Departamento de Comunicação

Esteves marcou o gol da vitória alviverde no clássico contra o Santos, válido pelo Paulista (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Herói da vitória por 3 a 2 sobre o Santos na noite de quinta-feira (06), pelo Campeonato Paulista, o lateral-esquerdo Lucas Esteves comemorou bastante o seu primeiro gol pela equipe profissional do Palmeiras, sobretudo pela importância de ter mantido o clube vivo na disputa do torneio estadual.

“Foi uma noite mágica, incrível e que estará sempre na minha mente. Só quem esteve comigo nos últimos tempos sabe o que significou para mim ter feito um gol importante em um clássico, um gol que nos deixou vivos na competição”, afirmou o jogador, que soma 25 partidas pela equipe de cima.

Esteves começou a carreira no São Paulo, onde ficou de 2007 a 2014, ano em que chegou para a categoria Sub-15 do Verdão. “Eu e os outros meninos da minha geração fizemos uma trajetória muito vitoriosa aqui na base, com títulos importantes. O meu momento mais marcante foi a Copa do Brasil Sub-17, em 2017, quando eu bati o último pênalti e decidi o título sobre o Corinthians, nosso maior rival, no Pacaembu. O Palmeiras é um clube gigante, que amadurece, que faz os rapazes se tornarem homens. Só tenho a agradecer ao clube”, relembrou o atleta, que conquistou também na base a Copa do Brasil Sub-20 em 2019, o Campeonato Brasileiro Sub-20 em 2018 e os Paulistas Sub-20 em 2018 e 2019.

“Ter subido junto do Menino, do Patrick, do Wesley, entre outros, foi muito importante. Temos um entrosamento de muito tempo já. E hoje, apesar da pouca idade, já somos espelhos para os meninos mais novos, como Giovani e Gabriel Silva. Nós somos muito unidos e assim vamos continuar, um ajudando o outro, um torcendo pelo outro. E quando recebermos oportunidades, vamos dar o nosso melhor”, disse o camisa 6, uma espécie de xodó dos atletas mais experientes do elenco como Luiz Adriano e Rony.

O jogador chegou ao clube em 2014 para fazer parte do Sub-15 do Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

“Os jogadores mais experientes cuidam muito bem de mim e eu os respeito muito, são ídolos para mim e para a minha geração. Eu procuro escutá-los muito, eles procuram sempre me ajudar da melhor forma. Inclusive o Luiz Adriano me mandou mensagem logo após o jogo de ontem, o Rony me deu parabéns hoje logo que me viu… São pessoas que estiveram comigo na hora do gol e quando eu falhei também. Eles me ajudam a crescer cada dia mais”, concluiu.

Departamento de Comunicação

O Palmeiras se reapresentou na manhã desta sexta-feira (07), na Academia de Futebol, após a vitória por 3 a 2 sobre o Santos na noite de quinta (06), no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista, e iniciou a preparação para o confronto com a Ponte Preta, no domingo (09), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP. Assim como na quarta-feira (05), o meio-campista Lucas Lima trabalhou com o elenco em tempo integral. O camisa 20 alviverde se recuperou de uma lesão na coxa direita e pode reforçar o time nos próximos jogos – sua última partida pelo Verdão foi no triunfo por 2 a 0 sobre a Ferroviária, no dia 14 de março, também pelo Paulistão.

Os titulares contra o Santos fizeram atividades regenerativas na parte interna do centro de excelência. Pedro Bicalho, Lucas Esteves e Rafael Elias, que entraram no decorrer do embate, foram a campo e treinaram com o restante do grupo – estiveram no gramado também Jailson, Luan, Renan, Marcos Rocha, Victor Luis, Patrick de Paula, Raphael Veiga, Luiz Adriano e Rony, que haviam sido preservados contra o Santos, além de jovens do Sub-20.

O meio-campista Raphael Veiga durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A comissão técnica de Abel Ferreira iniciou os trabalhos com uma movimentação técnica com dois times. Sem goleiros, que ficaram à parte com os preparadores específicos Rogério Godoy e Thales Damasceno, os atletas tiveram de, em poucos toques na bola, cumprir objetivos como tabelar até chegar a espaços delimitados por estacas. Na sequência, foi colocada em prática uma atividade em dimensões reduzidas com duas equipes de 11 jogadores. Por fim, os atletas aprimoraram ainda cobranças de pênaltis. O atacante Gabriel Veron fez trabalhos na parte interna e no gramado (inclusive com bola). Breno Lopes, Kusevic e Gabriel Menino ficaram no centro de excelência.

O atual campeão paulista, da Copa do Brasil e da CONMEBOL Libertadores treina neste sábado (08), às 11h, na Academia. O Alviverde soma 18 pontos no torneio estadual, decorrentes de cinco vitórias, três empates e três derrotas.

O atacante Gabriel Veron fez trabalhos na parte interna da Academia de Futebol e no gramado (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Departamento de Comunicação

O Palmeiras venceu o Santos por 3 a 2, nesta quinta-feira (06), no Allianz Parque, e manteve viva a chance de se classificar para a próxima fase do Campeonato Paulista – com o triunfo, o Verdão chegou aos 18 pontos conquistados no Grupo C do Estadual, apenas um atrás do vice-líder Novorizontino, com 19. Após o término do clássico, o auxiliar técnico João Martins analisou o rendimento do time alviverde.

Confira abaixo a entrevista coletiva de João Martins:

 

Departamento de Comunicação

Ao balançar as redes na vitória por 3 a 2 sobre o Santos, Willian chegou ao 58º gol pelo Palmeiras e saltou no ranking de maiores artilheiros da história do Verdão, da 45ª posição (a qual dividia com Arce e Carrone) para a 44ª, posto este que passa a dividir com Luiz Imparato, um dos irmãos Imparatos que fez sucesso no time do Palestra Italia no início do Século XX.

Luiz Imparato fez história no Verdão. Veloz e driblador, o ponta-esquerda ganhou a alcunha de “Trem Blindado”, tamanha a sua volúpia no setor ofensivo. Teve uma atuação de gala na maior goleada do Palmeiras sobre o Corinthians (Palestra Italia 8×0 Corinthians em 05/11/1933), marcando os três últimos gols da partida. O histórico jogador palestrino, inclusive, foi representado no filme ‘O Casamento de Romeu e Julieta’, interpretado pelo ator Renato Consorte em cena na qual ele, já idoso, encontra com Romeu (interpretado por Marco Ricca) no banheiro do antigo Estádio Palestra Italia e relembra sua atuação no eterno 8 a 0.

Aliás, a fase atual de Willian no Verdão se assemelha ao sucesso de Imparato em clássicos neste confronto de gerações: Bigode é o jogador do atual elenco que mais clássicos disputou (39, sendo 15 contra o Corinthians, 12 contra o São Paulo e agora 12 contra o Santos) e também o maior artilheiro do plantel contra os rivais (8 gols, sendo quatro contra o São Paulo e, agora, quatro também contra o Santos).

No grupo atual do Verdão, Willian é quem mais soma jogos disputados (226), gols (58) e assistências (25) e detém várias marcas e recordes: com seus 58 gols, é o segundo maior artilheiro do Palmeiras neste século, atrás só de Dudu (70). É o 6º com mais partidas pelo Palmeiras neste século (226, atrás de Valdivia, com 241), e 5º com mais vitórias: 121, atrás de Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

Ele é ainda o segundo maior artilheiro do Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileiro: 28 gols, atrás apenas de Dudu (41), além de ser, com esses 28 gols pelo Nacional, ser o 9º maior artilheiro do Palmeiras em toda a história do Nacional, ao lado de Evair e atrás apenas de Jorginho Putinatti (29), Jorge Mendonça (31 gols), Toninho Catarina (32), Edmundo (34), Ademir da Guia (36), Leivinha (40), Dudu (41) e César Maluco (61).

Willian é terceiro com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 21, ao lado de Dudu e atrás apenas de Weverton (23) e Marcos (27); é o 4º maior artilheiro do Palmeiras em Libertadores: nove gols, ao lado de Lopes e atrás apenas de Borja e Tupãzinho (ambos com 11) e Alex (12); e é o 5º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 32, ao lado de Weverton e atrás apenas de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

Se no top geral de gols ele igualou Imparato na 44ª posição, na lista geral de jogos ele também aparece bem: é o 65º no ranking dos atletas com mais jogos na história do Palmeiras: 226 partidas, logo atrás de Pedrinho Vicençote, com 227.

LUCAS ESTEVES MARCA PELA PRIMEIRA VEZ COMO PROFISSIONAL

Além de Matías Viña que fez o gol 150 da história do Palmeiras contra o Santos especificamente no Palestra Italia-Allianz Parque, e Willian, que igualou Imparato, Lucas Esteves também foi destaque pelo gol marcado. Cria da Academia, base do Verdão, o atual camisa 6 chegou ao seu 25º jogo pelo time de cima e, como se profissionalizou no próprio Verdão, este foi seu primeiro gol profissional na carreira.

O jogador vem com bons números: antes do duelo desta noite começar, entrou em campo como o terceiro colocado em desarmes na temporada, com 13 roubos de bola, atrás apenas de Danilo, com 15, e Renan, com 19. Lateral-esquerdo de origem, Esteves foi figura presente em 17 dos 25 jogos mais recentes e titular nos quatro primeiros duelos da temporada – os últimos deles, ocupando o lado esquerdo do ataque, como por exemplo nesta noite, posição em que também foi utilizado ao longo de 2020.

No Palmeiras desde 2014, quando passou a integrar o elenco Sub-15, treinou com elenco Profissional em boa parte de 2019 e subiu definitivamente em 2020. Na base, conquistou quatro taças nacionais, inclusive uma, a Copa do Brasil Sub-17 de 2017, convertendo a última cobrança de pênalti na decisão da diante do Corinthians, no Pacaembu.

Departamento de Comunicação

O Verdão chega na última rodada com chances reais de classificação no Paulista. Com a vitória por 3 a 2 sobre o Santos no Allianz Parque, neste noite, após sair na frente com Viña, aos 8, sofrer empate com Kaio Jorge, aos 14; ficar novamente à frente aos 23, com Willian, e sofrer empate outra vez com Kaio Jorge, aos 53; e depois selar a vitória com gol de Lucas Esteves, o Palmeiras chegou a 18 pontos na tabela, a apenas um do Novorizontino, segundo colocado do Grupo C (se classificam os dois primeiros colocados de cada grupo).

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Para avançar às fases decisivas, o Alviverde precisa vencer o seu último compromisso, contra a Ponte Preta, fora de casa, e torcer por um tropesso do Novorizontino contra o Corinthians (pelo menos um empate).

Com o resultado, nesta quinta-feira (06), o Alviverde chegou ao quinto jogo de invencibilidade contra o Santos. Na temporada 2020, Palmeiras e Santos se enfrentaram quatro vezes, e o Verdão não perdeu nenhuma delas: empate por 0 a 0, no Pacaembu (Paulista), vitória por 2 a 1, no Morumbi, e empate por 2 a 2, na Vila Belmiro (Brasileiro) e vitória por 1 a 0, no Maracanã (Libertadores).

De quebra, o Maior Campeão do Brasil anotou o seu 150º gol contra o Santos em jogos disputados no Palestra Italia-Allianz Parque. Ao todo, desde a primeira partida no local, em 1921 (vitória alviverde por 6 a 1), foram 81 jogos já com o desta noite, 43 vitórias, 23 empates, 15 derrotas. O Alviverde entrou em campo com 149 gols marcados, portanto, o primeiro do jogo, de Viña, foi o 150. Depois, o Alviverde ainda chegou ao 151 e 152 com Willian e Lucas Esteves, respectivamente, na vitória por 3 a 2.

O Palmeiras manteve seu ótimo retrospecto contra o Santos jogando em casa, levando em conta apenas partidas pelo Paulistão: neste cenário, a equipe verde e branca sofreu apenas uma derrota para o Santos desde 1976. Neste período, foram 16 jogos, nove vitórias, seis empates, uma derrota, 24 gols marcados e 12 gols sofridos – o único revés ocorreu em 2009.

Contra o Santos, o Maior Campeão do Brasil completou uma maratona de oito jogos em apenas 16 dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04), Inter de Limeira (29/04), Santo André (02/05), Defensa y Justicia-ARG (04/05) e Santos (06/05). Gustavo Scarpa é o atleta com mais jogos em 2021 (27 no total), enquanto Matías Viña é quem por mais minutos esteve em campo (2.002) – estes dados incluem as partidas da temporada 2020 realizadas entre janeiro e março deste ano.

Vale destacar que, em toda a história, o Santos é o time que o Palmeiras mais venceu e mais fez gols: 144 triunfos e 572 bolas na rede. Além disso, o rival alvinegro também é a segunda equipe que o Verdão mais enfrentou: 341 jogos, ficando atrás apenas do Corinthians, com 378.

Departamento de Comunicação

Pré-jogo: Palmeiras x Santos l Campeonato Paulista 2021 (11ª rodada)
Data e hora: 06/05/2021 l 21h
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Transmissão: SporTV e Premiere
Árbitro: Luiz Flavio De Oliveira
Escalação: Weverton; Mayke, Danilo Barbosa, Empereur e Viña; Felipe Melo, Giovani, Zé Rafael e Scarpa; Wesley e Willian
Pendurados: Renan, Danilo, Fabinho e Gabriel Silva
Suspensos: não há
Desfalques: Lucas Lima (transição física), Gabriel Veron (lesão na coxa esquerda), Breno Lopes (lesão no joelho direito), Kuscevic (lesão na coxa direita), Gabriel Menino (cronograma especial), Jailson, Gómez, Luan, Renan, Marcos Rocha, Victor Luis, Patrick de Paula, Raphael Veiga, Luiz Adriano e Rony (preservados)

DESTAQUES PRINCIPAIS

> Em toda a história, o Santos é o time que o Palmeiras mais venceu e mais fez gols: 143 triunfos e 569 bolas na rede. Além disso, o rival alvinegro também é a segunda equipe que o Verdão mais enfrentou: 340 jogos, ficando atrás apenas do Corinthians, com 378.

> O duelo mais recente entre Palmeiras e Santos ficou marcado pelo bicampeonato palestrino na Libertadores. Realizada no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, a partida terminou 1 a 0 para o Maior Campeão do Brasil, com gol nos acréscimos do atacante Breno Lopes após cruzamento perfeito de Rony.

> Nesta quinta-feira (06), o Alviverde pode chegar ao quinto jogo de invencibilidade contra o Santos. Na temporada 2020, Palmeiras e Santos se enfrentaram quatro vezes, e o Verdão não perdeu nenhuma delas: empate por 0 a 0, no Pacaembu (Paulista), vitória por 2 a 1, no Morumbi, e empate por 2 a 2, na Vila Belmiro (Brasileiro) e vitória por 1 a 0, no Maracanã (Libertadores).

> O Palmeiras está muito perto de anotar o 150º gol contra o Santos em jogos disputados no Palestra Italia-Allianz Parque. Ao todo, desde a primeira partida em 1921 (vitória alviverde por 6 a 1), são 80 jogos, 42 vitórias, 23 empates, 15 derrotas, 149 gols marcados e 82 gols sofridos.

> Jogando no Palestra Italia-Allianz Parque pelo Campeonato Paulista, a equipe verde e branca sofreu apenas uma derrota para o Santos desde 1976. Neste período, foram 15 jogos, oito vitórias, seis empates, uma derrota, 24 gols marcados e 12 gols sofridos – o único revés ocorreu em 2009.

> Contra o Santos, o Maior Campeão do Brasil completará uma maratona de oito jogos em apenas 16 dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04), Inter de Limeira (29/04), Santo André (02/05), Defensa y Justicia-ARG (04/05) e Santos (06/05). Gustavo Scarpa é o atleta com mais jogos em 2021 (26 no total), enquanto Matías Viña é quem por mais minutos esteve em campo (1.904) – estes dados incluem as partidas da temporada 2020 realizadas entre janeiro e março deste ano.

HISTÓRICO NA TEMPORADA

NÚMEROS GERAIS
16 jogos | 8 vitórias | 4 empates | 4 derrotas | 27 gols marcados | 16 gols sofridos

> Mandante: 7 jogos | 3 vitórias | 0 empate | 4 derrotas | 12 gols marcados | 6 gols sofridos
> Visitante: 8 jogos | 5 vitórias | 3 empates | 0 derrota | 13 gols marcados | 8 gols sofridos
> Campo neutro: 1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

CAMPEONATO PAULISTA
10 jogos | 4 vitórias | 3 empates | 3 derrotas | 12 gols marcados | 8 gols sofridos

> Mandante: 5 jogos | 2 vitórias | 0 empates | 3 derrotas | 6 gols marcados | 4 gols sofridos
> Visitante: 5 jogos | 2 vitórias | 3 empates | 0 derrota | 6 gols marcados | 4 gols sofridos

CONMEBOL LIBERTADORES
3 jogos | 3 vitórias | 0 empate | 0 derrota | 10 gols marcados | 3 gols sofridos

> Mandante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 5 gols marcados | 0 gols sofridos
> Visitante: 2 jogos | 2 vitórias | 0 empate | 0 derrota | 5 gols marcados | 3 gols sofridos

CONMEBOL RECOPA
2 jogos | 1 vitória | 0 empates | 1 derrota | 3 gols marcados | 3 gols sofridos

> Mandante: 1 jogo | 0 vitória | 0 empate | 1 derrota | 1 gol marcado | 2 gols sofridos
> Visitante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 1 gol sofrido

SUPERCOPA DO BRASIL
1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

> Campo neutro: 1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

ÚLTIMO JOGO
Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras, dia 04/05, no estádio Norberto Tomaghello, em Florencio Varela-ARG, pela CONMEBOL Libertadores
Escalação: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan, Renan, Victor Luis, Danilo (Felipe Melo, Intervalo), Patrick de Paula (Danilo Barbosa, 29’/2ºT), Raphael Veiga (Mayke, 46’/2ºT), Luiz Adriano (Wesley, 34’/2ºT), Rony. Técnico: Abel Ferreira.

Jogos anteriores: Santo André 0x1 Palmeiras (Paulista), Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira (Paulista), Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (Libertadores), Palmeiras 1×2 Mirassol (Paulista) e Guarani 1×2 Palmeiras (Paulista).

HISTÓRICO DO CONFRONTO

SANTOS É A MAIOR VÍTIMA DA HISTÓRIA DO PALMEIRAS

> O Santos é o time que o Palmeiras mais venceu e mais fez gols em toda a sua história: 143 triunfos e 569 bolas na rede. Além disso, o rival alvinegro também é a segunda equipe que o Verdão mais enfrentou: 340 jogos, ficando atrás apenas do Corinthians, com 378.

NO ÚLTIMO PALMEIRAS X SANTOS, VERDÃO CONQUISTOU BI DA LIBERTADORES

> O duelo mais recente entre Palmeiras e Santos ficou marcado pelo bicampeonato palestrino na Libertadores, competição mais importante do continente. Realizada no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, a partida terminou 1 a 0 para o Maior Campeão do Brasil, com gol nos acréscimos do atacante Breno Lopes após cruzamento perfeito de Rony.

> O Palmeiras acumula outros feitos memoráveis em jogos contra o Santos: 8 a 0 em 1932 (maior goleada estabelecida no confronto em todos os tempos), título da Copa do Brasil 2015, com gol decisivo de Fernando Prass na decisão por pênaltis, e triunfos nos Paulistas de 1927, 1947, 1959 (por 2 a 1 de virada, com Pelé em campo) e 1996 (por 2 a 0, sendo que nesta mesma campanha vitoriosa havia goleado o rival anteriormente por 6 a 0 em plena Vila Belmiro). Vale ressaltar que os títulos de 1927, 1947 e 1996 foram partidas válidas por disputa de pontos corridos, com os jogos dos títulos acontecendo ocasionalmente diante do Peixe.

PALMEIRAS PODE CHEGAR A CINCO JOGOS SEM DERROTA PARA SANTOS

> O Alviverde pode chegar ao quinto jogo de invencibilidade contra o Santos. Na temporada 2020, Palmeiras e Santos se enfrentaram quatro vezes, e o Verdão não perdeu nenhuma delas: empate por 0 a 0, no Pacaembu (Paulista), vitória por 2 a 1, no Morumbi, e empate por 2 a 2, na Vila Belmiro (Brasileiro) e vitória por 1 a 0, no Maracanã (Libertadores). A última vez que o time palestrino atingiu a mesma marca contra o Santos foi em 2010, sendo que acabou ampliando o feito para sete jogos um ano depois – a série invicta ocorreu entre 28/06/2009 e 10/07/2011.

– Retrospecto geral contra o Santos: 340 jogos, 143 vitórias, 91 empates, 106 derrotas, 569 gols marcados e 478 gols sofridos
– Primeira vitória: 24/09/1916 – Palestra Italia 4×2 Santos (gols de Severino, duas vezes, Bertolini e Bianco Gambini) – Chácara da Floresta (São Paulo-SP) – Paulista
– Último jogo: 30/01/2021 – Palmeiras 1×0 Santos (gol de Breno Lopes) – Maracanã (Rio de Janeiro-RJ) – Libertadores
– Maior série de vitórias: Palmeiras (9 vitórias, entre 22/05/1921 e 06/06/1926 e entre 14/07/1940 e 16/08/1942)
– Maior sequência sem sofrer gols: Palmeiras e Santos, ambos por três jogos – o Verdão alcançou o feito três vezes (1922 a 1923, 1940 e 1944 a 1945), enquanto o Peixe o fez em outras três ocasiões (1968 a 1969, 1980 a 1981 e 1987 a 1988)
– Maior goleada: 11/12/1932 – Palestra Italia 8×0 Santos – Ponte Grande (São Paulo-SP) – Paulista
– Jogador com mais jogos: Ademir da Guia (45)
– Jogador do atual elenco com mais jogos: Willian (11)
– Jogador com mais gols: Heitor (15 gols)
– Jogador do atual elenco com mais gols: Willian (3)
– Técnico que mais dirigiu o Palmeiras: Oswaldo Brandão (28 jogos)

– Retrospecto contra o Santos pelo Paulista: 192 jogos, 93 vitórias, 45 empates, 54 derrotas, 342 gols marcados e 254 gols sofridos
> Último jogo: 29/02/2020 – Santos 0x0 Palmeiras – Pacaembu (São Paulo-SP) – Paulista
> Última vitória: 24/03/2018 – Santos 0x1 Palmeiras (gol de Willian) – Pacaembu (São Paulo-SP) – Paulista

– Retrospecto contra o Santos no Palestra Italia-Allianz Parque: 80 jogos, 42 vitórias, 23 empates, 15 derrotas, 149 gols marcados e 82 gols sofridos
> Último jogo: 23/02/2019 – Palmeiras 0x0 Santos – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Paulista
> Última vitória: 03/11/2018 – Palmeiras 3×2 Santos (gols de Dudu, Edu Dracena e Victor Luis) – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Brasileiro

Retrospecto contra o Santos no Palestra Italia-Allianz Parque pelo Paulista: 43 jogos, 25 vitórias, 10 empates, 8 derrotas, 90 gols marcados e 46 gols sofridos
> Última vitória: 26/04/2015 – Palmeiras 1×0 Santos (gol de Leandro Pereira) – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Paulista

HISTÓRICO NO LOCAL

FALTA APENAS UM GOL PARA VERDÃO ALCANÇAR 150º CONTRA SANTOS NO PALESTRA ITALIA-ALLIANZ PARQUE

> O Palmeiras está muito perto de anotar o 150º gol contra o Santos em jogos disputados no Palestra Italia-Allianz Parque. Ao todo, desde a primeira partida em 1921 (vitória alviverde por 6 a 1), são 80 jogos, 42 vitórias, 23 empates, 15 derrotas, 149 gols marcados e 82 gols sofridos.

APENAS UMA DERROTA PARA SANTOS ATUANDO NO PALESTRA ITALIA-ALLIANZ PARQUE PELO PAULISTA DESDE 1976

> Jogando no Palestra Italia-Allianz Parque pelo Campeonato Paulista, o Alviverde sofreu apenas uma derrota para o Santos desde 1976. Neste período, foram 15 jogos, oito vitórias, seis empates, uma derrota, 24 gols marcados e 12 gols sofridos – o único revés ocorreu em 2009. Atualmente, o time palestrino possui uma sequência de quatro jogos de invencibilidade contra os santistas em sua casa, que começou em 2015.

– Retrospecto contra o Santos na cidade de São Paulo: 225 jogos, 97 vitórias, 70 empates, 58 derrotas, 385 gols marcados e 297 gols sofridos
> Último jogo: 23/08/2020 – Palmeiras 2×1 Santos (gols de Luiz Adriano e Patrick de Paula) – Morumbi (São Paulo-SP) – Brasileiro

– Retrospecto contra o Santos na cidade de São Paulo pelo Paulista: 123 jogos, 61 vitórias, 36 empates, 26 derrotas, 225 gols marcados e 145 gols sofridos
> Último jogo: 29/02/2020 – Santos 0x0 Palmeiras – Pacaembu (São Paulo-SP) – Paulista
> Última vitória: 24/03/2018 – Santos 0x1 Palmeiras (gol de Willian) – Pacaembu (São Paulo-SP) – Paulista

– Retrospecto no Parque Antarctica/Palestra Italia/Allianz Parque: 1762 jogos, 1189 vitórias, 355 empates, 218 derrotas, 4051 gols marcados e 1626 gols sofridos

Retrospecto no Palestra Italia/Allianz Parque pelo Campeonato Paulista: 872 jogos, 625 vitórias, 157 empates, 90 derrotas, 2163 gols marcados e 743 gols sofridos

– Retrospecto geral no Allianz Parque: 192 jogos, 124 vitórias, 38 empates, 30 derrotas, 358 gols marcados e 141 gols sofridos

Amistosos: 3 jogos – 2 vitórias, 1 empate e nenhuma derrota (7 gols marcados e 4 gols sofridos)
Campeonato Brasileiro: 98 jogos – 59 vitórias, 23 empates e 16 derrotas (177 gols marcados e 81 gols sofridos)
Campeonato Paulista: 49 jogos – 31 vitórias, 6 empates e 10 derrotas (79 gols marcados e 30 gols sofridos)
Copa do Brasil: 18 jogos – 12 vitórias, 5 empates e 1 derrota (33 gols marcados e 13 gols sofridos)
Libertadores: 24 jogos – 19 vitórias, 2 empates e 3 derrotas (59 gols marcados e 12 gols sofridos)

> Primeiro jogo: 19/11/2014 – Palmeiras 0x2 Sport-PE – Campeonato Brasileiro
> Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0×1 Internacional de Limeira – Paulista
Na ocasião, o técnico Abel Ferreira mandou a campo Weverton, Mayke, Danilo Barbosa, Viña, Esteves, Gabriel Menino (Luiz Adriano, 28’/2ºT), Felipe Melo, Gustavo Scarpa (Patrick de Paula, 17’/2ºT), Zé Rafael (Raphael Veiga, 17’/2ºT), Wesley (Giovani, 33’/1ºT), Willian (Rony, 28’/2ºT).
> Maior série invicta: 28 jogos (21 vitórias e sete empates), entre 07/08/2016 e 28/06/2017
> Maior série de vitórias: nove jogos (entre 21/10/2020 e 15/12/2020)
> Maior série sem sofrer gols: 11 jogos (entre 12/03/2019 e 10/07/2019)
> Adversário mais frequente: São Paulo (11 jogos)
> Maiores vítimas: São Paulo (8 vitórias, 1 empate e 2 derrotas em 11 jogos) e Fluminense (7 vitórias em 7 jogos)
> Maiores goleadas: 5 a 0, cinco vezes:
21/03/2018 – Palmeiras 5×0 Novorizontino (gols de Bruno Henrique, Keno, Willian, Dudu e Papagaio) – Campeonato Paulista;
30/09/2020 – Palmeiras 5×0 Bolívar-BOL (gols de Willian, Wesley, Matías Viña, Raphael Veiga e Rony) – Libertadores;
21/10/2020 – Palmeiras 5×0 Tigre-ARG (gols de Raphael Veiga, Gustavo Gómez, Zé Rafael, Gabriel Veron e Rony) – Libertadores;
02/12/2020 – Palmeiras 5×0 Delfín-EQU (gols de Patrick de Paula, Gabriel Veron, Willian, Gabriel Veron e Danilo) – Libertadores
27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (gols de Rony, duas vezes, Luiz Adriano, Patrick de Paula e Danilo Barbosa) – Libertadores
> Maior público:
 41.256 pessoas (Palmeiras 3×2 Vitória-BA, dia 02/12/2018, pela última rodada do Campeonato Brasileiro).
> Jogador que mais atuou: Dudu (127 jogos)
> Jogador que mais atuou do atual elenco: Willian (92 jogos, atrás apenas de Dudu)
> Jogador que mais fez gols: Dudu (33 gols)
> Jogador que mais fez gols do atual elenco: Willian (21 gols, atrás só de Dudu)
> Jogador que mais deu assistência: Dudu (35 assistências)
> Jogador que mais deu assistência do atual elenco: Marcos Rocha (13, à frente de Willian e Lucas Lima, com 11)
> Treinador que mais comandou: Cuca (35 jogos)
> Gol mais cedo: Gabriel Jesus (dia 30/08/2015, aos 50 segundos – Palmeiras 3×2 Joinville, pelo Brasileiro)
> Gol mais tardio: Fabiano (dia 12/04/2017, aos 99min – Palmeiras 3×2 Peñarol-URU, pela Libertadores)

HISTÓRICO NA COMPETIÇÃO

FALTAM APENAS QUATRO GOLS PARA O PALMEIRAS ATINGIR 5 MIL PELO PAULISTA

> Com 4.996 bolas na rede desde a primeira participação no Estadual, em 1916, o Palmeiras está a apenas quatro de chegar à marca de cinco mil gols anotados no Campeonato Paulista em toda a sua história. Com um total de 2.516 jogos disputados, a média é de 1,98 gol por partida.

MELHOR DEFESA DO CAMPEONATO PAULISTA DESDE 2017

> O Palmeiras sofreu apenas seis gols na fase de grupos do Paulista 2020 (quando todos os times jogam a mesmas 12 partidas) e garantiu a melhor defesa do estadual pela quarta temporada consecutiva – foi o menos vazado com cinco gols sofridos em 2019, oito em 2018 e oito em 2017.

– Retrospecto em Campeonato Paulista: 2516 jogos, 1413 vitórias, 612 empates, 491 derrotas, 4996 gols marcados e 2630 gols sofridos
> Títulos: 23 (1920, 26, 27, 32, 33, 34, 36, 40, 42, 44, 47, 50, 59, 63, 66, 72, 74, 76, 93, 94, 96, 2008 e 2020), além dos extras de 1926 e 1938
> Vice-campeonatos: 25 (1917, 1919, 1921, 1922, 1923, 1931, 1935, 1937, 1939, 1949, 1951, 1953, 1954, 1961, 1964, 1965, 1969, 1970, 1971, 1986, 1992, 1995, 1999, 2015 e 2018)
> Primeiro jogo: 13/05/1916 – Palestra Italia 1×1  Mackenzie (gol de Vescovini) – Chácara da Floresta (São Paulo-SP)
> Primeira vitória: 28/05/1916 – Palestra Italia 3×2 Ypiranga (gols de Bernardini, Gobato e Severino) – Chácara da Floresta (São Paulo-SP)
> Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Canindé (São Paulo-SP)
> Maior goleada como mandante: 08/08/1920 – Palestra Italia 11×0 Internacional da Capital (gols de Ministro, duas vezes, Heitor, seis vezes, Imparato, Caetano Izzo e Martinelli) – Parque Antarctica (São Paulo-SP)
> Maior goleada como visitante: 23/11/1930 – São Bento da Capital 0x9 Palestra Italia (gols de Vito, contra, Romeu Pellicciari, duas vezes, Osses, Pepe, Goliardo, Ministrinho e Heitor, duas vezes) – Estádio da Ponte Grande (São Paulo-SP)
> Jogador com mais jogos: Ademir da Guia (373)
> Jogador do atual elenco com mais jogos: Willian (53)
> Jogador com mais gols: Heitor (178)
> Jogador do atual elenco com mais gols: Willian (16)

DESTAQUES COLETIVOS

CLUBE ULTRAPASSA MARCA DE 12 MIL GOLS EM SUA HISTÓRIA

> O Palmeiras ultrapassou a marca de 12 mil gols marcados em toda a sua história na partida diante do Universitario-PER, pela Libertadores. Atualmente, o Verdão possui 12.005 tentos em 6.212 partidas. Nesta temporada, são 27 gols em 16 duelos, média de 1,68 por jogo.

Retrospecto geral de partidas e gols do Palmeiras na história: 6212 jogos, 3329 vitórias, 1515 empates, 1368 derrotas, 12005 gols marcados e 6.929 gols sofridos
> Primeiro gol: Bianco Spartaco Gambini (Savoia 0x2 Palestra Italia, em 24/01/1915)
> Jogador com mais gols: Heitor, com 315 gols
> Jogador com maior média de gols: Humberto Tozzi, com média de 0,93 por jogo (126 gols em 135 jogos)
> Jogador com mais gols no mesmo jogo:
Heitor, com 6 gols (Palestra Italia 11×0 Internacional-SP, em 08/08/1920)
> Jogador com mais gols no mesmo ano:
Evair, com 53 gols em 1994
> Jogador mais jovem a marcar gol:
Juliano, aos 16 anos, 11 meses e 23 dias (Nacional-URU 0x5 Palmeiras, em 19/08/1998)
> Jogador mais velho a marcar gol: Zé Roberto, aos 42 anos, 10 meses e 18 dias (Palmeiras 3×1 Tucuman-ARG, em 24/05/2017)
> Maior goleada: Combinado Vale D´Aosta-ITA 0x15 Palmeiras (15/07/1999, amistoso)
> Maior goleada em campeonato: Palestra Italia 11×0 Internacional-SP (08/08/1920, Campeonato Paulista)
> Ano com maior quantidade de gols: 1996, com 220 gols (81 jogos)
> Ano com maior média de gols: 1927, com 4,59 gols por jogo (147 gols em 32 jogos)

EQUIPE TEM MARATONA DE OITO JOGOS EM APENAS 16 DIAS

> Depois de disputar todos os jogos possíveis na temporada 2020, o Palmeiras segue participando de uma maratona de partidas em 2021. Contra o Santos, o Verdão completará oito embates em apenas 16 dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04), Inter de Limeira (29/04), Santo André (02/05), Defensa y Justicia-ARG (04/05) e Santos (06/05).

VERDÃO INVICTO COMO VISITANTE NA TEMPORADA 2021

> O Verdão começou a temporada com uma ótima sequência como visitante. Já são oito jogos disputados e nenhuma derrota, totalizando cinco vitórias e três empates – triunfos contra Defensa y Justicia-ARG (Libertadores), Santo André (Paulista), Guarani (Paulista), Universitario-PER (Libertadores) e Defensa y Justicia-ARG (CONMEBOL Recopa) e empates com Botafogo, São Bento e Corinthians (Paulista). Além disso, a equipe de Abel Ferreira venceu o último compromisso fora de casa na temporada passada, contra o Grêmio, no jogo de ida final da Copa do Brasil, totalizando nove partidas seguidas sem derrota como visitante.

#CRIASDAACADEMIA REGISTRAM RECORDES NAS ÚLTIMAS TEMPORADAS

> Em duas oportunidades pelo Campeonato Paulista, oito jogadores oriundos das categorias de base do Verdão foram escalados entre os 11 titulares, um recorde neste século. Na primeira, empate por 0 a 0 com o Botafogo-SP, após as substituições foram 11 Crias da Academia no total. A segunda foi na vitória por 1 a 0 contra o Santo André, quando ao todo 12 pratas da casa participaram da partida.

> O Palmeiras relacionou 19 jogadores formados na base para a partida contra o São Bento, em março, pelo Campeonato Paulista, um recorde no século 21: foram chamados os goleiros Vinicius Silvestre e Mateus, o lateral-direito Gustavo Garcia, os zagueiros Henri e Renan, os laterais-esquerdos Victor Luis, Lucas Esteves e Vanderlan, os meio-campistas Danilo, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Fabinho, Ramon e Vitinho e os atacantes Pedro Acácio, Giovani, Gabriel Silva, Rafael Elias e Newton.

> Todos os jogos desta temporada tiveram presença de pratas da casa. Ao todo, 19 foram a campo: Vinícius, Gustavo Garcia, Renan, Lucas Esteves, Victor Luis, Gabriel Menino, Danilo, Patrick de Paula, Vanderlan, Fabinho, Pedro Bicalho, Gabriel Veron, Gabriel Silva, Rafael Elias, Giovani, Wesley, Newton e Henri e Marcelinho. Destes, seis estrearam neste ano: Gustavo Garcia, Fabinho e Giovani, contra o Corinthians, Newton, contra o São Bento, Henri, contra o Guarani, e Pedro Bicalho, contra o Mirassol.

> No total, já foram convocadas 22 Crias da Academia para jogos nesta temporada. Destas, só não estrearam ainda o goleiro Mateus, o zagueiro Michel e os meio-campistas Ramon e Vitinho. Já o atacante Pedro Acácio ainda não jogou em 2021.

> A temporada 2020 ficou marcada por ser a que mais teve pratas da casa convocadas neste século: 31. Destas, 18 entraram em campo (somando 283 jogos, um recorde no século), sendo que 13 estrearam (outro recorde do século): na ordem, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Wesley, Alan, Angulo, Gabriel Silva, Danilo, Renan, Aníbal, Marcelinho, Fabrício, Pedro Acácio e Vanderlan – juntos, eles somaram 220 jogos e fizeram de 2020 a temporada que o Palmeiras mais colocou jovens estreantes da base para atuar neste século.

> O Verdão teve pelo menos uma prata da casa em campo em todas as partidas rumo aos títulos da Libertadores, da Copa do Brasil, do Campeonato Paulista e da Florida Cup em 2020 – dos 79 jogos da temporada, só não houve uma Cria da Academia contra o Grêmio, pelo Brasileiro. Diante do Delfín-EQU, pela Libertadores, os 11 suplentes eram oriundos da base, feito inédito na história do clube.

* Dados levantados até 04/05

COMISSÃO TÉCNICA

> Desde a estreia, em 5 de novembro de 2020, a comissão técnica portuguesa soma 52 jogos | 26 vitórias | 14 empates | 12 derrotas | 81 gols marcados | 41 gols sofridos
Abel Ferreira:
44 jogos | 23 vitórias | 9 empates | 12 derrotas | 66 gols marcados | 34 gols sofridos
João Martins: 7 jogos | 3 vitórias | 4 empates | 13 gols marcados | 5 gols sofridos
Vitor Castanheira: 1 jogo | 1 empate | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

> Único técnico a ganhar dois títulos em uma mesma temporada pelo Palmeiras neste século.

