadra. O empenho deixou o técnico Régis Marrelli orgulhoso, apesar de o resultado ter sido adverso.

“Nós tivemos altos e baixos no NBB. Foram problemas de contusão, reforma de quadra, jogos sem torcida por problemas externos. Tudo isso interferiu. Em casa fomos muito fortes, mas fora fomos irregulares, e isso também teve um peso. Se tivéssemos ganho dois jogos a mais, poderíamos ter o mando de casa nos playoffs. Como somos muito fortes em casa, acho que teríamos passado. É uma pena”, disse Régis, que inicia o projeto para a próxima temporada.

“Não deixamos de lutar, brigar, todos se empenharam. Fiquei orgulhoso por isso. Poderia ser melhor, mas quando o jogador veste essa camisa, o mais importante é isso. Agora teremos alguns dias para pensar, sentar e conversar com a diretoria, ver o que cada um pensa. Temos de discutir o que é melhor para o Palmeiras, sempre. O Palmeiras, por sua força, pelo amor da torcida, merece uma equipe para sempre brigar lá em cima”, completou o técnico do Verdão.

Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação _ Maxi é um dos destaques do NBB7 e lidera o ranking de assistências da competiçãoO armador argentino Maxi Stanic, muito emocionado após o jogo, também lamentou a desclassificação precoce nas oitavas de final. Principal ídolo da torcida do basquete alviverde, aos 36 anos, ele admite que a vontade da família deve pesar em sua decisão sobre a permanência no clube para a próxima temporada. Apesar de deixar a questão em aberto, manifestou seu carinho pelo Verdão e avaliou a participação no NBB como positiva de uma maneira geral.

“Foi uma boa temporada, poderia ter sido muito melhor. Se tivéssemos ficado entre os oito melhores teríamos a vantagem de quadra, de decidir em casa, e aí seria diferente. Foi uma temporada boa. Estou triste, senti a eliminação, acreditava muito no time. A decisão sobre a permanência não é só minha. Gostaria de ficar pelo carinho da torcida, mas tenho 36 anos, uma carreira longa e muitos anos fora de casa. Estamos conversando”, declarou Stanic. 

Empolgado, Verdão busca nova vitória contra o Franca para seguir vivo nos playoffs

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação _ Com ótimas atuações dentro de quadra, Stanic lidera o ranking de assistências nesta temporadaO Palmeiras/Meltex está mais vivo que nunca nos playoffs do NBB7. Depois de sair atrás do Franca na busca pela vaga nas quartas de final, o Verdão teve grande atuação nesta terça-feira (14) e venceu o rival, em casa, por 80 a 73. Precisando de mais uma vitória para forçar o quinto jogo da série, o Palmeiras recebe novamente o Franca, nesta quinta-feira (16), às 20h, no ginásio do Palestra Italia – a entrada é gratuita e ao apoio da torcida é essencial para o time.

No jogo desta terça (14), o Palmeiras mostrou uma defesa forte e não deu chances para o Franca. No ataque, o time alviverde também foi preciso e quase não levou sustos ao longo da partida – Neto foi o cestinha, com 20 pontos, e Stanic teve grande atuação de quase triplo-duplo (18 pontos, nove assistências e sete rebotes). O técnico Régis Marrelli, agora, ressalta que o time deve usar o bom momento para fazer a obrigação em casa e garantir o quinto jogo.

“Quando cheguei aqui sempre falei que em casa não podemos entregar o jogo nunca, ninguém pode ter mais vontade do que nós. Foi o que aconteceu. Precisávamos ganhar de qualquer jeito, e precisamos ganhar na quinta-feira, pois passamos a obrigação de vencer para Franca. O quinto jogo quem tem equilíbrio emocional leva, muda tudo. Vamos fazer nossa obrigação em casa para depois ver o que acontece, a vitória é muito importante para nós”, afirmou Régis.

Uma das grandes curiosidades do duelo entre Franca e Palmeiras/Meltex é que os mandantes sempre saíram vencedores na história do NBB. Como mandante, o Verdão ainda defende ótimo aproveitamento na competição, com onze vitórias e cinco derrotas. O argentino Nico Gianella, que tem feito bons jogos nos playoffs, destaca a força do time atuando no Palestra Italia.

“Não estávamos mortos. Sabemos que tivemos um jogo 2 muito ruim contra o Franca e queríamos reverter a situação. Precisávamos mudar a atitude para ganhar o jogo e assim foi. Agora queremos ganhar o próximo para levar o quinto para Franca. Em casa somos mais fortes. Estamos confiantes, vontade não vai faltar”, completou Gianella.