> Em toda a história do clube, apenas Abel (2020), Humberto Cabelli (1933), Ventura Cambon (1951), Oswaldo Brandão (1972), Vanderlei Luxemburgo (1993 e 1994) e Felipão (1998) conquistaram mais de um título em competições oficiais na mesma temporada.

> Apenas Abel (2020) e Vanderlei Luxemburgo (1993) levantaram mais de um troféu na temporada de estreia.

> Campeão da Libertadores com 26 jogos, Abel só não conquistou um título mais precocemente neste século do que Vanderlei Luxemburgo, que faturou o Paulista de 2020 com 20 partidas à frente do time.

> Primeiro técnico estrangeiro a conquistar título pelo Verdão desde 1965, quando o argentino Filpo Nuñez também levantou duas taças: Torneio Rio São Paulo e Torneio Internacional IV Centenário do Rio de Janeiro.

> Primeiro português, oitavo europeu e 23º estrangeiro a assumir o comando do Maior Campeão do Brasil na história. O último treinador nascido na Europa tinha sido o italiano Caetano De Domenico, campeão paulista em 1940, enquanto o mais recente comandante de fora do país era o argentino Ricardo Gareca, em 2014.

NÚMEROS INDIVIDUAIS:

JOGOS
– Mais jogos no geral: Willian (225); Felipe Melo (189); Weverton (169); Lucas Lima (166); Marcos Rocha (149); Luan (137)
– Mais jogos na temporada 2021: Lucas Esteves, Gustavo Scarpa e Wesley (11); Weverton, Patrick de Paula, Danilo e Gabriel Menino (10); Renan, Mayke e Matías Viña (9); Luan, Victor Luis, Felipe Melo, Zé Rafael, Rony e Rafael Elias (8); Gustavo Gómez, Raphael Veiga e Willian (7); Vinicius Silvestre, Marcos Rocha, Alan Empereur, Danilo Barbosa, Luiz Adriano, Gabriel Silva e Breno Lopes (6)
– Mais jogos na temporada 2020: Weverton (70); Willian (69); Zé Rafael (64); Gabriel Menino (61); Gustavo Gómez (58); Raphael Veiga (57); Luiz Adriano e Lucas Lima (56)

GOLS
– Mais gols no geral: Willian (57); Raphael Veiga (29); Luiz Adriano (28); Gustavo Scarpa (25); Rony (16); Gustavo Gómez (15); Lucas Lima (13); Felipe Melo e Zé Rafael (12); Gabriel Veron (11)
– Mais gols na temporada 2021: Rony (5); Raphael Veiga (4); Danilo, Lucas Lima e Gustavo Scarpa (2); Gustavo Gómez, Renan, Danilo Barbosa, Patrick de Paula, Willian, Breno Lopes, Rafael Elias, Gabriel Silva e Newton (1)
– Mais gols na temporada 2020: Luiz Adriano (20); Raphael Veiga e Willian (18); Rony (11); Gabriel Veron (9); Gustavo Gómez (6); Zé Rafael, Wesley e Patrick de Paula (5); Gabriel Menino e Gustavo Scarpa (4); Viña, Breno Lopes, Lucas Lima (3); Marcos Rocha e Dudu (2); Ramires, Felipe Melo, Danilo e Emerson Santos (1)
– Último hat-trick: Luiz Adriano (10/03/2020 – Palmeiras 3×1 Guaraní-PAR – Allianz Parque, em São Paulo-SP – Libertadores)

ASSISTÊNCIAS
– Mais assistências no geral: Willian (25); Lucas Lima (21); Marcos Rocha e Gustavo Scarpa (20); Zé Rafael (13)
– Mais assistências na temporada 2021: Gustavo Scarpa (3); Raphael Veiga, Willian e Luiz Adriano (2); Renan, Victor Luis, Danilo, Felipe Melo, Patrick de Paula, Lucas Lima, Zé Rafael, Rony e Wesley (1)
– Mais assistências na temporada 2020: Gabriel Menino (10); Rony (9); Viña e Gustavo Scarpa (8); Willian e Zé Rafael (7); Wesley e Marcos Rocha (6); Gabriel Veron e Lucas Lima (5); Raphael Veiga (4); Luiz Adriano e Dudu (3); Danilo e Patrick de Paula (2), Gustavo Gómez, Gabriel Silva, Felipe Melo, Mayke e Bruno Henrique (1)

CAPITÃO
– Mais vezes capitão do time na temporada 2021: Gustavo Gómez e Felipe Melo (5); Weverton (2); Jailson, Willian, Lucas Lima e Gustavo Scarpa (1)
– Mais vezes capitão do time na temporada 2020:
Felipe Melo (36); Gustavo Gómez (20); Weverton e Willian (8)

BOLAS PARADAS
– Último gol de falta: Gustavo Scarpa (07/04/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Estádio Norberto Tomaghello, na Argentina – CONMEBOL Recopa)
– Último gol de pênalti em tempo regulamentar: Raphael Veiga (14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – CONMEBOL Recopa)
– Último gol de pênalti em disputa de penais: Rony, (14/04/2021 – Palmeiras 1 (3)×(4) 2 Defensa y Justicia-ARG – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – CONMEBOL Recopa)
– Última defesa de pênalti em tempo regulamentar: Weverton (02/11/2019 – Palmeiras 1×0 Ceará – Allianz Parque, em São Paulo-SP – Campeonato Brasileiro)
– Última defesa de pênalti em disputa de penais: Weverton (11/04/2021 – Palmeiras 2 (5)x(6) 2 Flamengo – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – Supercopa do Brasil)

INFORMAÇÕES DO ELENCO

GOLEIROS

42. JAILSON
39 anos | 1,87m

> 86 jogos (78 como titular) pelo Palmeiras
> 1 jogo (1 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
Estreia: 17/01/2015 – Palmeiras 3×1 Shandong Luneng-CHI – Amistoso
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Atleta há mais tempo no elenco profissional (desde 2014) e com mais títulos (Copa do Brasil de 2015 e 2020, Brasileiros de 2016 e de 2018, Paulista 2020 e Libertadores 2020).

> Campeão Brasileiro de 2016 sem perder nenhuma vez em 19 partidas e ainda levando a Bola de Prata.

> Segundo colocado no ranking de palmeirenses com as maiores invencibilidades no Brasileirão em todos os tempos: 27 duelos consecutivos sem perder, superando craques como Ademir da Guia e Leão, com 26, e atrás apenas de Edu Bala, com 34.

> Invicto na CONMEBOL Libertadores: seis jogos, cinco vitórias, um empate e apenas dois gols sofridos.

1. VINICIUS SILVESTRE
27 anos | 1,95m

> 9 jogos (8 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 29/10/2016 – Santos 1×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista

> Atuou em seis das dez partidas do Campeonato Paulista desta temporada: cinco como titular e uma entrando ao longo do jogo após expulsão de Weverton.

> Jogador do atual elenco com mais tempo de casa, está no clube desde 2006 e subiu para o elenco profissional no fim de 2013. Recentemente, renovou o seu contrato até o fim de 2024.

> Após ganhar experiência em empréstimos para Ponte Preta (2018) e CRB (2019), voltou ao Palmeiras na temporada 2020.

21. WEVERTON
33 anos | 1,86m

> 169 jogos (169 como titular) pelo Palmeiras
> 10 jogos (10 como titular) na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 11/03/2018 – Ituano 0x3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores

> Segundo jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 25, atrás apenas de Gustavo Scarpa, com 26 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Top 10 de goleiros que mais venceram pelo Palmeiras. Com a vitória sobre o Defensa y Justicia-ARG, pela Libertadores, o camisa 21 chegou a 93 triunfos, logo atrás do nono colocado da lista, Gilmar, com 112.

> 10º goleiro que mais jogou pelo Verdão em todos os tempos – o ranking é encabeçado por Emerson Leão, com 621 jogos, seguido por Marcos (533), Valdir de Morais (480), Velloso (458), Oberdan (353), Sérgio (333), Gilmar (290), Fernando Prass (274) e Primo (185).

> 8º goleiro que mais jogou no Estádio Palestra Italia/Allianz Parque em todos os tempos: 69 partidas – o ranking é encabeçado por Marcos, com 212 jogos, seguido por Velloso (154), Emerson Leão (137), Sérgio (131), Primo (90), Fernando Prass (86) e Jurandyr (74).

> Terceira menor média de gols sofridos na história do Palmeiras: 0,66 gol por partida (113 vezes em 169 jogos), atrás só do paraguaio Benítez, com 0,54 (13 gols sofridos em 24 jogos em 1978), e do também paraguaio Gato Fernández, com 0,62 (22 gols em 35 jogos em 1994). São considerados somente goleiros com ao menos dez jogos disputados pelo clube.

> Terceiro colocado no ranking de mais jogos sem sofrer gol neste século: 85, atrás apenas de Marcos (107) e Fernando Prass (101).

> Recordista do século de mais jogos sem sofrer gol na mesma temporada: 35 em 2020.

> Primeiro goleiro desde Velloso (entre 1995 e 1997) a fechar três temporadas seguidas sem sofrer gols por 20 jogos ou mais (21 em 2018, 26 em 2019 e 35 em 2020).

> Segunda maior sequência de jogos sem sofrer gol na história do clube: nove em 2018, atrás apenas de Zetti, com 12 jogos em 1987.

> 2º com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 23, atrás apenas de Marcos (27).

> 5º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 32, ao lado de Willian e atrás de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Atleta com mais jogos (70) e minutos (6362) em campo na temporada 2020. Atuou em todas as partidas do título da Libertadores.

> Eleito para as seleções da Libertadores, do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil em 2020, além de conquistar sua segunda Bola de Prata (venceu também em 2018).

ZAGUEIROS

> Luan e Gustavo Gómez: 67 jogos, com 40 vitórias, 19 empates, oito derrotas e 36 gols sofridos.
> Gustavo Gómez e Empereur: quatro jogos, com duas vitórias, duas derrotas e quatro gols sofridos.
> Luan e Empereur: três jogos, com uma vitória, dois empates e três gols sofridos.
> Empereur e Renan: dois jogos (ambos na temporada atual), com duas vitórias e nenhum gol sofrido.
> Kuscevic e Gustavo Gómez: dois jogos, com duas vitórias e nenhum gol sofrido.
> Luan e Kuscevic: dois jogos, com uma vitória, uma derrota e dois gols sofridos.
> Gustavo Gómez e Renan: dois jogos, com um empate, uma derrota e dois gols sofridos.
> Kuscevic e Empereur: dois jogos, com um empate, uma derrota e dois gols sofridos.
> Luan e Renan: um jogo, com um empate e dois gols sofridos
> Kuscevic e Renan: um jogo, com uma derrota e dois gols sofridos
> Henri e Empereur: um jogo, com uma derrota e dois gols sofridos
> Luan, Gustavo Gómez e Renan:
dois jogos, com duas vitórias e um gol sofrido
> Danilo Barbosa, Kuscevic e Empereur: um jogo, com uma derrota e um gol sofrido
> Kuscevic, Renan e Vanderlan: um jogo, com um empate e nenhum gol sofrido
> Luan, Gustavo Gómez e Empereur: um jogo, com uma vitória e dois gols sofridos
> Danilo Barbosa, Henri e Renan: um jogo, com uma vitória e um gol sofrido
> Mayke, Danilo Barbosa e Matías Viña: um jogo, com uma derrota e um gol sofrido
> Gustavo Garcia, Henri e Vanderlan: um jogo, com uma vitória e nenhum gol sofrido

33. ALAN EMPEREUR
27 anos | 1,86m

> 23 jogos (15 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 5 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (1 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 11/11/2020 – Palmeiras 3×0 Ceará – Copa do Brasil
Último jogo:25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular:25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Titular no jogo de ida da semifinal da Libertadores 2020 e entrou nos minutos finais da decisão contra o Santos, em sua primeira partida da carreira no Maracanã.

> Titular no jogo final da Copa do Brasil 2020 contra o Grêmio.

4. BENJAMÍN KUSCEVIC
25 anos | 1,85m

> 14 jogos (10 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 05/12/2020 – Santos 2×2 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista

> Em dezembro de 2020, na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, formou com Gómez a primeira dupla de zaga estrangeira da história do Allianz Parque – a última havia sido formada pelo argentino Tobio e pelo uruguaio Victorino, em setembro de 2014, no Pacaembu.

15. GUSTAVO GÓMEZ
27 anos | 1,85m

> 124 jogos (121 como titular), 14 gols e 1 assistência pelo Palmeiras
> 7 jogos (7 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 12/08/2018 – Palmeiras 1×0 Vasco – Brasileiro
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 24/03/2021 – São Bento 1×1 Palmeiras – Paulista

> O zagueiro paraguaio nunca passou uma temporada em branco desde que chegou ao Palmeiras: balançou as redes uma vez em 2021, seis vezes em 2020, cinco em 2019 e três em 2018.

> Autor do gol da vitória por 1 a 0 no jogo de ida da final da Copa do Brasil 2020, foi um dos três palmeirenses a balançar as redes em todas as competições regulares da temporada passada – os outros foram Raphael Veiga e Luiz Adriano.

> 9º colocado na lista de maiores zagueiros artilheiros da história do Palmeiras com 15 gols – o ranking é encabeçado por Luis Pereira, com 36, seguido por Loschiavo (33), Vágner Bacharel (22), Cleber (21), Bianco Gambini (20), Daniel (18), Júnior Baiano e Roque Júnior (16).

> Está a uma bola na rede do top 5 de estrangeiros com mais gols pelo Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileirão: é o sexto com seis tentos (ao lado compatriota Lucas Barrios, do colombiano Mina e do venezuelano Guerra), um a menos do que o atacante argentino Gioino, com sete – completam a lista o também argentino Cristaldo (nove); o colombiano Borja (dez); mais um argentino, Barcos (14); e o chileno Valdivia (15).

> Jogador de linha com mais minutos em campo na temporada de 2020 (4832) e único jogador de linha presente em todos os jogos da Libertadores 2020.

> Segundo que mais vestiu a braçadeira de capitão na temporada 2020: 20 vezes (incluindo a final da Libertadores), atrás só de Felipe Melo, com 36.

> Vencedor das Bolas de Prata de 2019 e 2020 e eleito para a seleção ideal da Libertadores 2020.

> Em 2019, Luan e Gómez atingiram a expressiva marca de 1081 minutos consecutivos sem sofrer gols (sem considerar os acréscimos), segunda maior sequência de uma dupla de zagueiros na história do Palmeiras – o recorde ainda pertence a Marcio e Vágner Bacharel, que, em 1987, ficaram sem levar gols por 1148 minutos. Um ano antes, durante a campanha do decacampeonato brasileiro de 2018, eles já haviam contribuído para estabelecer o recorde palmeirense de menos gols sofridos na história do Brasileirão de pontos corridos: apenas 26 tentos (a marca anterior era de 32, na caminhada do título de 2016).

> Oitavo estrangeiro que mais atuou pelo Palmeiras em todos os tempos – o ranking é encabeçado pelo também paraguaio Arce e pelo chileno Valdivia, ambos com 241 jogos, seguidos pelo colombiano Muñoz (140), pelo uruguaio Villadoniga e o português Arouca (ambos com 138), o argentino Echevarrieta (128) e outro argentino, Luiz Villa (127).

44. HENRI
19 anos | 1,87m

> 3 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 3 jogos (3 como titular) na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não atuou pela Libertadores 2021
Estreia: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Convocado para partidas da equipe profissional após recuperar-se de uma lesão no joelho sofrida ainda no primeiro semestre de 2020, foi titular nas partidas contra Santo André, Guarani e Mirassol, todas pelo Campeonato Paulista.

> Capitão do Palmeiras no Sub-15, no Sub-17 e no Sub-20, foi titular e capitão da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

> No clube desde 2015, foi bicampeão do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Verdão em 2018 e 2019, entre outros títulos.

13. LUAN
27 anos | 1,89m

> 138 jogos (120 como titular), 5 gols e 1 assistência pelo Palmeiras
> 8 jogos (7 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 18/06/2017 – Bahia 2×4 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 27/01/2019 – São Caetano 0×2 Palmeiras – Paulista

> Titular em cinco das oito partidas que disputou na Libertadores 2020, inclusive na final diante do Santos.

> Em 2019, Luan e Gómez atingiram a expressiva marca de 1081 minutos consecutivos sem sofrer gols (sem considerar os acréscimos), segunda maior sequência de uma dupla de zagueiros na história do Palmeiras – o recorde ainda pertence a Marcio e Vágner Bacharel, que, em 1987, ficaram sem levar gols por 1148 minutos. Um ano antes, durante a campanha do decacampeonato brasileiro de 2018, eles já haviam contribuído para estabelecer o recorde palmeirense de menos gols sofridos na história do Brasileirão de pontos corridos: apenas 26 tentos (a marca anterior era de 32, na caminhada do título de 2016).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras defendendo o clube do início ao fim das competições – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

66. MICHEL
17 anos | 1,88m | Atleta do Sub-20

> 0 jogo pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021

> No Verdão desde 2019, mesmo com idade Sub-16 na época, participou das conquistas da Copa do Brasil Sub-17 e da Supercopa do Brasil Sub-17 daquele ano.

> Em 2020, foi um dos titulares da zaga do Sub-17 ao lado de Jhow e Ruan Santos, com 12 partidas e um gol pela categoria. O time teve uma das melhores campanhas da primeira fase do Brasileiro Sub-17 e chegou à semifinal da Copa do Brasil Sub-17.

> Também atuou pelo Sub-20 no ano passado e foi importantíssimo na conquista do tetracampeonato paulista da categoria, já que anotou o gol do empate alviverde na final contra o Corinthians (1 a 1) em bela cabeçada. Mais tarde, o duelo terminou com vitória palestrina nas penalidades. No total, foram 10 partidas e um tento marcado pelo Sub-20.

> Fã de Felipe Melo, foi relacionado pela primeira vez para o Profissional contra o Mirassol, na oitava rodada do Paulista.

3. RENAN
18 anos | 1,84m

> 20 jogos (18 como titular), 1 assistência e 1 gol pelo Palmeiras
> 9 jogos (8 como titular), 1 assistência e 1 gol na temporada 2021
> 6 jogos (6 como titular) e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 3 jogos (2 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 14/10/2020 – Palmeiras 1×3 Coritiba – Brasileiro
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Líder em desarmes na temporada: 19, à frente de Danilo, com 15, e Lucas Esteves, com 13.

> Líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 22, seguido por Danilo, com 21.

> Terceiro palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Universitario-PER, pela fase de grupos de 2021 (seu primeiro como profissional), aos 18 anos, 11 meses e 2 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016.

> Chegou ao Verdão em 2015, aos 13 anos de idade, e desde o início de 2019 começou a jogar também como lateral-esquerdo pelo Sub-17. Na base, conquistou importantes troféus, entre eles o bicampeonato do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Palmeiras, em 2018 e 2019, e a Copa do Mundo Sub-17 em 2019 pelo Brasil.

> Em 2020, sua temporada de transição ao time principal, teve participação direta no título da Libertadores, com um jogo disputado, e da Copa do Brasil, com duas partidas. Efetivado no plantel profissional em 2021.

LATERAIS

32. GUSTAVO GARCIA
19 anos | 1,75m | Atleta do Sub-20

> 7 jogos (4 como titular) pelo Palmeiras
> 7 jogos (4 como titular) na temporada 2021
> 7 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Campeão do mundo com a Seleção Brasileira Sub-17 em 2019 e bicampeão mundial pelo Palmeiras Sub-17 em 2018 e 2019, entre outros títulos.

> Desde 2014 no clube, fez parte do intercâmbio com o futsal, pelo qual foi campeão metropolitano e estadual Sub-14 em 2016, este último em final contra o Corinthians.

> Em 2017, na final do Campeonato Paulista Sub-15 contra o São Paulo, no Allianz Parque, fez um gol do meio de campo e garantiu a taça para o Verdão.

2. MARCOS ROCHA
32 anos | 1,76m

> 150 jogos (144 como titular), 6 gols e 21 assistências pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular) na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 18/01/2018 – Grêmio Novorizontino 0x3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 29/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André – Paulista

> O camisa 2 é o quinto atleta do atual elenco com mais duelos pelo clube, com 150, atrás apenas de Weverton (168), Lucas Lima (166), Felipe Melo (188) e Willian (225).

> Vice-líder em assistências na história do Allianz Parque: 13, seguido de Willian e Lucas Lima (11) e atrás só de Dudu (35).

> Terceiro colocado em assistências do atual elenco: 21, atrás de Lucas Lima (22) e Willian (25).

> Terceiro colocado em passes para finalizações na temporada 2020: 69, atrás de Gabriel Menino (73) e Lucas Lima (81).

> Líder em desarmes na temporada 2020: 130, seguido de Zé Rafael e Viña (ambos com 114). Em 2019, fechou o Campeonato Brasileiro como o atleta com mais desarmes, com 103, à frente de Gregore, do Bahia, com 102.

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Gustavo Gómez, Matías Viña, Zé Rafael e Luiz Adriano.

> Em toda a história da Libertadores, desde 1960, Marcos Rocha é o jogador brasileiro que mais disputou o torneio em sequência, com nove participações consecutivas entre 2013 (quando atuava pelo Atlético-MG) e 2021. No geral de participações, o camisa 2 do Verdão fica atrás apenas de Danilo (Corinthians e São Paulo) e Jean (Palmeiras, Fluminense e São Paulo), ambos com 10.

12. MAYKE
28 anos | 1,79m

> 129 jogos (97 como titular), 2 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 5 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 27/05/2017 – São Paulo 2×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 30/05/2019 – Palmeiras 2×0 Sampaio Corrêa – Copa do Brasil

> Polivalente, atuou como zagueiro na partida contra a Inter de Limeira, em abril, pelo Paulista. Na temporada 2020, jogou algumas vezes como lateral-esquerdo (sendo titular no jogo de ida contra o Delfin-EQU, pelas oitavas da Libertadores) e como atacante pelo lado direito (inclusive nas duas partidas finais da Copa do Brasil, entrando no segundo tempo).

> Bola de Prata 2018: esteve presente em 20 jogos na campanha do decacampeonato brasileiro, sendo 14 como titular.

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, o lateral Marcos Rocha, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

6. LUCAS ESTEVES
20 anos | 1,71m

> 24 jogos (14 como titular) pelo Palmeiras
> 11 jogos (7 como titular) na temporada 2021
> 9 jogos (7 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 20/03/2019 – Palmeiras 1×0 Ponte Preta – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista

> Terceiro colocado em desarmes na temporada: 13 roubos de bola, atrás apenas de Danilo, com 15, e Renan, com 19.

> Presente em 16 dos 24 jogos mais recentes e titular nos quatro primeiros duelos da temporada – o último deles, ocupando o lado esquerdo do ataque, posição em que também foi utilizado ao longo de 2020.

> No Palmeiras desde 2014, quando passou a integrar o elenco Sub-15, treinou com elenco Profissional em boa parte de 2019 e subiu definitivamente em 2020. Na base, conquistou quatro taças nacionais, inclusive uma, a Copa do Brasil Sub-17 de 2017, convertendo a última cobrança de pênalti na decisão da diante do Corinthians, no Pacaembu.

17. MATÍAS VIÑA
23 anos | 1,80m

> 59 jogos (58 como titular), 3 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (9 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (6 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 16/02/2020 – Palmeiras 3×1 Mirassol – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 22/02/2021 – Palmeiras 1×1 Atlético-GO – Brasileiro

> Atleta com mais minutos em campo pelo clube em 2021: 1.904, seguido por Luan, com 1.774 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Terceiro colocado em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 18, atrás apenas de Danilo, com 21, e Renan, com 22.

> Vice-líder em desarmes na temporada 2020: 114, ao lado de Zé Rafael e atrás apenas de Marcos Rocha, com 130.

> Terceiro colocado em assistências na temporada 2020: oito, ao lado de Gustavo Scarpa e atrás apenas de Rony (nove) e Gabriel Menino (dez)

> Jogador de linha com mais minutos em campo na Libertadores 2020 (1132), foi eleito pela CONMEBOL para a seleção da competição.

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Zé Rafael e Luiz Adriano.

> 20º uruguaio da história do Palmeiras e quarto que mais atuou, atrás apenas de Héctor Silva (80), Villadoniga (138) e Diogo (146).

46. VANDERLAN
18 anos | 1,83m | Atleta do Sub-20

> 4 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 26/01/2021 – Palmeiras 1×1 Vasco – Brasileiro
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Treinando com o elenco profissional desde o final de 2020, foi convocado em dez oportunidades na temporada passada, entrando em campo em duas. Em 2021, foi titular nos jogos contra Botafogo-SP e Santo André, ambos pelo Paulista.

> Polivalente, pode atuar tanto como lateral-esquerdo quanto como zagueiro ou aberto pelo lado esquerdo da linha ofensiva.

> Desde sua chegada ao clube para o Sub-15, em 2017, conquistou diversos títulos, entre eles o Mundial de Clubes Sub-17 em 2019.

26. VICTOR LUIS
27 anos | 1,79m

> 122 jogos (100 como titular), 3 assistências e 3 gols pelo Palmeiras
> 8 jogos (4 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 09/03/2014 – Paulista 1×3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 03/11/2018 – Palmeiras 3×2 Santos – Brasileiro

> Marcou o terceiro e decisivo gol na vitória por 3 a 2 sobre o Santos, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro de 2018. Este foi o último triunfo palestrino contra o rival dentro de seu estádio.

> Foi titular em todas as 11 partidas de Libertadores que disputou pelo Palmeiras (quatro em 2018, quatro em 2019 e três em 2021) e tem 100% de aproveitamento, com 11 vitórias e apenas cinco gols sofridos. Na vitória por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, deu assistência para Rony anotar um dos gols da partida.

> Torcedor do Palmeiras desde a infância, começou no Sub-11 do clube em 2006, subiu em 2014, foi emprestado nos anos seguintes para o Ceará e o Botafogo para adquirir experiência e retornou em 2018.

> Na campanha do decacampeonato brasileiro, entrou em campo 22 vezes e marcou um gol, o da vitória sobre o Santos por 3 a 2 na reta final da competição.

> Emprestado ao Botafogo novamente em 2020, iniciou em 2021 mais uma temporada com a camisa alviverde.

MEIO-CAMPISTAS

40. ALAN
21 anos | 1,61m

> 2 jogos (0 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0×0 Atlético Nacional-COL – Florida Cup
Último jogo: 18/01/2020 – Palmeiras 2×1 NY City-EUA – Florida Cup

> Chegou ao clube em 2013 para jogar futsal e depois migrou para o campo, onde conquistou a Copa do Brasil Sub-17 (2017), a Copa do Brasil Sub-20 (2019) e o Campeonato Brasileiro Sub-20 (2018), entre outros troféus.

> Acumula convocações para as categorias Sub-15, Sub-17 e Sub-20 da Seleção Brasileira e conquistou o Campeonato Sul-Americano Sub-15 de 2015, sendo eleito o melhor jogador da final, e o Sul-Americano Sub-17 de 2017 marcando três gols contra o Chile no duelo decisivo.

> Emprestado ao Guarani em 2020, sofreu grave lesão no joelho e iniciou a temporada de 2021 em tratamento.

28. DANILO
20 anos | 1,77m

> 46 jogos (27 como titular), 3 gols e 3 assistências pelo Palmeiras
> 10 jogos (8 como titular), 2 gol e 1 assistência na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia:06/09/2020 – Red Bull Bragantino 1×2 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo:04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Vice-líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 21, atrás apenas de Renan, com 22.

> Vice-líder em desarmes nesta temporada: 15, atrás apenas de Renan, com 19.

> Terceiro artilheiro do Palmeiras na temporada com dois gols, ao lado de Lucas Lima e Gustavo Scarpa e atrás apenas de Raphael Veiga, com quatro, e Rony, com cinco.

> Quarto colocado em participação em gol na temporada, com três (dois gols e uma assistência), ao lado de Lucas Lima (dois gols e uma assistência) e Willian (um gol e duas assistências) e atrás apenas de Gustavo Scarpa (dois gols e três assistências), com cinco, e Raphael Veiga (quatro gols e duas assistências) e Rony (cinco gols e uma assistência), com seis.

> Quarto palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Delfín-EQU, em 2020, aos 19 anos, 7 meses e 13 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, também em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016, e Renan o terceiro ao marcar contra o Universitario-PER, pela fase de grupos de 2021, aos 18 anos, 11 meses e 2 dias.

> Chegou ao Palmeiras em 2018, foi titular na Copa São Paulo de 2020 e, no início do segundo semestre daquele ano, chamou a atenção da comissão técnica durante os treinos do Sub-20 na Academia de Futebol. Promovido ao Profissional desde então, foi titular na final da Libertadores.

18. DANILO BARBOSA
25 anos | 1,83m

> 6 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Palmeiras
> 6 jogos (3 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (0 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 16/04/2021 – Palmeiras 0x1 São Paulo – Paulista
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Primeira (e até agora única) contratação do Verdão para a temporada 2021, também pode atuar como zagueiro, função que desempenhou nas três partidas em que iniciou como titular: São Paulo, Guarani e Inter de Limeira, todas pelo Paulista.

> Revelado pelo Vasco, transferiu-se para a Europa aos 18 anos e foi comandado por Abel Ferreira no Sporting Braga-POR na temporada 2017-18, quando atuou em 46 partidas e anotou quatro gols. Em seguida, foi adquirido pelo Nice-FRA antes de chegar ao Maior Campeão do Brasil.

> Convocado em todas as categorias de base da Seleção Brasileira, foi campeão sul-americano Sub-15 em 2011 e vice-campeão mundial Sub-20 em 2015 (sendo capitão e eleito o segundo melhor jogador do torneio).

45. FABINHO
18 anos | 1,78m | Atleta do Sub-20

> 7 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) na temporada 2021
> 7 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Estreou pelo time profissional logo no primeiro jogo em que foi convocado, contra o Corinthians, no pontapé inicial desta temporada.

> Chegou ao clube em 2015 e participou do programa de intercâmbio com o futsal, pelo qual foi campeão metropolitano e estadual Sub-14 em 2016, este último em final contra o Corinthians.

> Acumula diversas conquistas pelo Verdão, entre elas o bicampeonato mundial de clubes Sub-17 em 2018 e 2019 e os Paulistas Sub-15 (2017), Sub-17 (2018) e Sub-20 (2020).

30. FELIPE MELO
37 anos | 1,84m

> 189 jogos (175 como titular), 12 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 21/01/2017 – Chapecoense 1×1 Palmeiras – Amistoso
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 29/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André – Paulista

> Vice-líder do elenco em jogos, atrás só de Willian (225), e vice-líder em vitórias (114), também só atrás de Willian (120).

> 7º colocado na lista dos jogadores com mais vitórias pelo Palmeiras neste século: 114, atrás apenas de Márcio Araújo (118), Willian (120), Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

> 3º colocado na lista dos jogadores com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 21, ao lado de Willian e Dudu e atrás apenas de Weverton (23) e Marcos (27).

> 8º colocado na lista dos jogadores com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 29, ao lado de Dudu (volante) e Ademir da Guia e atrás de César Sampaio (30), Weverton e Willian (32), Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Quarto colocado na lista dos que mais atuaram no Allianz Parque: 83 jogos, atrás só de Fernando Prass (86), Willian (92) e Dudu (127).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

25. GABRIEL MENINO
20 anos | 1,76m

> 71 jogos (57 como titular), 4 gols e 10 assistências pelo Palmeiras
> 10 jogos (7 como titular) na temporada de 2021
> 8 jogos (7 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 07/03/2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio – Copa do Brasil

> Terceiro jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 23, ao lado de Patrick de Paula e atrás apenas de Weverton, com 25, e Gustavo Scarpa, com 26 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Cria da Academia que mais entrou em campo na temporada 2020: 61 jogos, seguido por Patrick de Paula (52).

> Líder em assistências na temporada 2020: dez, seguido por Rony (nove).

> Na temporada 2020, foi ainda vice-líder em assistências para finalização, vice-líder em interceptações de jogadas do adversário, terceiro em dribles e quarto em desarmes.

> Polivalente, atua como lateral-direito (posição na qual foi convocado duas vezes para a Seleção Brasileira) e na linha ofensiva pelo lado direito (como no caso da final da Libertadores 2020).

> Quinto palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Bolívar-BOL, pela fase de grupos de 2020, aos 19 anos, 11 meses e 16 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, também em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016, Renan é o terceiro com o tento anotado aos 18 anos, 11 meses e 2 dias contra o Universitario-PER, em 2021, e Danilo é o quarto ao marcar contra o Delfín-EQU, em 2020, aos 19 anos, 7 meses e 13 dias.

> Eleito para a seleção ideal da Libertadores 2020 pela CONMEBOL.

> No clube desde 2017, faturou o Campeonato Brasileiro Sub-20 (2018), a Copa do Brasil Sub-17 (2017) e três títulos paulistas seguidos (2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo profissional) no clube.

14. GUSTAVO SCARPA
27 anos | 1,76m

> 129 jogos (71 como titular), 25 gols e 20 assistências pelo Palmeiras
> 11 jogos (7 como titular), 2 gols e 3 assistências na temporada 2021
> 8 jogos (7 como titular), 1 gol e 2 assistências pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 29/10/2020 – Red Bull Bragantino 1×3 Palmeiras – Copa do Brasil
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> O camisa 14 do Verdão é o jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 26 no total, seguido por Weverton, com 25 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Líder em assistências nesta temporada, com três, foi o vice-líder no quesito em 2019 (sete) e o terceiro em 2020 (oito).

> Vice-líder em participação em gol na temporada, com cinco (dois gols e três assistências), atrás apenas de Raphael Veiga (quatro gols e duas assistências) e Rony (cinco gols e uma assistência), com seis.

> Terceiro colocado em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Rony e Wesley e atrás apenas de Raphael Veiga e Patrick de Paula, com 11.

> Marcou mais um gol de falta com a camisa do Palmeiras na vitória por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia-ARG, na Argentina, pela CONMEBOL Recopa. O último tento de falta do Verdão havia sido anotado justamente pelo camisa 14, no dia 14 de fevereiro deste ano, no triunfo por 3 a 0 sobre o Fortaleza, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

> Polivalente, revezou-se em diversas posições durante a temporada passada: meia-armador, lateral-esquerdo e atacante pelos dois lados.

> Terceiro maior garçom do elenco: 20 assistências, ao lado de Marcos Rocha e atrás apenas de Lucas Lima (21) e Willian (25).

> Quarto maior artilheiro do elenco: 25 gols, atrás só de Raphael Veiga (29), Luiz Adriano (28) e Willian (57) – em 2019, foi o goleador do time, ao lado de Dudu, com 13.

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

20. LUCAS LIMA
30 anos | 1,75m

> 166 jogos (115 como titular), 13 gols e 22 assistências pelo Palmeiras
> 3 jogos (3 como titular), 2 gols e 1 assistência na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular), 2 gols e 1 assistência pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 18/01/2018 – Palmeiras 3×1 Santo André – Paulista
Último jogo: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista
Último como titular: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista
Último gol: 11/03/2021 – Palmeiras 3×0 São Caetano – Paulista

> Terceiro artilheiro do Palmeiras na temporada com dois gols, ao lado de Danilo e Gustavo Scarpa e atrás apenas de Raphael Veiga (4) e Rony (5), marcou contra Corinthians (o primeiro do time em 2021) e São Caetano.

> Curiosamente, ele também foi o autor do primeiro gol do time na temporada 2020, contra o New York City-EUA, pela Florida Cup, da qual o Verdão se sagrou campeão.

> Quarto colocado em participação em gol na temporada, com três (dois gols e uma assistência), ao lado de Danilo (dois gols e uma assistência) e Willian (um gol e duas assistências) e atrás apenas de Gustavo Scarpa (dois gols e três assistências), com cinco, e de Raphael Veiga (quatro gols e duas assistências) e Rony (cinco gols e uma assistência), com seis.

Líder em assistências para finalização na temporada 2020: 81, seguido por Gabriel Menino (73).

> Segundo maior garçom do elenco (21 assistências contra 25 de Willian) e terceiro com mais jogos (atrás só de Willian e Felipe Melo).

> Terceiro colocado na lista dos maiores garçons do Allianz Parque: 11 assistências, ao lado de Willian e atrás de Marcos Rocha (13) e Dudu (35).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

5. PATRICK DE PAULA
21 anos | 1,80m

> 62 jogos (44 como titular), 6 gols e 3 assistências pelo Palmeiras
> 10 jogos (7 como titular), 1 gol e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular), 1 gol e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia:15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo:
04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Terceiro jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 23, ao lado de Gabriel Menino e atrás apenas de Weverton, com 25, e Gustavo Scarpa, com 26 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Líder em assistências para finalização nesta temporada: 11, ao lado de Raphael Veiga, e seguido por Rony, Wesley e Gustavo Scarpa, com nove.

> Terceiro colocado em interceptação de jogadas adversárias e quinto em desarmes na temporada 2020.

> Jogador de linha com mais tempo em campo no Brasileirão 2020 como: 1897 minutos, seguido de Gabriel Menino (1937).

> Captado para a base do Palmeiras em 2017, foi campeão brasileiro Sub-20 em 2018, faturou a Copa do Brasil Sub-20 em 2019 e, assim como Gabriel Veron, Gabriel Silva e Wesley, enfileirou quatro títulos paulistas seguidos pelo clube: 2017, 2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo Profissional.

> Responsável pela quinta e decisiva cobrança do Verdão na disputa de pênaltis na final do Paulista 2020 contra o rival Corinthians.

65. PEDRO BICALHO
20 anos | 1,78m | Atleta do Sub-20

> 2 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Reforço para o Sub-20 adquirido do Cruzeiro no final do ano passado, não pôde atuar em competições nacionais de base naquela temporada por já ter jogado pelo clube mineiro.

> Um dos principais nomes do Palmeiras na conquista do tetracampeonato paulista Sub-20 em 2020. Capitão do time no título vencido contra o Corinthians, foi o responsável por levantar a taça em plena casa do adversário.

> Ainda em 2020, foi relacionado para três jogos do time profissional, todos pelo Brasileirão (contra Ceará, Botafogo e Atlético-MG). Nesta temporada, foi titular contra Mirassol e Santo André.

23. RAPHAEL VEIGA
25 anos | 1,78m

> 117 jogos (69 como titular), 29 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (6 como titular), 4 gols e 2 assistências na temporada 2021
> 1 jogo (0 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular), 1 gol e 2 assistências pela Libertadores 2021
Estreia: 21/01/2017 – Chapecoense 2×2 Palmeiras – Amistoso
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Segundo maior artilheiro do elenco no geral: 29 gols, atrás apenas de Willian (57).