Palmeiras promove Desafio de Basquete 3×3 em abril; inscrições abertas para sócios

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

A Sociedade Esportiva Palmeiras promove no dia 26 de abril (domingo) seu primeiro Desafio de Basquete 3×3, na quadra poliesportiva ao lado do prédio de quadras do clube. As inscrições dos sócios podem ser feitas na Coordenadoria Sócio-Desportiva ou então diretamente com os professores, nas seguintes categorias: Infantil (10 a 12 anos), Juvenil (13 a 15 anos) e Livre (a partir de 16 anos). A disputa das crianças acontece às 9h e dos adultos a partir das 10h30.

O Basquete 3×3

As regras do basquete 3×3 são diferentes do basquete regular. Disputado somente na metade da quadra, com três atletas titulares e um reserva em cada time, a modalidade do basquete pode ser jogada tanto em espaços indoor quanto outdoor. As cestas valem um ponto ou dois (nos arremessos da linha de 3 pontos do basquete tradicional), e a partida acaba aos dez minutos ou quando o placar atingir 21 pontos. Segundo a LNB, a modalidade é praticada por 250 milhões de adeptos no mundo e atualmente é uma das que mais cresce no Brasil.

Divulgação _

Basquete do Palmeiras estreia com pé direito e vence o Bauru no Paulista

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

A estreia do Palmeiras/Meltex na temporada 2014/15 e no Campeonato Paulista não poderia ter sido melhor. Atuando no ginásio Palestra Italia diante de sua torcida, o time de basquete do Verdão derrotou o Paschoalotto/Bauru – atual campeão estadual – por 74 a 69 na primeira rodada da competição. O destaque da equipe foi o estreante Douglas Nunes (ex-Minas Tênis Clube), que terminou como cestinha e maior reboteiro, com 16 pontos marcados e 9 rebotes.

Fabricio, com 14 pontos e seis rebotes, também foi um dos destaques na partida – que marcou a estreia dos reforços Lucas Avelino, Gianella, Toyloy e Diego. O armador Neto, velho conhecido da torcida na última temporada, também mostrou que segue com a pontaria afiada, anotando 15 pontos e garantindo a vitória no emocionante último quarto da partida.

O Palmeiras/Meltex volta à quadra já neste sábado (9), às 18h, contra o Winner/Kabum Limeira, novamente no ginásio do Palestra Italia. A entrada tem custo de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Associados ativos, atletas do clube, estudantes, idosos (mais de 60 anos) e crianças (até 10 anos) pagam meia. A compra será disponibilizada no portão a partir de 1h30 antes do início.

O jogo

No primeiro período, o Palmeiras/Meltex precisou driblar o nervosismo da estreia na temporada e, apesar do bom aproveitamento dos pivôs Douglas e Toyloy embaixo do garrafão adversário – e de largar com vantagem –, acabou com derrota parcial por 19 a 14. Aos poucos, o time foi recuperando o controle e guardou o melhor de seu jogo para as etapas seguintes.

Com dois armadores em quadra para o segundo período (Lucas Avelino, ex-Bauru, entrou no time), o Palmeiras voltar a ditar o ritmo da partida. Com roubadas de bola e contra-ataques apostando na velocidade de Neto, o time virou o placar (26 a 25, a quatro minutos do intervalo). Mais atento defensivamente, o Verdão foi aos vestiários vencendo por 35 a 30.

O terceiro período devolveu o equilíbrio ao jogo e, quando o time Bauru ensaiava uma reação e liderava, Fabricio acertou linda cesta de três e recolocou o Palmeiras/Meltex à frente (42 a 41, a quatro minutos). Em final de etapa emocionante, Átila acertou dois lances livres e garantiu vantagem, mas uma cesta de três deixou o time de Bauru com dois pontos à frente.

No quarto decisivo, o novo argentino do Palmeiras/Meltex começou a mostrar suas armas: com duas bolas roubadas, Gianella chamou a responsabilidade ao anotar quatro pontos consecutivos e abrir dois de vantagem sobre o adversário (56 a 54, a seis minutos do fim). Diego, de três, ainda ampliou a vantagem para cinco pontos e incendiou o Palestra Italia.

Passando a controlar a liderança e o relógio, o Verdão cadenciou o jogo e, após uma cesta com falta sofrida por Douglas, o técnico Guerrinha foi obrigado a pedir tempo no Bauru. Com muita raça nas recuperações, Lucas Avelino impedia todos os avanços do time rival e a vantagem foi a oito pontos a três minutos do fim. O último quarto terminou com boa vitória de 24 a 17 – além da vitória palestrina no placar geral por 74 a 69. 

Basquete do Palmeiras faz peneira para nascidos em 2003 e em 2004

Heron Ledon
Departamento de Comunicação

O basquete da Sociedade Esportiva Palmeiras promoverá uma seletiva para formar a próxima equipe da categoria sub-12. Poderão participar os garotos nascidos em 2003 e em 2004. A peneira será realizada na sede social do Verdão, às 9h do próximo sábado (09), no quarto andar do Prédio de Quadras do clube. Não será cobrada nenhuma taxa para fazer o teste – basta levar documento de identidade e roupa para a prática do esporte.

No ano passado, a base do basquete palmeirense conseguiu o maior feito de sua história e da Federação Paulista: foram seis títulos e dois vices. O Alviverde faturou o ouro do Campeonato da Grande São Paulo e do Estadual com as categorias sub-12, sub-14 e sub-15 e levou a prata, também do Estadual, com o sub-16 e o sub-17. De quebra, nossos atletas e membros da comissão técnica representaram as Seleções Paulistas e Brasileiras de base. Em 2014, continuamos entre os líderes das competições e servindo as equipes do Estado de São Paulo e do Brasil.

Serviço:

Peneira do basquete masculino para nascidos em 2003/2004
Local: Prédio de Quadras do Palmeiras, no 4º andar.
Endereço: Rua Turiaçu, 1840, Perdizes – São Paulo (SP)
Data: 09/08 – sábado
Horário: 9h

Requisitos:

– Levar roupa para a prática do esporte
– Levar documento de identidade

*nenhuma taxa será cobrada para fazer a seletiva

Sub-17 vence o Taubaté em casa no término do primeiro turno do Estadual

Heron Ledon
Departamento de Comunicação

Os garotos do basquete sub-17 do Palmeiras derrotaram o SEL Taubaté/TCC na noite desta quarta-feira (14) por 67 a 51, no ginásio Palestra Italia, pela oitava rodada do primeiro turno do Campeonato Estadual. Com o triunfo, a equipe alviverde está na terceira colocação do Grupo A, com seis vitórias e dois reveses, e tem pela frente a Hebraica, fora de casa, na próxima quarta (21).

Quem também jogou pelo Estadual antes do sub-17, no Palestra, foi o sub-19 do Verdão, que acabou derrotado pelo Paulistano por 80 a 51. A seis duelos do fim do turno inicial, o time verde e branco está no pelotão central da tabela e voltará a entrar em quadra na próxima quinta (22), em Osasco (SP), contra o Aerco Basquete Osasco.

Confira os próximos jogos do Palmeiras:

Estadual Sub-19: 22/05 – 20h – Aerco Basquete Osasco x Palmeiras – Geodésico, em Osasco (SP)
Estadual Sub-17: 21/05 – 20h – Hebraica x Palmeiras – Clube Hebraica, em São Paulo (SP)
Estadual Sub-16: 16/05 – 19h – Palmeiras x Pinheiros – ginásio Palestra Italia
GSP Sub-15: 17/05 – 11h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia
GSP Sub-14: 17/05 – 9h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia
GSP Sub-13: 18/05 – 11h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia
GSP Sub-12: 18/05 – 9h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia

Atletas do Palmeiras/Meltex participam do Desafio das Ligas no Basquete 3×3

Departamento de Comunicação

Fábio Menotti/Agência Palmeiras/Divulgação _ Neto será um dos participantes do basquete 3x3 pelo Palmeiras/MeltexO basquete do Palmeiras/Meltex estará representado no Desafio das Ligas de Basquete 3×3, que será disputado na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro (RJ), entre os dias 23 e 24 de maio. A competição, realizada em quadras ao ar livre, reunirá 16 equipes masculinas, sendo 13 da atual temporada do NBB, três da Liga Ouro e oito clubes da Liga de Basquete Feminino.

Cada equipe deverá ser composta por cinco pessoas, sendo quatro atletas e um técnico que seguirão as regras oficiais da FIBA 3×3.O Verdão viaja à competição com os atletas Guto, Neto, Fabrício e Marcão, além do treinador Betão.  Os jogos serão realizados à noite, e público terá à disposição uma estrutura completa na área de entretenimento no espaço em torno da arena.