> Com o gol marcado contra o Universitario-PER, pela Libertadores, entrou para o top 100 de artilheiros da história do Verdão, ao lado de Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas e Magrão.

> O camisa 23 está só a três gols de atingir outra marca expressiva: entrar para o top 10 dos palmeirenses com mais gols neste século. Para isso, precisa chegar aos mesmos 32 tentos de Pedrinho, décimo colocado da lista.

> Vice-artilheiro do time nesta temporada com quatro bolas na rede, atrás apenas de Rony, com cinco.

> Líder em participação em gol nesta temporada, com seis (quatro gols e duas assistências), ao lado de Rony (cinco gols e uma assistência) e seguido por Gustavo Scarpa (dois gols e três assistências), com cinco.

> Líder em assistências para finalização nesta temporada: 11, ao lado de Patrick de Paula e seguido por Rony, Wesley, Gustavo Scarpa, com nove.

> Vice-líder em finalizações certas a gol nesta temporada: oito chutes no alvo, atrás apenas de Rony, com 11.

> Vice-artilheiro do Palmeiras na temporada 2020: 18 gols, ao lado de Willian e atrás apenas de Luiz Adriano (20).

> Titular nas finais da Libertadores e da Copa do Brasil, foi um dos três palmeirenses a fazer gols em todas as competições regulares disputadas em 2020, ao lado de Luiz Adriano e Gustavo Gómez.

> Artilheiro do time no Brasileirão 2020: 11 gols, seguido por Luiz Adriano (10).

> Artilheiro (quatro gols) e o garçom (duas assistências, uma em cada partida das finais) do Palmeiras na Copa do Brasil 2020. Eleito pela CBF o craque da competição.

> Único jogador presente em todas as partidas do time na Copa do Brasil 2020.

> Quarto maior artilheiro do Allianz Parque com 15 gols, atrás apenas de Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

8. ZÉ RAFAEL
27 anos | 1,75m

> 111 jogos (84 como titular), 12 gols e 13 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (3 como titular) e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 23/01/2019 – Palmeiras 1×0 Botafogo-SP – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 25/11/2020 – Delfín-EQU 1×3 Palmeiras – Libertadores

> Quinto colocado na lista de maiores garçons do elenco no geral: 13 assistências, atrás apenas de Gustavo Scarpa e Marcos Rocha (20), Lucas Lima (21) e Willian (25) – no Brasileirão 2019, foi o vice-líder do time com cinco passes a gol, atrás apenas de Dudu, com 11.

> Quinto colocado na lista de maiores garçons da temporada 2020: sete assistências, ao lado de Willian e atrás apenas de Matías Viña e Gustavo Scarpa (ambos com oito), Rony (nove) e Gabriel Menino (dez).

> Garçom do time na Copa do Brasil 2020: duas assistências, ao lado de Raphael Veiga.

> Líder em dribles na temporada 2020: 43 fintas completas, seguido por Rony (33).

> Vice-líder em desarmes na temporada 2020: 114 roubos de bola, ao lado de Matías Viña e atrás apenas de Marcos Rocha (130).

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Matías Viña e Luiz Adriano. 

ATACANTES

19. BRENO LOPES
25 anos | 1,78m

> 29 jogos (15 como titular) e 4 gols pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 14/11/2020 – Palmeiras 2×0 Fluminense – Brasileiro
Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último como titular: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último gol: 11/03/2021 – Palmeiras 3×0 São Caetano – Paulista

> Quinto colocado em finalizações certas a gol nesta temporada, ao lado de Danilo, Patrick de Paula e Victor Luis: quatro chutes no alvo, com um gol marcado, e atrás apenas de Rafael Elias, com cinco, Gustavo Scarpa, com sete, Raphael Veiga, com oito, e Rony, com 11.

> Contratado no segundo semestre de 2020, foi o autor do gol do título da Libertadores com apenas 17 partidas disputadas pelo Verdão. Na final, entrou aos 39 min do segundo tempo e fez o gol pouco antes dos 54 min.

> Fechou o Brasileirão 2020 como palmeirense com mais partidas em sequência: 17 (da 23ª rodada até a 38ª).

49. GABRIEL SILVA
19 anos | 1,77m

> 24 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Palmeiras
> 6 jogos (1 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 6 jogos (1 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 23/08/2020 – Palmeiras 2×1 Santos – Brasileiro
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 03/03/2020 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista

> Fez o primeiro gol de sua carreira profissional na estreia do time pelo Paulista 2021, empate em 2 a 2 contra o Corinthians, em Itaquera, no primeiro jogo desta temporada.

> Chegou ao Palmeiras em 2015, aos 13 anos, participando do programa de intercâmbio entre o futsal e o futebol de campo do clube, e tem no currículo dois títulos do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Verdão, ambos na Espanha – nas duas finais, aliás, ele deixou sua marca: primeiro na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid, em 2018, e depois na vitória por 2 a 1 sobre o Leganés-ESP, em 2019.

> Campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão, marcou 40 gols em 46 jogos atuando pela base em 2019 e se destacou também por balançar as redes em todas as finais nacionais que disputou naquela temporada. Em 2020, fez seis gols em sete jogos entre Brasileiro Sub-20 e Copa do Brasil Sub-20 antes de iniciar a transição para o elenco profissional, concluída em 2021.

27. GABRIEL VERON
18 anos | 1,74m

> 44 jogos (18 como titular), 11 gols e 6 assistências pelo Palmeiras
> 2 jogos (0 como titular) na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 28/11/2019 – Fluminense 1×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último como titular: 14/11/2020 – Palmeiras 2×0 Fluminense – Brasileiro
Último gol: 24/01/2021 – Ceará 2×1 Palmeiras – Brasileiro

> Segundo jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras em todos os tempos: balançou as redes duas vezes aos 17 anos, três meses e dois dias, na vitória por 5 a 1 sobre o Goiás pelo Brasileiro 2019, desbancando Mazzola, que marcou (também duas vezes) com 17 anos, seis meses e cinco dias em um amistoso contra o Catanduva em 1956, e ficando atrás apenas de Juliano, que, com 16 anos, 11 meses e 23 dias, fez um na goleada por 5 a 0 sobre o Nacional-URU, pela Copa Mercosul 1998.

> Jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras na história da Libertadores: 18 anos, um mês e 19 dias, no 5 a 0 contra o Tigre, em 2020, superando Gabriel Jesus, com 18 anos, 10 meses e 13 dias em 2016.

> Jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras na história da Copa do Brasil: 18 anos, dois meses e três dias, na vitória por 1 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, em 2020, superando Gabriel Jesus, com 18 anos, três meses e 13 dias em 2015.

> No Palmeiras desde 2017, foi campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão. Destaque também para o bicampeonato mundial de clubes sub-17 em 2018 (marcando gol na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid na decisão e terminando a competição como o artilheiro e eleito o melhor jogador) e 2019, além das Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20.

> Com a Seleção Brasileira, foi campeão e eleito o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

41. GIOVANI
17 anos | 1,82m | Atleta do Sub-17

> 7 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) na temporada 2021
> 7 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Mais jovem entre os inscritos do Palmeiras no título da Libertadores 2020, treina com o elenco profissional desde o início deste ano.

> Mais jovem também entre os palmeirenses inscritos na Libertadores de 2021.

> No Verdão desde 2014, foi campeão paulista Sub-11 no ano seguinte, campeão paulista Sub-15 em 2019 e soma mais de 100 gols pelas categorias de base do clube.

> Artilheiro geral da base em 2020 com 14 gols em 13 jogos pelo Sub-17 e pelo Sub-20.

9. LUAN SILVA
22 anos | 1,80m

> 1 jogo (1 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista
Último jogo: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista
Último como titular: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista

> Destaque na base do Vitória, chegou por empréstimo no início de 2019 para tratar de duas lesões no joelho. Recuperado, foi elogiado nos primeiros treinos da temporada 2020, mas sofreu nova lesão em seu jogo de estreia, contra a Ferroviária, na campanha do título paulista, e desde então está entregue ao Núcleo de Saúde e Performance.

> Convocado pela Seleção Brasileira Sub-20 em 2017.

10. LUIZ ADRIANO
34 anos | 1,83m

> 77 jogos (65 como titular), 28 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 6 jogos (4 como titular), 1 gol e 2 assistências na temporada 2021
> 2 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular), 1 gol e 2 assistências pela Libertadores 2021
Estreia: 11/08/2019 – Palmeiras 2×2 Bahia – Brasileiro
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Está a apenas um gol de entrar para o top 100 de maiores artilheiros da história do Palmeiras, igualando Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas, Magrão e Raphael Veiga, todos com 29.

> Terceiro artilheiro do elenco no geral com 28 gols, atrás de Raphael Veiga, com 29, e Willian, com 57.

> Artilheiro do time na temporada 2020 com 20 gols, seguido por Willian e Raphael Veiga, ambos com 18.

> Artilheiro do time na Libertadores 2020 (cinco gols, ao lado de Rony) e eleito para a seleção da competição pela CONMEBOL.

> Vice-artilheiro do time no Brasileiro 2020 com dez gols, atrás de Raphael Veiga, com 11.

> Vice-líder em participação em gols na temporada 2020 com 23 ações (gols e assistências somadas), atrás só de Willian, com 25.

> Um dos três palmeirenses a ter marcado em todas as competições regulares da temporada 2020, ao lado de Raphael Veiga e Gustavo Gómez.

> Deixou sua marca em momentos decisivos da Tríplice Coroa em 2020, com gol na final do Paulista contra o Corinthians (1 a 1), na semifinal da Libertadores contra o River na Argentina (3 a 0) e na semifinal da Copa do Brasil contra o América-MG em Belo Horizonte (2 a 0).

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Matías Viña e Zé Rafael.

> Melhor média de gols da história do Allianz Parque: 0,46 (14 gols em 30 jogos), seguido por Borja (0,38 – 19 gols em 50 jogos), Cristaldo (0,34 – 11 gols em 32 jogos), Leandro Pereira (0,33 – 7 gols em 21 jogos), Gabriel Jesus (0,32 – 11 gols em 34 jogos), Deyverson (0,30 –13 gols em 42 jogos), Rafael Marques (0,28 – 12 gols em 42 jogos), Barrios (0,26 – 5 gols em 19 jogos), Dudu (0,25 – 33 gols em 127 jogos), Keno (0,25 – 9 gols em 35 jogos) e Alecsandro (0,25 – 6 gols em 24 jogos). Willian é o segundo do atual elenco com 0,23 (21 gols em 91 jogos).

> Quinto maior artilheiro do Allianz Parque com 14 gols, atrás de Raphael Veiga (15), Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

> Dois hat-tricks pelo clube, ambos no Allianz Parque: contra o Fluminense, no Brasileirão 2019, e contra o Guaraní-PAR, na Libertadores 2020.

38. MARCELINHO
18 anos | 1,64m | Atleta do Sub-20

> 5 jogos (1 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (0 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (0 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 18/11/2020 – Ceará 2×2 Palmeiras – Copa do Brasil
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último jogo como titular: 21/11/2020 – Goiás 1×0 Palmeiras – Brasileiro

> O veloz atacante chegou ao Palmeiras em 2019 para integrar a equipe Sub-17 e teve papel importante nas conquistas da Copa do Brasil e da Supercopa da categoria naquele ano.

> Promovido ao Sub-20 desde a temporada passada, foi um dos atletas mais participativos da categoria, com 26 jogos e dois gols anotados. Ainda em 2020, o garoto teve sua primeira chance entre os profissionais, sendo relacionado para 10 partidas (foi a campo em três).

> Nesta temporada, Marcelinho foi relacionado em cinco partidas do time principal do Verdão pelo Campeonato Paulista (contra Corinthians, São Caetano, Ferroviária, Mirassol e Santo André).

48. NEWTON
20 anos | 1,90m

> 4 jogos (0 como titular) e 1 gol pelo Palmeiras
> 4 jogos (0 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 4 jogos (0 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 24/03/2021 – São Bento 1×1 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Primeiro jogador panamenho e da América Central a jogar e a fazer gol pelo Palmeiras na história.

> Pela Copa do Brasil Sub-20 deste ano, em sua única partida na base alviverde, marcou três vezes na goleada por 8 a 0 sobre o Presidente Médici-MA.

> Chegou ao clube no fim de 2020 e estreou pelo time profissional logo no primeiro jogo em que foi convocado.

57. PEDRO ACÁCIO
18 anos | 1,74m | Atleta do Sub-20

> 3 jogos (0 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 18/01/2021 – Palmeiras 4×0 Corinthians – Brasileiro
Último jogo: 24/01/2021 – Ceará 2×1 Palmeiras – Brasileiro

> Contratado pelo Sub-20 no ano passado após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Canaã, da Bahia, atua pelas pontas do gramado tendo como características a velocidade e o drible.

> Em 2021, foi convocado para jogos do Profissional em quatro oportunidades, todas pelo Campeonato Paulista, contra Ferroviária, São Bento, Mirassol e Santo André. Já em 2020, foi convocado em nove jogos do Brasileirão, tendo atuado três vezes (contra Corinthians, Flamengo e Ceará).

> Pela base, em apenas um jogo realizado pelo Sub-20 nesta temporada, marcou um dos tentos da goleada por 8 a 0 contra o Presidente Médici, do Maranhão, pela primeira fase da Copa do Brasil da categoria.

37. RAFAEL ELIAS
22 anos | 1,79m

> 14 jogos (5 como titular) e 2 gols pelo Palmeiras
> 8 jogos (4 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 8 jogos (4 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 05/03/2018 – Palmeiras 0×1 São Caetano – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista

> Contratado em 2015 para reforçar as equipes de futsal, marcou mais de 100 gols até 2017 e conquistou um Sul-Americano Sub-17 com a Seleção Brasileira. Ainda em 2015, começou a jogar também no campo, tornou-se titular do Sub-20 em 2018 e estreou profissionalmente no mesmo ano, inclusive integrando o elenco decacampeão brasileiro.

> Foram mais de 30 gols marcados no Sub-20 em 2018 e três títulos: Brasileiro, Paulista e Copa RS.

> Serviu a Seleção Brasileira no Sul-Americano Sub-20 de 2019 antes de ser emprestado a Atlético-MG e Goiás para ganhar experiência.

7. RONY
25 anos | 1,67m

> 60 jogos (47 como titular), 16 gols e 10 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (7 como titular), 5 gols e 1 assistência na temporada 2021
> 2 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (3 como titular), 4 gols e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 29/02/2020 – Santos 0x0 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último gol: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores

> Artilheiro do time nesta temporada com cinco bolas na rede, seguido por Raphael Veiga, com quatro.

> Líder em finalizações certas nesta temporada, com 11, seguido por Raphael Veiga, com oito.

> Líder em dribles nesta temporada, com oito, seguido por Raphael Veiga, com sete.

> Terceiro colocado em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Wesley e Gustavo Scarpa e atrás apenas de Raphael Veiga e Patrick de Paula, com 11.

> Artilheiro do time na Libertadores 2020 com cinco gols, ao lado de Luiz Adriano, recebeu quatro vezes o prêmio de melhor em campo e foi eleito para a seleção do torneio pela CONMEBOL. Em 2021, já marcou quatro vezes em três duelos disputados, com direito a dois prêmios de melhor em campo: na goleada por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, no Allianz Parque, e na vitória por 2 a 1 diante do Defensa y Justicia-ARG, na Argentina.

> Líder geral em assistências na Libertadores 2020 com oito passes certeiros, inclusive o cruzamento para Breno Lopes marcar o gol do título diante do Santos, já tem uma assistência na Libertadores 2021 e, com isso, soma 18 participações em gol em 14 jogos de Libertadores pelo Verdão.

> Vice-líder em assistências na temporada 2020 com nove passes a gol, atrás só de Gabriel Menino, com dez.

> Na Copa do Brasil, iniciou a jogada do gol de Gabriel Menino que sacramentou a conquista do título contra o Grêmio.

> Segundo jogador que mais acertou a meta adversária na temporada 2020 com 45 finalizações certas, atrás de Willian, com 46.

> Segundo jogador que mais driblou na temporada 2020, com 33 fintas completas, atrás só de Zé Rafael, com 43.

11. WESLEY
22 anos | 1,75m

> 38 jogos (21 como titular), 5 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 11 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 6 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 3 jogos (0 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo: 04/05/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Libertadores
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 07/03/2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio – Copa do Brasil

> Terceiro colocado em dribles nesta temporada: seis, atrás apenas de Raphael Veiga, com sete, e Rony, com oito.

> Terceiro colocado em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Gustavo Scarpa e Rony e atrás apenas de Raphael Veiga e Patrick de Paula, com 11.

> Retornou de lesão no joelho após 32 jogos afastado (cerca de três meses e meio), fez duas partidas de readaptação no Brasileiro e foi titular nas duas finais da Copa do Brasil 2020 contra o Grêmio, inclusive fazendo o primeiro gol na vitória por 2 a 0 no duelo decisivo.

> Apesar do longo tempo fora do time, foi o terceiro jogador que mais driblou na temporada 2020, com 31 fintas, ao lado de Gabriel Menino e atrás só de Zé Rafael (43) e Rony (33).

> Chegou ao Palmeiras em 2016 para o Sub-17, subiu para o Sub-20 na temporada seguinte e conquistou o Campeonato Brasileiro em 2018, a Copa do Brasil em 2019 e, assim como Patrick de Paula, Gabriel Veron e Gabriel Silva, enfileirou quatro títulos paulistas seguidos pelo clube: 2017, 2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo Profissional.

29. WILLIAN
34 anos | 1,71m

> 225 jogos (152 como titular), 57 gols e 25 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (5 como titular), 1 gol e 2 assistências na temporada 2021
> 5 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 29/01/2017 – Palmeiras 1×1 Ponte Preta – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 09/01/2021 – Sport 0×1 Palmeiras – Brasileiro

Jogador do atual elenco com mais partidas (225), gols (57) e assistências (25).

Segundo maior artilheiro do Palmeiras neste século: 57 gols, atrás só de Dudu (70).

6º com mais partidas pelo Palmeiras neste século (225, atrás de Valdivia, com 241), e 5º com mais vitórias: 120, atrás de Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

> Segundo maior artilheiro do Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileiro: 28 gols, atrás apenas de Dudu (41).

> 9º maior artilheiro do Palmeiras em Brasileiro: 28 gols, ao lado de Evair e atrás apenas de Jorginho Putinatti (29), Jorge Mendonça (31 gols), Toninho Catarina (32), Edmundo (34), Ademir da Guia (36), Leivinha (40), Dudu (41) e César Maluco (61).

> 3º com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 21, ao lado de Dudu e atrás apenas de Weverton (23) e Marcos (27).

> 4º maior artilheiro do Palmeiras em Libertadores: nove gols, ao lado de Lopes e atrás apenas de Borja e Tupãzinho (ambos com 11) e Alex (12).

5º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 32, ao lado de Weverton e atrás apenas de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Artilheiro do Palmeiras e vice-artilheiro no geral do Paulista 2020, com seis gols, atrás só de Ytalo, do RB Bragantino, com sete.

> Jogador de linha que mais atuou na temporada 2020: 69 das 79 partidas, atrás só de Weverton (70).

> Líder em participação nos gols da temporada 2020 com 25 ações (somando gols e seis assistências), seguido de Luiz Adriano, com 24.

> Vice-artilheiro do time na temporada 2020: 18 gols, ao lado de Raphael Veiga e atrás de Luiz Adriano (20).

> Vice-artilheiro do Palmeiras na Libertadores 2020: quatro gols, atrás só de Luiz Adriano e Rony (ambos com cinco).

> Autor da assistência para Gabriel Menino fazer o último gol da temporada 2020, na vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio que garantiu o título da Copa do Brasil.

> Autor da assistência para Deyverson fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco no Brasileiro 2018, sacramentando o decampeonato alviverde.

45º no ranking dos maiores artilheiros da história do Palmeiras: 57 gols, ao lado de Arce e Carrone e logo atrás de Luiz Imparato, com 58.

65º no ranking dos atletas com mais jogos na história do Palmeiras: 225 partidas, logo atrás de Pedrinho Vicençote, com 227.

> No Allianz Parque, é o vice-artilheiro (21 bolas na rede, atrás só de Dudu, com 33), o segundo em jogos (92, também atrás só de Dudu, com 127) e o terceiro em assistências (11, ao lado de Lucas Lima e atrás de Marcos Rocha, com 13, e Dudu, com 35).

> Único atacante da história que conseguiu conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras defendendo o clube do início ao fim das competições – Dudu também se sagrou campeão dos quatro torneios, mas não disputou o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

Departamento de Comunicação

Em noite inspirada, o Palmeiras goleou o Náutico por 4 a 0 nesta quarta-feira (05), no Allianz Parque, e largou na frente na briga por um lugar nas quartas de final da Copa do Brasil da categoria. Os gols palestrinos foram marcados por Gabriel Silva (2), Yago Santos e Marino.

Com as quatro bolas na rede, o Verdão chegou a 12 gols marcados em dois jogos na competição. O vencedor da partida entre Palmeiras e Náutico encara nas quartas de final o vencedor de Avaí-SC e ABC-RN (no primeiro jogo, vitória catarinense por 3 a 0). O duelo de volta do Alviverde está marcado para este domingo (09), às 16h, no estádio do Arruda, em Recife-PE.

Assim como na edição de 2020, a Copa do Brasil Sub-20 reuniu 32 times na etapa inicial, sendo 27 campeões estaduais Sub-20 em 2019 e 2020 (por conta da pandemia da covid-19, diversos torneios locais não foram realizados, e a CBF adotou este critério para eleger os participantes), além de cinco vices estaduais da categoria das federações com melhor índice no Ranking Nacional – o Verdão entrou como atual campeão paulista.

Todos os duelos até a final são mata-mata com partidas de ida e volta, exceto na primeira fase. Não há o critério do gol qualificado e, em caso de empate nos resultados, a disputa da vaga será nos pênaltis.

Marino e Gabriel Silva anotaram na partida (Foto: Leonardo Benhossi)

O jogo

O Verdão precisou de três minutos para balançar as redes do Allianz Parque. Após saída errada da defesa adversária, a bola caiu com Marino na direita. O camisa 7 invadiu a área e rolou para Gabriel Silva soltar o pé, de primeira, para abrir o placar.

Quando chegava ao ataque, o Alviverde infligia perigo principalmente com a velocidade de Kevin pela esquerda. No entanto, foi na bola parada que o time palestrino triunfou. Aos 36, de falta, Yago Santos soltou a canhota e colocou no ângulo de Gabriel. Bola indefensável. Golaço na arena!

Yago esbanjou categoria na cobrança de falta que garantiu o segundo gol do Verdão na partida (Foto: Leonardo Benhossi)

Ainda na primeira etapa, aos 43, Marino, outro motor do ataque alviverde, arrancou da intermediária e driblou todos os marcadores pelo caminho. Já na área, com calma, tocou no canto direito para confirmar o terceiro gol palmeirense no Allianz Parque.

No segundo tempo, coube ao Verdão administrar a grande vantagem construída na primeira metade do jogo. O técnico Wesley Carvalho promoveu algumas mudanças e, entre as novidades, Marcelinho. Por pouco, o atacante não marcou o quarto tento alviverde em chute cruzado pela direita.

No entanto, aos 34, o Palmeiras perdeu Kevin, que levou o segundo amarelo após cometer falta. O Náutico buscou a reação e, em chute colocado pela direita, quase diminuiu. O goleiro Mateus, batido no lance, “tirou” com os olhos.

Mesmo com dez em campo, ainda sobrou tempo para o Verdão anotar o quarto gol. Aos 43, Marcelinho recebe bola na direita e invade a área até achar Gabriel Silva, que emendou a assistência de primeira e foi para as redes em seu segundo gol no jogo. Minutos depois, o camisa 10 ainda teve a chance de marcar um hat-trick em cobrança de pênalti, mas parou no goleiro.

Palmeiras Sub-20: Mateus; Davi (Fubá), Ruan Santos (Talisca), Michel (Jhow) e Daniel Alves; Yago Santos (Pluas), Vitinho, Marino (Marcelinho) e Kevin; Gabriel Silva e Newton (Robinho). Técnico: Wesley Carvalho.

Departamento de Comunicação

O lateral-direito Marcos Rocha completou na noite da última terça-feira (04), na vitória por 2 a 1 sobre o Defensa y Justicia-ARG, na Argentina, a sua 150ª partida pelo Palmeiras. Campeão brasileiro (em 2018, logo no ano de sua chegada ao Palestra Italia), paulista, da Copa do Brasil e da CONMEBOL Libertadores (estes três últimos títulos obtidos na temporada passada), o camisa 2 alviverde agradeceu ao clube pela marca.

“Primeiramente, quero agradecer ao Palmeiras pela oportunidade que me foi dada em 2018. Tive a opção de escolher e escolhi o Palmeiras pela grandeza e pelo projeto. Saí de um grande clube, que era o Atlético Mineiro, e vim com o objetivo de conseguir títulos, o que vem acontecendo, e fazer história. Já são três anos completos conseguindo manter uma regularidade positiva e, mais uma vez, só tenho a agradecer ao presidente e a todos os funcionários por terem me recebido tão bem”, afirmou Rocha, que contabiliza ao todo 81 vitórias, 42 empates, 27 derrotas, seis gols e 21 assistências (atrás apenas de Willian, com 25, e Lucas Lima, com 22, no atual elenco) pelo Maior Campeão do Brasil.

O lateral-direito Marcos Rocha durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O lateral é, inclusive, o único brasileiro a disputar nove edições seguidas de Libertadores na história. “São nove Libertadores consecutivas, seis pelo Atlético-MG e três pelo Palmeiras, com dois títulos (2013 e 2020). É importante estar sempre inserido em projetos que ambicionam disputar a Libertadores todos os anos. Isso dá visibilidade e valorização para todos. E o Palmeiras está sempre em busca deste algo a mais. Esse feito me credencia a ser um jogador experiente, maduro e me dá tanto uma tranquilidade na hora de entrar em campo quanto no momento de passar experiência aos mais jovens. É uma competição difícil e o gostinho de quero mais só aumenta em mim (risos)”, disse o jogador de 32 anos, atrás apenas dos paraguaios Gustavo Sotelo (90-99) e Néstor Camacho (12-21), do uruguaio Omar Caetano (65-74), do boliviano Daniel Vaca (12-21), do venezuelano Edgar Jiménez (05-13) e do peruano Erick Torres (97-05), todos com dez edições em sequência.

Protagonista da melhor campanha na primeira fase nos últimos três anos (2018, 2019 e 2020), o Verdão ampliou, com o último triunfo na Argentina, a marca de time brasileiro com mais vitórias no geral (111 em 200 duelos) e como visitante (42 vitórias em 100 confrontos) na história da competição, além de ser também o brasileiro com mais gols marcados fora do Brasil (152) e dono do recorde de invencibilidade longe de seus domínios: agora são 11, com oito vitórias e três empates, ficando atrás apenas do River Plate-ARG no ranking geral, com 12 jogos invicto entre 2018 e 2019.

Marcos Rocha disputa sua 9ª edição de Libertadores seguida (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

“O Palmeiras vem ficando mais cascudo na Libertadores e conquistando cada vez mais respeito dos adversários. Os rivais quando vão enfrentar o Palmeiras já sabem que será um jogo duro e difícil. Não é qualquer equipe que vai tirar nossos pontos e nos eliminar. O Palmeiras, por toda a transformação pela qual passou nos últimos anos, amadureceu muito e o deixou em uma posição de brigar pelo título em toda temporada. Espero que eu possa continuar essa história por um bom tempo, porque me sinto muito feliz e à vontade aqui”, concluiu.

Departamento de Comunicação

O Palmeiras treinou na tarde desta quarta-feira (5), na Academia de Futebol, um dia depois de vencer o Defensa y Justicia-ARG, por 2 a 1, e manter os 100% de aproveitamento na primeira fase da CONMEBOL Libertadores. O elenco se prepara agora para enfrentar o Santos, nesta quinta-feira (6), às 21h, no Allianz Parque, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.

Os titulares do confronto na Argentina realizaram atividades regenerativas na parte interna do centro de excelência. Atual campeão, o Alviverde foi a nove pontos conquistados na Libertadores e abriu cinco de vantagem sobre o Defensa, que ocupa a segunda posição. O Independiente Del Valle-EQU é o terceiro, com um ponto, e o Universitario-PER tem zero.

O jogador Matías Viña durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Os atletas que foram a campo realizaram cerca de 1h de atividades técnicas. Com estacas demarcado o posicionamento no gramado, realizaram inicialmente um treino de passes, trocas de posição e transição da defesa ao ataque. Em seguida, foram divididos em equipes de nove contra nove em campo reduzido. Alguns jogadores treinaram pênaltis.

Em fase final de transição física, o meio-campista Lucas Lima participou de todo o treino integrado ao grupo. Além dele, o zagueiro Alan Empereur também trabalhou normalmente no gramado – ele se recuperava de um edema muscular.

O Verdão volta a treinar nesta quinta-feira (6), às 10h, na Academia de Futebol. No estadual a equipe é terceira colocada no Grupo C, com 15 pontos – três a menos que o Grêmio Novorizontino.

Recuperado de um edema muscular, o zagueiro Alan Empereur treinou normalmente no gramado (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Departamento de Comunicação

O Palmeiras venceu o Defensa y Justicia-ARG por 2 a 1, nesta terça-feira (04), na Argentina, em mais um duelo válido pela fase de grupos da CONMEBOL Libertadores – com o resultado, o Verdão chegou aos nove pontos conquistados no Grupo A e manteve os 100% de aproveitamento no torneio internacional. O técnico Abel Ferreira analisou o triunfo diante do rival argentino.

“(O Defensa y Justicia) é uma equipe muito competitiva, que ficou esperando uma bola parada ou um contra-ataque. E nós, com muita paciência, procuramos a altura certa para fazer os nossos gols. Foi uma vitória justa de uma equipe jovem que, no decorrer dos jogos, vai aprendendo com esta experiência e maturidade. É uma vitória extremamente justa”, declarou o comandante, que não poupou elogios ao atacante Rony, autor dos dois gols do time alviverde na partida.

“É um jogador que qualquer treinador quer ter na equipe. É um jogador intenso, técnico, que defende e ataca. E nós propomos o desafio de jogar na frente porque o futebol exige isso, é um jogador que pode fazer qualquer posição da frente. Ele aceitou o desafio da equipe técnica, mas tudo é fruto do trabalho dele e do jogo coletivo da equipe. Estamos felizes porque, quando temos um jogo coletivo forte, a qualidade individual aparece”, disse.

Por fim, o treinador projetou o clássico contra o Santos, na próxima quinta-feira (06), às 21h, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. “Temos 24 horas para nos prepararmos para cada jogo, já falamos o que significa o Paulista. Muita gente fala da nossa organização, mas nós não controlamos a pandemia, não temos culpa de ter dois jogos a cada três dias, então temos de priorizar competições. Faremos o que for possível no Paulista, lutaremos todos os jogos com a melhor equipe”, concluiu Abel.

Departamento de Comunicação

O atacante Rony comemorou mais uma ótima atuação na vitória por 2 a 0 sobre o Defensa y Justicia-ARG, na noite desta terça (04), marcando dois gols na partida pela segunda vez seguida, pois, diante do Independiente del Valle, na partida anterior pela competição, o atual camisa 7 havia deixado sua marca duas vezes na goleada por 5 a 0 em casa. E com um total de quatro gols na atual edição (junto do cinco que somava na edição anterior) chegou a nove tentos no total, igualando os gols de Ademir da Guia, Willian Bigode e Lopes, todos quarto colocados no top 5 de jogadores com mais gols na história palmeirense pela competição, atrás só de Tupãzinho e Borja (empatados em segundo, com 11 bolas na rede) e de Alex, isolado, maior artilheiro palmeirense na competição.

“A gente encarou a partida como uma decisão de poder classificar nosso time, sabemos da importância. Uma vitória importantíssima para a sequência da competição, estamos muito tranquilos, sabemos o que queremos. Estão todos de parabéns. Todos concentrados e focados na tarefa para fazer uma grande partida”, declarou o destaque de mais essa partida.

Agora ele totaliza 18 participações em 14 jogos de Libertadores somando as edições de 2020 e 2021. Na edição campeã, em 2020, o jogador havia acumulado 13 participações (cinco gols marcados e oito assistências concedidas – números que fizeram dele o artilheiro máximo do time, ao lado de Luiz Adriano, e o principal garçom da edição 2020, dentre todos os clubes); já na edição 2021, soma até aqui outras cinco participações (dois gols na rodada desta noite, dois gols na rodada anterior, contra o equatoriano del Valle, e um passe no jogo de estreia, para Raphael Veiga).

Reforço contratado do Athletico-PR, o jogador estreou em fevereiro de 2020 e soma 60 jogos pelo clube, com 33 vitórias, 19 empates, oito derrotas e 15 gols marcados.

OUTROS DESTAQUES INDIVIDUAIS

Além de Rony, outro jogador que chamou os holofotes para si foi Victor Luis, que atuou nestas três primeiras partidas do time na Libertadores devido ausência de Viña por suspensão e veio muito bem nelas! O lateral, Cria da Academia palmeirense, reforçou ainda mais uma curiosa estatística: chegou à sua 11ª partida de Libertadores pelo Verdão, sendo que venceu todas! Pela ordem, os duelos de Victor Luis pelo Continental no Verdão foram: Júnior Barranquilla-COL (3×0 em 2018); Alianza Lima-PER (3×1 em 2018); Júnior Barranquilla-COL (3×1 em 2018); Colo-Colo-CHI (2×0 em 2018); Júnior Barranquilla-COL (2×0 em 2018); Melgar-PER (3×0 em 2019); Melgar-PER (4×0 em 2019); San Lorenzo-ARG (1×0 em 2019); Universitário-PER (3×2 em 2021), Independiente del Valle (5×0 em 2021) e hoje, contra Defensa y Justicia (2×1 em 2021).

Por fim, registra-se que Marcos Rocha chegou ao seu jogo de número 150 vestindo as cores do Maior Campeão do Brasil, onde chegou em 2018 e acumula a conquista do Brasilerão logo no ano de sua estreia, além da Tríplice Coroa em 2020: Paulista, Libertadores e Copa do Brasil. O lateral-direito soma 81 vitórias, 42 empates e 27 derrotas, seis gols e 20 assistências, sendo o terceiro garçom geral do elenco, atrás só de Lucas Lima (22) e Willian (25), e ao lado de Scarpa.

O jogador acumula ótimos números pelo Verdão. Foi o terceiro colocado em passes para finalizações na temporada 2020: 69, atrás de Gabriel Menino (73) e Lucas Lima (81); foi líder em desarmes na temporada 2020: 130, seguido de Zé Rafael e Viña (ambos com 114). Em 2019, fechou o Campeonato Brasileiro como o atleta com mais desarmes, com 103, à frente de Gregore, do Bahia, com 102; foi um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Gustavo Gómez, Matías Viña, Zé Rafael e Luiz Adriano.

Em toda a história da Libertadores, desde 1960, Marcos Rocha é o jogador brasileiro que mais disputou o torneio em sequência, com nove participações consecutivas entre 2013 (quando atuava pelo Atlético-MG) e 2021. No geral de participações, o camisa 2 do Verdão fica atrás apenas de Danilo (Corinthians e São Paulo) e Jean (Palmeiras, Fluminense e São Paulo), ambos com 10.

Departamento de Comunicação

O Palmeiras bateu a equipe do Defensa y Justicia na Argentina na noite desta terça-feira (04), pela CONMEBOL Libertadores, e chegou ao seu terceiro jogo pela atual edição do Continental com vitória: as outras foram sobre o Universitário-PER (3×2 fora de casa) e Independiente del Valle (5s0 em casa). Desta forma, o Palmeiras, atual campeão, segue 100% na competição: venceu por 2 a 1, com dois gols de Rony – esta foi a 200ª partida do Verdão na história do torneio, que agora possui 111 vitórias, 36 empates e 53 derrotas (373 gols marcados e 211 sofridos).

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Com a vitória de hoje, o Maior Campeão do Brasil ampliou ainda mais o seu saldo como o time brasileiro com mais resultados positivos em toda a história da Libertadores! Agora são 111 vitórias (em 200 jogos). O segundo colocado dessa lista é o Grêmio, com 108 triunfos.

Individualmente, destaque especial para Rony, que marcou dois gols na partida pela segunda vez seguida e, no total pelo clube, tem desempenho avassalador pela Libertadores: 14 jogos, nove gols e nove assistências.

Como visitante, o Verdão ainda reforçou seus ótimos números no torneio: é o time do Brasil com mais vitórias (42) e gols marcados (152) fora de casa pela Libertadores. Além disso, este marcou exatamente o centésimo duelo do Verdão como visitante no Continental.

De quebra, o Alviverde atualizou seu recorde de vitórias seguidas fora de casa em sua própria história pela competição, chegando a 11 no total (oito vitórias e três empates) pela Libertadores. Desta forma superou o Vasco da Gama (1998-2001) como o time brasileiro com a maior invencibilidade como visitante na história da competição sul-americana. No geral, apenas o River Plate-ARG possui uma marca superior: 12 (2018-2019) – ou seja, o Verdão está a dois duelos de igualar.

Destaques individuais para Marcos Rocha, que completou 150 jogos pelo Verdão, e para Victor Luis, que foi titular em todas as 11 partidas de Libertadores que disputou pelo Palmeiras (quatro em 2018, quatro em 2019 e três em 2021) e tem 100% de aproveitamento.

Departamento de Comunicação

Após 54 dias sem jogar por conta da paralisação dos torneios de base no país, o Palmeiras retoma o calendário da temporada nesta quarta-feira (05), às 20h, contra o Náutico, no Allianz Parque, pelo duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil Sub-20. O duelo será transmitido pela CBF TV (MyCujoo) e exibido na home do Site Oficial do Verdão.

O Alviverde retorna ao palco que goleou o Presidente Médici, do Maranhão, por 8 a 0, pela primeira fase da competição. O placar, inclusive, tornou-se o maior da história do Allianz Parque entre todas as categorias. Além disso, é também o mais elástico do Palmeiras dentre todas as suas participações na Copa do Brasil Sub-20.

O atacante panamenho Newton, primeiro atleta da América Central a vestir a camisa do Palmeiras na história, marcou três vezes contra o Presidente Médici-MA. Ele, inclusive, também foi para as redes atuando pelo time profissional alviverde (Foto: Fabio Menotti)

O ano de 2021 é bastante especial para as Crias da Academia, que têm participado de jogos do profissional no Paulista e na Libertadores. Em todos os jogos do time principal até aqui (16), 19 atletas formados pelo CFA palmeirense já entraram em campo ao menos uma vez na temporada: o goleiro Vinicius, os zagueiros Renan e Henri, os laterais Victor Luis, Lucas Esteves, Garcia e Vanderlan, os meio-campistas Gabriel Menino, Patrick de Paula, Danilo, Fabinho e Pedro Bicalho e os atacantes Wesley, Gabriel Veron, Gabriel Silva, Rafael Elias, Newton, Marcelinho e Giovani. Em 2020, esse número foi de 18 atletas.

No total, já foram convocadas 22 Crias da Academia para jogos do profissional nesta temporada. Destas, só não estrearam ainda o goleiro Mateus, o zagueiro Michel e os meio-campistas Ramon e Vitinho. Já o atacante Pedro Acácio ainda não atuou pelo principal em 2021. No ano passado, esse número foi de 31 atletas (recorde do século).

Ainda neste ano, em duas oportunidades pelo Campeonato Paulista, foram escalados oito jogadores oriundos das categorias de base do Verdão entre os 11 titulares, recorde absoluto do século. Na primeira, contra o Botafogo-SP, empate por 0 a 0 e, com as substituições, 11 atletas formados no CFA palmeirense entraram em campo. Já na vitória por 1 a 0 contra o Santo André, 12 Crias da Academia participaram da partida.

“Estávamos ansiosos pelo retorno das competições, pois isso mexe bastante com os atletas e possibilita a aquisição de experiência. Aproveitamos a paralisação para melhorarmos a parte tática e técnica do time e, ao mesmo tempo, ceder atletas para utilização na equipe principal no Paulista, na Libertadores, na Supercopa e na Recopa. É muito bom vê-los no time profissional, inclusive como titulares, pois mostra que nosso trabalho está no caminho certo”, declarou Wesley Carvalho, técnico do Sub-20 alviverde.

O técnico Wesley Carvalho comandou treinos do Sub-20 na Academia de Futebol (Foto: Lucas Zenatti/TV Palmeiras)

O vencedor da partida entre Palmeiras e Náutico encara nas quartas de final o vencedor de Avaí e ABC-RN. O jogo de volta do Alviverde está marcado para este domingo (09), às 16h, no estádio dos Aflitos, em Recife-PE.

Assim como na edição de 2020, a Copa do Brasil Sub-20 reuniu 32 times na etapa inicial, sendo 27 campeões estaduais Sub-20 em 2019 e 2020 (por conta da pandemia da covid-19, diversos torneios locais não foram realizados, e a CBF adotou este critério para eleger os participantes), além de cinco vices estaduais da categoria das federações com melhor índice no Ranking Nacional – o Verdão entrou como atual campeão paulista.

Todos os duelos até a final são mata-mata com partidas de ida e volta, exceto na primeira fase. Não há o critério do gol qualificado e, em caso de empate nos resultados, a disputa da vaga será nos pênaltis.

Departamento de Comunicação

Pré-jogo: Defensa y Justicia-ARG x Palmeiras l CONMEBOL Libertadores 2021 (3ª rodada, fase de grupos)
Data e hora: 04/05/2021 l 21h30
Local: Florencio Varela, em Buenos Aires (ARG)
Transmissão: SBT e Fox Sports
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Escalação: Weverton; Luan, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Patrick de Paula, Danilo, Raphael Veiga e Victor Luis; Rony e Luiz Adriano
Pendurados: Patrick de Paula
Suspensos: Matías Viña (expulso na final da CONMEBOL Recopa)
Outros desfalques: Lucas Lima (transição física), Gabriel Veron (lesão na coxa esquerda), Breno Lopes (lesão no joelho direito), Kuscevic (lesão na coxa direita), Alan Empereur (edema muscular) e Matías Viña (suspenso)

DESTAQUES PRINCIPAIS

> Segundo clube brasileiro com mais jogos pela Libertadores, atrás apenas do Grêmio (205), o Palmeiras alcançará a marca de 200 partidas pelo torneio sul-americano no confronto com o Defensa y Justicia-ARG. O Verdão é o brasileiro que mais venceu na competição, com 110 vitórias, além de 36 empates, 53 derrotas, 371 gols marcados e 210 gols sofridos.

> Time do Brasil com mais vitórias (41) e gols marcados (150) fora de casa pela Libertadores, o Verdão também completará 100 embates como visitante pela competição internacional no duelo com os argentinos.

> O Palmeiras bateu um novo recorde ao vencer o Universitario-PER, por 3 a 2, em Lima-PER. O clube chegou a dez jogos sem derrota fora de casa (sete vitórias e três empates) pela Libertadores e se tornou, ao lado do Vasco da Gama (1998-2001), o time brasileiro com a maior invencibilidade como visitante na história da competição sul-americana. No geral, apenas o River Plate-ARG possui uma marca superior: 12 (2018-2019).

> O Maior Campeão do Brasil está invicto como visitante na temporada. São sete jogos disputados, sendo quatro vitórias (Defensa y Justicia-ARG, Guarani, Universitario-PER e Santo André) e três empates (Corinthians, São Bento e Botafogo). Além disso, como venceu o último compromisso fora de casa na temporada passada, contra o Grêmio, no jogo de ida final da Copa do Brasil, totaliza oito partidas seguidas sem derrota como visitante.

> O Palmeiras enfrentou o Defensa y Justicia-ARG apenas duas vezes em toda a história, uma na Argentina e outra em Brasília-DF, ambos duelos realizados pela CONMEBOL Recopa desta temporada. Na única vez em que esteve na Argentina para encarar o rival saiu vitorioso: 2 a 1 para o time alviverde, com gols de Rony e Gustavo Scarpa.

> Contra o Defensa y Justicia-ARG, o Maior Campeão do Brasil completará uma maratona de sete jogos em apenas 14 dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04), Inter de Limeira (29/04), Santo André (02/05) e Defensa y Justicia-ARG (04/05). Gustavo Scarpa é o atleta com mais jogos em 2021 (26 no total), enquanto Matías Viña é quem por mais minutos esteve em campo (1.904) – estes dados incluem as partidas da temporada 2020 realizadas entre janeiro e março deste ano.

> Marcos Rocha está a apenas uma partida de completar 150 jogos com a camisa do Palmeiras. O camisa 2 é o quinto atleta do atual elenco com mais duelos pelo clube, atrás apenas de Weverton (168), Lucas Lima (166), Felipe Melo (188) e Willian (225).

> Falta apenas um gol para Luiz Adriano entrar para o top 100 de maiores artilheiros da história do Palmeiras, igualando Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas, Magrão e Raphael Veiga, todos com 29.

> Victor Luis foi titular em todas as dez partidas de Libertadores que disputou pelo Palmeiras (quatro em 2018, quatro em 2019 e duas em 2021) e tem 100% de aproveitamento.

HISTÓRICO NA TEMPORADA

NÚMEROS GERAIS
15 jogos | 7 vitórias | 4 empates | 4 derrotas | 25 gols marcados | 15 gols sofridos

> Mandante: 7 jogos | 3 vitórias | 0 empate | 4 derrotas | 12 gols marcados | 6 gols sofridos
> Visitante: 7 jogos | 4 vitórias | 3 empates | 0 derrota | 11 gols marcados | 7 gols sofridos
> Campo neutro: 1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

CAMPEONATO PAULISTA
10 jogos | 4 vitórias | 3 empates | 3 derrotas | 12 gols marcados | 8 gols sofridos

> Mandante: 5 jogos | 2 vitórias | 0 empates | 3 derrotas | 6 gols marcados | 4 gols sofridos
> Visitante: 5 jogos | 2 vitórias | 3 empates | 0 derrota | 6 gols marcados | 4 gols sofridos

CONMEBOL LIBERTADORES
2 jogos | 2 vitórias | 0 empate | 0 derrota | 8 gols marcados | 2 gols sofridos

> Mandante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 5 gols marcados | 0 gols sofridos
> Visitante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 3 gols marcados | 2 gols sofridos

CONMEBOL RECOPA
2 jogos | 1 vitória | 0 empates | 1 derrota | 3 gols marcados | 3 gols sofridos

> Mandante: 1 jogo | 0 vitória | 0 empate | 1 derrota | 1 gol marcado | 2 gols sofridos
> Visitante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 1 gol sofrido

SUPERCOPA DO BRASIL
1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

> Campo neutro: 1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

ÚLTIMO JOGO
Santo André 0x1 Palmeiras, dia 02/05, no estádio do Canindé, em São Paulo-SP, pelo Campeonato Paulista
Escalação: Jailson, Gustavo Garcia, Vanderlan, Henri, Viña, Gabriel Menino (Marcelinho, 42’/2ºT), Fabinho (Esteves, 23’/2ºT), Pedro Bicalho, Gustavo Scarpa (Zé Rafael, ‘/2ºT), Giovani (Newton Williams, 15’/2ºT), Rafael Papagaio (Gabriel Silva, 42’/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Jogos anteriores: Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira (Paulista), Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (Libertadores), Palmeiras 1×2 Mirassol (Paulista), Guarani 1×2 Palmeiras (Paulista) e Universitario-PER 2×3 Palmeiras (Libertadores).

HISTÓRICO DO CONFRONTO

PALMEIRAS VENCEU ÚNICO JOGO EM QUE MEDIU FORÇAS COM DEFENSA Y JUSTICIA-ARG NA ARGENTINA

> O Palmeiras enfrentou o Defensa y Justicia-ARG apenas duas vezes em toda a história, uma na Argentina e outra em Brasília-DF, ambos duelos realizados pela CONMEBOL Recopa desta temporada. Na única vez em que esteve na Argentina para encarar o rival saiu vitorioso: 2 a 1 para o time alviverde, com gols de Rony e Gustavo Scarpa.

– Retrospecto geral contra argentinos: 101 jogos, 48 vitórias, 27 empates, 26 derrotas, 187 gols marcados e 126 gols sofrido
> Primeiro jogo: 19/03/1925 – Seleção da Argentina 3×1 Palestra Italia (gol de Feitiço) – Estádio Presidente Perón (Avellaneda-ARG) – Amistoso
> Primeira vitória: 26/01/1930 – Palestra Italia 4×1 Seleção de Tucumán (gols de Lara, Ministrinho duas vezes e Osses) – Estádio Palestra Italia (São Paulo-SP) – Amistoso
> Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG (gol de Raphael Veiga) – Mané Garrincha (Brasília-DF) – CONMEBOL Recopa

– Retrospecto contra argentinos como visitante: 40 jogos, 12 vitórias, 15 empates, 13 derrotas, 56 gols marcados e 56 gols sofridos
> Último jogo: 07/04/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras (gols de Rony e Gustavo Scarpa) – Norberto Tomaghello (Florencio Varela-ARG)– CONMEBOL Recopa

– Retrospecto contra argentinos pela Libertadores: 35 jogos, 15 vitórias, 11 empates, nove derrotas, 62 gols marcados e 35 gols sofridos
> Último jogo: 12/01/2021 – Palmeiras 0x2 River Plate-ARG – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Libertadores

– Retrospecto contra argentinos como visitante pela Libertadores: 17 jogos, quatro vitórias, seis empates, sete derrotas, 23 gols marcados e 22 gols sofridos
> Último jogo: 05/01/2021 – River Plate-ARG 0x3 Palmeiras (gols de Rony, Luiz Adriano e Viña) – Libertadores de América (Avellaneda-ARG) – Libertadores

– Retrospecto contra times sul-americanos: 327 jogos, 187 vitórias, 72 empates, 68 derrotas, 663 gols marcados e 340 gols sofridos
> Último jogo: Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (gols de Rony, duas vezes, Luiz Adriano, Patrick de Paula e Danilo Barbosa) – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Libertadores

Retrospecto contra times sul-americanos como visitante: 178 jogos, 87 vitórias, 44 empates, 47 derrotas, 312 gols marcados e 199 gols sofridos
> Último jogo: 21/04/2021 – Universitario-PER 2×3 Palmeiras (gols de Danilo, Raphael Veiga e Renan) – Monumental de Ate (Lima-PER) – Libertadores

Retrospecto contra times sul-americanos pela Libertadores: 149 jogos, 92 vitórias, 25 empates, 32 derrotas, 304 gols marcados e 139 gols sofridos

– Retrospecto contra times sul-americanos como visitante pela Libertadores: 74 jogos, 35 vitórias, 15 empates, 24 derrotas, 122 gols marcados e 91 gols sofridos 

Retrospecto contra times estrangeiros: 509 jogos, 298 vitórias, 109 empates, 102 derrotas, 1042 gols marcados e 543 gols sofridos
> Último jogo: Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (gols de Rony, duas vezes, Luiz Adriano, Patrick de Paula e Danilo Barbosa) – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Libertadores

– Retrospecto contra times estrangeiros como visitante: 288 jogos, 156 vitórias, 66 empates, 66 derrotas, 542 gols marcados e 316 gols sofridos
> Último jogo: 21/04/2021 – Universitario-PER 2×3 Palmeiras (gols de Danilo, Raphael Veiga e Renan) – Monumental de Ate (Lima-PER) – Libertadores

Retrospecto contra times estrangeiros pela Libertadores: 153 jogos, 94 vitórias, 26 empates, 33 derrotas, 310 gols marcados e 145 gols sofridos

– Retrospecto contra times estrangeiros como visitante pela Libertadores: 76 jogos, 36 vitórias, 16 empates, 24 derrotas, 124 gols marcados e 91 gols sofridos

HISTÓRICO NO LOCAL

> Retrospecto na Argentina: 43 jogos, 13 vitórias, 16 empates, 14 derrotas, 62 gols marcados e 58 gols sofridos
> Último jogo: 07/04/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras (gols de Rony e Gustavo Scarpa) – Norberto Tomaghello (Florencio Varela-ARG)– CONMEBOL Recopa

Retrospecto na Argentina pela Libertadores: 15 jogos, 3 vitórias, 6 empates, 6 derrotas, 20 gols marcados e 20 gols sofridos

HISTÓRICO NA COMPETIÇÃO

SEGUNDO CLUBE BRASILEIRO COM MAIS JOGOS, PALMEIRAS CHEGARÁ A 200 PARTIDAS PELA LIBERTADORES

> Segundo clube brasileiro com mais jogos pela Libertadores, atrás apenas do Grêmio (205), o Palmeiras alcançará a marca de 200 partidas pelo torneio sul-americano no confronto com o Defensa y Justicia-ARG. O Verdão é o brasileiro que mais venceu na competição, com 110 vitórias, além de 36 empates, 53 derrotas, 371 gols marcados e 210 gols sofridos.

– Retrospecto geral na Libertadores: 199 jogos, 110 vitórias, 36 empates, 53 derrotas, 371 gols marcados e 210 gols sofridos
> Títulos: 2 (1999 e 2020)
> Vice-campeonatos: 3 (1961, 1968 e 2000)
> Primeiro jogo: 04/05/1961 – Independiente-ARG 0x2 Palmeiras (gols de Gildo e Zequinha) – Estádio Presidente Perón (Avellaneda-ARG)
> Último jogo: Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (gols de Rony, duas vezes, Luiz Adriano, Patrick de Paula e Danilo Barbosa) – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Libertadores
> Maior goleada como mandante: 04/04/1995 – Palmeiras 7×0 El Nacional-EQU (gols de Edmundo, duas vezes, Válber, duas vezes, Rivaldo, duas vezes, e Paulo Isidoro) – Estádio Palestra Italia (São Paulo-SP)
> Maior goleada como visitante: 25/04/2019 – Melgar-PER 0x4 Palmeiras (gols de Gustavo Gómez, Gustavo Scarpa, duas vezes, e Moisés) – Monumental de la Unsa (Arequipa-PER)
> Jogador com mais jogos: Marcos (57)
> Jogador do atual elenco com mais jogos: Willian (32)
> Jogador com mais gols: Alex (12)
> Jogador do atual elenco com mais gols: Willian (9)

VERDÃO COMPLETARÁ 100 JOGOS COMO VISITANTE PELA LIBERTADORES

> Diante do Defensa y Justicia-ARG, o Alviverde também completará 100 partidas como visitante pela Libertadores. Já são 99 jogos, com 41 vitórias, 19 empates, 39 derrotas, 150 gols marcados e 131 sofridos.

RECORDISTA BRASILEIRO DE INVENCIBILIDADE FORA DE CASA PELA LIBERTADORES

> O Palmeiras alcançou um novo recorde ao vencer o Universitario-PER, por 3 a 2, em Lima-PER. O clube chegou a dez jogos sem derrota fora de casa (sete vitórias e três empates) pela Libertadores e se tornou, ao lado do Vasco da Gama (1998-2001), o time brasileiro com a maior invencibilidade como visitante na história da competição sul-americana. No geral, apenas o River Plate-ARG possui uma marca superior: 12 (2018-2019). A última derrota palestrina foi para o San Lorenzo-ARG por 1 a 0, em Buenos Aires (ARG), pela fase de grupos em 2019 – os números não contabilizam o duelo com o Santos na final de 2020 por ter sido disputada em campo neutro, no Maracanã.

Maiores invencibilidades como visitante na história da Libertadores (1960-2021)

12 jogos – River Plate-ARG (2018-2019)
10 jogos – Palmeiras (2019-2020)
10 jogos – Boca Juniors-ARG (1966-1970)
10 jogos – Vasco (1998-2001)
9 jogos – Colo-Colo-CHI (1989-1991)
9 jogos – Racing-ARG (1967)
8 jogos – Corinthians (2012-2013)
8 jogos – Nacional-URU (2016-2017)
8 jogos – Olimpia-PAR (1979-1981)
8 jogos – River Plate-ARG (1986-1987)
8 jogos – Santos (2020-2021)
8 jogos – Vélez Sarsfield-ARG (2006-2007)

TIME DE MELHOR CAMPANHA DA FASE DE GRUPOS POR TRÊS EDIÇÕES SEGUIDAS 

> O Verdão registrou a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores nas últimas três edições: em 2020, repetiu os mesmos 16 pontos registrados em 2018, com cinco vitórias e um empate, enquanto em 2019 obteve 15 pontos, com cinco triunfos e uma derrota.

TIME BRASILEIRO QUE MAIS DISPUTOU A LIBERTADORES 

> Em sua 21ª participação, o Palmeiras é um dos três clubes brasileiros com mais edições de Libertadores disputadas, ao lado de Grêmio e São Paulo. O Verdão, no entanto, é o único dos três que nunca caiu antes da fase de grupos.

> O Palmeiras disputa a Libertadores pelo sexto ano consecutivo, um recorde na história do clube. O Grêmio, que caiu logo na fase preliminar, também disputou as últimas seis. O recorde entre os brasileiros é do São Paulo, com sete seguidas entre 2004 e 2010. 

TIME BRASILEIRO QUE CHEGOU PRIMEIRO À FINAL DA LIBERTADORES 

> Em 1961, logo na segunda edição do torneio, o Palmeiras enfrentou o Peñarol-URU na grande decisão e ficou com o vice-campeonato.

> O Alviverde chegou à final também em 1968 (vice), 1999 (campeão), 2000 (vice) e 2020 (campeão).

TIME BRASILEIRO COM MAIS GOLS NA LIBERTADORES

1º – River Plate-ARG: 608 gols em 364 jogos
2º – Peñarol-URU: 555 gols em 369 jogos
3º – Nacional-URU: 553 gols em 395 jogos
4º – Boca Juniors-ARG: 467 gols em 299 jogos
5º – Olimpia-PAR: 446 gols em 313 jogos
6º – Cerro Porteño-PAR: 403 gols em 311 jogos
7º – Palmeiras-BRA: 371 gols em 199 jogos
8º – Bolívar-BOL: 352 gols em 240 jogos
9º – Universidad Católica-CHI: 337 gols em 224 jogos
10º – Colo-Colo-CHI: 336 gols em 241 jogos
*números atualizados até 03/05/2021

> O Verdão é também o clube brasileiro com mais gols como mandante, com 220 bolas na rede, seguido pelo Cruzeiro, com 201.

> Como visitante, o clube aparece novamente na liderança do ranking entre equipes do Brasil, com 150 tentos anotados.

*O gol do título da Libertadores 2020 não entra na soma nem de mandante nem de visitante porque foi anotado em campo neutro.

TIME BRASILEIRO COM MAIS VITÓRIAS NA LIBERTADORES

> Com a vitória por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, em casa, o Alviverde se isolou ainda mais na primeira colocação como o time brasileiro com mais triunfos na história da Libertadores, agora com 110, seguido pelo Grêmio, já eliminado desta edição na pré-Libertadores, com 108.

> O Palmeiras também se firmou como o time brasileiro com mais vitórias fora de casa na história da Libertadores, com 41 triunfos. Nos últimos 18 compromissos como visitante, foram 13 vitórias, três empates e apenas duas derrotas.

DESTAQUES COLETIVOS

VERDÃO INVICTO COMO VISITANTE NA TEMPORADA 2021

> O Verdão começou a temporada com uma ótima sequência como visitante. Já são sete jogos disputados e nenhuma derrota, totalizando quatro vitórias e três empates – triunfos contra Santo André (Paulista), Guarani (Paulista), Universitario-PER (Libertadores) e Defensa y Justicia-ARG (CONMEBOL Recopa) e empates com Botafogo, São Bento e Corinthians (Paulista). Além disso, a equipe de Abel Ferreira venceu o último compromisso fora de casa na temporada passada, contra o Grêmio, no jogo de ida final da Copa do Brasil, totalizando oito partidas seguidas sem derrota como visitante.

CLUBE ULTRAPASSA MARCA DE 12 MIL GOLS EM SUA HISTÓRIA

> O Palmeiras ultrapassou a marca de 12 mil gols marcados em toda a sua história na partida diante do Universitario-PER, pela Libertadores. Atualmente, o Verdão possui 12.003 tentos em 6.211 partidas. Nesta temporada, são 25 gols em 15 duelos, média de 1,66 por jogo.

Retrospecto geral de partidas e gols do Palmeiras na história: 6211 jogos, 3328 vitórias, 1515 empates, 1368 derrotas, 12003 gols marcados e 6.928 gols sofridos
> Primeiro gol: Bianco Spartaco Gambini (Savoia 0x2 Palestra Italia, em 24/01/1915)
> Jogador com mais gols: Heitor, com 315 gols
> Jogador com maior média de gols: Humberto Tozzi, com média de 0,93 por jogo (126 gols em 135 jogos)
> Jogador com mais gols no mesmo jogo:
Heitor, com 6 gols (Palestra Italia 11×0 Internacional-SP, em 08/08/1920)
> Jogador com mais gols no mesmo ano:
Evair, com 53 gols em 1994
> Jogador mais jovem a marcar gol:
Juliano, aos 16 anos, 11 meses e 23 dias (Nacional-URU 0x5 Palmeiras, em 19/08/1998)
> Jogador mais velho a marcar gol: Zé Roberto, aos 42 anos, 10 meses e 18 dias (Palmeiras 3×1 Tucuman-ARG, em 24/05/2017)
> Maior goleada: Combinado Vale D´Aosta-ITA 0x15 Palmeiras (15/07/1999, amistoso)
> Maior goleada em campeonato: Palestra Italia 11×0 Internacional-SP (08/08/1920, Campeonato Paulista)
> Ano com maior quantidade de gols: 1996, com 220 gols (81 jogos)
> Ano com maior média de gols: 1927, com 4,59 gols por jogo (147 gols em 32 jogos)

EQUIPE TEM MARATONA DE SETE JOGOS EM APENAS 14 DIAS

> Depois de disputar todos os jogos possíveis na temporada 2020, o Palmeiras segue participando de uma maratona de partidas em 2021. Contra o Defensa y Justicia-ARG, o Verdão completará sete embates em apenas 14 dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04), Inter de Limeira (29/04), Santo André (02/05) e Defensa y Justicia-ARG (04/05).

#CRIASDAACADEMIA REGISTRAM RECORDES NAS ÚLTIMAS TEMPORADAS

> Em duas oportunidades pelo Campeonato Paulista, oito jogadores oriundos das categorias de base do Verdão foram escalados entre os 11 titulares, um recorde neste século. Na primeira, empate por 0 a 0 com o Botafogo-SP, após as substituições foram 11 Crias da Academia no total. A segunda foi na vitória por 1 a 0 contra o Santo André, quando ao todo 12 pratas da casa participaram da partida.

> O Palmeiras relacionou 19 jogadores formados na base para a partida contra o São Bento, em março, pelo Campeonato Paulista, um recorde no século 21: foram chamados os goleiros Vinicius Silvestre e Mateus, o lateral-direito Gustavo Garcia, os zagueiros Henri e Renan, os laterais-esquerdos Victor Luis, Lucas Esteves e Vanderlan, os meio-campistas Danilo, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Fabinho, Ramon e Vitinho e os atacantes Pedro Acácio, Giovani, Gabriel Silva, Rafael Elias e Newton.

> Todos os jogos desta temporada tiveram presença de pratas da casa. Ao todo, 19 foram a campo: Vinícius, Gustavo Garcia, Renan, Lucas Esteves, Victor Luis, Gabriel Menino, Danilo, Patrick de Paula, Vanderlan, Fabinho, Pedro Bicalho, Gabriel Veron, Gabriel Silva, Rafael Elias, Giovani, Wesley, Newton e Henri e Marcelinho. Destes, seis estrearam neste ano: Gustavo Garcia, Fabinho e Giovani, contra o Corinthians, Newton, contra o São Bento, Henri, contra o Guarani, e Pedro Bicalho, contra o Mirassol.

> No total, já foram convocadas 22 Crias da Academia para jogos nesta temporada. Destas, só não estrearam ainda o goleiro Mateus, o zagueiro Michel e os meio-campistas Ramon e Vitinho. Já o atacante Pedro Acácio ainda não jogou em 2021.

> A temporada 2020 ficou marcada por ser a que mais teve pratas da casa convocadas neste século: 31. Destas, 18 entraram em campo (somando 283 jogos, um recorde no século), sendo que 13 estrearam (outro recorde do século): na ordem, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Wesley, Alan, Angulo, Gabriel Silva, Danilo, Renan, Aníbal, Marcelinho, Fabrício, Pedro Acácio e Vanderlan – juntos, eles somaram 220 jogos e fizeram de 2020 a temporada que o Palmeiras mais colocou jovens estreantes da base para atuar neste século.

> O Verdão teve pelo menos uma prata da casa em campo em todas as partidas rumo aos títulos da Libertadores, da Copa do Brasil, do Campeonato Paulista e da Florida Cup em 2020 – dos 79 jogos da temporada, só não houve uma Cria da Academia contra o Grêmio, pelo Brasileiro. Diante do Delfín-EQU, pela Libertadores, os 11 suplentes eram oriundos da base, feito inédito na história do clube.

* Dados levantados até 02/05

COMISSÃO TÉCNICA

> Desde a estreia, em 5 de novembro de 2020, a comissão técnica portuguesa soma 51 jogos | 25 vitórias | 14 empates | 12 derrotas | 79 gols marcados | 40 gols sofridos
Abel Ferreira:
43 jogos | 22 vitórias | 9 empates | 12 derrotas | 64 gols marcados | 33 gols sofridos
João Martins: 7 jogos | 3 vitórias | 4 empates | 13 gols marcados | 5 gols sofridos
Vitor Castanheira: 1 jogo | 1 empate | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

> Único técnico a ganhar dois títulos em uma mesma temporada pelo Palmeiras neste século.

> Em toda a história do clube, apenas Abel (2020), Humberto Cabelli (1933), Ventura Cambon (1951), Oswaldo Brandão (1972), Vanderlei Luxemburgo (1993 e 1994) e Felipão (1998) conquistaram mais de um título em competições oficiais na mesma temporada.

> Apenas Abel (2020) e Vanderlei Luxemburgo (1993) levantaram mais de um troféu na temporada de estreia.

> Campeão da Libertadores com 26 jogos, Abel só não conquistou um título mais precocemente neste século do que Vanderlei Luxemburgo, que faturou o Paulista de 2020 com 20 partidas à frente do time.

> Primeiro técnico estrangeiro a conquistar título pelo Verdão desde 1965, quando o argentino Filpo Nuñez também levantou duas taças: Torneio Rio São Paulo e Torneio Internacional IV Centenário do Rio de Janeiro.

> Primeiro português, oitavo europeu e 23º estrangeiro a assumir o comando do Maior Campeão do Brasil na história. O último treinador nascido na Europa tinha sido o italiano Caetano De Domenico, campeão paulista em 1940, enquanto o mais recente comandante de fora do país era o argentino Ricardo Gareca, em 2014.

NÚMEROS INDIVIDUAIS:

JOGOS
– Mais jogos no geral: Willian (225); Felipe Melo (188); Lucas Lima (166); Weverton (168); Marcos Rocha (149); Luan (137)
– Mais jogos na temporada 2021: Lucas Esteves e Gustavo Scarpa (11); Gabriel Menino e Wesley (10); Weverton, Matías Viña, Patrick de Paula e Danilo (9); Mayke, Renan, Zé Rafael e Rafael Elias (8); Luan, Victor Luis, Felipe Melo, Rony e Willian (7); Vinicius Silvestre, Gustavo Gómez, Alan Empereur, Raphael Veiga, Gabriel Silva e Breno Lopes (6); Marcos Rocha, Danilo Barbosa e Luiz Adriano (5)
– Mais jogos na temporada 2020: Weverton (70); Willian (69); Zé Rafael (64); Gabriel Menino (61); Gustavo Gómez (58); Raphael Veiga (57); Luiz Adriano e Lucas Lima (56)

GOLS
– Mais gols no geral: Willian (57); Raphael Veiga (29); Luiz Adriano (28); Gustavo Scarpa (25); Gustavo Gómez (15); Rony (14); Lucas Lima (13); Felipe Melo e Zé Rafael (12); Gabriel Veron (11)
– Mais gols na temporada 2021: Raphael Veiga (4); Rony (3); Danilo, Lucas Lima e Gustavo Scarpa (2); Gustavo Gómez, Renan, Danilo Barbosa, Patrick de Paula, Willian, Breno Lopes, Rafael Elias, Gabriel Silva e Newton (1)
– Mais gols na temporada 2020: Luiz Adriano (20); Raphael Veiga e Willian (18); Rony (11); Gabriel Veron (9); Gustavo Gómez (6); Zé Rafael, Wesley e Patrick de Paula (5); Gabriel Menino e Gustavo Scarpa (4); Viña, Breno Lopes, Lucas Lima (3); Marcos Rocha e Dudu (2); Ramires, Felipe Melo, Danilo e Emerson Santos (1)
– Último hat-trick: Luiz Adriano (10/03/2020 – Palmeiras 3×1 Guaraní-PAR – Allianz Parque, em São Paulo-SP – Libertadores)

ASSISTÊNCIAS
– Mais assistências no geral: Willian (25); Lucas Lima (21); Marcos Rocha e Gustavo Scarpa (20); Zé Rafael (13)
– Mais assistências na temporada 2021: Gustavo Scarpa (3); Willian e Raphael Veiga (2); Renan, Victor Luis, Danilo, Felipe Melo, Patrick de Paula, Lucas Lima, Zé Rafael, Rony e Wesley (1)
– Mais assistências na temporada 2020: Gabriel Menino (10); Rony (9); Viña e Gustavo Scarpa (8); Willian e Zé Rafael (7); Wesley e Marcos Rocha (6); Gabriel Veron e Lucas Lima (5); Raphael Veiga (4); Luiz Adriano e Dudu (3); Danilo e Patrick de Paula (2), Gustavo Gómez, Gabriel Silva, Felipe Melo, Mayke e Bruno Henrique (1)

CAPITÃO
– Mais vezes capitão do time na temporada 2021: Felipe Melo (5); Gustavo Gómez (4); Weverton (2); Jailson, Willian, Lucas Lima e Gustavo Scarpa (1)
– Mais vezes capitão do time na temporada 2020:
Felipe Melo (36); Gustavo Gómez (20); Weverton e Willian (8)

BOLAS PARADAS
– Último gol de falta: Gustavo Scarpa (07/04/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Estádio Norberto Tomaghello, na Argentina – CONMEBOL Recopa)
– Último gol de pênalti em tempo regulamentar: Raphael Veiga (14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – CONMEBOL Recopa)
– Último gol de pênalti em disputa de penais: Rony, (14/04/2021 – Palmeiras 1 (3)×(4) 2 Defensa y Justicia-ARG – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – CONMEBOL Recopa)
– Última defesa de pênalti em tempo regulamentar: Weverton (02/11/2019 – Palmeiras 1×0 Ceará – Allianz Parque, em São Paulo-SP – Campeonato Brasileiro)
– Última defesa de pênalti em disputa de penais: Weverton (11/04/2021 – Palmeiras 2 (5)x(6) 2 Flamengo – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – Supercopa do Brasil)

INFORMAÇÕES DO ELENCO

GOLEIROS

42. JAILSON
39 anos | 1,87m

> 86 jogos (78 como titular) pelo Palmeiras
> 1 jogo (1 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
Estreia: 17/01/2015 – Palmeiras 3×1 Shandong Luneng-CHI – Amistoso
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Atleta há mais tempo no elenco profissional (desde 2014) e com mais títulos (Copa do Brasil de 2015 e 2020, Brasileiros de 2016 e de 2018, Paulista 2020 e Libertadores 2020).

> Campeão Brasileiro de 2016 sem perder nenhuma vez em 19 partidas e ainda levando a Bola de Prata.

> Segundo colocado no ranking de palmeirenses com as maiores invencibilidades no Brasileirão em todos os tempos: 27 duelos consecutivos sem perder, superando craques como Ademir da Guia e Leão, com 26, e atrás apenas de Edu Bala, com 34.

> Invicto na CONMEBOL Libertadores: seis jogos, cinco vitórias, um empate e apenas dois gols sofridos.

1. VINICIUS SILVESTRE
27 anos | 1,95m

> 9 jogos (8 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 29/10/2016 – Santos 1×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista

> Atuou em seis das dez partidas do Campeonato Paulista desta temporada: cinco como titular e uma entrando ao longo do jogo após expulsão de Weverton.

> Jogador do atual elenco com mais tempo de casa, está no clube desde 2006 e subiu para o elenco profissional no fim de 2013. Recentemente, renovou o seu contrato até o fim de 2024.

> Após ganhar experiência em empréstimos para Ponte Preta (2018) e CRB (2019), voltou ao Palmeiras na temporada 2020.

21. WEVERTON
33 anos | 1,86m

> 168 jogos (168 como titular) pelo Palmeiras
> 9 jogos (9 como titular) na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 11/03/2018 – Ituano 0x3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista

> Top 10 de goleiros que mais venceram pelo Palmeiras. Com a vitória sobre o Independiente del Valle-EQU, pela Libertadores, o camisa 21 chegou a 92 triunfos e se isolou na décima colocação da lista, superando Nascimento, com 91.

> 10º goleiro que mais jogou pelo Verdão em todos os tempos – o ranking é encabeçado por Emerson Leão, com 621 jogos, seguido por Marcos (533), Valdir de Morais (480), Velloso (458), Oberdan (353), Sérgio (333), Gilmar (290), Fernando Prass (274) e Primo (185).

> 8º goleiro que mais jogou no Estádio Palestra Italia/Allianz Parque em todos os tempos: 69 partidas – o ranking é encabeçado por Marcos, com 212 jogos, seguido por Velloso (154), Emerson Leão (137), Sérgio (131), Primo (90), Fernando Prass (86) e Jurandyr (74).

> Terceira menor média de gols sofridos na história do Palmeiras: 0,66 gol por partida (112 vezes em 168 jogos), atrás só do paraguaio Benítez, com 0,54 (13 gols sofridos em 24 jogos em 1978), e do também paraguaio Gato Fernández, com 0,62 (22 gols em 35 jogos em 1994). São considerados somente goleiros com ao menos dez jogos disputados pelo clube.

> Terceiro colocado no ranking de mais jogos sem sofrer gol neste século: 85, atrás apenas de Marcos (107) e Fernando Prass (101).

> Recordista do século de mais jogos sem sofrer gol na mesma temporada: 35 em 2020.

> Primeiro goleiro desde Velloso (entre 1995 e 1997) a fechar três temporadas seguidas sem sofrer gols por 20 jogos ou mais (21 em 2018, 26 em 2019 e 35 em 2020).

> Segunda maior sequência de jogos sem sofrer gol na história do clube: nove em 2018, atrás apenas de Zetti, com 12 jogos em 1987.

> 2º com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 22, atrás apenas de Marcos (27).

> 6º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 31, ao lado de Willian e atrás de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Atleta com mais jogos (70) e minutos (6362) em campo na temporada 2020. Atuou em todas as partidas do título da Libertadores.

> Eleito para as seleções da Libertadores, do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil em 2020, além de conquistar sua segunda Bola de Prata (venceu também em 2018).

ZAGUEIROS

> Luan e Gustavo Gómez: 67 jogos, com 40 vitórias, 19 empates, oito derrotas e 36 gols sofridos.
> Gustavo Gómez e Empereur: quatro jogos, com duas vitórias, duas derrotas e quatro gols sofridos.
> Luan e Empereur: três jogos, com uma vitória, dois empates e três gols sofridos.
> Empereur e Renan: dois jogos (ambos na temporada atual), com duas vitórias e nenhum gol sofrido.
> Kuscevic e Gustavo Gómez: dois jogos, com duas vitórias e nenhum gol sofrido.
> Luan e Kuscevic: dois jogos, com uma vitória, uma derrota e dois gols sofridos.
> Gustavo Gómez e Renan: dois jogos, com um empate, uma derrota e dois gols sofridos.
> Kuscevic e Empereur: dois jogos, com um empate, uma derrota e dois gols sofridos.
> Luan e Renan: um jogo, com um empate e dois gols sofridos
> Kuscevic e Renan: um jogo, com uma derrota e dois gols sofridos
> Henri e Empereur: um jogo, com uma derrota e dois gols sofridos
> Danilo Barbosa, Kuscevic e Empereur:
um jogo, com uma derrota e um gol sofrido
> Kuscevic, Renan e Vanderlan: um jogo, com um empate e nenhum gol sofrido
> Luan, Gustavo Gómez e Empereur: um jogo, com uma vitória e dois gols sofridos
> Danilo Barbosa, Henri e Renan: um jogo, com uma vitória e um gol sofrido
> Luan, Gustavo Gómez e Renan: um jogo, com uma vitória e nenhum gol sofrido
> Mayke, Danilo Barbosa e Matías Viña: um jogo, com uma derrota e um gol sofrido
> Gustavo Garcia, Henri e Vanderlan: um jogo, com uma vitória e nenhum gol sofrido

33. ALAN EMPEREUR
27 anos | 1,86m

> 23 jogos (15 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 5 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (1 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 11/11/2020 – Palmeiras 3×0 Ceará – Copa do Brasil
Último jogo:25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular:25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Titular no jogo de ida da semifinal da Libertadores 2020 e entrou nos minutos finais da decisão contra o Santos, em sua primeira partida da carreira no Maracanã.