Na temporada 2013/14, o Palmeiras voltou a se classificar para um playoff de competição nacional após 16 anos, e deixou o NBB com 17 vitórias e 17 derrotas. Desde 1998 a equipe não participava de uma fase eliminatória. O Palmeiras/Meltx também concorre na premiação dos “Melhores do Ano” com oito atletas divididos em sete categorias diferentes.

O Basquete 3×3

As regras do basquete 3×3 são diferentes do basquete regular. Disputado somente na metade da quadra, com três atletas titulares e um reserva em cada time, a modalidade do basquete pode ser jogada tanto em espaços indoor quanto outdoor. As cestas valem um ponto ou dois (nos arremessos da linha de 3 pontos do basquete tradicional), e a partida acaba aos dez minutos ou quando o placar atingir 21 pontos. Segundo a LNB, a modalidade é praticada por 250 milhões de adeptos no mundo e atualmente é uma das que mais cresce no Brasil.

Garotos sub-15 passam pela Liga Sorocabana por 132 a 29 na casa do rival

Heron Ledon
Departamento de Comunicação

O Palmeiras foi até Sorocaba (SP), no último sábado (10), para enfrentar a Liga Sorocabana pela primeira fase do Campeonato da Grande São Paulo Sub-15 e Sub-13. Líderes invictos da Chave A, os garotos do sub-15 fizeram uma avalanche de pontos, bateram o adversário por 132 a 29 e chegaram à sétima vitória no torneio. O sub-19 recebe o Paulistano nesta quarta-feira (14), no ginásio Palestra Italia.

Com o triunfo – o mais elástico na temporada -, a equipe palestrina atinge média de 90,4 tentos feitos por partida. O sub-13 do Verdão também fez bonito contra os sorocabanos em busca da recuperação na tabela: 83 a 22. O time ocupa a sexta colocação e tem um jogo a menos. Já em Guarulhos (SP), o Alviverde sub-14 bateu o Apagebask/Guarulhos por 48 a 41 e está na quarta posição.

Pela fase inicial do Campeonato Estadual, o Palmeiras teve dois importantes resultados positivos no Palestra Italia. Na sexta-feira (09), o sub-16 – que fora derrotado para o Pinheiros na semana passada – superou o São Caetano por 60 a 42 e é vice-líder de seu grupo por seis vitórias e um revés. Dois dias antes, o sub-17 venceu o São José/Atleta Cidadão por 56 a 40 e está no terceiro lugar. Por fim, o sub-19 perdeu para o Pinheiros fora de casa por 71 a 62, na última semana.

Os próximos compromissos das categorias de base do Verdão serão no ginásio Palestra Italia. Nesta quarta-feira (14), o sub-19 encara o Paulistano, às 17h, e o sub-17, o SEL Taubaté/TCC duas horas depois. Às 19h de sexta (16), o sub-16 pega o Pinheiros. O sub-15 e o sub-14 recebem o Barueri na manhã do dia seguinte. Já no domingo (18), o sub-13 e o sub-12 enfrentam o mesmo adversário.

Veja os últimos resultados do Verdão:

Estadual Sub-19: Pinheiros 71 x 62 Palmeiras
Estadual Sub-17: Palmeiras 56 x 40 São José/Atleta Cidadão
Estadual Sub-16: Palmeiras 60 x 42 São Caetano
GSP Sub-15: Liga Sorocabana 29 x 132 Palmeiras
GSP Sub-14:Apagebask/Guarulhos 41 x 48 Palmeiras
GSP Sub-13: Liga Sorocabana 22 x 83 Palmeiras

Confira os próximos jogos do Palmeiras:

Estadual Sub-19: 14/05 – 17h – Palmeiras x Paulistano – ginásio Palestra Italia
Estadual Sub-17: 14/05 – 19h – Palmeiras x SEL Taubaté/TCC – ginásio Palestra Italia
Estadual Sub-16: 16/05 – 19h – Palmeiras x Pinheiros – ginásio Palestra Italia
GSP Sub-15: 17/05 – 11h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia
GSP Sub-14: 17/05 – 9h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia
GSP Sub-13: 18/05 – 11h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia
GSP Sub-12: 18/05 – 9h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia

Após boa temporada, jogadores do Palmeiras/Meltex se reúnem com torcedores

Departamento de Comunicação

Grandes nomes do basquete palmeirense se encontraram com diversos fãs nesta quarta-feira (30), na Academia Store da Rua Augusta. O público conheceu os jogadores Thyago Aleo, Neto, Igor, Thiagão, Rodrigo, Guto, Fabrício Russo, Victor Egon, Cadu, Murilo, Átila e Marcão em uma sessão especial de autógrafos e fotos.