> Titular no jogo final da Copa do Brasil 2020 contra o Grêmio.

4. BENJAMÍN KUSCEVIC
25 anos | 1,85m

> 14 jogos (10 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 05/12/2020 – Santos 2×2 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista

> Em dezembro de 2020, na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, formou com Gómez a primeira dupla de zaga estrangeira da história do Allianz Parque – a última havia sido formada pelo argentino Tobio e pelo uruguaio Victorino, em setembro de 2014, no Pacaembu.

15. GUSTAVO GÓMEZ
27 anos | 1,85m

> 123 jogos (120 como titular), 14 gols e 1 assistência pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 12/08/2018 – Palmeiras 1×0 Vasco – Brasileiro
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 24/03/2021 – São Bento 1×1 Palmeiras – Paulista

> O zagueiro paraguaio nunca passou uma temporada em branco desde que chegou ao Palmeiras: balançou as redes uma vez em 2021, seis vezes em 2020, cinco em 2019 e três em 2018.

> Autor do gol da vitória por 1 a 0 no jogo de ida da final da Copa do Brasil 2020, foi um dos três palmeirenses a balançar as redes em todas as competições regulares da temporada passada – os outros foram Raphael Veiga e Luiz Adriano.

> 9º colocado na lista de maiores zagueiros artilheiros da história do Palmeiras com 15 gols – o ranking é encabeçado por Luis Pereira, com 36, seguido por Loschiavo (33), Vágner Bacharel (22), Cleber (21), Bianco Gambini (20), Daniel (18), Júnior Baiano e Roque Júnior (16).

> Está a uma bola na rede do top 5 de estrangeiros com mais gols pelo Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileirão: é o sexto com seis tentos (ao lado compatriota Lucas Barrios, do colombiano Mina e do venezuelano Guerra), um a menos do que o atacante argentino Gioino, com sete – completam a lista o também argentino Cristaldo (nove); o colombiano Borja (dez); mais um argentino, Barcos (14); e o chileno Valdivia (15).

> Jogador de linha com mais minutos em campo na temporada de 2020 (4832) e único jogador de linha presente em todos os jogos da Libertadores 2020.

> Segundo que mais vestiu a braçadeira de capitão na temporada 2020: 20 vezes (incluindo a final da Libertadores), atrás só de Felipe Melo, com 36.

> Vencedor das Bolas de Prata de 2019 e 2020 e eleito para a seleção ideal da Libertadores 2020.

> Em 2019, Luan e Gómez atingiram a expressiva marca de 1081 minutos consecutivos sem sofrer gols (sem considerar os acréscimos), segunda maior sequência de uma dupla de zagueiros na história do Palmeiras – o recorde ainda pertence a Marcio e Vágner Bacharel, que, em 1987, ficaram sem levar gols por 1148 minutos. Um ano antes, durante a campanha do decacampeonato brasileiro de 2018, eles já haviam contribuído para estabelecer o recorde palmeirense de menos gols sofridos na história do Brasileirão de pontos corridos: apenas 26 tentos (a marca anterior era de 32, na caminhada do título de 2016).

> Oitavo estrangeiro que mais atuou pelo Palmeiras em todos os tempos – o ranking é encabeçado pelo também paraguaio Arce e pelo chileno Valdivia, ambos com 241 jogos, seguidos pelo colombiano Muñoz (140), pelo uruguaio Villadoniga e o português Arouca (ambos com 138), o argentino Echevarrieta (128) e outro argentino, Luiz Villa (127).

44. HENRI
19 anos | 1,87m

> 3 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 3 jogos (3 como titular) na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não atuou pela Libertadores 2021
Estreia: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Convocado para partidas da equipe profissional após recuperar-se de uma lesão no joelho sofrida ainda no primeiro semestre de 2020, foi titular nas partidas contra Santo André, Guarani e Mirassol, todas pelo Campeonato Paulista.

> Capitão do Palmeiras no Sub-15, no Sub-17 e no Sub-20, foi titular e capitão da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

> No clube desde 2015, foi bicampeão do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Verdão em 2018 e 2019, entre outros títulos.

13. LUAN
27 anos | 1,89m

> 137 jogos (119 como titular), 5 gols e 1 assistência pelo Palmeiras
> 7 jogos (6 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 18/06/2017 – Bahia 2×4 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/01/2019 – São Caetano 0×2 Palmeiras – Paulista

> Titular em cinco das oito partidas que disputou na Libertadores 2020, inclusive na final diante do Santos.

> Em 2019, Luan e Gómez atingiram a expressiva marca de 1081 minutos consecutivos sem sofrer gols (sem considerar os acréscimos), segunda maior sequência de uma dupla de zagueiros na história do Palmeiras – o recorde ainda pertence a Marcio e Vágner Bacharel, que, em 1987, ficaram sem levar gols por 1148 minutos. Um ano antes, durante a campanha do decacampeonato brasileiro de 2018, eles já haviam contribuído para estabelecer o recorde palmeirense de menos gols sofridos na história do Brasileirão de pontos corridos: apenas 26 tentos (a marca anterior era de 32, na caminhada do título de 2016).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras defendendo o clube do início ao fim das competições – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

3. RENAN
18 anos | 1,84m

> 19 jogos (17 como titular), 1 assistência e 1 gol pelo Palmeiras
> 8 jogos (7 como titular), 1 assistência e 1 gol na temporada 2021
> 6 jogos (6 como titular) e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 2 jogos (1 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 14/10/2020 – Palmeiras 1×3 Coritiba – Brasileiro
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Líder em desarmes na temporada: 19, à frente de Danilo, com 14, e Lucas Esteves, com 13.

> Líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 22, seguido por Danilo, com 20.

> Terceiro palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Universitario-PER, pela fase de grupos de 2021 (seu primeiro como profissional), aos 18 anos, 11 meses e 2 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016.

> Chegou ao Verdão em 2015, aos 13 anos de idade, e desde o início de 2019 começou a jogar também como lateral-esquerdo pelo Sub-17. Na base, conquistou importantes troféus, entre eles o bicampeonato do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Palmeiras, em 2018 e 2019, e a Copa do Mundo Sub-17 em 2019 pelo Brasil.

> Em 2020, sua temporada de transição ao time principal, teve participação direta no título da Libertadores, com um jogo disputado, e da Copa do Brasil, com duas partidas. Efetivado no plantel profissional em 2021.

LATERAIS

32. GUSTAVO GARCIA
19 anos | 1,75m | Atleta do Sub-20

> 7 jogos (4 como titular) pelo Palmeiras
> 7 jogos (4 como titular) na temporada 2021
> 7 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Campeão do mundo com a Seleção Brasileira Sub-17 em 2019 e bicampeão mundial pelo Palmeiras Sub-17 em 2018 e 2019, entre outros títulos.

> Desde 2014 no clube, fez parte do intercâmbio com o futsal, pelo qual foi campeão metropolitano e estadual Sub-14 em 2016, este último em final contra o Corinthians.

> Em 2017, na final do Campeonato Paulista Sub-15 contra o São Paulo, no Allianz Parque, fez um gol do meio de campo e garantiu a taça para o Verdão.

2. MARCOS ROCHA
32 anos | 1,76m

> 149 jogos (143 como titular), 6 gols e 21 assistências pelo Palmeiras
> 5 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 18/01/2018 – Grêmio Novorizontino 0x3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 29/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André – Paulista

> Está a apenas uma partida de completar 150 jogos com a camisa do Palmeiras. O camisa 2 é o quinto atleta do atual elenco com mais duelos pelo clube, atrás apenas de Weverton (168), Lucas Lima (166), Felipe Melo (188) e Willian (225).

> Vice-líder em assistências na história do Allianz Parque: 13, seguido de Willian e Lucas Lima (11) e atrás só de Dudu (35).

> Terceiro colocado em assistências do atual elenco: 21, atrás de Lucas Lima (22) e Willian (25).

> Terceiro colocado em passes para finalizações na temporada 2020: 69, atrás de Gabriel Menino (73) e Lucas Lima (81).

> Líder em desarmes na temporada 2020: 130, seguido de Zé Rafael e Viña (ambos com 114). Em 2019, fechou o Campeonato Brasileiro como o atleta com mais desarmes, com 103, à frente de Gregore, do Bahia, com 102.

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Gustavo Gómez, Matías Viña, Zé Rafael e Luiz Adriano.

> Em toda a história da Libertadores, desde 1960, Marcos Rocha é o jogador brasileiro que mais disputou o torneio em sequência, com nove participações consecutivas entre 2013 (quando atuava pelo Atlético-MG) e 2021. No geral de participações, o camisa 2 do Verdão fica atrás apenas de Danilo (Corinthians e São Paulo) e Jean (Palmeiras, Fluminense e São Paulo), ambos com 10.

12. MAYKE
28 anos | 1,79m

> 128 jogos (97 como titular), 2 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 5 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 27/05/2017 – São Paulo 2×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 30/05/2019 – Palmeiras 2×0 Sampaio Corrêa – Copa do Brasil

> Polivalente, atuou como zagueiro na partida contra a Inter de Limeira, em abril, pelo Paulista. Na temporada 2020, jogou algumas vezes como lateral-esquerdo (sendo titular no jogo de ida contra o Delfin-EQU, pelas oitavas da Libertadores) e como atacante pelo lado direito (inclusive nas duas partidas finais da Copa do Brasil, entrando no segundo tempo).

> Bola de Prata 2018: esteve presente em 20 jogos na campanha do decacampeonato brasileiro, sendo 14 como titular.

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, o lateral Marcos Rocha, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

6. LUCAS ESTEVES
20 anos | 1,71m

> 24 jogos (14 como titular) pelo Palmeiras
> 11 jogos (7 como titular) na temporada 2021
> 9 jogos (7 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 20/03/2019 – Palmeiras 1×0 Ponte Preta – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista

> Terceiro colocado em desarmes na temporada: 13 roubos de bola, atrás apenas de Danilo, com 14, e Renan, com 19.

> Presente em 16 dos 23 jogos mais recentes e titular nos quatro primeiros duelos da temporada – o último deles, ocupando o lado esquerdo do ataque, posição em que também foi utilizado ao longo de 2020.

> No Palmeiras desde 2014, quando passou a integrar o elenco Sub-15, treinou com elenco Profissional em boa parte de 2019 e subiu definitivamente em 2020. Na base, conquistou quatro taças nacionais, inclusive uma, a Copa do Brasil Sub-17 de 2017, convertendo a última cobrança de pênalti na decisão da diante do Corinthians, no Pacaembu.

17. MATÍAS VIÑA
23 anos | 1,80m

> 59 jogos (58 como titular), 3 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (9 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (6 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 16/02/2020 – Palmeiras 3×1 Mirassol – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 22/02/2021 – Palmeiras 1×1 Atlético-GO – Brasileiro

> Atleta com mais minutos em campo pelo clube em 2021: 1.904, seguido por Luan, com 1.678 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Terceiro colocado em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 18, atrás apenas de Danilo, com 20, e Renan, com 22.

> Vice-líder em desarmes na temporada 2020: 114, ao lado de Zé Rafael e atrás apenas de Marcos Rocha, com 130.

> Terceiro colocado em assistências na temporada 2020: oito, ao lado de Gustavo Scarpa e atrás apenas de Rony (nove) e Gabriel Menino (dez)

Jogador de linha com mais minutos em campo na Libertadores 2020 (1132), foi eleito pela CONMEBOL para a seleção da competição.

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Zé Rafael e Luiz Adriano.

> 20º uruguaio da história do Palmeiras e quarto que mais atuou, atrás apenas de Héctor Silva (80), Villadoniga (138) e Diogo (146).

46. VANDERLAN
18 anos | 1,83m | Atleta do Sub-20

> 4 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 26/01/2021 – Palmeiras 1×1 Vasco – Brasileiro
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Treinando com o elenco profissional desde o final de 2020, foi convocado em dez oportunidades na temporada passada, entrando em campo em duas. Em 2021, foi titular nos jogos contra Botafogo-SP e Santo André, ambos pelo Paulista.

> Polivalente, pode atuar tanto como lateral-esquerdo quanto como zagueiro ou aberto pelo lado esquerdo da linha ofensiva.

> Desde sua chegada ao clube para o Sub-15, em 2017, conquistou diversos títulos, entre eles o Mundial de Clubes Sub-17 em 2019.

26. VICTOR LUIS
27 anos | 1,79m

> 121 jogos (99 como titular), 3 assistências e 3 gols pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 09/03/2014 – Paulista 1×3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 03/11/2018 – Palmeiras 3×2 Santos – Brasileiro

> Foi titular em todas as dez partidas de Libertadores que disputou pelo Palmeiras (quatro em 2018, quatro em 2019 e duas em 2021) e tem 100% de aproveitamento, com dez vitórias e apenas quatro gols sofridos. Na vitória por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, na última terça-feira (27), deu assistência para Rony anotar um dos gols da partida.

> Torcedor do Palmeiras desde a infância, começou no Sub-11 do clube em 2006, subiu em 2014, foi emprestado nos anos seguintes para o Ceará e o Botafogo para adquirir experiência e retornou em 2018.

> Na campanha do decacampeonato brasileiro, entrou em campo 22 vezes e marcou um gol, o da vitória sobre o Santos por 3 a 2 na reta final da competição.

> Emprestado ao Botafogo novamente em 2020, iniciou em 2021 mais uma temporada com a camisa alviverde.

MEIO-CAMPISTAS

40. ALAN
21 anos | 1,61m

> 2 jogos (0 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0×0 Atlético Nacional-COL – Florida Cup
Último jogo: 18/01/2020 – Palmeiras 2×1 NY City-EUA – Florida Cup

> Chegou ao clube em 2013 para jogar futsal e depois migrou para o campo, onde conquistou a Copa do Brasil Sub-17 (2017), a Copa do Brasil Sub-20 (2019) e o Campeonato Brasileiro Sub-20 (2018), entre outros troféus.

> Acumula convocações para as categorias Sub-15, Sub-17 e Sub-20 da Seleção Brasileira e conquistou o Campeonato Sul-Americano Sub-15 de 2015, sendo eleito o melhor jogador da final, e o Sul-Americano Sub-17 de 2017 marcando três gols contra o Chile no duelo decisivo.

> Emprestado ao Guarani em 2020, sofreu grave lesão no joelho e iniciou a temporada de 2021 em tratamento.

28. DANILO
20 anos | 1,77m

> 45 jogos (26 como titular), 3 gols e 3 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (7 como titular), 2 gol e 1 assistência na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia:06/09/2020 – Red Bull Bragantino 1×2 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo:27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Vice-líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 20, atrás apenas de Renan, com 22.

> Vice-líder em desarmes nesta temporada: 14, atrás apenas de Renan, com 19.

> Terceiro artilheiro do Palmeiras na temporada com dois gols, ao lado de Lucas Lima e Gustavo Scarpa e atrás apenas de Rony, com três, e Raphael Veiga, com quatro.

> Quarto colocado em participação em gol na temporada, com três (dois gols e uma assistência), ao lado de Lucas Lima (dois gols e uma assistência) e Willian (um gol e duas assistências) e atrás apenas de Rony (três gols e uma assistência), com quatro, Gustavo Scarpa (dois gols e três assistências), com cinco, e Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

> Quarto palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Delfín-EQU, em 2020, aos 19 anos, 7 meses e 13 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, também em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016, e Renan o terceiro ao marcar contra o Universitario-PER, pela fase de grupos de 2021, aos 18 anos, 11 meses e 2 dias.

> Chegou ao Palmeiras em 2018, foi titular na Copa São Paulo de 2020 e, no início do segundo semestre daquele ano, chamou a atenção da comissão técnica durante os treinos do Sub-20 na Academia de Futebol. Promovido ao Profissional desde então, foi titular na final da Libertadores.

18. DANILO BARBOSA
25 anos | 1,83m

> 5 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Palmeiras
> 5 jogos (3 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (0 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 16/04/2021 – Palmeiras 0x1 São Paulo – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Primeira (e até agora única) contratação do Verdão para a temporada 2021, também pode atuar como zagueiro, função que desempenhou nas três partidas em que iniciou como titular: São Paulo, Guarani e Inter de Limeira, todas pelo Paulista.

> Revelado pelo Vasco, transferiu-se para a Europa aos 18 anos e foi comandado por Abel Ferreira no Sporting Braga-POR na temporada 2017-18, quando atuou em 46 partidas e anotou quatro gols. Em seguida, foi adquirido pelo Nice-FRA antes de chegar ao Maior Campeão do Brasil.

> Convocado em todas as categorias de base da Seleção Brasileira, foi campeão sul-americano Sub-15 em 2011 e vice-campeão mundial Sub-20 em 2015 (sendo capitão e eleito o segundo melhor jogador do torneio).

35. FABINHO
18 anos | 1,78m | Atleta do Sub-20

> 7 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) na temporada 2021
> 7 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Estreou pelo time profissional logo no primeiro jogo em que foi convocado, contra o Corinthians, no pontapé inicial desta temporada.

> Chegou ao clube em 2015 e participou do programa de intercâmbio com o futsal, pelo qual foi campeão metropolitano e estadual Sub-14 em 2016, este último em final contra o Corinthians.

> Acumula diversas conquistas pelo Verdão, entre elas o bicampeonato mundial de clubes Sub-17 em 2018 e 2019 e os Paulistas Sub-15 (2017), Sub-17 (2018) e Sub-20 (2020).

30. FELIPE MELO
37 anos | 1,84m

> 188 jogos (175 como titular), 12 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 21/01/2017 – Chapecoense 1×1 Palmeiras – Amistoso
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 29/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André – Paulista

> Vice-líder do elenco em jogos, atrás só de Willian (225), e vice-líder em vitórias (113), também só atrás de Willian (120).

> 7º colocado na lista dos jogadores com mais vitórias pelo Palmeiras neste século: 113, atrás apenas de Márcio Araújo (118), Willian (120), Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

> 7º colocado na lista dos jogadores com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 20, ao lado de Alex e Ademir da Guia e atrás apenas de Weverton, Willian e Dudu (21) e Marcos (27).

> 10º colocado na lista dos jogadores com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 28, atrás de Dudu (volante) e Ademir da Guia (ambos com 29), César Sampaio (30), Weverton (31), Willian (32), Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Quarto colocado na lista dos que mais atuaram no Allianz Parque: 83 jogos, atrás só de Fernando Prass (86), Willian (92) e Dudu (127).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

25. GABRIEL MENINO
20 anos | 1,76m

> 71 jogos (57 como titular), 4 gols e 10 assistências pelo Palmeiras
> 10 jogos (7 como titular) na temporada de 2021
> 8 jogos (7 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 07/03/2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio – Copa do Brasil

> Segundo jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 23, atrás apenas de Gustavo Scarpa, com 26 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Cria da Academia que mais entrou em campo na temporada 2020: 61 jogos, seguido por Patrick de Paula (52).

> Líder em assistências na temporada 2020: dez, seguido por Rony (nove).

> Na temporada 2020, foi ainda vice-líder em assistências para finalização, vice-líder em interceptações de jogadas do adversário, terceiro em dribles e quarto em desarmes.

> Polivalente, atua como lateral-direito (posição na qual foi convocado duas vezes para a Seleção Brasileira) e na linha ofensiva pelo lado direito (como no caso da final da Libertadores 2020).

> Quinto palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Bolívar-BOL, pela fase de grupos de 2020, aos 19 anos, 11 meses e 16 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, também em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016, Renan é o terceiro com o tento anotado aos 18 anos, 11 meses e 2 dias contra o Universitario-PER, em 2021, e Danilo é o quarto ao marcar contra o Delfín-EQU, em 2020, aos 19 anos, 7 meses e 13 dias.

> Eleito para a seleção ideal da Libertadores 2020 pela CONMEBOL.

> No clube desde 2017, faturou o Campeonato Brasileiro Sub-20 (2018), a Copa do Brasil Sub-17 (2017) e três títulos paulistas seguidos (2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo profissional) no clube.

14. GUSTAVO SCARPA
27 anos | 1,76m

> 129 jogos (71 como titular), 25 gols e 20 assistências pelo Palmeiras
> 11 jogos (7 como titular), 2 gols e 3 assistências na temporada 2021
> 8 jogos (7 como titular), 1 gol e 2 assistências pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 29/10/2020 – Red Bull Bragantino 1×3 Palmeiras – Copa do Brasil
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Autor do gol mais recente do Verdão, no triunfo por 1 a 0 contra o Santo André, pelo Paulista, também fez um dos tentos do único jogo do clube contra o Defensa y Justicia-ARG disputado em território argentino: vitória palestrina por 2 a 1, pela CONMEBOL Recopa desta temporada.

> O camisa 14 do Verdão é o jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 26 no total, seguido por Gabriel Menino, com 23 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Líder em assistências nesta temporada, com três, foi o vice-líder no quesito em 2019 (sete) e o terceiro em 2020 (oito).

> Vice-líder em participação em gol na temporada, com cinco (dois gols e três assistências), e atrás apenas de Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

> Vice-líder em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Rony, Wesley e Patrick de Paula e atrás apenas de Raphael Veiga, com dez.

> Marcou mais um gol de falta com a camisa do Palmeiras na vitória por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia-ARG, na Argentina, pela CONMEBOL Recopa. O último tento de falta do Verdão havia sido anotado justamente pelo camisa 14, no dia 14 de fevereiro deste ano, no triunfo por 3 a 0 sobre o Fortaleza, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

> Polivalente, revezou-se em diversas posições durante a temporada passada: meia-armador, lateral-esquerdo e atacante pelos dois lados.

> Terceiro maior garçom do elenco: 20 assistências, ao lado de Marcos Rocha e atrás apenas de Lucas Lima (21) e Willian (25).

> Quarto maior artilheiro do elenco: 25 gols, atrás só de Raphael Veiga (29), Luiz Adriano (28) e Willian (57) – em 2019, foi o goleador do time, ao lado de Dudu, com 13.

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

20. LUCAS LIMA
30 anos | 1,75m

> 166 jogos (115 como titular), 13 gols e 22 assistências pelo Palmeiras
> 3 jogos (3 como titular), 2 gols e 1 assistência na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular), 2 gols e 1 assistência pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 18/01/2018 – Palmeiras 3×1 Santo André – Paulista
Último jogo: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista
Último como titular: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista

Último gol: 11/03/2021 – Palmeiras 3×0 São Caetano – Paulista

> Terceiro artilheiro do Palmeiras na temporada com dois gols, ao lado de Danilo e Gustavo Scarpa e atrás apenas de Rony (3) e Raphael Veiga (4), marcou contra Corinthians (o primeiro do time em 2021) e São Caetano.

> Curiosamente, ele também foi o autor do primeiro gol do time na temporada 2020, contra o New York City-EUA, pela Florida Cup, da qual o Verdão se sagrou campeão.

> Quarto colocado em participação em gol na temporada, com três (dois gols e uma assistência), ao lado de Danilo (dois gols e uma assistência) e Willian (um gol e duas assistências) e atrás apenas de Rony (três gols e uma assistência), com quatro, Gustavo Scarpa (dois gols e três assistências), com cinco, e Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

Líder em assistências para finalização na temporada 2020: 81, seguido por Gabriel Menino (73).

> Segundo maior garçom do elenco (21 assistências contra 25 de Willian) e terceiro com mais jogos (atrás só de Willian e Felipe Melo).

> Terceiro colocado na lista dos maiores garçons do Allianz Parque: 11 assistências, ao lado de Willian e atrás de Marcos Rocha (13) e Dudu (35).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

5. PATRICK DE PAULA
21 anos | 1,80m

> 61 jogos (43 como titular), 6 gols e 3 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (6 como titular), 1 gol e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 1 gol e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia:15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo:
29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Vice-líder em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Rony, Wesley e Gustavo Scarpa e atrás apenas de Raphael Veiga, com dez.

> Terceiro colocado em interceptação de jogadas adversárias e quinto em desarmes na temporada 2020.

> Jogador de linha com mais tempo em campo no Brasileirão 2020 como: 1897 minutos, seguido de Gabriel Menino (1937).

> Captado para a base do Palmeiras em 2017, foi campeão brasileiro Sub-20 em 2018, faturou a Copa do Brasil Sub-20 em 2019 e, assim como Gabriel Veron, Gabriel Silva e Wesley, enfileirou quatro títulos paulistas seguidos pelo clube: 2017, 2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo Profissional.

> Responsável pela quinta e decisiva cobrança do Verdão na disputa de pênaltis na final do Paulista 2020 contra o rival Corinthians.

45. PEDRO BICALHO
20 anos | 1,78m | Atleta do Sub-20

> 2 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Reforço para o Sub-20 adquirido do Cruzeiro no final do ano passado, não pôde atuar em competições nacionais de base naquela temporada por já ter jogado pelo clube mineiro.

> Um dos principais nomes do Palmeiras na conquista do tetracampeonato paulista Sub-20 em 2020. Capitão do time no título vencido contra o Corinthians, foi o responsável por levantar a taça em plena casa do adversário.

> Ainda em 2020, foi relacionado para três jogos do time profissional, todos pelo Brasileirão (contra Ceará, Botafogo e Atlético-MG). Nesta temporada, foi titular contra Mirassol e Santo André.

23. RAPHAEL VEIGA
25 anos | 1,78m

> 116 jogos (68 como titular), 29 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular), 4 gols e 2 assistências na temporada 2021
> 1 jogo (0 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 1 gol e 2 assistências pela Libertadores 2021
Estreia: 21/01/2017 – Chapecoense 2×2 Palmeiras – Amistoso
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Segundo maior artilheiro do elenco no geral: 29 gols, atrás apenas de Willian (57).

> Com o gol marcado contra o Universitario-PER, pela Libertadores, entrou para o top 100 de artilheiros da história do Verdão, ao lado de Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas e Magrão.

> O camisa 23 está só a três gols de atingir outra marca expressiva: entrar para o top 10 dos palmeirenses com mais gols neste século. Para isso, precisa chegar aos mesmos 32 tentos de Pedrinho, décimo colocado da lista.

> Artilheiro do time nesta temporada com quatro bolas na rede, à frente de Rony (3) e Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Danilo (2).

> Líder em participação em gol nesta temporada, com seis (quatro gols e duas assistências), seguido por Gustavo Scarpa (dois gols e três assistências), com cinco, e Rony (três gols e uma assistência), com quatro.

> Líder em assistências para finalização nesta temporada: dez, seguido por Rony, Wesley, Gustavo Scarpa e Patrick de Paula.

> Líder em finalizações certas a gol nesta temporada: oito chutes no alvo, ao lado de Rony.

> Vice-artilheiro do Palmeiras na temporada 2020: 18 gols, ao lado de Willian e atrás apenas de Luiz Adriano (20).

> Titular nas finais da Libertadores e da Copa do Brasil, foi um dos três palmeirenses a fazer gols em todas as competições regulares disputadas em 2020, ao lado de Luiz Adriano e Gustavo Gómez.

> Artilheiro do time no Brasileirão 2020: 11 gols, seguido por Luiz Adriano (10).

> Artilheiro (quatro gols) e o garçom (duas assistências, uma em cada partida das finais) do Palmeiras na Copa do Brasil 2020. Eleito pela CBF o craque da competição.

> Único jogador presente em todas as partidas do time na Copa do Brasil 2020.

> Quarto maior artilheiro do Allianz Parque com 15 gols, atrás apenas de Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

8. ZÉ RAFAEL
27 anos | 1,75m

> 111 jogos (84 como titular), 12 gols e 13 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (3 como titular) e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 23/01/2019 – Palmeiras 1×0 Botafogo-SP – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 25/11/2020 – Delfín-EQU 1×3 Palmeiras – Libertadores

> Quinto colocado na lista de maiores garçons do elenco no geral: 13 assistências, atrás apenas de Gustavo Scarpa e Marcos Rocha (20), Lucas Lima (21) e Willian (25) – no Brasileirão 2019, foi o vice-líder do time com cinco passes a gol, atrás apenas de Dudu, com 11.

> Quinto colocado na lista de maiores garçons da temporada 2020: sete assistências, ao lado de Willian e atrás apenas de Matías Viña e Gustavo Scarpa (ambos com oito), Rony (nove) e Gabriel Menino (dez).

> Garçom do time na Copa do Brasil 2020: duas assistências, ao lado de Raphael Veiga.

> Líder em dribles na temporada 2020: 43 fintas completas, seguido por Rony (33).

> Vice-líder em desarmes na temporada 2020: 114 roubos de bola, ao lado de Matías Viña e atrás apenas de Marcos Rocha (130).

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Matías Viña e Luiz Adriano. 

ATACANTES

19. BRENO LOPES
25 anos | 1,78m

> 29 jogos (15 como titular) e 4 gols pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 14/11/2020 – Palmeiras 2×0 Fluminense – Brasileiro
Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último como titular: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último gol: 11/03/2021 – Palmeiras 3×0 São Caetano – Paulista

> Quinto colocado em finalizações certas a gol nesta temporada, ao lado de Danilo e Patrick de Paula: quatro chutes no alvo, com um gol marcado, atrás apenas de Rafael Elias, com cinco, Gustavo Scarpa, com sete, e Raphael Veiga e Rony, ambos com oito.

> Contratado no segundo semestre de 2020, foi o autor do gol do título da Libertadores com apenas 17 partidas disputadas pelo Verdão. Na final, entrou aos 39 min do segundo tempo e fez o gol pouco antes dos 54 min.

> Fechou o Brasileirão 2020 como palmeirense com mais partidas em sequência: 17 (da 23ª rodada até a 38ª).

49. GABRIEL SILVA
19 anos | 1,77m

> 24 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Palmeiras
> 6 jogos (1 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 6 jogos (1 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 23/08/2020 – Palmeiras 2×1 Santos – Brasileiro
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 03/03/2020 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista

> Fez o primeiro gol de sua carreira profissional na estreia do time pelo Paulista 2021, empate em 2 a 2 contra o Corinthians, em Itaquera, no primeiro jogo desta temporada.

> Chegou ao Palmeiras em 2015, aos 13 anos, participando do programa de intercâmbio entre o futsal e o futebol de campo do clube, e tem no currículo dois títulos do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Verdão, ambos na Espanha – nas duas finais, aliás, ele deixou sua marca: primeiro na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid, em 2018, e depois na vitória por 2 a 1 sobre o Leganés-ESP, em 2019.

> Campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão, marcou 40 gols em 46 jogos atuando pela base em 2019 e se destacou também por balançar as redes em todas as finais nacionais que disputou naquela temporada. Em 2020, fez seis gols em sete jogos entre Brasileiro Sub-20 e Copa do Brasil Sub-20 antes de iniciar a transição para o elenco profissional, concluída em 2021.

27. GABRIEL VERON
18 anos | 1,74m

> 44 jogos (18 como titular), 11 gols e 6 assistências pelo Palmeiras
> 2 jogos (0 como titular) na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 28/11/2019 – Fluminense 1×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último como titular: 14/11/2020 – Palmeiras 2×0 Fluminense – Brasileiro
Último gol: 24/01/2021 – Ceará 2×1 Palmeiras – Brasileiro

> Segundo jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras em todos os tempos: balançou as redes duas vezes aos 17 anos, três meses e dois dias, na vitória por 5 a 1 sobre o Goiás pelo Brasileiro 2019, desbancando Mazzola, que marcou (também duas vezes) com 17 anos, seis meses e cinco dias em um amistoso contra o Catanduva em 1956, e ficando atrás apenas de Juliano, que, com 16 anos, 11 meses e 23 dias, fez um na goleada por 5 a 0 sobre o Nacional-URU, pela Copa Mercosul 1998.

> Jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras na história da Libertadores: 18 anos, um mês e 19 dias, no 5 a 0 contra o Tigre, em 2020, superando Gabriel Jesus, com 18 anos, 10 meses e 13 dias em 2016.

> Jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras na história da Copa do Brasil: 18 anos, dois meses e três dias, na vitória por 1 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, em 2020, superando Gabriel Jesus, com 18 anos, três meses e 13 dias em 2015.

> No Palmeiras desde 2017, foi campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão. Destaque também para o bicampeonato mundial de clubes sub-17 em 2018 (marcando gol na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid na decisão e terminando a competição como o artilheiro e eleito o melhor jogador) e 2019, além das Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20.

> Com a Seleção Brasileira, foi campeão e eleito o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

41. GIOVANI
17 anos | 1,82m | Atleta do Sub-17

> 7 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) na temporada 2021
> 7 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista

> Mais jovem entre os inscritos do Palmeiras no título da Libertadores 2020, treina com o elenco profissional desde o início deste ano.

> Mais jovem também entre os palmeirenses inscritos na Libertadores de 2021.

> No Verdão desde 2014, foi campeão paulista Sub-11 no ano seguinte, campeão paulista Sub-15 em 2019 e soma mais de 100 gols pelas categorias de base do clube.

> Artilheiro geral da base em 2020 com 14 gols em 13 jogos pelo Sub-17 e pelo Sub-20.

9. LUAN SILVA
22 anos | 1,80m

> 1 jogo (1 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista
Último jogo: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista
Último como titular: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista

> Destaque na base do Vitória, chegou por empréstimo no início de 2019 para tratar de duas lesões no joelho. Recuperado, foi elogiado nos primeiros treinos da temporada 2020, mas sofreu nova lesão em seu jogo de estreia, contra a Ferroviária, na campanha do título paulista, e desde então está entregue ao Núcleo de Saúde e Performance.

> Convocado pela Seleção Brasileira Sub-20 em 2017.

10. LUIZ ADRIANO
34 anos | 1,83m

> 76 jogos (64 como titular), 28 gols e 5 assistências pelo Palmeiras
> 5 jogos (3 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 2 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 11/08/2019 – Palmeiras 2×2 Bahia – Brasileiro
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Está a apenas um gol de entrar para o top 100 de maiores artilheiros da história do Palmeiras, igualando Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas, Magrão e Raphael Veiga, todos com 29.

> Terceiro artilheiro do elenco no geral com 28 gols, atrás de Raphael Veiga, com 29, e Willian, com 57.

> Artilheiro do time na temporada 2020 com 20 gols, seguido por Willian e Raphael Veiga, ambos com 18.

> Artilheiro do time na Libertadores 2020 (cinco gols, ao lado de Rony) e eleito para a seleção da competição pela CONMEBOL.

> Vice-artilheiro do time no Brasileiro 2020 com dez gols, atrás de Raphael Veiga, com 11.

> Vice-líder em participação em gols na temporada 2020 com 23 ações (gols e assistências somadas), atrás só de Willian, com 25.

> Um dos três palmeirenses a ter marcado em todas as competições regulares da temporada 2020, ao lado de Raphael Veiga e Gustavo Gómez.

> Deixou sua marca em momentos decisivos da Tríplice Coroa em 2020, com gol na final do Paulista contra o Corinthians (1 a 1), na semifinal da Libertadores contra o River na Argentina (3 a 0) e na semifinal da Copa do Brasil contra o América-MG em Belo Horizonte (2 a 0).

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Matías Viña e Zé Rafael.

> Melhor média de gols da história do Allianz Parque: 0,46 (14 gols em 30 jogos), seguido por Borja (0,38 – 19 gols em 50 jogos), Cristaldo (0,34 – 11 gols em 32 jogos), Leandro Pereira (0,33 – 7 gols em 21 jogos), Gabriel Jesus (0,32 – 11 gols em 34 jogos), Deyverson (0,30 –13 gols em 42 jogos), Rafael Marques (0,28 – 12 gols em 42 jogos), Barrios (0,26 – 5 gols em 19 jogos), Dudu (0,25 – 33 gols em 127 jogos), Keno (0,25 – 9 gols em 35 jogos) e Alecsandro (0,25 – 6 gols em 24 jogos). Willian é o segundo do atual elenco com 0,23 (21 gols em 91 jogos).

> Quinto maior artilheiro do Allianz Parque com 14 gols, atrás de Raphael Veiga (15), Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

> Dois hat-tricks pelo clube, ambos no Allianz Parque: contra o Fluminense, no Brasileirão 2019, e contra o Guaraní-PAR, na Libertadores 2020.

38. MARCELINHO
18 anos | 1,64m | Atleta do Sub-20

> 5 jogos (1 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (0 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (0 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 18/11/2020 – Ceará 2×2 Palmeiras – Copa do Brasil
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último jogo como titular: 21/11/2020 – Goiás 1×0 Palmeiras – Brasileiro

> O veloz atacante chegou ao Palmeiras em 2019 para integrar a equipe Sub-17 e teve papel importante nas conquistas da Copa do Brasil e da Supercopa da categoria naquele ano.

> Promovido ao Sub-20 desde a temporada passada, foi um dos atletas mais participativos da categoria, com 26 jogos e dois gols anotados. Ainda em 2020, o garoto teve sua primeira chance entre os profissionais, sendo relacionado para 10 partidas (foi a campo em três).

> Nesta temporada, Marcelinho foi relacionado em cinco partidas do time principal do Verdão pelo Campeonato Paulista (contra Corinthians, São Caetano, Ferroviária, Mirassol e Santo André).

48. NEWTON
20 anos | 1,90m

> 4 jogos (0 como titular) e 1 gol pelo Palmeiras
> 4 jogos (0 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 4 jogos (0 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 24/03/2021 – São Bento 1×1 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Primeiro jogador panamenho e da América Central a jogar e a fazer gol pelo Palmeiras na história.

> Pela Copa do Brasil Sub-20 deste ano, em sua única partida na base alviverde, marcou três vezes na goleada por 8 a 0 sobre o Presidente Médici-MA.

> Chegou ao clube no fim de 2020 e estreou pelo time profissional logo no primeiro jogo em que foi convocado.

50. PEDRO ACÁCIO
18 anos | 1,74m | Atleta do Sub-20

> 3 jogos (0 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 18/01/2021 – Palmeiras 4×0 Corinthians – Brasileiro
Último jogo: 24/01/2021 – Ceará 2×1 Palmeiras – Brasileiro

> Contratado pelo Sub-20 no ano passado após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Canaã, da Bahia, atua pelas pontas do gramado tendo como características a velocidade e o drible.

> Em 2021, foi convocado para jogos do Profissional em quatro oportunidades, todas pelo Campeonato Paulista, contra Ferroviária, São Bento, Mirassol e Santo André. Já em 2020, foi convocado em nove jogos do Brasileirão, tendo atuado três vezes (contra Corinthians, Flamengo e Ceará).

> Pela base, em apenas um jogo realizado pelo Sub-20 nesta temporada, marcou um dos tentos da goleada por 8 a 0 contra o Presidente Médici, do Maranhão, pela primeira fase da Copa do Brasil da categoria.

37. RAFAEL ELIAS
22 anos | 1,79m

> 14 jogos (5 como titular) e 2 gols pelo Palmeiras
> 8 jogos (4 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 8 jogos (4 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 05/03/2018 – Palmeiras 0×1 São Caetano – Paulista
Último jogo: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 02/05/2021 – Santo André 0x1 Palmeiras – Paulista
Último gol: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista

> Contratado em 2015 para reforçar as equipes de futsal, marcou mais de 100 gols até 2017 e conquistou um Sul-Americano Sub-17 com a Seleção Brasileira. Ainda em 2015, começou a jogar também no campo, tornou-se titular do Sub-20 em 2018 e estreou profissionalmente no mesmo ano, inclusive integrando o elenco decacampeão brasileiro.

> Foram mais de 30 gols marcados no Sub-20 em 2018 e três títulos: Brasileiro, Paulista e Copa RS.

> Serviu a Seleção Brasileira no Sul-Americano Sub-20 de 2019 antes de ser emprestado a Atlético-MG e Goiás para ganhar experiência.

7. RONY
25 anos | 1,67m

> 59 jogos (46 como titular), 14 gols e 10 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (6 como titular), 3 gols e 1 assistência na temporada 2021
> 2 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 2 gols e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 29/02/2020 – Santos 0x0 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Marcou o seu primeiro gol na temporada 2021 justamente contra o Defensa y Justicia-ARG, na vitória alviverde por 2 a 1, na Argentina, pela partida de ida da final da CONMEBOL Recopa.

> Líder em finalizações certas nesta temporada, com oito, ao lado de Raphael Veiga e seguido por Gustavo Scarpa, com sete.

> Líder em dribles nesta temporada, com sete, seguido por Wesley, com seis.

> Vice-líder em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Wesley, Gustavo Scarpa e Patrick de Paula e atrás apenas de Raphael Veiga, com dez.

> Artilheiro do time na Libertadores 2020 com cinco gols, ao lado de Luiz Adriano, recebeu quatro vezes o prêmio de melhor em campo e foi eleito para a seleção do torneio pela CONMEBOL. Em 2021, já marcou duas vezes em dois duelos disputados, com direito ao prêmio de melhor em campo na goleada por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, no Allianz Parque.

> Líder geral em assistências na Libertadores 2020 com oito passes certeiros, inclusive o cruzamento para Breno Lopes marcar o gol do título diante do Santos, já tem uma assistência na Libertadores 2021 e, com isso, soma 13 participações em gol em 16 jogos de Libertadores pelo Verdão.

> Vice-líder em assistências na temporada 2020 com nove passes a gol, atrás só de Gabriel Menino, com dez.

> Na Copa do Brasil, iniciou a jogada do gol de Gabriel Menino que sacramentou a conquista do título contra o Grêmio.

> Segundo jogador que mais acertou a meta adversária na temporada 2020 com 45 finalizações certas, atrás de Willian, com 46.

> Segundo jogador que mais driblou na temporada 2020, com 33 fintas completas, atrás só de Zé Rafael, com 43.

11. WESLEY
22 anos | 1,75m

> 37 jogos (21 como titular), 5 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 10 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 6 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (0 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 07/03/2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio – Copa do Brasil

> Vice-líder em dribles nesta temporada: seis, atrás apenas de Rony, com sete.

> Vice-líder em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Gustavo Scarpa, Patrick de Paula e Rony e atrás apenas de Raphael Veiga, com dez.

> Retornou de lesão no joelho após 32 jogos afastado (cerca de três meses e meio), fez duas partidas de readaptação no Brasileiro e foi titular nas duas finais da Copa do Brasil 2020 contra o Grêmio, inclusive fazendo o primeiro gol na vitória por 2 a 0 no duelo decisivo.

> Apesar do longo tempo fora do time, foi o terceiro jogador que mais driblou na temporada 2020, com 31 fintas, ao lado de Gabriel Menino e atrás só de Zé Rafael (43) e Rony (33).

> Chegou ao Palmeiras em 2016 para o Sub-17, subiu para o Sub-20 na temporada seguinte e conquistou o Campeonato Brasileiro em 2018, a Copa do Brasil em 2019 e, assim como Patrick de Paula, Gabriel Veron e Gabriel Silva, enfileirou quatro títulos paulistas seguidos pelo clube: 2017, 2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo Profissional.

29. WILLIAN
34 anos | 1,71m

> 225 jogos (152 como titular), 57 gols e 25 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (5 como titular), 1 gol e 2 assistências na temporada 2021
> 5 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 29/01/2017 – Palmeiras 1×1 Ponte Preta – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 09/01/2021 – Sport 0×1 Palmeiras – Brasileiro

Jogador do atual elenco com mais partidas (225), gols (57) e assistências (25).

Segundo maior artilheiro do Palmeiras neste século: 57 gols, atrás só de Dudu (70).

6º com mais partidas pelo Palmeiras neste século (225, atrás de Valdivia, com 241), e 5º com mais vitórias: 120, atrás de Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

> Segundo maior artilheiro do Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileiro: 28 gols, atrás apenas de Dudu (41).

> 9º maior artilheiro do Palmeiras em Brasileiro: 28 gols, ao lado de Evair e atrás apenas de Jorginho Putinatti (29), Jorge Mendonça (31 gols), Toninho Catarina (32), Edmundo (34), Ademir da Guia (36), Leivinha (40), Dudu (41) e César Maluco (61).

> 3º com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 21, ao lado de Dudu e atrás apenas de Weverton (22) e Marcos (27).

> 4º maior artilheiro do Palmeiras em Libertadores: nove gols, ao lado de Lopes e atrás apenas de Borja e Tupãzinho (ambos com 11) e Alex (12).

5º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 32, atrás apenas de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Artilheiro do Palmeiras e vice-artilheiro no geral do Paulista 2020, com seis gols, atrás só de Ytalo, do RB Bragantino, com sete.

> Jogador de linha que mais atuou na temporada 2020: 69 das 79 partidas, atrás só de Weverton (70).

> Líder em participação nos gols da temporada 2020 com 25 ações (somando gols e seis assistências), seguido de Luiz Adriano, com 24.

> Vice-artilheiro do time na temporada 2020: 18 gols, ao lado de Raphael Veiga e atrás de Luiz Adriano (20).

> Vice-artilheiro do Palmeiras na Libertadores 2020: quatro gols, atrás só de Luiz Adriano e Rony (ambos com cinco).

> Autor da assistência para Gabriel Menino fazer o último gol da temporada 2020, na vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio que garantiu o título da Copa do Brasil.

> Autor da assistência para Deyverson fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco no Brasileiro 2018, sacramentando o decampeonato alviverde.

45º no ranking dos maiores artilheiros da história do Palmeiras: 57 gols, ao lado de Arce e Carrone e logo atrás de Luiz Imparato, com 58.

65º no ranking dos atletas com mais jogos na história do Palmeiras: 225 partidas, logo atrás de Pedrinho Vicençote, com 227.

> No Allianz Parque, é o vice-artilheiro (21 bolas na rede, atrás só de Dudu, com 33), o segundo em jogos (92, também atrás só de Dudu, com 127) e o terceiro em assistências (11, ao lado de Lucas Lima e atrás de Marcos Rocha, com 13, e Dudu, com 35).

> Único atacante da história que conseguiu conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras defendendo o clube do início ao fim das competições – Dudu também se sagrou campeão dos quatro torneios, mas não disputou o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

Departamento de Comunicação

O Palmeiras treinou na manhã desta segunda-feira (3), na Academia de Futebol, e finalizou a preparação para enfrentar o Defensa y Justicia-ARG, nesta terça-feira (4), às 21h30, no Estádio Norberto Tomaghello, na Argentina, pela CONMEBOL Libertadores. Recuperado de uma entorse no tornozelo esquerdo, o atacante Wesley participou de toda atividade.

O técnico Abel Ferreira e sua comissão técnica dedicaram a maior parte do treino para aperfeiçoar o posicionamento nas bolas paradas ofensivas e defensivas. Os jogadores também disputaram uma atividade recreativa e fecharam a sessão com cobranças de pênaltis. O time alviverde embarca nesta tarde para Buenos Aires (ARG).

Os jogadores Gustavo Gómez e Danilo (à direita) durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O meio-campista Lucas Lima, em processo de transição física, realizou atividades à parte no campo ao lado. Os jogadores que atuaram na vitória sobre o Santo André, neste domingo (2), pelo Campeonato Paulista, realizaram trabalhos regenerativos na parte interna do centro de excelência – alguns deles também fizeram um treino leve no gramado.

Atual campeão, o time alviverde tem 100% de aproveitamento na Libertadores 2021, com duas vitórias em dois jogos. Desta forma, lidera o Grupo A da primeira fase, com seis pontos, e tem dois de vantagem sobre o próprio Defensa y Justicia, segundo colocado. O Independiente Del Valle-EQU é o terceiro, com um ponto, e o Universitário-PER é o quarto, com zero.

O elenco palmeirense encerrou a preparação para encarar o Defensa y Justicia-ARG (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Departamento de Comunicação

Autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre o Santo André na noite deste domingo (02), no Canindé, pelo Campeonato Paulista, Gustavo Scarpa melhorou ainda mais os seus números na temporada atual, sendo o jogador com mais participações – ou seja: gols e assistências somadas. Agora são três assistências e dois gols, ao lado de Raphael Veiga (quatro gols e um passe).

Com os três passes a gol em 2021, inclusive, Scarpa também é o garçom do time no ano, sendo dois pelo Paulista, contra o São Caetano, para o gol de Lucas Lima, e contra a Ferroviária, para o gol de Danilo após cobrança de escanteio, pelo Paulista, e uma contra o Universitário-PER, pela Libertadores, no gol de Renan, que decretou a vitória palmeirense no último minuto da partida, no Peru.

O camisa 14 é ainda o atleta com mais partidas pelo clube em 2021: agora são 26 no total, seguido por Gabriel Menino, com 23 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

Esta foi a segunda vez que Scarpa balançou as redes na temporada (o outro foi contra o Defensa y Justicia-ARG, próximo adversário do Verdão, em 07/04, pela Recopa Sulamericana, na vitória por 2 a 1 no jogo de ida – o outro gol da vitória foi anotado por Rony) e, portanto, somou cinco ações ao todo, se tornando líder no quesito, ao lado de Raphael Veiga (quatro gols e um passe).

No geral, Scarpa é o quarto artilheiro palmeirense no grupo, com 25 bolas na rede, atrás só de Willian (57), Raphael Veiga (29) e Luiz Adriano (28), além de ser também o quarto garçom do time, com 20 assistências, atrás de Willian (25), Lucas Lima (21) e Marcos Rocha.

Departamento de Comunicação

O Palmeiras venceu o Santo André por 1 a 0, neste domingo (02), no estádio do Canindé, e chegou aos 15 pontos conquistados no Grupo C do Campeonato Paulista. O auxiliar técnico João Martins valorizou a atuação do time no duelo deste fim de semana.

“O mais importante era nós nos adaptarmos o mais rapidamente possível ao jogo. Foi mais uma oportunidade para esses jogadores crescerem e evoluírem, isso é o mais importante. Temos de trabalhar com o máximo de nossas forças para evoluirmos ainda mais”, declarou o palestrino.

O próximo compromisso do Palmeiras será na terça-feira (04), às 21h30, contra o Defensa y Justicia-ARG, na Argentina, pela terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores.

Confira abaixo a entrevista coletiva de João Martins:

 

Departamento de Comunicação

O Palmeiras visitou a equipe do Santo André no estádio do Canindé, na noite deste domingo (02), pelo Campeonato Paulista. Pelo placar de 1 a 0, com gol de Gustavo Scarpa, aos 20 minutos do primeiro tempo, após Gabriel Menino ver a defesa do time do ABC bagunçada e lançar para frente: Giovani deu uma casquinha na bola, que sobrou para dividia, ganha pelo camisa 14 – ele chutou forte e fez o gol da vitória.

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Com a importante vitória, o Palmeiras segue vivo na disputa do Estadual e como adversários em seus próximos jogos pela competição o Santos, na quinta (06), e depois a Ponte Preta, no próximo domingo – horário ainda não definido. Antes, o Verdão entra em campo pela Libertadores, torneio do qual é o atual campeão e, na edição atual, tem 100% de aproveitamento: enfrenta o Defesan y Justícia-ARG na terça-feira, 21h30 de Brasília, fora de casa.

Com o triunfo, o Verdão ampliou sua série de invencibilidade contra o Santo André: agora são seis jogos sem perder, sendo os cinco últimos com vitórias – essa é a primeira vez na história que o Verdão emplaca cinco triunfos contra o adversário da vez.

Titular nesta noite, Jailson foi importante para a vitória palmeirense, fazendo defesas difíceis e ajudando o Maior Campeão do Brasil a sair com o resultado positivo.

Já Gustavo Scarpa, autor do gol, é o jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 26 no total, seguido por Gabriel Menino, com 22, e Danilo, com 21 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

Líder em assistências nesta temporada, com três, Scarpa, com o gol, chegou ao segundo gol na temporada e, portanto, somou cinco ações ao todo, se tornando líder no quesito, ao lado de Raphael Veiga (quatro gols e um passe).

Polivalente, revezou-se em diversas posições durante a temporada passada: meia-armador, lateral-esquerdo e atacante pelos dois lados. Um ano antes inclusive, ele foi o vice-líder no quesito em 2019 (sete) e o terceiro em 2020 (oito).

Departamento de Comunicação

O Palmeiras treinou na manhã deste domingo (2), na Academia de Futebol, e encerrou a preparação para o confronto com o Santo André, neste domingo (02), às 20h, no Canindé, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. Assim como no treino de sábado (1), o elenco foi dividido em dois grupos para atividades distintas, já que o Verdão enfrenta ainda o Defensa y Justicia, nesta terça-feira (4), às 21h30, na Argentina, pela CONMEBOL Libertadores.

Para os jogadores relacionados à partida desta noite pelo estadual, o técnico Abel Ferreira comandou um treino tático com os prováveis titulares e orientou o posicionamento e movimentações no gramado. O restante do elenco realizou trabalhos técnicos de construção de jogo e transições orientados pelo assistente técnico João Martins.

O goleiro Weverton durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A primeira atividade deu ênfase nas transições ofensivas e nos fundamentos. Em seguida, o time ensaiou enfrentamentos e variações, seguido de trabalhos específicos para defensores e atacantes em lados separados do campo.

A novidade foi a presença do atacante Wesley, que realizou o aquecimento e a primeira atividade técnica com o grupo no gramado, além de trabalhos na parte interna do centro de excelência. O meio-campista Lucas Lima, em processo de transição física, realizou atividades à parte no campo e na caixa de areia acompanhado dos preparadores.

Atual campeão, o time alviverde tem 100% de aproveitamento na CONMEBOL Libertadores 2021, com duas vitórias em dois jogos. Desta forma, lidera o Grupo A da primeira fase, com seis pontos, e tem dois de vantagem sobre o Defensa y Justicia, segundo colocado. No Campeonato Paulista, o Verdão é o terceiro colocado no Grupo C, com 12 pontos.

O meio-campista Lucas Lima está em processo de transição física (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Departamento de Comunicação

Pré-jogo: Santo André x Palmeiras l Campeonato Paulista 2021 (10ª rodada)
Data e hora: 02/05/2021 l 20h
Local: Canindé, em São Paulo (SP)
Transmissão: SporTV e Premiere
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Escalação: Jailson; Gustavo Garcia, Henri e Vanderlan; Gabriel Menino, Fabinho, Pedro Bicalho, Gustavo Scarpa e Matías Viña; Giovani e Rafael Elias
Pendurados: Renan, Danilo, Fabinho e Gabriel Silva
Suspensos: não há
Desfalques: Lucas Lima (transição física), Gabriel Veron (lesão na coxa esquerda), Breno Lopes (lesão no joelho direito), Kuscevic (lesão na coxa direita), Alan Empereur (edema muscular), Wesley (entorse no tornozelo esquerdo), Weverton, Marcos Rocha, Mayke, Gustavo Gómez, Luan, Renan, Victor Luís, Felipe Melo, Danilo, Patrick de Paula, Danilo Barbosa, Raphael Veiga, Willian, Luiz Adriano e Rony (preservados)

DESTAQUES PRINCIPAIS

> O Maior Campeão do Brasil está invicto como visitante na temporada. São seis jogos disputados, sendo três vitórias (Defensa y Justicia-ARG, Guarani, Universitario-PER) e três empates (Corinthians, São Bento e Botafogo). Além disso, como venceu o último compromisso fora de casa na temporada passada, contra o Grêmio, no jogo de ida final da Copa do Brasil, totaliza sete partidas seguidas sem derrota como visitante.

> Atualmente com cinco jogos de invencibilidade contra o time do ABC paulista, sendo os quatro últimos com vitórias, o Palmeiras pode alcançar cinco triunfos seguidos diante do Santo André pela primeira vez na história.

> Na última semana, diante do Universitario-PER, o Verdão ultrapassou a marca de 12 mil gols marcados em toda a sua história – são 12.002 tentos em 6.210 partidas. Nesta temporada, o Alviverde soma 24 gols em 14 duelos, média de 1,71 por jogo.

> Com 4.995 bolas na rede desde a primeira participação no Estadual, em 1916, o Palmeiras só precisa marcar mais cinco vezes para completar cinco mil gols anotados no Campeonato Paulista em toda a sua história. Com um total de 2.515 jogos disputados pela competição, a média é de 1,98 gol por partida.

> Contra o Santo André, o Maior Campeão do Brasil completará uma maratona de seis jogos em apenas 12 dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04), Inter de Limeira (29/04) e Santo André (02/05). Gustavo Scarpa é o atleta com mais jogos em 2021 (25 no total), enquanto Matías Viña é quem por mais minutos esteve em campo (1.805) – estes dados incluem as partidas da temporada 2020 realizadas entre janeiro e março deste ano.

HISTÓRICO NA TEMPORADA

NÚMEROS GERAIS
14 jogos | 6 vitórias | 4 empates | 4 derrotas | 24 gols marcados | 15 gols sofridos

> Mandante: 7 jogos | 3 vitórias | 0 empate | 4 derrotas | 12 gols marcados | 6 gols sofridos
> Visitante: 6 jogos | 3 vitórias | 3 empates | 0 derrota | 10 gols marcados | 7 gols sofridos
> Campo neutro: 1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

CAMPEONATO PAULISTA
9 jogos | 3 vitórias | 3 empates | 3 derrotas | 11 gols marcados | 8 gols sofridos

> Mandante: 5 jogos | 2 vitórias | 0 empates | 3 derrotas | 6 gols marcados | 4 gols sofridos
> Visitante: 4 jogos | 1 vitória | 3 empates | 0 derrota | 5 gols marcados | 4 gols sofridos

CONMEBOL LIBERTADORES
2 jogos | 2 vitórias | 0 empate | 0 derrota | 8 gols marcados | 2 gols sofridos

> Mandante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 5 gols marcados | 0 gols sofridos
> Visitante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 3 gols marcados | 2 gols sofridos

CONMEBOL RECOPA
2 jogos | 1 vitória | 0 empates | 1 derrota | 3 gols marcados | 3 gols sofridos

> Mandante: 1 jogo | 0 vitória | 0 empate | 1 derrota | 1 gol marcado | 2 gols sofridos
> Visitante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 1 gol sofrido

SUPERCOPA DO BRASIL
1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

> Campo neutro: 1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

ÚLTIMO JOGO
Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira, dia 29/04, no Allianz Parque, em São Paulo-SP, pelo Campeonato Paulista
Escalação: Weverton, Mayke, Danilo Barbosa, Viña, Esteves, Gabriel Menino (Luiz Adriano, 28’/2ºT), Felipe Melo, Gustavo Scarpa (Patrick de Paula, 17’/2ºT), Zé Rafael (Raphael Veiga, 17’/2ºT), Wesley (Giovani, 33’/1ºT), Willian (Rony, 28’/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Jogos anteriores: Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (Libertadores), Palmeiras 1×2 Mirassol (Paulista), Guarani 1×2 Palmeiras (Paulista), Universitario-PER 2×3 Palmeiras (Libertadores) e Botafogo-SP 0x0 Palmeiras (Paulista).

HISTÓRICO DO CONFRONTO

PALMEIRAS PODE ATINGIR MAIOR SÉRIE DE VITÓRIAS SEGUIDAS CONTRA O SANTO ANDRÉ

> Atualmente com cinco jogos de invencibilidade contra o Santo André, sendo os quatro últimos com vitórias, o Palmeiras poderá alcançar pela primeira vez na história o quinto triunfo seguido diante do adversário do ABC Paulista. O Verdão já impôs quatro resultados positivos diretos entre 1992 e 2004 e entre 2006 e 2009. A série invicta atual começou em 2011.

Retrospecto geral contra o Santo André: 43 jogos, 22 vitórias, 14 empates, 7 derrotas, 63 gols marcados e 36 gols sofridos
> Primeiro jogo: 28/07/1974 – Santo André 0x4 Palmeiras (gols de Leivinha, Ademir da Guia, duas vezes, e Edu Bala) – Estádio Bruno José Daniel (Santo André-SP) – Amistoso
> Último jogo: 19/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André (gols de Felipe Melo e Marcos Rocha) – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Campeonato Paulista

Retrospecto geral contra o Santo André como visitante: 18 jogos, 6 vitórias, 8 empates, 4 derrotas, 21 gols marcados e 15 gols sofridos
> Último jogo: 13/04/2011 – Santo André 1×2 Palmeiras (gols de Kleber Gladiador, duas vezes) – Estádio Bruno José Daniel (Santo André-SP) – Copa do Brasil

HISTÓRICO NO LOCAL

VERDÃO TEVE REPRESENTANTES NA INAUGURAÇÃO E JÁ FOI MANDANTE NO CANINDÉ

> Casa da Portuguesa, o Canindé foi inaugurado em 11 de novembro de 1956 com um amistoso entre Portuguesa e um selecionado composto por jogadores de Palmeiras e São Paulo. Além disso, o estádio já foi a casa palestrina em algumas oportunidades: em 1984 (três jogos), em 1990 e 1991 (dois jogos, um em cada ano) e, principalmente, em 2011 (13 jogos), quando o antigo Palestra Italia passava por reforma para se transformar no Allianz Parque.

Retrospecto do Palmeiras no Canindé: 46 jogos, 16 vitórias, 13 empates, 17 derrotas, 59 gols marcados e 53 gols sofridos
> Último jogo: 29/08/2012 – Portuguesa 3×0 Palmeiras – Brasileiro
> Última vitória: 22/09/2011 – Palmeiras 1×0 Ceará (gol de Thiago Mathias, contra) – Brasileiro

Retrospecto do Palmeiras no Canindé pelo Paulista: 20 jogos, 8 vitórias, 5 empates, 7 derrotas, 26 gols marcados e 21 gols sofridos
> Último jogo: 09/04/2011 – Palmeiras 2×0 Grêmio Prudente (gols de Thiago Heleno e Douglas, contra) 

Retrospecto na cidade de São Paulo: 3555 jogos, 2054 vitórias, 848 empates, 653 derrotas, 7285 gols marcados e 3754 gols sofridos
> Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Paulista
> Última vitória: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (gols de Rony, duas vezes, Luiz Adriano, Patrick de Paula e Danilo Barbosa) – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Libertadores

Retrospecto em São Paulo pelo Campeonato Paulista: 1768 jogos, 1060 vitórias, 390 empates, 318 derrotas, 3777 gols marcados e 1802 gols sofridos

HISTÓRICO NA COMPETIÇÃO

FALTAM APENAS CINCO GOLS PARA O PALMEIRAS ATINGIR 5 MIL PELO PAULISTA

> Com 4.995 bolas na rede desde a primeira participação no Estadual, em 1916, o Palmeiras está a apenas cinco de chegar à marca de cinco mil gols anotados no Campeonato Paulista em toda a sua história. Com um total de 2.515 jogos disputados, a média é de 1,98 gol por partida.

MELHOR DEFESA DO CAMPEONATO PAULISTA DESDE 2017

> O Palmeiras sofreu apenas seis gols na fase de grupos do Paulista 2020 (quando todos os times jogam a mesmas 12 partidas) e garantiu a melhor defesa do estadual pela quarta temporada consecutiva – foi o menos vazado com cinco gols sofridos em 2019, oito em 2018 e oito em 2017.

– Retrospecto em Campeonato Paulista: 2515 jogos, 1412 vitórias, 612 empates, 491 derrotas, 4995 gols marcados e 2630 gols sofridos
> Títulos: 23 (1920, 26, 27, 32, 33, 34, 36, 40, 42, 44, 47, 50, 59, 63, 66, 72, 74, 76, 93, 94, 96, 2008 e 2020), além dos extras de 1926 e 1938
> Vice-campeonatos: 25 (1917, 1919, 1921, 1922, 1923, 1931, 1935, 1937, 1939, 1949, 1951, 1953, 1954, 1961, 1964, 1965, 1969, 1970, 1971, 1986, 1992, 1995, 1999, 2015 e 2018)
> Primeiro jogo: 13/05/1916 – Palestra Italia 1×1  Mackenzie (gol de Vescovini) – Chácara da Floresta (São Paulo-SP)
> Primeira vitória: 28/05/1916 – Palestra Italia 3×2 Ypiranga (gols de Bernardini, Gobato e Severino) – Chácara da Floresta (São Paulo-SP)
> Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Allianz Parque (São Paulo-SP)
> Maior goleada como mandante: 08/08/1920 – Palestra Italia 11×0 Internacional da Capital (gols de Ministro, duas vezes, Heitor, seis vezes, Imparato, Caetano Izzo e Martinelli) – Parque Antarctica (São Paulo-SP)
> Maior goleada como visitante: 23/11/1930 – São Bento da Capital 0x9 Palestra Italia (gols de Vito, contra, Romeu Pellicciari, duas vezes, Osses, Pepe, Goliardo, Ministrinho e Heitor, duas vezes) – Estádio da Ponte Grande (São Paulo-SP)
> Jogador com mais jogos: Ademir da Guia (373)
> Jogador do atual elenco com mais jogos: Willian (53)
> Jogador com mais gols: Heitor (178)
> Jogador do atual elenco com mais gols: Willian (16)

DESTAQUES COLETIVOS

VERDÃO INVICTO COMO VISITANTE NA TEMPORADA 2021

> O Verdão começou a temporada com uma ótima sequência como visitante. Já são seis jogos disputados e nenhuma derrota, totalizando três vitórias e três empates – triunfos contra Guarani (Paulista), Universitario-PER (Libertadores) e Defensa y Justicia-ARG (CONMEBOL Recopa) e empates com Botafogo, São Bento e Corinthians (Paulista). Além disso, a equipe de Abel Ferreira venceu o último compromisso fora de casa na temporada passada, contra o Grêmio, no jogo de ida final da Copa do Brasil, totalizando sete partidas seguidas sem derrota como visitante. 

CLUBE ULTRAPASSA MARCA DE 12 MIL GOLS EM SUA HISTÓRIA

> O Palmeiras ultrapassou a marca de 12 mil gols marcados em toda a sua história na partida diante do Universitario-PER, na última terça-feira (27), pela Libertadores. O Verdão possui 12.002 tentos em 6.210 partidas. Nesta temporada, são 24 gols em 14 duelos, média de 1,71 por jogo.

Patrick de Paula marcou o gol de número 12 mil do Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Retrospecto geral de partidas e gols do Palmeiras na história: 6210 jogos, 3327 vitórias, 1515 empates, 1368 derrotas, 12002 gols marcados e 6.928 gols sofridos
> Primeiro gol: Bianco Spartaco Gambini (Savoia 0x2 Palestra Italia, em 24/01/1915)
> Jogador com mais gols: Heitor, com 315 gols
> Jogador com maior média de gols: Humberto Tozzi, com média de 0,93 por jogo (126 gols em 135 jogos)
> Jogador com mais gols no mesmo jogo:
Heitor, com 6 gols (Palestra Italia 11×0 Internacional-SP, em 08/08/1920)
> Jogador com mais gols no mesmo ano:
Evair, com 53 gols em 1994
> Jogador mais jovem a marcar gol:
Juliano, aos 16 anos, 11 meses e 23 dias (Nacional-URU 0x5 Palmeiras, em 19/08/1998)
> Jogador mais velho a marcar gol: Zé Roberto, aos 42 anos, 10 meses e 18 dias (Palmeiras 3×1 Tucuman-ARG, em 24/05/2017)
> Maior goleada: Combinado Vale D´Aosta-ITA 0x15 Palmeiras (15/07/1999, amistoso)
> Maior goleada em campeonato: Palestra Italia 11×0 Internacional-SP (08/08/1920, Campeonato Paulista)
> Ano com maior quantidade de gols: 1996, com 220 gols (81 jogos)
> Ano com maior média de gols: 1927, com 4,59 gols por jogo (147 gols em 32 jogos)

EQUIPE TEM MARATONA DE SEIS JOGOS EM APENAS 12 DIAS

> Depois de disputar todos os jogos possíveis na temporada 2020, o Palmeiras segue participando de uma maratona de partidas em 2021. Contra o Santo André, o Verdão completará seis embates em apenas 12 dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04), Inter de Limeira (29/04) e Santo André (02/05).

#CRIASDAACADEMIA REGISTRAM RECORDES NAS ÚLTIMAS TEMPORADAS

> No empate entre Palmeiras e Botafogo-SP, em abril, pelo Campeonato Paulista, foram escalados oito jogadores oriundos das categorias de base entre os 11 titulares (apenas Weverton, Kuscevic e Viña não eram pratas da casa). Desta forma, Vanderlan, Renan, Gustavo Garcia, Fabinho, Lucas Esteves, Wesley, Giovani e Rafael Elias registraram o novo recorde do século de Crias da Academia no 11 inicial. Os garotos Gabriel Silva e Newton também atuaram na partida, mas saindo do banco de reservas.

> O Palmeiras relacionou 19 jogadores formados na base para a partida contra o São Bento, em março, pelo Campeonato Paulista, um recorde no século 21: foram chamados os goleiros Vinicius Silvestre e Mateus, o lateral-direito Gustavo Garcia, os zagueiros Henri e Renan, os laterais-esquerdos Victor Luis, Lucas Esteves e Vanderlan, os meio-campistas Danilo, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Fabinho, Ramon e Vitinho e os atacantes Pedro Acácio, Giovani, Gabriel Silva, Rafael Elias e Newton.

> Todos os jogos desta temporada tiveram presença de pratas da casa. Ao todo, 16 foram a campo: Vinícius, Gustavo Garcia, Renan, Lucas Esteves, Victor Luis, Gabriel Menino, Danilo, Patrick de Paula, Fabinho, Pedro Bicalho, Gabriel Silva, Rafael Elias, Giovani, Wesley, Newton e Henri. Destes, seis estrearam neste ano: Gustavo Garcia, Fabinho e Giovani, contra o Corinthians, Newton, contra o São Bento, Henri, contra o Guarani, e Pedro Bicalho, contra o Mirassol.

> No total, já foram convocadas 22 Crias da Academia para jogos nesta temporada. Destas, só não estrearam ainda o goleiro Mateus, o zagueiro Michel e os meio-campistas Ramon e Vitinho. Já o atacante Pedro Acácio ainda não jogou em 2021.

> A temporada 2020 ficou marcada por ser a que mais teve pratas da casa convocadas neste século: 31. Destas, 18 entraram em campo (somando 283 jogos, um recorde no século), sendo que 13 estrearam (outro recorde do século): na ordem, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Wesley, Alan, Angulo, Gabriel Silva, Danilo, Renan, Aníbal, Marcelinho, Fabrício, Pedro Acácio e Vanderlan – juntos, eles somaram 220 jogos e fizeram de 2020 a temporada que o Palmeiras mais colocou jovens estreantes da base para atuar neste século.

> O Verdão teve pelo menos uma prata da casa em campo em todas as partidas rumo aos títulos da Libertadores, da Copa do Brasil, do Campeonato Paulista e da Florida Cup em 2020 – dos 79 jogos da temporada, só não houve uma Cria da Academia contra o Grêmio, pelo Brasileiro. Diante do Delfín-EQU, pela Libertadores, os 11 suplentes eram oriundos da base, feito inédito na história do clube.

* Dados levantados até 29/04

A comissão técnica de Abel Ferreira acumula 50 jogos no comando do time (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

COMISSÃO TÉCNICA

> Desde a estreia, em 5 de novembro de 2020, a comissão técnica portuguesa soma 50 jogos | 24 vitórias | 14 empates | 12 derrotas | 78 gols marcados | 40 gols sofridos
Abel Ferreira:
42 jogos | 21 vitórias | 9 empates | 12 derrotas | 63 gols marcados | 33 gols sofridos
João Martins: 7 jogos | 3 vitórias | 4 empates | 13 gols marcados | 5 gols sofridos
Vitor Castanheira: 1 jogo | 1 empate | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

> Único técnico a ganhar dois títulos em uma mesma temporada pelo Palmeiras neste século.

> Em toda a história do clube, apenas Abel (2020), Humberto Cabelli (1933), Ventura Cambon (1951), Oswaldo Brandão (1972), Vanderlei Luxemburgo (1993 e 1994) e Felipão (1998) conquistaram mais de um título em competições oficiais na mesma temporada.

> Apenas Abel (2020) e Vanderlei Luxemburgo (1993) levantaram mais de um troféu na temporada de estreia.

> Campeão da Libertadores com 26 jogos, Abel só não conquistou um título mais precocemente neste século do que Vanderlei Luxemburgo, que faturou o Paulista de 2020 com 20 partidas à frente do time.

> Primeiro técnico estrangeiro a conquistar título pelo Verdão desde 1965, quando o argentino Filpo Nuñez também levantou duas taças: Torneio Rio São Paulo e Torneio Internacional IV Centenário do Rio de Janeiro.

> Primeiro português, oitavo europeu e 23º estrangeiro a assumir o comando do Maior Campeão do Brasil na história. O último treinador nascido na Europa tinha sido o italiano Caetano De Domenico, campeão paulista em 1940, enquanto o mais recente comandante de fora do país era o argentino Ricardo Gareca, em 2014.

NÚMEROS INDIVIDUAIS:

JOGOS
– Mais jogos no geral: Willian (225); Felipe Melo (188); Lucas Lima (166); Weverton (168); Marcos Rocha (149); Luan (137)
– Mais jogos na temporada 2021: Lucas Esteves, Gustavo Scarpa e Wesley (10), Weverton, Patrick de Paula, Danilo e Gabriel Menino (9); Mayke, Renan e Matías Viña (8); Luan, Victor Luis, Felipe Melo, Zé Rafael, Rony, Rafael Elias e Willian (7); Vinicius Silvestre, Gustavo Gómez, Alan Empereur, Raphael Veiga e Breno Lopes (6); Marcos Rocha, Danilo Barbosa, Gabriel Silva e Luiz Adriano (5)
– Mais jogos na temporada 2020: Weverton (70); Willian (69); Zé Rafael (64); Gabriel Menino (61); Gustavo Gómez (58); Raphael Veiga (57); Luiz Adriano e Lucas Lima (56)

GOLS
– Mais gols no geral: Willian (57); Raphael Veiga (29); Luiz Adriano (28); Gustavo Scarpa (24); Gustavo Gómez (15); Rony (14); Lucas Lima (13); Felipe Melo e Zé Rafael (12); Gabriel Veron (11)
– Mais gols na temporada 2021: Raphael Veiga (4); Rony (3); Danilo e Lucas Lima (2); Gustavo Gómez, Renan, Danilo Barbosa, Patrick de Paula, Gustavo Scarpa, Willian, Breno Lopes, Rafael Elias, Gabriel Silva e Newton (1)
– Mais gols na temporada 2020: Luiz Adriano (20); Raphael Veiga e Willian (18); Rony (11); Gabriel Veron (9); Gustavo Gómez (6); Zé Rafael, Wesley e Patrick de Paula (5); Gabriel Menino e Gustavo Scarpa (4); Viña, Breno Lopes, Lucas Lima (3); Marcos Rocha e Dudu (2); Ramires, Felipe Melo, Danilo e Emerson Santos (1)
– Último hat-trick: Luiz Adriano (10/03/2020 – Palmeiras 3×1 Guaraní-PAR – Allianz Parque, em São Paulo-SP – Libertadores)

ASSISTÊNCIAS
– Mais assistências no geral: Willian (25); Lucas Lima (21); Marcos Rocha e Gustavo Scarpa (20); Zé Rafael (13)
– Mais assistências na temporada 2021: Gustavo Scarpa (3); Willian e Raphael Veiga (2); Renan, Victor Luis, Danilo, Felipe Melo, Patrick de Paula, Lucas Lima, Zé Rafael, Rony e Wesley (1)
– Mais assistências na temporada 2020: Gabriel Menino (10); Rony (9); Viña e Gustavo Scarpa (8); Willian e Zé Rafael (7); Wesley e Marcos Rocha (6); Gabriel Veron e Lucas Lima (5); Raphael Veiga (4); Luiz Adriano e Dudu (3); Danilo e Patrick de Paula (2), Gustavo Gómez, Gabriel Silva, Felipe Melo, Mayke e Bruno Henrique (1)

CAPITÃO
– Mais vezes capitão do time na temporada 2021: Felipe Melo (5); Gustavo Gómez (4); Weverton (2); Willian, Lucas Lima e Gustavo Scarpa (1)
– Mais vezes capitão do time na temporada 2020:
Felipe Melo (36); Gustavo Gómez (20); Weverton e Willian (8)

BOLAS PARADAS
– Último gol de falta: Gustavo Scarpa (07/04/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Estádio Norberto Tomaghello, na Argentina – CONMEBOL Recopa)
– Último gol de pênalti em tempo regulamentar: Raphael Veiga (14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – CONMEBOL Recopa)
– Último gol de pênalti em disputa de penais: Rony, (14/04/2021 – Palmeiras 1 (3)×(4) 2 Defensa y Justicia-ARG – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – CONMEBOL Recopa)
– Última defesa de pênalti em tempo regulamentar: Weverton (02/11/2019 – Palmeiras 1×0 Ceará – Allianz Parque, em São Paulo-SP – Campeonato Brasileiro)
– Última defesa de pênalti em disputa de penais: Weverton (11/04/2021 – Palmeiras 2 (5)x(6) 2 Flamengo – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – Supercopa do Brasil)

INFORMAÇÕES DO ELENCO

GOLEIROS

42. JAILSON
39 anos | 1,87m

> 86 jogos (78 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 17/01/2015 – Palmeiras 3×1 Shandong Luneng-CHI – Amistoso
Último jogo: 26/01/2021 – Palmeiras 1×1 Vasco – Brasileiro
Último como titular: 26/01/2021 – Palmeiras 1×1 Vasco – Brasileiro

> Atleta há mais tempo no elenco profissional (desde 2014) e com mais títulos (Copa do Brasil de 2015 e 2020, Brasileiros de 2016 e de 2018, Paulista 2020 e Libertadores 2020).