Neto, o maior pontuador do Palmeiras/Meltex na temporada, aproveitou o encontro para falar sobre o desempenho do time. “Foi magnífico defender o clube nesta temporada do NBB e no Paulista.  Foi uma colheita muito boa chegar aos playoffs depois de 16 anos. Falei que tinha vindo para fazer história aqui, e ser cestinha só consagrou ainda mais a oportunidade que o Palmeiras me deu”, afirmou.

Para o capitão Tiagão, o apoio da torcida no campeonato foi fundamental. “Ver a nossa casa lotada e a torcida apoiando em todos os jogos foi um momento único em minha carreira. Fiquei muito feliz por jogar com essa camisa que tem muito peso”, disse.

Palmeirense fanático, o torcedor Eduardo Anselmo afirmou que o basquete do Palmeiras nunca foi tão bom. “Acompanhei diversos jogos e nunca vi o nosso basquete desse jeito, jogando com raça e voltando para um grande patamar.”

No local, os jogadores alviverdes ainda ganharam itens da linha casual da Academia Store e agradeceram o apoio do público presente, fechando a noite com muitas fotos e autógrafos.

Jogadores do basquete farão noite de autógrafos em loja do Palmeiras

Departamento de Comunicação

Os jogadores do Palmeiras/Meltex farão uma noite de autógrafos nesta quarta-feira (30), na Academia Store da Augusta. No local, serão sorteadas uma bola e uma camisa autografada. O evento vai acontecer das 18h às 20h. Os atletas Tiagão e Tiago Aleo estão confirmados.

Após 16 anos, o Palmeiras/Meltex chegou novamente aos playoffs do NBB. "O time do basquete foi muito bem na NBB e acredito que é uma forma de fazer com que os torcedores conheçam seus ídolos do esporte", afirmou Rafael Bedin, gerente de marketing da Meltex Franchising, empresa que administra as lojas

A Academia Sore conta com mais de 500 itens oficiais, desde chaveiros, roupas, vestuários, acessórios, bazar, cama mesa e banho, entre outros. Além da Academia Store, a empresa tem o controle das lojas oficiais do Grêmio (GrêmioMania), Santos (Santos na Área) e Ponte Preta (Loja da Macaca).

Serviço
Horário: 18h às 20h
Local: Rua Augusta, 2.078 – Jardim Paulista

Garotos triunfam fora de casa e continuam invictos em torneios

Heron Ledon
Departamento de Comunicação

Todas as categorias da base do basquete do Palmeiras entraram em quadra neste final de semana longe do ginásio Palestra Italia. Contra a Metodista/São Bernardo e o SESI/Franca, três equipes do Verdão obtiveram três boas vitórias, mantendo-se invictas em suas competições. Com exceção do sub-16, que joga nesta quarta-feira (30), todos os outros times só voltarão a atuar na próxima semana.

No sábado (26), pelo Campeonato da Grande São Paulo, o sub-15 palestrino derrotou a Metodista/São Bernardo por 98 a 43, em São Bernardo do Campo (SP), e chegou à sexta vitória nas seis partidas que disputou no ano. O sub-14, por outro lado, foi superado por 66 a 63. Já no domingo (27), novamente um triunfo para cada lado: o Verdão perdeu com o sub-13 (71 a 44) e ganhou com o sub-12 (48 a 26), que também não perdeu no torneio.

Também no domingo (27), pelo Estadual, três times alviverdes jogaram em Franca (SP). Contra o SESI, o sub-17 sofreu o revés por 73 a 63, e o sub-16 bateu os donos da casa por 79 a 71 e atingiu o quinto duelo de invencibilidade. Por fim, o sub-19 palmeirense perdeu para o Vivo/Franca por 64 a 53 – este foi o primeiro confronto da difícil sequência do Verdão, que ainda encara Pinheiros, Paulistano e Paschoalotto/Bauru.

O sub-16 verde e branco visita o Pinheiros às 20h desta quarta-feira (30), no Ginásio Azul do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo (SP). As demais categorias só jogarão após o feriado de 1º de maio.

Confira os últimos resultados do basquete do Verdão:

Estadual Sub-19: Vivo/Franca 64 x 53 Palmeiras
Estadual Sub-17: SESI/Franca 73 x 63 Palmeiras
Estadual Sub-16: SESI/Franca 71 x 79 Palmeiras
GSP Sub-15: Metodista/São Bernardo 43 x 98 Palmeiras
GSP Sub-14: Metodista/São Bernardo 66 x 63 Palmeiras
GSP Sub-13: Metodista/São Bernardo 71 x 44 Palmeiras
GSP Sub-12: Metodista/São Bernardo 26 x 48 Palmeiras

Veja os próximos jogos do basquete palmeirense:

Estadual Sub-19: 05/05 – 20h – Pinheiros x Palmeiras – Ginásio Azul do E. C. Pinheiros, em São Paulo (SP)
Estadual Sub-17: 07/05 – 19h – Palmeiras x São José/Atleta Cidadão – ginásio Palestra Italia
Estadual Sub-16: 30/04 – 20h – Pinheiros x Palmeiras – Ginásio Azul do E. C. Pinheiros, em São Paulo (SP)
GSP Sub-15: 10/05 – 17h – Liga Sorocabana x Palmeiras – Ginásio Gualberto Moreira, em Sorocaba (SP)
GSP Sub-14: 10/05 – 9h – Apagebask/Guarulhos x Palmeiras – FIG, em Guarulhos (SP)
GSP Sub-13: 10/05 – 15h – Liga Sorocabana x Palmeiras – Ginásio Gualberto Moreira, em Sorocaba (SP)
GSP Sub-12: 18/05 – 9h – Palmeiras x Barueri – ginásio Palestra Italia

Contra Franca, sub-19 foca no Estadual com experiência de jovens no NBB

Heron Ledon
Departamento de Comunicação

A equipe sub-19 do basquete do Palmeiras é comandada dentro de quadra por três atletas que integram o elenco profissional palestrino. Após a experiência no Novo Basquete Brasil 6 (NBB6), o ala-pivô Cadu, o armador Murilo e o ala Victor Egon voltam as suas atenções totalmente para a disputa do Campeonato Estadual. Pela sexta rodada da primeira fase, o Verdão encara às 18h deste domingo (27) o Vivo/Franca, no ginásio Pedrocão, em Franca (SP).

Crédito: Fabio Menotti/Agência Palmeiras/Divulgação _ Egon (esq.), Cadu (centro) e Murilo (dir.) fizeram parte do elenco do Palmeiras/Meltex na disputa do NBB6

Os garotos fizeram parte do Palmeiras/Metex na disputa do NBB6 e, além treinarem com os jogadores experientes, atuaram em alguns duelos – com exceção de Egon. Eles ainda são uns dos principais atletas do sub-19 verde e branco no Estadual – depois de uma vitória e duas derrotas, o time conseguiu dois triunfos na última semana e se recolocou na briga pela parte de cima da tabela.

Técnico do juvenil e auxiliar de Betão no profissional, Vinicius Ribeiro vê de forma positiva o desempenho do trio no conjunto adulto. “É uma responsabilidade muito grande para eles. Todos evoluíram bastante no time profissional, principalmente o Cadu, que veio do sub-17. Quando tivemos o Marcão e o Tyrone machucados, precisamos do Cadu nos jogos contra Minas, Espírito Santo e Liga Sorocabana, e ele correspondeu muito bem”, relatou ao Site Oficial.

O ala-pivô fez cinco partidas pelo Verdão na competição nacional, enquanto Murilo teve uma participação a menos, e Egon não chegou a atuar. Vinicius reconhece a importância dos jovens para o sub-19 palestrino. “Eles são uns dos que estão comandando o juvenil. Pela experiência no profissional, eles acabam tendo mais percepções e são um pouco de líderes em quadra. Eles olham para mim e já entendem o que eu quero, conseguem responder e até repassa ao demais. Isso também acontece com o Léo e com o Douglas, que vieram do Flamengo e foram campeões do NBB no ano passado”.

O Alviverde não terá vida fácil nas próximas rodadas, pois irá encarar os quatro primeiros colocados e únicos invictos no torneio. Além de Franca, o Palmeiras enfrentará Pinheiros fora, Paulistano em casa e Paschoalotto/Bauru fora. “O time foi montado em pouco mais de um mês, e agora estamos mais focados e nos acertando. Essa sequência de jogos será difícil, mas faremos de tudo para buscar as vitórias”, disse Vinicius. Nas cinco rodadas iniciais, o sub-19 palestrino encarou o Santo André/APABA (65 a 59), o Barueri (49 a 52), o Rio Claro (58 a 68), o Taubaté/TCC (62 a 61) e o CCP/XV/SELAM (74 a 57).