> Campeão Brasileiro de 2016 sem perder nenhuma vez em 19 partidas e ainda levando a Bola de Prata.

> Segundo colocado no ranking de palmeirenses com as maiores invencibilidades no Brasileirão em todos os tempos: 27 duelos consecutivos sem perder, superando craques como Ademir da Guia e Leão, com 26, e atrás apenas de Edu Bala, com 34.

> Invicto na CONMEBOL Libertadores: seis jogos, cinco vitórias, um empate e apenas dois gols sofridos.

1. VINICIUS SILVESTRE
27 anos | 1,95m

> 9 jogos (8 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 29/10/2016 – Santos 1×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista

> Atuou em seis das nove partidas do Campeonato Paulista desta temporada: cinco como titular e uma entrando ao longo do jogo após expulsão de Weverton.

> Jogador do atual elenco com mais tempo de casa, está no clube desde 2006 e subiu para o elenco profissional no fim de 2013. Recentemente, renovou o seu contrato até o fim de 2024.

> Após ganhar experiência em empréstimos para Ponte Preta (2018) e CRB (2019), voltou ao Palmeiras na temporada 2020.

O goleiro Vinicius foi titular em cinco oportunidades na temporada (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

21. WEVERTON
33 anos | 1,86m

> 168 jogos (168 como titular) pelo Palmeiras
> 9 jogos (9 como titular) na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 11/03/2018 – Ituano 0x3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista

> Top 10 de goleiros que mais venceram pelo Palmeiras. Com a vitória sobre o Independiente del Valle-EQU, pela Libertadores, o camisa 21 chegou a 92 triunfos e se isolou na décima colocação da lista, superando Nascimento, com 91.

> 10º goleiro que mais jogou pelo Verdão em todos os tempos – o ranking é encabeçado por Emerson Leão, com 621 jogos, seguido por Marcos (533), Valdir de Morais (480), Velloso (458), Oberdan (353), Sérgio (333), Gilmar (290), Fernando Prass (274) e Primo (185).

> 8º goleiro que mais jogou no Estádio Palestra Italia/Allianz Parque em todos os tempos: 69 partidas – o ranking é encabeçado por Marcos, com 212 jogos, seguido por Velloso (154), Emerson Leão (137), Sérgio (131), Primo (90), Fernando Prass (86) e Jurandyr (74).

> Terceira menor média de gols sofridos na história do Palmeiras: 0,66 gol por partida (112 vezes em 168 jogos), atrás só do paraguaio Benítez, com 0,54 (13 gols sofridos em 24 jogos em 1978), e do também paraguaio Gato Fernández, com 0,62 (22 gols em 35 jogos em 1994). São considerados somente goleiros com ao menos dez jogos disputados pelo clube.

> Terceiro colocado no ranking de mais jogos sem sofrer gol neste século: 85, atrás apenas de Marcos (107) e Fernando Prass (101).

> Recordista do século de mais jogos sem sofrer gol na mesma temporada: 35 em 2020.

> Primeiro goleiro desde Velloso (entre 1995 e 1997) a fechar três temporadas seguidas sem sofrer gols por 20 jogos ou mais (21 em 2018, 26 em 2019 e 35 em 2020).

> Segunda maior sequência de jogos sem sofrer gol na história do clube: nove em 2018, atrás apenas de Zetti, com 12 jogos em 1987.

> 2º com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 22, atrás apenas de Marcos (27).

> 6º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 31, ao lado de Willian e atrás de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Atleta com mais jogos (70) e minutos (6362) em campo na temporada 2020. Atuou em todas as partidas do título da Libertadores.

> Eleito para as seleções da Libertadores, do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil em 2020, além de conquistar sua segunda Bola de Prata (venceu também em 2018).

ZAGUEIROS

> Luan e Gustavo Gómez: 67 jogos, com 40 vitórias, 19 empates, oito derrotas e 36 gols sofridos.
> Gustavo Gómez e Empereur: quatro jogos, com duas vitórias, duas derrotas e quatro gols sofridos.
> Luan e Empereur: três jogos, com uma vitória, dois empates e três gols sofridos.
> Empereur e Renan: dois jogos (ambos na temporada atual), com duas vitórias e nenhum gol sofrido.
> Kuscevic e Gustavo Gómez: dois jogos, com duas vitórias e nenhum gol sofrido.
> Luan e Kuscevic: dois jogos, com uma vitória, uma derrota e dois gols sofridos.
> Gustavo Gómez e Renan: dois jogos, com um empate, uma derrota e dois gols sofridos.
> Kuscevic e Empereur: dois jogos, com um empate, uma derrota e dois gols sofridos.
> Luan e Renan: um jogo, com um empate e dois gols sofridos
> Kuscevic e Renan: um jogo, com uma derrota e dois gols sofridos
> Henri e Empereur: um jogo, com uma derrota e dois gols sofridos
> Danilo Barbosa, Kuscevic e Empereur:
um jogo, com uma derrota e um gol sofrido
> Kuscevic, Renan e Vanderlan: um jogo, com um empate e nenhum gol sofrido
> Luan, Gustavo Gómez e Empereur: um jogo, com uma vitória e dois gols sofridos
> Danilo Barbosa, Henri e Renan: um jogo, com uma vitória e um gol sofrido
> Luan, Gustavo Gómez e Renan: um jogo, com uma vitória e nenhum gol sofrido
> Mayke, Danilo Barbosa e Matías Viña: um jogo, com uma derrota e um gol sofrido

33. ALAN EMPEREUR
27 anos | 1,86m

> 23 jogos (15 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 5 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (1 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 11/11/2020 – Palmeiras 3×0 Ceará – Copa do Brasil
Último jogo:25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular:25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Titular no jogo de ida da semifinal da Libertadores 2020 e entrou nos minutos finais da decisão contra o Santos, em sua primeira partida da carreira no Maracanã.

> Titular no jogo final da Copa do Brasil 2020 contra o Grêmio.

4. BENJAMÍN KUSCEVIC
24 anos | 1,85m

> 14 jogos (10 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 05/12/2020 – Santos 2×2 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista

> Em dezembro de 2020, na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, formou com Gómez a primeira dupla de zaga estrangeira da história do Allianz Parque – a última havia sido formada pelo argentino Tobio e pelo uruguaio Victorino, em setembro de 2014, no Pacaembu.

15. GUSTAVO GÓMEZ
27 anos | 1,85m

> 123 jogos (120 como titular), 14 gols e 1 assistência pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 12/08/2018 – Palmeiras 1×0 Vasco – Brasileiro
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 24/03/2021 – São Bento 1×1 Palmeiras – Paulista

> O zagueiro paraguaio nunca passou uma temporada em branco desde que chegou ao Palmeiras: balançou as redes uma vez em 2021, seis vezes em 2020, cinco em 2019 e três em 2018.

> Autor do gol da vitória por 1 a 0 no jogo de ida da final da Copa do Brasil 2020, foi um dos três palmeirenses a balançar as redes em todas as competições regulares da temporada passada – os outros foram Raphael Veiga e Luiz Adriano.

> 9º colocado na lista de maiores zagueiros artilheiros da história do Palmeiras com 15 gols – o ranking é encabeçado por Luis Pereira, com 36, seguido por Loschiavo (33), Vágner Bacharel (22), Cleber (21), Bianco Gambini (20), Daniel (18), Júnior Baiano e Roque Júnior (16).

> Está a uma bola na rede do top 5 de estrangeiros com mais gols pelo Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileirão: é o sexto com seis tentos (ao lado compatriota Lucas Barrios, do colombiano Mina e do venezuelano Guerra), um a menos do que o atacante argentino Gioino, com sete – completam a lista o também argentino Cristaldo (nove); o colombiano Borja (dez); mais um argentino, Barcos (14); e o chileno Valdivia (15).

> Jogador de linha com mais minutos em campo na temporada de 2020 (4832) e único jogador de linha presente em todos os jogos da Libertadores 2020.

> Segundo que mais vestiu a braçadeira de capitão na temporada 2020: 20 vezes (incluindo a final da Libertadores), atrás só de Felipe Melo, com 36.

> Vencedor das Bolas de Prata de 2019 e 2020 e eleito para a seleção ideal da Libertadores 2020.

> Em 2019, Luan e Gómez atingiram a expressiva marca de 1081 minutos consecutivos sem sofrer gols (sem considerar os acréscimos), segunda maior sequência de uma dupla de zagueiros na história do Palmeiras – o recorde ainda pertence a Marcio e Vágner Bacharel, que, em 1987, ficaram sem levar gols por 1148 minutos. Um ano antes, durante a campanha do decacampeonato brasileiro de 2018, eles já haviam contribuído para estabelecer o recorde palmeirense de menos gols sofridos na história do Brasileirão de pontos corridos: apenas 26 tentos (a marca anterior era de 32, na caminhada do título de 2016).

> Oitavo estrangeiro que mais atuou pelo Palmeiras em todos os tempos – o ranking é encabeçado pelo também paraguaio Arce e pelo chileno Valdivia, ambos com 241 jogos, seguidos pelo colombiano Muñoz (140), pelo uruguaio Villadoniga e o português Arouca (ambos com 138), o argentino Echevarrieta (128) e outro argentino, Luiz Villa (127).

Com 15 gols pelo clube, Gustavo Gómez nunca passou uma temporada em branco desde que chegou ao Verdão (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

44. HENRI
19 anos | 1,87m

> 2 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não atuou pela Libertadores 2021
Estreia: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Convocado para partidas da equipe profissional após recuperar-se de uma lesão no joelho sofrida ainda no primeiro semestre de 2020, foi titular nas partidas contra Guarani e Mirassol, ambas pelo Campeonato Paulista.

> Capitão do Palmeiras no Sub-15, no Sub-17 e no Sub-20, foi titular e capitão da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

> No clube desde 2015, foi bicampeão do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Verdão em 2018 e 2019, entre outros títulos.

13. LUAN
27 anos | 1,89m

> 137 jogos (119 como titular), 5 gols e 1 assistência pelo Palmeiras
> 7 jogos (6 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 18/06/2017 – Bahia 2×4 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/01/2019 – São Caetano 0×2 Palmeiras – Paulista

> Titular em cinco das oito partidas que disputou na Libertadores 2020, inclusive na final diante do Santos.

> Em 2019, Luan e Gómez atingiram a expressiva marca de 1081 minutos consecutivos sem sofrer gols (sem considerar os acréscimos), segunda maior sequência de uma dupla de zagueiros na história do Palmeiras – o recorde ainda pertence a Marcio e Vágner Bacharel, que, em 1987, ficaram sem levar gols por 1148 minutos. Um ano antes, durante a campanha do decacampeonato brasileiro de 2018, eles já haviam contribuído para estabelecer o recorde palmeirense de menos gols sofridos na história do Brasileirão de pontos corridos: apenas 26 tentos (a marca anterior era de 32, na caminhada do título de 2016).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras defendendo o clube do início ao fim das competições – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

66. MICHEL
17 anos | 1,88m | Atleta do Sub-20

> 0 jogo pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021

> No Verdão desde 2019, mesmo com idade Sub-16 na época, participou das conquistas da Copa do Brasil Sub-17 e da Supercopa do Brasil Sub-17 daquele ano.

> Em 2020, foi um dos titulares da zaga do Sub-17 ao lado de Jhow e Ruan Santos, com 12 partidas e um gol pela categoria. O time teve uma das melhores campanhas da primeira fase do Brasileiro Sub-17 e chegou à semifinal da Copa do Brasil Sub-17.

> Também atuou pelo Sub-20 no ano passado e foi importantíssimo na conquista do tetracampeonato paulista da categoria, já que anotou o gol do empate alviverde na final contra o Corinthians (1 a 1) em bela cabeçada. Mais tarde, o duelo terminou com vitória palestrina nas penalidades. No total, foram 10 partidas e um tento marcado pelo Sub-20.

> Fã de Felipe Melo, foi relacionado pela primeira vez para o Profissional contra o Mirassol, na oitava rodada do Paulista.

3. RENAN
18 anos | 1,84m

> 19 jogos (17 como titular), 1 assistência e 1 gol pelo Palmeiras
> 8 jogos (7 como titular), 1 assistência e 1 gol na temporada 2021
> 6 jogos (6 como titular) e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 2 jogos (1 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 14/10/2020 – Palmeiras 1×3 Coritiba – Brasileiro
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Líder em desarmes na temporada: 19, à frente de Danilo, com 14, e Lucas Esteves, com 12.

> Líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 22, seguido por Danilo, com 20.

> Terceiro palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Universitario-PER, pela fase de grupos de 2021 (seu primeiro como profissional), aos 18 anos, 11 meses e 2 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016.

> Chegou ao Verdão em 2015, aos 13 anos de idade, e desde o início de 2019 começou a jogar também como lateral-esquerdo pelo Sub-17. Na base, conquistou importantes troféus, entre eles o bicampeonato do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Palmeiras, em 2018 e 2019, e a Copa do Mundo Sub-17 em 2019 pelo Brasil.

> Em 2020, sua temporada de transição ao time principal, teve participação direta no título da Libertadores, com um jogo disputado, e da Copa do Brasil, com duas partidas. Efetivado no plantel profissional em 2021.

LATERAIS

Garcia fez seu primeiro jogo pelo time profissional no clássico com o Corinthians, válido pela 2ª rodada do Paulista (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

32. GUSTAVO GARCIA
19 anos | 1,75m | Atleta do Sub-20

> 6 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (3 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Campeão do mundo com a Seleção Brasileira Sub-17 em 2019 e bicampeão mundial pelo Palmeiras Sub-17 em 2018 e 2019, entre outros títulos.

> Desde 2014 no clube, fez parte do intercâmbio com o futsal, pelo qual foi campeão metropolitano e estadual Sub-14 em 2016, este último em final contra o Corinthians.

> Em 2017, na final do Campeonato Paulista Sub-15 contra o São Paulo, no Allianz Parque, fez um gol do meio de campo e garantiu a taça para o Verdão.

2. MARCOS ROCHA
32 anos | 1,76m

> 149 jogos (143 como titular), 6 gols e 21 assistências pelo Palmeiras
> 5 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 18/01/2018 – Grêmio Novorizontino 0x3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 29/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André – Paulista

> Está a apenas uma partida de completar 150 jogos com a camisa do Palmeiras. O camisa 2 é o quinto atleta do atual elenco com mais duelos pelo clube, atrás apenas de Weverton (168), Lucas Lima (166), Felipe Melo (188) e Willian (225).

> Vice-líder em assistências na história do Allianz Parque: 13, seguido de Willian e Lucas Lima (11) e atrás só de Dudu (35).

> Terceiro colocado em assistências do atual elenco: 21, atrás de Lucas Lima (22) e Willian (25).

> Terceiro colocado em passes para finalizações na temporada 2020: 69, atrás de Gabriel Menino (73) e Lucas Lima (81).

> Líder em desarmes na temporada 2020: 130, seguido de Zé Rafael e Viña (ambos com 114). Em 2019, fechou o Campeonato Brasileiro como o atleta com mais desarmes, com 103, à frente de Gregore, do Bahia, com 102.

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Gustavo Gómez, Matías Viña, Zé Rafael e Luiz Adriano.

> Em toda a história da Libertadores, desde 1960, Marcos Rocha é o jogador brasileiro que mais disputou o torneio em sequência, com nove participações consecutivas entre 2013 (quando atuava pelo Atlético-MG) e 2021. No geral de participações, o camisa 2 do Verdão fica atrás apenas de Danilo (Corinthians e São Paulo) e Jean (Palmeiras, Fluminense e São Paulo), ambos com 10.

12. MAYKE
28 anos | 1,79m

> 128 jogos (97 como titular), 2 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 5 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 27/05/2017 – São Paulo 2×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 30/05/2019 – Palmeiras 2×0 Sampaio Corrêa – Copa do Brasil

> Polivalente, atuou como zagueiro na partida contra a Inter de Limeira, em abril, pelo Paulista. Na temporada 2020, jogou algumas vezes como lateral-esquerdo (sendo titular no jogo de ida contra o Delfin-EQU, pelas oitavas da Libertadores) e como atacante pelo lado direito (inclusive nas duas partidas finais da Copa do Brasil, entrando no segundo tempo).

> Bola de Prata 2018: esteve presente em 20 jogos na campanha do decacampeonato brasileiro, sendo 14 como titular.

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, o lateral Marcos Rocha, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

6. LUCAS ESTEVES
20 anos | 1,71m

> 23 jogos (14 como titular) pelo Palmeiras
> 10 jogos (7 como titular) na temporada 2021
> 8 jogos (7 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 20/03/2019 – Palmeiras 1×0 Ponte Preta – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista

> Terceiro colocado em desarmes na temporada: 12 roubos de bola, atrás apenas de Danilo, com 14, e Renan, com 19.

> Presente em 15 dos 22 jogos mais recentes e titular nos quatro primeiros duelos da temporada – o último deles, ocupando o lado esquerdo do ataque, posição em que também foi utilizado ao longo de 2020.

> No Palmeiras desde 2014, quando passou a integrar o elenco Sub-15, treinou com elenco Profissional em boa parte de 2019 e subiu definitivamente em 2020. Na base, conquistou quatro taças nacionais, inclusive uma, a Copa do Brasil Sub-17 de 2017, convertendo a última cobrança de pênalti na decisão da diante do Corinthians, no Pacaembu.

17. MATÍAS VIÑA
23 anos | 1,80m

> 58 jogos (57 como titular), 3 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (8 como titular) na temporada 2021
> 5 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 16/02/2020 – Palmeiras 3×1 Mirassol – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 22/02/2021 – Palmeiras 1×1 Atlético-GO – Brasileiro

> Atleta com mais minutos em campo pelo clube em 2021: 1.805, seguido por Luan, com 1.678 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Terceiro colocado em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 16, atrás apenas de Danilo, com 20, e Renan, com 22.

> Vice-líder em desarmes na temporada 2020: 114, ao lado de Zé Rafael e atrás apenas de Marcos Rocha, com 130.

> Terceiro colocado em assistências na temporada 2020: oito, ao lado de Gustavo Scarpa e atrás apenas de Rony (nove) e Gabriel Menino (dez)

> Jogador de linha com mais minutos em campo na Libertadores 2020 (1132), foi eleito pela Conmebol para a seleção da competição.

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Zé Rafael e Luiz Adriano.

> 20º uruguaio da história do Palmeiras e quarto que mais atuou, atrás apenas de Héctor Silva (80), Villadoniga (138) e Diogo (146).

46. VANDERLAN
18 anos | 1,83m | Atleta do Sub-20

> 3 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 1 jogo (1 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 26/01/2021 – Palmeiras 1×1 Vasco – Brasileiro
Último jogo: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista

> Treinando com o elenco profissional desde o final de 2020, foi convocado em dez oportunidades na temporada passada, entrando em campo em duas. Em 2021, ficou no banco nas quatro primeiras partidas da temporada.

> Polivalente, pode atuar tanto como lateral-esquerdo quanto como zagueiro ou aberto pelo lado esquerdo da linha ofensiva.

> Desde sua chegada ao clube para o Sub-15, em 2017, conquistou diversos títulos, entre eles o Mundial de Clubes Sub-17 em 2019.

O lateral-esquerdo Victor Luis começou no Sub-11 do Palmeiras em 2006 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

26. VICTOR LUIS
27 anos | 1,79m

> 121 jogos (99 como titular), 3 assistências e 3 gols pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 09/03/2014 – Paulista 1×3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 03/11/2018 – Palmeiras 3×2 Santos – Brasileiro

> Foi titular em todas as dez partidas de Libertadores que disputou pelo Palmeiras (quatro em 2018, quatro em 2019 e duas em 2021) e tem 100% de aproveitamento, com dez vitórias e apenas quatro gols sofridos. Na vitória por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, na última terça-feira (27), deu assistência para Rony anotar um dos gols da partida.

> Torcedor do Palmeiras desde a infância, começou no Sub-11 do clube em 2006, subiu em 2014, foi emprestado nos anos seguintes para o Ceará e o Botafogo para adquirir experiência e retornou em 2018.

> Na campanha do decacampeonato brasileiro, entrou em campo 22 vezes e marcou um gol, o da vitória sobre o Santos por 3 a 2 na reta final da competição.

> Emprestado ao Botafogo novamente em 2020, iniciou em 2021 mais uma temporada com a camisa alviverde.

MEIO-CAMPISTAS

40. ALAN
21 anos | 1,61m

> 2 jogos (0 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0×0 Atlético Nacional-COL – Florida Cup
Último jogo: 18/01/2020 – Palmeiras 2×1 NY City-EUA – Florida Cup

> Chegou ao clube em 2013 para jogar futsal e depois migrou para o campo, onde conquistou a Copa do Brasil Sub-17 (2017), a Copa do Brasil Sub-20 (2019) e o Campeonato Brasileiro Sub-20 (2018), entre outros troféus.

> Acumula convocações para as categorias Sub-15, Sub-17 e Sub-20 da Seleção Brasileira e conquistou o Campeonato Sul-Americano Sub-15 de 2015, sendo eleito o melhor jogador da final, e o Sul-Americano Sub-17 de 2017 marcando três gols contra o Chile no duelo decisivo.

> Emprestado ao Guarani em 2020, sofreu grave lesão no joelho e iniciou a temporada de 2021 em tratamento.

28. DANILO
20 anos | 1,77m

> 45 jogos (26 como titular), 3 gols e 3 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (7 como titular), 2 gol e 1 assistência na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia:06/09/2020 – Red Bull Bragantino 1×2 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo:27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Vice-líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 20, atrás apenas de Renan, com 22.

> Vice-líder em desarmes nesta temporada: 14, atrás apenas de Renan, com 19.

> Terceiro artilheiro do Palmeiras na temporada com dois gols, ao lado de Lucas Lima e atrás apenas de Rony, com três, e Raphael Veiga, com quatro.

> Quarto colocado em participação em gol na temporada, com três (dois gols e uma assistência), ao lado de Lucas Lima (dois gols e uma assistência) e Willian (um gol e duas assistências) e atrás apenas de Gustavo Scarpa (um gol e três assistências) e Rony (três gols e uma assistência), com quatro, e Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

> Quarto palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Delfín-EQU, em 2020, aos 19 anos, 7 meses e 13 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, também em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016, e Renan o terceiro ao marcar contra o Universitario-PER, pela fase de grupos de 2021, aos 18 anos, 11 meses e 2 dias.

> Chegou ao Palmeiras em 2018, foi titular na Copa São Paulo de 2020 e, no início do segundo semestre daquele ano, chamou a atenção da comissão técnica durante os treinos do Sub-20 na Academia de Futebol. Promovido ao Profissional desde então, foi titular na final da Libertadores.

18. DANILO BARBOSA
25 anos | 1,83m

> 5 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Palmeiras
> 5 jogos (3 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (0 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 16/04/2021 – Palmeiras 0x1 São Paulo – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Primeira (e até agora única) contratação do Verdão para a temporada 2021, também pode atuar como zagueiro, função que desempenhou nas três partidas em que iniciou como titular: São Paulo, Guarani e Inter de Limeira, todas pelo Paulista.

> Revelado pelo Vasco, transferiu-se para a Europa aos 18 anos e foi comandado por Abel Ferreira no Sporting Braga-POR na temporada 2017-18, quando atuou em 46 partidas e anotou quatro gols. Em seguida, foi adquirido pelo Nice-FRA antes de chegar ao Maior Campeão do Brasil.

> Convocado em todas as categorias de base da Seleção Brasileira, foi campeão sul-americano Sub-15 em 2011 e vice-campeão mundial Sub-20 em 2015 (sendo capitão e eleito o segundo melhor jogador do torneio).

45. FABINHO
18 anos | 1,78m | Atleta do Sub-20

> 6 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Estreou pelo time profissional logo no primeiro jogo em que foi convocado, contra o Corinthians, no pontapé inicial desta temporada.

> Chegou ao clube em 2015 e participou do programa de intercâmbio com o futsal, pelo qual foi campeão metropolitano e estadual Sub-14 em 2016, este último em final contra o Corinthians.

> Acumula diversas conquistas pelo Verdão, entre elas o bicampeonato mundial de clubes Sub-17 em 2018 e 2019 e os Paulistas Sub-15 (2017), Sub-17 (2018) e Sub-20 (2020).

30. FELIPE MELO
37 anos | 1,84m

> 188 jogos (175 como titular), 12 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 21/01/2017 – Chapecoense 1×1 Palmeiras – Amistoso
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 29/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André – Paulista

O meio-campista Felipe Melo está no clube desde 2017 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

> Vice-líder do elenco em jogos, atrás só de Willian (225), e vice-líder em vitórias (113), também só atrás de Willian (120).

> 7º colocado na lista dos jogadores com mais vitórias pelo Palmeiras neste século: 113, atrás apenas de Márcio Araújo (118), Willian (120), Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

> 7º colocado na lista dos jogadores com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 20, ao lado de Alex e Ademir da Guia e atrás apenas de Weverton, Willian e Dudu (21) e Marcos (27).

> 10º colocado na lista dos jogadores com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 28, atrás de Dudu (volante) e Ademir da Guia (ambos com 29), César Sampaio (30), Weverton (31), Willian (32), Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Quarto colocado na lista dos que mais atuaram no Allianz Parque: 83 jogos, atrás só de Fernando Prass (86), Willian (92) e Dudu (127).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

25. GABRIEL MENINO
20 anos | 1,76m

> 70 jogos (56 como titular), 4 gols e 10 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (6 como titular) na temporada de 2021
> 7 jogos (6 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 07/03/2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio – Copa do Brasil

> Cria da Academia que mais entrou em campo na temporada 2020: 61 jogos, seguido por Patrick de Paula (52).

> Líder em assistências na temporada 2020: dez, seguido por Rony (nove).

> Na temporada 2020, foi ainda vice-líder em assistências para finalização, vice-líder em interceptações de jogadas do adversário, terceiro em dribles e quarto em desarmes.

> Polivalente, atua como lateral-direito (posição na qual foi convocado duas vezes para a Seleção Brasileira) e na linha ofensiva pelo lado direito (como no caso da final da Libertadores 2020).

> Quinto palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Bolívar-BOL, pela fase de grupos de 2020, aos 19 anos, 11 meses e 16 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, também em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016, Renan é o terceiro com o tento anotado aos 18 anos, 11 meses e 2 dias contra o Universitario-PER, em 2021, e Danilo é o quarto ao marcar contra o Delfín-EQU, em 2020, aos 19 anos, 7 meses e 13 dias.

> Eleito para a seleção ideal da Libertadores 2020 pela CONMEBOL.

> No clube desde 2017, faturou o Campeonato Brasileiro Sub-20 (2018), a Copa do Brasil Sub-17 (2017) e três títulos paulistas seguidos (2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo profissional) no clube.

14. GUSTAVO SCARPA
27 anos | 1,76m

> 128 jogos (70 como titular), 24 gols e 20 assistências pelo Palmeiras
> 10 jogos (6 como titular), 1 gol e 3 assistências na temporada 2021
> 7 jogos (6 como titular) e 2 assistências pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 29/10/2020 – Red Bull Bragantino 1×3 Palmeiras – Copa do Brasil
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 07/04/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – CONMEBOL Recopa

> O camisa 14 do Verdão é o jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 25 no total, seguido por Gabriel Menino, com 22, e Danilo, com 21 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Líder em assistências nesta temporada, com três, foi o vice-líder no quesito em 2019 (sete) e o terceiro em 2020 (oito).

> Vice-líder em participação em gol na temporada, com quatro (um gol e três assistências), ao lado de Rony (três gols e uma assistência) e atrás apenas de Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

> Vice-líder em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Rony, Wesley e Patrick de Paula e atrás apenas de Raphael Veiga, com dez.

> Marcou mais um gol de falta com a camisa do Palmeiras na vitória por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia-ARG, na Argentina, pela CONMEBOL Recopa. O último tento de falta do Verdão havia sido anotado justamente pelo camisa 14, no dia 14 de fevereiro deste ano, no triunfo por 3 a 0 sobre o Fortaleza, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

> Polivalente, revezou-se em diversas posições durante a temporada passada: meia-armador, lateral-esquerdo e atacante pelos dois lados.

> Terceiro maior garçom do elenco: 20 assistências, ao lado de Marcos Rocha e atrás apenas de Lucas Lima (21) e Willian (25).

> Quarto maior artilheiro do elenco: 24 gols, atrás só de Raphael Veiga (29), Luiz Adriano (28) e Willian (57) – em 2019, foi o goleador do time, ao lado de Dudu, com 13.

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

Em processo de transição física, Lucas Lima participou do aquecimento e do treino técnico junto ao elenco no sábado (01) (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

20. LUCAS LIMA
30 anos | 1,75m

> 166 jogos (115 como titular), 13 gols e 22 assistências pelo Palmeiras
> 3 jogos (3 como titular), 2 gols e 1 assistência na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular), 2 gols e 1 assistência pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 18/01/2018 – Palmeiras 3×1 Santo André – Paulista
Último jogo: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista
Último como titular: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista
Último gol: 11/03/2021 – Palmeiras 3×0 São Caetano – Paulista

> Terceiro artilheiro do Palmeiras na temporada com dois gols, ao lado de Danilo e atrás apenas de Rony (3) e Raphael Veiga (4), marcou contra Corinthians (o primeiro do time em 2021) e São Caetano.

> Curiosamente, ele também foi o autor do primeiro gol do time na temporada 2020, contra o New York City-EUA, pela Florida Cup, da qual o Verdão se sagrou campeão.

> Quarto colocado em participação em gol na temporada, com três (dois gols e uma assistência), ao lado de Danilo (dois gols e uma assistência) e Willian (um gol e duas assistências) e atrás apenas de Gustavo Scarpa (um gol e três assistências) e Rony (três gols e uma assistência), com quatro, e Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

Líder em assistências para finalização na temporada 2020: 81, seguido por Gabriel Menino (73).

> Segundo maior garçom do elenco (21 assistências contra 25 de Willian) e terceiro com mais jogos (atrás só de Willian e Felipe Melo).

> Terceiro colocado na lista dos maiores garçons do Allianz Parque: 11 assistências, ao lado de Willian e atrás de Marcos Rocha (13) e Dudu (35).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

5. PATRICK DE PAULA
21 anos | 1,80m

> 61 jogos (43 como titular), 6 gols e 3 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (6 como titular), 1 gol e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 1 gol e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia:15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo:
29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Vice-líder em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Rony, Wesley e Gustavo Scarpa e atrás apenas de Raphael Veiga, com dez.

> Terceiro colocado em interceptação de jogadas adversárias e quinto em desarmes na temporada 2020.

> Jogador de linha com mais tempo em campo no Brasileirão 2020 como: 1897 minutos, seguido de Gabriel Menino (1937).

> Captado para a base do Palmeiras em 2017, foi campeão brasileiro Sub-20 em 2018, faturou a Copa do Brasil Sub-20 em 2019 e, assim como Gabriel Veron, Gabriel Silva e Wesley, enfileirou quatro títulos paulistas seguidos pelo clube: 2017, 2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo Profissional.

> Responsável pela quinta e decisiva cobrança do Verdão na disputa de pênaltis na final do Paulista 2020 contra o rival Corinthians.

65. PEDRO BICALHO
20 anos | 1,78m | Atleta do Sub-20

> 1 jogo (1 como titular) pelo Palmeiras
> 1 jogo (1 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Reforço para o Sub-20 adquirido do Cruzeiro no final do ano passado, não pôde atuar em competições nacionais de base naquela temporada por já ter jogado pelo clube mineiro.

> Um dos principais nomes do Palmeiras na conquista do tetracampeonato paulista Sub-20 em 2020. Capitão do time no título vencido contra o Corinthians, foi o responsável por levantar a taça em plena casa do adversário.

> Ainda em 2020, foi relacionado para três jogos do time profissional, todos pelo Brasileirão (contra Ceará, Botafogo e Atlético-MG). Nesta temporada, foi convocado para as partidas contra Guarani e Mirassol, sendo titular pela primeira vez na última delas.

23. RAPHAEL VEIGA
25 anos | 1,78m

> 116 jogos (68 como titular), 29 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular), 4 gols e 2 assistências na temporada 2021
> 1 jogo (0 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 1 gol e 2 assistências pela Libertadores 2021
Estreia: 21/01/2017 – Chapecoense 2×2 Palmeiras – Amistoso
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Segundo maior artilheiro do elenco no geral: 29 gols, atrás apenas de Willian (57).

> Com o gol marcado contra o Universitario-PER, pela Libertadores, entrou para o top 100 de artilheiros da história do Verdão, ao lado de Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas e Magrão.

> O camisa 23 está só a três gols de atingir outra marca expressiva: entrar para o top 10 dos palmeirenses com mais gols neste século. Para isso, precisa chegar aos mesmos 32 tentos de Pedrinho, décimo colocado da lista.

> Artilheiro do time nesta temporada com quatro bolas na rede, à frente de Rony (3) e Lucas Lima e Danilo (2).

> Líder em participação em gol nesta temporada, com seis (quatro gols e duas assistências), seguido por Gustavo Scarpa (um gol e três assistências) e Rony (três gols e uma assistência), com quatro.

> Líder em assistências para finalização nesta temporada: dez, seguido por Rony, Wesley, Gustavo Scarpa e Patrick de Paula.

> Vice-líder em finalizações certas a gol nesta temporada: sete chutes no alvo, atrás apenas de Rony, com oito.

> Vice-artilheiro do Palmeiras na temporada 2020: 18 gols, ao lado de Willian e atrás apenas de Luiz Adriano (20).

> Titular nas finais da Libertadores e da Copa do Brasil, foi um dos três palmeirenses a fazer gols em todas as competições regulares disputadas em 2020, ao lado de Luiz Adriano e Gustavo Gómez.

> Artilheiro do time no Brasileirão 2020: 11 gols, seguido por Luiz Adriano (10).

> Artilheiro (quatro gols) e o garçom (duas assistências, uma em cada partida das finais) do Palmeiras na Copa do Brasil 2020. Eleito pela CBF o craque da competição.

> Único jogador presente em todas as partidas do time na Copa do Brasil 2020.

> Quarto maior artilheiro do Allianz Parque com 15 gols, atrás apenas de Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

8. ZÉ RAFAEL
27 anos | 1,75m

> 110 jogos (84 como titular), 12 gols e 13 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 4 jogos (3 como titular) e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 23/01/2019 – Palmeiras 1×0 Botafogo-SP – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 25/11/2020 – Delfín-EQU 1×3 Palmeiras – Libertadores

> Quinto colocado na lista de maiores garçons do elenco no geral: 13 assistências, atrás apenas de Gustavo Scarpa e Marcos Rocha (20), Lucas Lima (21) e Willian (25) – no Brasileirão 2019, foi o vice-líder do time com cinco passes a gol, atrás apenas de Dudu, com 11.

> Quinto colocado na lista de maiores garçons da temporada 2020: sete assistências, ao lado de Willian e atrás apenas de Matías Viña e Gustavo Scarpa (ambos com oito), Rony (nove) e Gabriel Menino (dez).

> Garçom do time na Copa do Brasil 2020: duas assistências, ao lado de Raphael Veiga.

> Líder em dribles na temporada 2020: 43 fintas completas, seguido por Rony (33).

> Vice-líder em desarmes na temporada 2020: 114 roubos de bola, ao lado de Matías Viña e atrás apenas de Marcos Rocha (130).

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Matías Viña e Luiz Adriano. 

ATACANTES

19. BRENO LOPES
25 anos | 1,78m

> 29 jogos (15 como titular) e 4 gols pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 14/11/2020 – Palmeiras 2×0 Fluminense – Brasileiro
Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último como titular: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último gol: 11/03/2021 – Palmeiras 3×0 São Caetano – Paulista

> Quarto colocado em finalizações certas a gol nesta temporada, ao lado de Danilo, Rafael Elias e Patrick de Paula: quatro chutes no alvo, com um gol marcado, atrás apenas de Gustavo Scarpa, com seis, e Raphael Veiga e Rony, ambos com oito.

> Contratado no segundo semestre de 2020, foi o autor do gol do título da Libertadores com apenas 17 partidas disputadas pelo Verdão. Na final, entrou aos 39 min do segundo tempo e fez o gol pouco antes dos 54 min.

> Fechou o Brasileirão 2020 como palmeirense com mais partidas em sequência: 17 (da 23ª rodada até a 38ª).

O primeiro gol de Gabriel Silva pelo profissional foi marcado em um Derby (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

49. GABRIEL SILVA
19 anos | 1,77m

> 23 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Palmeiras
> 5 jogos (1 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 5 jogos (1 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 23/08/2020 – Palmeiras 2×1 Santos – Brasileiro
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 03/03/2020 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista

> Fez o primeiro gol de sua carreira profissional na estreia do time pelo Paulista 2021, empate em 2 a 2 contra o Corinthians, em Itaquera, no primeiro jogo desta temporada.

> Chegou ao Palmeiras em 2015, aos 13 anos, participando do programa de intercâmbio entre o futsal e o futebol de campo do clube, e tem no currículo dois títulos do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Verdão, ambos na Espanha – nas duas finais, aliás, ele deixou sua marca: primeiro na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid, em 2018, e depois na vitória por 2 a 1 sobre o Leganés-ESP, em 2019.

> Campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão, marcou 40 gols em 46 jogos atuando pela base em 2019 e se destacou também por balançar as redes em todas as finais nacionais que disputou naquela temporada. Em 2020, fez seis gols em sete jogos entre Brasileiro Sub-20 e Copa do Brasil Sub-20 antes de iniciar a transição para o elenco profissional, concluída em 2021.

27. GABRIEL VERON
18 anos | 1,74m

> 44 jogos (18 como titular), 11 gols e 6 assistências pelo Palmeiras
> 2 jogos (0 como titular) na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 28/11/2019 – Fluminense 1×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último como titular: 14/11/2020 – Palmeiras 2×0 Fluminense – Brasileiro
Último gol: 24/01/2021 – Ceará 2×1 Palmeiras – Brasileiro

> Segundo jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras em todos os tempos: balançou as redes duas vezes aos 17 anos, três meses e dois dias, na vitória por 5 a 1 sobre o Goiás pelo Brasileiro 2019, desbancando Mazzola, que marcou (também duas vezes) com 17 anos, seis meses e cinco dias em um amistoso contra o Catanduva em 1956, e ficando atrás apenas de Juliano, que, com 16 anos, 11 meses e 23 dias, fez um na goleada por 5 a 0 sobre o Nacional-URU, pela Copa Mercosul 1998.

> Jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras na história da Libertadores: 18 anos, um mês e 19 dias, no 5 a 0 contra o Tigre, em 2020, superando Gabriel Jesus, com 18 anos, 10 meses e 13 dias em 2016.

> Jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras na história da Copa do Brasil: 18 anos, dois meses e três dias, na vitória por 1 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, em 2020, superando Gabriel Jesus, com 18 anos, três meses e 13 dias em 2015.

> No Palmeiras desde 2017, foi campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão. Destaque também para o bicampeonato mundial de clubes sub-17 em 2018 (marcando gol na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid na decisão e terminando a competição como o artilheiro e eleito o melhor jogador) e 2019, além das Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20.

> Com a Seleção Brasileira, foi campeão e eleito o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

41. GIOVANI
17 anos | 1,82m | Atleta do Sub-17

> 6 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Mais jovem entre os inscritos do Palmeiras no título da Libertadores 2020, treina com o elenco profissional desde o início deste ano.

> Mais jovem também entre os palmeirenses inscritos na Libertadores de 2021.

> No Verdão desde 2014, foi campeão paulista Sub-11 no ano seguinte, campeão paulista Sub-15 em 2019 e soma mais de 100 gols pelas categorias de base do clube.

> Artilheiro geral da base em 2020 com 14 gols em 13 jogos pelo Sub-17 e pelo Sub-20.

9. LUAN SILVA
22 anos | 1,80m

> 1 jogo (1 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista
Último jogo: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista
Último como titular: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista

> Destaque na base do Vitória, chegou por empréstimo no início de 2019 para tratar de duas lesões no joelho. Recuperado, foi elogiado nos primeiros treinos da temporada 2020, mas sofreu nova lesão em seu jogo de estreia, contra a Ferroviária, na campanha do título paulista, e desde então está entregue ao Núcleo de Saúde e Performance.

> Convocado pela Seleção Brasileira Sub-20 em 2017.

10. LUIZ ADRIANO
34 anos | 1,83m

> 76 jogos (64 como titular), 28 gols e 5 assistências pelo Palmeiras
> 5 jogos (3 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 2 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 11/08/2019 – Palmeiras 2×2 Bahia – Brasileiro
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Está a apenas um gol de entrar para o top 100 de maiores artilheiros da história do Palmeiras, igualando Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas, Magrão e Raphael Veiga, todos com 29.

> Terceiro artilheiro do elenco no geral com 28 gols, atrás de Raphael Veiga, com 29, e Willian, com 57.

> Artilheiro do time na temporada 2020 com 20 gols, seguido por Willian e Raphael Veiga, ambos com 18.

> Artilheiro do time na Libertadores 2020 (cinco gols, ao lado de Rony) e eleito para a seleção da competição pela CONMEBOL.

> Vice-artilheiro do time no Brasileiro 2020 com dez gols, atrás de Raphael Veiga, com 11.

> Vice-líder em participação em gols na temporada 2020 com 23 ações (gols e assistências somadas), atrás só de Willian, com 25.

> Um dos três palmeirenses a ter marcado em todas as competições regulares da temporada 2020, ao lado de Raphael Veiga e Gustavo Gómez.

> Deixou sua marca em momentos decisivos da Tríplice Coroa em 2020, com gol na final do Paulista contra o Corinthians (1 a 1), na semifinal da Libertadores contra o River na Argentina (3 a 0) e na semifinal da Copa do Brasil contra o América-MG em Belo Horizonte (2 a 0).

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Matías Viña e Zé Rafael.

> Melhor média de gols da história do Allianz Parque: 0,46 (14 gols em 30 jogos), seguido por Borja (0,38 – 19 gols em 50 jogos), Cristaldo (0,34 – 11 gols em 32 jogos), Leandro Pereira (0,33 – 7 gols em 21 jogos), Gabriel Jesus (0,32 – 11 gols em 34 jogos), Deyverson (0,30 –13 gols em 42 jogos), Rafael Marques (0,28 – 12 gols em 42 jogos), Barrios (0,26 – 5 gols em 19 jogos), Dudu (0,25 – 33 gols em 127 jogos), Keno (0,25 – 9 gols em 35 jogos) e Alecsandro (0,25 – 6 gols em 24 jogos). Willian é o segundo do atual elenco com 0,23 (21 gols em 91 jogos).

> Quinto maior artilheiro do Allianz Parque com 14 gols, atrás de Raphael Veiga (15), Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

> Dois hat-tricks pelo clube, ambos no Allianz Parque: contra o Fluminense, no Brasileirão 2019, e contra o Guaraní-PAR, na Libertadores 2020.

38. MARCELINHO
18 anos | 1,64m | Atleta do Sub-20

> 4 jogos (1 como titular) pelo Palmeiras
> 1 jogo (0 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (0 como titular) pelo Paulista 2021

> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 18/11/2020 – Ceará 2×2 Palmeiras – Copa do Brasil
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último jogo como titular: 21/11/2020 – Goiás 1×0 Palmeiras – Brasileiro

> O veloz atacante chegou ao Palmeiras em 2019 para integrar a equipe Sub-17 e teve papel importante nas conquistas da Copa do Brasil e da Supercopa da categoria naquele ano.

> Promovido ao Sub-20 desde a temporada passada, foi um dos atletas mais participativos da categoria, com 26 jogos e dois gols anotados. Ainda em 2020, o garoto teve sua primeira chance entre os profissionais, sendo relacionado para 10 partidas (foi a campo em três).

> Nesta temporada, Marcelinho foi relacionado em quatro partidas do time principal do Verdão pelo Campeonato Paulista (contra Corinthians, São Caetano, Ferroviária e Mirassol).

48. NEWTON
20 anos | 1,90m

> 3 jogos (0 como titular) e 1 gol pelo Palmeiras
> 3 jogos (0 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (0 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 24/03/2021 – São Bento 1×1 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último gol: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Primeiro jogador panamenho e da América Central a jogar e a fazer gol pelo Palmeiras na história.

> Pela Copa do Brasil Sub-20 deste ano, em sua única partida na base alviverde, marcou três vezes na goleada por 8 a 0 sobre o Presidente Médici-MA.

> Chegou ao clube no fim de 2020 e estreou pelo time profissional logo no primeiro jogo em que foi convocado.

57. PEDRO ACÁCIO
18 anos | 1,74m | Atleta do Sub-20

> 3 jogos (0 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 18/01/2021 – Palmeiras 4×0 Corinthians – Brasileiro
Último jogo: 24/01/2021 – Ceará 2×1 Palmeiras – Brasileiro

> Contratado pelo Sub-20 no ano passado após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Canaã, da Bahia, atua pelas pontas do gramado tendo como características a velocidade e o drible.

> Em 2021, foi convocado para jogos do Profissional em três oportunidades, todas pelo Campeonato Paulista, contra Ferroviária, São Bento e Mirassol. Já em 2020, foi convocado em nove jogos do Brasileirão, tendo atuado três vezes (contra Corinthians, Flamengo e Ceará).

> Pela base, em apenas um jogo realizado pelo Sub-20 nesta temporada, marcou um dos tentos da goleada por 8 a 0 contra o Presidente Médici, do Maranhão, pela primeira fase da Copa do Brasil da categoria.

37. RAFAEL ELIAS
22 anos | 1,79m

> 13 jogos (4 como titular) e 2 gols pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 7 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 05/03/2018 – Palmeiras 0×1 São Caetano – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último gol: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista

> Contratado em 2015 para reforçar as equipes de futsal, marcou mais de 100 gols até 2017 e conquistou um Sul-Americano Sub-17 com a Seleção Brasileira. Ainda em 2015, começou a jogar também no campo, tornou-se titular do Sub-20 em 2018 e estreou profissionalmente no mesmo ano, inclusive integrando o elenco decacampeão brasileiro.

> Foram mais de 30 gols marcados no Sub-20 em 2018 e três títulos: Brasileiro, Paulista e Copa RS.

> Serviu a Seleção Brasileira no Sul-Americano Sub-20 de 2019 antes de ser emprestado a Atlético-MG e Goiás para ganhar experiência.

7. RONY
25 anos | 1,67m

> 59 jogos (46 como titular), 14 gols e 10 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (6 como titular), 3 gols e 1 assistência na temporada 2021
> 2 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 2 gols e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 29/02/2020 – Santos 0x0 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Líder em finalizações certas nesta temporada, com oito, ao lado de Raphael Veiga e seguido por Gustavo Scarpa, com seis.

> Líder em dribles nesta temporada, com sete, seguido por Wesley, com seis.

> Vice-líder em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Wesley, Gustavo Scarpa e Patrick de Paula e atrás apenas de Raphael Veiga, com dez.

> Artilheiro do time na Libertadores 2020 com cinco gols, ao lado de Luiz Adriano, recebeu quatro vezes o prêmio de melhor em campo e foi eleito para a seleção do torneio pela CONMEBOL. Em 2021, já marcou duas vezes em dois duelos disputados, com direito ao prêmio de melhor em campo na goleada por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, no Allianz Parque.

> Líder geral em assistências na Libertadores 2020 com oito passes certeiros, inclusive o cruzamento para Breno Lopes marcar o gol do título diante do Santos, já tem uma assistência na Libertadores 2021, para o gol de Raphael Veiga contra o Universitário-PER, logo na estreia do time na competição.

> Vice-líder em assistências na temporada 2020 com nove passes a gol, atrás só de Gabriel Menino, com dez.

> Na Copa do Brasil, iniciou a jogada do gol de Gabriel Menino que sacramentou a conquista do título contra o Grêmio.

> Segundo jogador que mais acertou a meta adversária na temporada 2020 com 45 finalizações certas, atrás de Willian, com 46.

> Segundo jogador que mais driblou na temporada 2020, com 33 fintas completas, atrás só de Zé Rafael, com 43.

Os jogadores Patrick de Paula, Rony e Luiz Adriano (da esquerda para a direita) durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

11. WESLEY
22 anos | 1,75m

> 37 jogos (21 como titular), 5 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 10 jogos (5 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 6 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (0 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 07/03/2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio – Copa do Brasil

> Vice-líder em dribles nesta temporada: seis, atrás apenas de Rony, com sete.

> Vice-líder em assistências para finalização nesta temporada: nove, ao lado de Gustavo Scarpa, Patrick de Paula e Rony e atrás apenas de Raphael Veiga, com dez.

> Retornou de lesão no joelho após 32 jogos afastado (cerca de três meses e meio), fez duas partidas de readaptação no Brasileiro e foi titular nas duas finais da Copa do Brasil 2020 contra o Grêmio, inclusive fazendo o primeiro gol na vitória por 2 a 0 no duelo decisivo.

> Apesar do longo tempo fora do time, foi o terceiro jogador que mais driblou na temporada 2020, com 31 fintas, ao lado de Gabriel Menino e atrás só de Zé Rafael (43) e Rony (33).

> Chegou ao Palmeiras em 2016 para o Sub-17, subiu para o Sub-20 na temporada seguinte e conquistou o Campeonato Brasileiro em 2018, a Copa do Brasil em 2019 e, assim como Patrick de Paula, Gabriel Veron e Gabriel Silva, enfileirou quatro títulos paulistas seguidos pelo clube: 2017, 2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo Profissional.

29. WILLIAN
34 anos | 1,71m

> 225 jogos (152 como titular), 57 gols e 25 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (5 como titular), 1 gol e 2 assistências na temporada 2021
> 5 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 29/01/2017 – Palmeiras 1×1 Ponte Preta – Paulista
Último jogo: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último como titular: 29/04/2021 – Palmeiras 0x1 Internacional de Limeira – Paulista
Último gol: 09/01/2021 – Sport 0×1 Palmeiras – Brasileiro

Jogador do atual elenco com mais partidas (225), gols (57) e assistências (25).

Segundo maior artilheiro do Palmeiras neste século: 57 gols, atrás só de Dudu (70).

> 6º com mais partidas pelo Palmeiras neste século (225, atrás de Valdivia, com 241), e 5º com mais vitórias: 120, atrás de Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

> Segundo maior artilheiro do Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileiro: 28 gols, atrás apenas de Dudu (41).

> 9º maior artilheiro do Palmeiras em Brasileiro: 28 gols, ao lado de Evair e atrás apenas de Jorginho Putinatti (29), Jorge Mendonça (31 gols), Toninho Catarina (32), Edmundo (34), Ademir da Guia (36), Leivinha (40), Dudu (41) e César Maluco (61).

> 3º com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 21, ao lado de Dudu e atrás apenas de Weverton (22) e Marcos (27).

> 4º maior artilheiro do Palmeiras em Libertadores: nove gols, ao lado de Lopes e atrás apenas de Borja e Tupãzinho (ambos com 11) e Alex (12).

> 5º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 32, atrás apenas de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Artilheiro do Palmeiras e vice-artilheiro no geral do Paulista 2020, com seis gols, atrás só de Ytalo, do RB Bragantino, com sete.

> Jogador de linha que mais atuou na temporada 2020: 69 das 79 partidas, atrás só de Weverton (70).

> Líder em participação nos gols da temporada 2020 com 25 ações (somando gols e seis assistências), seguido de Luiz Adriano, com 24.

> Vice-artilheiro do time na temporada 2020: 18 gols, ao lado de Raphael Veiga e atrás de Luiz Adriano (20).

> Vice-artilheiro do Palmeiras na Libertadores 2020: quatro gols, atrás só de Luiz Adriano e Rony (ambos com cinco).

> Autor da assistência para Gabriel Menino fazer o último gol da temporada 2020, na vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio que garantiu o título da Copa do Brasil.

> Autor da assistência para Deyverson fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco no Brasileiro 2018, sacramentando o decampeonato alviverde.

> 45º no ranking dos maiores artilheiros da história do Palmeiras: 57 gols, ao lado de Arce e Carrone e logo atrás de Luiz Imparato, com 58.

> 65º no ranking dos atletas com mais jogos na história do Palmeiras: 225 partidas, logo atrás de Pedrinho Vicençote, com 227.

> No Allianz Parque, é o vice-artilheiro (21 bolas na rede, atrás só de Dudu, com 33), o segundo em jogos (92, também atrás só de Dudu, com 127) e o terceiro em assistências (11, ao lado de Lucas Lima e atrás de Marcos Rocha, com 13, e Dudu, com 35).

> Único atacante da história que conseguiu conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras defendendo o clube do início ao fim das competições – Dudu também se sagrou campeão dos quatro torneios, mas não disputou o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

Departamento de Comunicação

O Palmeiras treinou na tarde deste sábado (01), na Academia de Futebol, em preparação para o confronto com o Santo André, neste domingo (02), às 20h, no Canindé, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. O elenco foi dividido em dois grupos, já que o Verdão também entra em campo na terça-feira (04) para enfrentar o Defensa y Justicia, na Argentina, pela Libertadores.

Sob olhares do técnico Abel Ferreira, o primeiro grupo realizou um treino tático em campo reduzido. Divididos em dois times, ensaiaram jogadas e movimentações específicas. Na sequência, praticaram cobranças de pênaltis e faltas da entrada da área.

O técnico Abel Ferreira (à esquerda) e o jogador Gabriel Veron durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

No campo ao lado, o segundo grupo disputou um treino técnico de passes rápidos e posicionamento. Depois, realizou uma atividade de enfrentamentos e, para fechar, foi dividido entre atletas dos setores ofensivo e defensivo – o ataque treinou cruzamentos e finalizações, enquanto os defensores praticaram balanço defensivo e transições.

O meio-campista Lucas Lima participou do aquecimento e do treino técnico junto ao elenco. Recuperado de uma lesão na coxa direita, ele tem avançado no processo de transição física – o camisa 20 realizou ainda um trabalho à parte acompanhado dos preparadores. O atacante Gabriel Veron realizou tratamento no campo e na parte interna do centro de excelência.

O Verdão encerrou a preparação para o duelo com o Santo André, válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Atual campeão, o time alviverde tem 100% de aproveitamento na CONMEBOL Libertadores 2021, com duas vitórias em dois jogos. Desta forma, lidera o Grupo A da primeira fase, com seis pontos, e tem dois de vantagem sobre o Defensa y Justicia, segundo colocado. No Campeonato Paulista, o Verdão é o terceiro colocado no Grupo C, com 12 pontos.

Departamento de Comunicação

O Palmeiras foi superado pela Internacional de Limeira, nesta quinta-feira (29), no Allianz Parque, em mais um duelo válido pelo Campeonato Paulista – com o resultado, o Verdão manteve os 12 pontos conquistados no Grupo C do Estadual. Após o revés, o técnico Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva.

“Parabéns ao treinador e à sua equipe que aproveitaram muito bem o nosso erro. Futebol é isso, é eficácia. O nosso adversário conseguiu fazer um gol que saiu de um erro nosso e nós não conseguimos fazer nenhum gol”, declarou o comandante palestrino.

O próximo compromisso do Palmeiras será no domingo (02), às 20h, contra o Santo André, no estádio do Canindé, pela décima rodada do Campeonato Paulista. Já na terça (04), às 21h30, o Verdão encara o Defensa y Justicia-ARG, na Argentina, pela terceira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores.

Confira abaixo a entrevista coletiva de Abel Ferreira:

 

Departamento de Comunicação

Palmeiras e Inter de Limeira iam empatando sem gols até os acréscimos do segundo tempo pelo nono compromisso do Verdão no Campeonato Paulista, na noite desta quinta-feira (29), no Allianz Parque, até que o time visitante chegou ao gol aos 48 da etapa final, com Caio Rangel.

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Mesmo com o resultado adverso, o Palmeiras ainda respira no Estadual, porém, precisa de uma combinação de resultados para conseguir avançar de fase. Está cinco pontos do Novorizontino e a oito do Bragantino. Os próximos adversários do Verdão no Paulista são o Santo André, o Santos e a Ponte Preta.

Com o resultado, caiu uma invencibilidade do Maior Campeão do Brasil sobre a Internacional de Limeira que já vinha sendo construída desde 1986: a última vez em que foi superado pelo time do interior paulista havia sido na final do Estadual do mesmo ano. De lá para cá, antes do duelo desta noite, foram 17 jogos, com sete vitórias, dez empates, 23 gols marcados e nove sofrido.

O duelo contra o Leão registrou uma maratona de cinco jogos em apenas nove dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04) e, agora, a Inter de Limeira (29/04). A última vez que o time alviverde teve uma sequência igual foi em 1994.

O Alviverde volta a campo neste domingo (02), contra o Santo André, pelo Paulista, no Canindé. Depois, enfrenta o Defensa y Justicia-ARG na terça-feira (04), às 21h30 de Brasília, na casa do adversário, pela terceira rodada da CONMEBOL Libertadores.

Departamento de Comunicação

Em jogo válido pela quarta rodada do Brasileiro Feminino, o Verdão goleou o Botafogo por 4 a 0, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. As palestrinas Ottilia, Ary, Bia Zaneratto e Camilinha marcaram pelo Alviverde.

Com esse resultado, o Palmeiras permanece na vice-liderança da competição, com dez pontos conquistados em quatro jogos (três vitórias e um empate), 12 gols marcados e quatro sofridos. A artilheira da equipe é a camisa 10, Bia Zaneratto, com três tentos. Camilinha e Chú balançaram as redes em duas oportunidades.

A equipe feminina do Alviverde retorna ao campo na próxima segunda-feira (03), às 20h, contra o Grêmio, no Allianz Parque.

O jogo

A primeira etapa foi dominada pelo Verdão. O jogo chegou a ficar truncado, mas as Palestrinas souberam administrar e criaram boas chances de gol.

Aos sete minutos, Bia Zaneratto bateu de longe e a bola parou na goleira botafoguense. A atacante Ottilia pegou um rebote e marcou o primeiro gol palmeirense, aos 10. Aos 22, Bia deu um passe de calcanhar para Duda Santos chutar cruzado, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Com 40 minutos, Duda cruzou a bola na cabeça da Agustina, que mandou para fora. No final da partida, aos 45, Ottilia quase marcou o seu segundo gol com um chute cruzado.

A equipe alviverde pressionou o Botafogo durante a segunda etapa e garantiu a vitória palmeirense. O segundo gol saiu no início da segunda etapa: com oito minutos, Zaneratto cruzou rasteiro para Camilinha que deixou para Ary empurrar para o fundo das redes.

A equipe continuou pressionando o time carioca, e aos 10, Bia chutou da entrada da área e a goleira defendeu. Aos 26, Camilinha cobrou escanteio e Ottilia cabeceou a bola, que foi salva na linha pela zaga botafoguense.

Com uma a mais, o Palmeiras continuou fazendo pressão e Agustina teve mais uma chance de cabeça, mas foi cortada pela zaga, aos 37.

Bia aumentou o placar a partir de um contra-ataque armado por Ottilia. A artilheira e camisa 10 do time recebeu na entrada da área e tocou por cima da goleira para marcar o terceiro gol, aos 41.

O último gol foi marcado aos 43 pela Camilinha, que aproveitou a confusão da zaga carioca e mandou a bola para dentro do gol.

O Palmeiras está invicto no Brasileiro Feminino, com três vitórias e um empate (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Palmeiras: Jully; Agustina, Karol Arcanjo (Tainara), Thais; Duda Santos, Ary (Julia Bianchi), Katrine, Dandara (Camilinha), Bia Zaneratto (Giovana), Ottilia e Chú (Carol Baiana). Técnico: Ricardo Belli.

Confira abaixo os próximos confrontos do Palmeiras no Brasileiro Feminino A1 2021:

18/04 – Palmeiras 2 x 2 Ferroviária
Gols: Tainara e Chú

21/04 – 15h – Avaí/Kindermann 0 x 3 Palmeiras
Gols: Camilinha, Bia Zaneratto e Carol Baiana

24/04 – 20h – Palmeiras 4 x 2 Cruzeiro
Gols: Duda, Agustina, Bia Zaneratto e Chú

29/04 – 15h – Botafogo 0 x 4 Palmeiras
Gols: Ottilia, Ary, Bia Zaneratto e Camilinha

03/05 – 20h – Palmeiras x Grêmio
09/05 – 20h – Corinthians x Palmeiras
13/05 – 15h – Palmeiras x Real Brasília
16/05 – 18h – Santos x Palmeiras

Departamento de Comunicação

Pré-jogo: Palmeiras x Internacional de Limeira l Campeonato Paulista 2021 (9ª rodada)
Data e hora: 29/04/2021 l 22h
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Transmissão: SporTV e Premiere
Árbitro: Raphael Claus
Escalação: Weverton; Mayke, Danilo Barbosa e Matías Viña; Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Scarpa, Zé Rafael e Lucas Esteves; Wesley e Willian
Pendurados: Renan, Danilo, Fabinho e Gabriel Silva
Suspensos: não há
Desfalques: Lucas Lima (lesão na coxa direita), Gabriel Veron (lesão na coxa esquerda), Breno Lopes (lesão no joelho direito), Kuscevic (lesão na coxa direita), Marcos Rocha, Henri, Luan, Alan Empereur, Renan, Victor Luís, Danilo, Gabriel Silva e Rafael Elias (preservados)

DESTAQUES PRINCIPAIS

> O Palmeiras não sabe o que é perder para a Internacional de Limeira desde 1986, quando foi superado pelo time do interior paulista na final do Estadual do mesmo ano. De lá para cá, foram 17 jogos, com sete vitórias, dez empates, 23 gols marcados e nove sofridos.

> Como mandante, o Verdão mantém uma invencibilidade de quase 40 anos contra a Inter de Limeira: a última derrota foi em 1982. Desde o último revés até o jogo mais recente realizado com mando palestrino, em 2001, foram 14 partidas, com nove vitórias, cinco empates, 19 gols marcados e apenas três sofridos.

> Com a goleada por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, pela Libertadores, o Palmeiras ultrapassou a marca de 12 mil gols marcados em toda a sua história. São 12.002 tentos em 6.209 partidas, sendo que, nesta temporada, o Alviverde soma 24 gols em 13 duelos, média de 1,84 por jogo.

> Com 4.995 bolas na rede desde a primeira participação no Estadual, em 1916, o Palmeiras está a apenas cinco de chegar à marca de cinco mil gols anotados no Campeonato Paulista em toda a sua história. Com um total de 2.514 jogos disputados, a média é de 1,98 gol por partida.

> Contra a Inter de Limeira, o Maior Campeão do Brasil completará uma maratona de cinco jogos em apenas nove dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04) e Inter de Limeira (29/04). A última vez que o time alviverde teve uma sequência igual foi em 1994.

> Gustavo Scarpa é o atleta com mais jogos em 2021, 24 no total, já Matías Viña é quem mais minutos esteve em campo: 1.709 – estes dados incluem as partidas da temporada 2020 realizadas entre janeiro e março deste ano.

> Abel Ferreira e a sua comissão técnica completarão 50 jogos no comando do Verdão diante da Inter de Limeira. Juntos, o treinador e os auxiliares João Martins e Vitor Castanheira somam 49 jogos, com 24 vitórias, 14 empates, 11 derrotas, 78 gols marcados e 39 gols sofridos.

> Atualmente na 45ª posição do ranking de maiores artilheiros da história do Palmeiras, com 57 gols, Willian pode subir mais um degrau na lista caso balance a rede mais uma vez. O camisa 29 está a apenas um tento de empatar com Luiz Imparato, atualmente o 44º colocado com 58.

> Com 28 gols, Luiz Adriano está a apenas mais um de entrar para o top 100 de maiores artilheiros da história do Palmeiras, igualando Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas, Magrão e Raphael Veiga, todos com 29.

HISTÓRICO NA TEMPORADA

NÚMEROS GERAIS
13 jogos | 6 vitórias | 4 empates | 3 derrotas | 24 gols marcados | 14 gols sofridos

> Mandante: 6 jogos | 3 vitórias | 0 empate | 3 derrotas | 12 gols marcados | 5 gols sofridos
> Visitante: 6 jogos | 3 vitórias | 3 empates | 0 derrota | 10 gols marcados | 7 gols sofridos
> Campo neutro: 1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

CAMPEONATO PAULISTA
8 jogos | 3 vitórias | 3 empates | 2 derrotas | 11 gols marcados | 7 gols sofridos

> Mandante: 4 jogos | 2 vitórias | 0 empates | 2 derrotas | 6 gols marcados | 3 gols sofridos
> Visitante: 4 jogos | 1 vitória | 3 empates | 0 derrota | 5 gols marcados | 4 gols sofridos

CONMEBOL LIBERTADORES
2 jogos | 2 vitórias | 0 empate | 0 derrota | 8 gols marcados | 2 gols sofridos

> Mandante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 5 gols marcados | 0 gols sofridos
> Visitante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 3 gols marcados | 2 gols sofridos

CONMEBOL RECOPA
2 jogos | 1 vitória | 0 empates | 1 derrota | 3 gols marcados | 3 gols sofridos

> Mandante: 1 jogo | 0 vitória | 0 empate | 1 derrota | 1 gol marcado | 2 gols sofridos
> Visitante: 1 jogo | 1 vitória | 0 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 1 gol sofrido

SUPERCOPA DO BRASIL
1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

> Campo neutro: 1 jogo | 0 vitória | 1 empate | 0 derrota | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

ÚLTIMO JOGO
Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU, dia 27/04, no Allianz Parque, em São Paulo-SP, pela CONMEBOL Libertadores.
Escalação: Weverton, Marcos Rocha, Renan, Luan, Gustavo Gómez, Victor Luis, Patrick de Paula (Zé Rafael, 23’/2ºT), Danilo (Felipe Melo, 31’/2ºT), Raphael Veiga (Danilo Barbosa, 24’/2ºT), Luiz Adriano (Willian, 23’/2ºT), Rony (Wesley, 32’/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Jogos anteriores: Palmeiras 1×2 Mirassol (Paulista), Guarani 1×2 Palmeiras (Paulista), Universitario-PER 2×3 Palmeiras (Libertadores), Botafogo-SP 0x0 Palmeiras (Paulista) e Palmeiras 0x1 São Paulo (Paulista).

HISTÓRICO DO CONFRONTO

PALMEIRAS NÃO PERDE PARA A INTERNACIONAL DE LIMEIRA DESDE 1986

> O Verdão não sabe o que é perder para a Internacional de Limeira desde 1986, quando foi superado pelo time do interior paulista na final do Estadual do mesmo ano. De lá para cá, foram 17 jogos, com sete vitórias, dez empates, 23 gols marcados e nove sofridos.

Retrospecto geral contra a Inter de Limeira: 42 jogos, 17 vitórias, 17 empates, 8 derrotas, 69 gols marcados e 42 gols sofridos
> Primeiro jogo: 14/12/1924 – Inter de Limeira 1×2 Palestra Italia (gols Nigro e Amílcar Barbuy) – Estádio Municipal de Limeira (Limeira-SP) – Amistoso
> Último jogo: 14/03/2020 – Inter de Limeira 0x0 Palmeiras – Estádio Major José Levy Sobrinho (Limeira-SP) – Campeonato Paulista
> Última vitória: 19/01/2005 – Inter de Limeira 3×5 Palmeiras (gols de Marcel, duas vezes, Ricardinho, Lúcio e Diego Souza) – Estádio Major José Levy Sobrinho (Limeira-SP) – Campeonato Paulista

Retrospecto geral contra a Inter de Limeira como mandante: 19 jogos, 11 vitórias, 6 empates, 3 derrotas, 32 gols marcados e 11 gols sofridos
> Último jogo: 04/03/2001 – Palmeiras 0x0 Inter de Limeira – Estádio Palestra Italia (São Paulo-SP) – Campeonato Paulista
> Última vitória: 16/05/1999 – Palmeiras 4×1 Inter de Limeira (gols de Júnior e Alex Dez, três vezes) – Estádio Palestra Italia (São Paulo-SP) – Campeonato Paulista

Retrospecto geral contra a Inter de Limeira no Palestra Italia/Allianz Parque: 16 jogos, 9 vitórias, 5 empates, 2 derrotas, 24 gols marcados e 11 gols sofridos

HISTÓRICO NO LOCAL

VERDÃO POSSUI QUASE 40 ANOS DE INVENCIBILIDADE COMO MANDANTE CONTRA A INTER DE LIMEIRA

> Se no retrospecto geral o Palmeiras não perde para a Inter de Limeira desde 1986, especificamente como mandante o Alviverde também defende uma longa marca invicta: a última derrota foi em 1982 – ou seja, são quase 40 anos sem perder para o rival do interior paulista dentro de seus domínios. Desde o último revés até o jogo mais recente realizado com mando palestrino, em 2001, foram 14 partidas, com nove vitórias, cinco empates, 19 gols marcados e apenas três sofridos.

Retrospecto em São Paulo: 3554 jogos, 2054 vitórias, 848 empates, 652 derrotas, 7285 gols marcados e 3753 gols sofridos
> Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (gols de Rony, duas vezes, Luiz Adriano, Patrick de Paula e Danilo Barbosa) – Allianz Parque (São Paulo-SP) – Campeonato Paulista

Retrospecto em São Paulo pelo Campeonato Paulista: 1768 jogos, 1061 vitórias, 390 empates, 317 derrotas, 3782 gols marcados e 1801 gols sofridos

– Retrospecto no Parque Antarctica/Palestra Italia/Allianz Parque: 1761 jogos, 1189 vitórias, 355 empates, 217 derrotas, 4051 gols marcados e 1625 gols sofridos

Retrospecto no Palestra Italia/Allianz Parque pelo Campeonato Paulista: 871 jogos, 625 vitórias, 157 empates, 89 derrotas, 2163 gols marcados e 742 gols sofridos

– Retrospecto geral no Allianz Parque: 191 jogos, 124 vitórias, 38 empates, 29 derrotas, 358 gols marcados e 140 gols sofridos

Amistosos: 3 jogos – 2 vitórias, 1 empate e nenhuma derrota (7 gols marcados e 4 gols sofridos)
Campeonato Brasileiro: 98 jogos – 59 vitórias, 23 empates e 16 derrotas (177 gols marcados e 81 gols sofridos)
Campeonato Paulista: 48 jogos – 31 vitórias, 6 empates e 9 derrotas (79 gols marcados e 29 gols sofridos)
Copa do Brasil: 18 jogos – 12 vitórias, 5 empates e 1 derrota (33 gols marcados e 13 gols sofridos)
Libertadores: 24 jogos – 19 vitórias, 2 empates e 3 derrotas (59 gols marcados e 12 gols sofridos)

> Primeiro jogo: 19/11/2014 – Palmeiras 0x2 Sport-PE – Campeonato Brasileiro
> Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – CONMEBOL Libertadores
Na ocasião, o técnico Abel Ferreira mandou a campo Weverton, Marcos Rocha, Renan, Luan, Gustavo Gómez, Victor Luis, Patrick de Paula (Zé Rafael, 23’/2ºT), Danilo (Felipe Melo, 31’/2ºT), Raphael Veiga (Danilo Barbosa, 24’/2ºT), Luiz Adriano (Willian, 23’/2ºT), Rony (Wesley, 32’/2ºT).
> Maior série invicta: 28 jogos (21 vitórias e sete empates), entre 07/08/2016 e 28/06/2017
> Maior série de vitórias: nove jogos (entre 21/10/2020 e 15/12/2020)
> Maior série sem sofrer gols: 11 jogos (entre 12/03/2019 e 10/07/2019)
> Adversário mais frequente: São Paulo (11 jogos)
> Maiores vítimas: São Paulo (8 vitórias, 1 empate e 2 derrotas em 11 jogos) e Fluminense (7 vitórias em 7 jogos)
> Maiores goleadas: 5 a 0, cinco vezes:
21/03/2018 – Palmeiras 5×0 Novorizontino (gols de Bruno Henrique, Keno, Willian, Dudu e Papagaio) – Campeonato Paulista;
30/09/2020 – Palmeiras 5×0 Bolívar-BOL (gols de Willian, Wesley, Matías Viña, Raphael Veiga e Rony) – Libertadores;
21/10/2020 – Palmeiras 5×0 Tigre-ARG (gols de Raphael Veiga, Gustavo Gómez, Zé Rafael, Gabriel Veron e Rony) – Libertadores;
02/12/2020 – Palmeiras 5×0 Delfín-EQU (gols de Patrick de Paula, Gabriel Veron, Willian, Gabriel Veron e Danilo) – Libertadores
27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU (gols de Rony, duas vezes, Luiz Adriano, Patrick de Paula e Danilo Barbosa) – Libertadores
> Maior público:
 41.256 pessoas (Palmeiras 3×2 Vitória-BA, dia 02/12/2018, pela última rodada do Campeonato Brasileiro).

> Jogador que mais atuou: Dudu (127 jogos)
> Jogador que mais atuou do atual elenco: Willian (91 jogos, atrás apenas de Dudu)
> Jogador que mais fez gols: Dudu (33 gols)
> Jogador que mais fez gols do atual elenco: Willian (21 gols, atrás só de Dudu)
> Jogador que mais deu assistência: Dudu (35 assistências)
> Jogador que mais deu assistência do atual elenco: Marcos Rocha (13, à frente de Willian e Lucas Lima, com 11)
> Treinador que mais comandou: Cuca (35 jogos)
> Gol mais cedo: Gabriel Jesus (dia 30/08/2015, aos 50 segundos – Palmeiras 3×2 Joinville, pelo Brasileiro)
> Gol mais tardio: Fabiano (dia 12/04/2017, aos 99min – Palmeiras 3×2 Peñarol-URU, pela Libertadores)

HISTÓRICO NA COMPETIÇÃO

FALTAM APENAS CINCO PARA VERDÃO ATINGIR 5 MIL GOLS PELO PAULISTA

> Com 4.995 bolas na rede desde a primeira participação no Estadual, em 1916, o Palmeiras está a apenas cinco de chegar à marca de cinco mil gols anotados no Campeonato Paulista em toda a sua história. Com um total de 2.514 jogos disputados, a média é de 1,98 gol por partida.

MELHOR DEFESA DO CAMPEONATO PAULISTA DESDE 2017

> O Palmeiras sofreu apenas seis gols na fase de grupos do Paulista 2020 (quando todos os times jogam a mesmas 12 partidas) e garantiu a melhor defesa do estadual pela quarta temporada consecutiva – foi o menos vazado com cinco gols sofridos em 2019, oito em 2018 e oito em 2017.

> Atual campeão, o Verdão conquistou bi paulista pela última vez em 1993/1994.

– Retrospecto em Campeonato Paulista: 2514 jogos, 1412 vitórias, 612 empates, 490 derrotas, 4995 gols marcados e 2629 gols sofridos
> Títulos: 23 (1920, 26, 27, 32, 33, 34, 36, 40, 42, 44, 47, 50, 59, 63, 66, 72, 74, 76, 93, 94, 96, 2008 e 2020), além dos extras de 1926 e 1938
> Vice-campeonatos: 25 (1917, 1919, 1921, 1922, 1923, 1931, 1935, 1937, 1939, 1949, 1951, 1953, 1954, 1961, 1964, 1965, 1969, 1970, 1971, 1986, 1992, 1995, 1999, 2015 e 2018)
> Primeiro jogo: 13/05/1916 – Palestra Italia 1×1  Mackenzie (gol de Vescovini) – Chácara da Floresta (São Paulo-SP)
> Primeira vitória: 28/05/1916 – Palestra Italia 3×2 Ypiranga (gols de Bernardini, Gobato e Severino) – Chácara da Floresta (São Paulo-SP)
> Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Allianz Parque (São Paulo-SP)
> Maior goleada como mandante: 08/08/1920 – Palestra Italia 11×0 Internacional da Capital (gols de Ministro, duas vezes, Heitor, seis vezes, Imparato, Caetano Izzo e Martinelli) – Parque Antarctica (São Paulo-SP)
> Maior goleada como visitante: 23/11/1930 – São Bento da Capital 0x9 Palestra Italia (gols de Vito, contra, Romeu Pellicciari, duas vezes, Osses, Pepe, Goliardo, Ministrinho e Heitor, duas vezes) – Estádio da Ponte Grande (São Paulo-SP)
> Jogador com mais jogos: Ademir da Guia (373)
> Jogador do atual elenco com mais jogos: Willian (52)
> Jogador com mais gols: Heitor (178)
> Jogador do atual elenco com mais gols: Willian (16)

DESTAQUES COLETIVOS

PALMEIRAS ULTRAPASSOU MARCA DE 12 MIL GOLS EM SUA HISTÓRIA

> O Palmeiras ultrapassou a marca de 12 mil gols marcados em toda a sua história. Com a goleada por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, pela Libertadores, o Verdão chegou a 12.002 tentos em 6.209 partidas. Nesta temporada, o Alviverde soma 24 gols em 13 duelos, média de 1,84 por jogo.

Retrospecto geral de partidas e gols do Palmeiras na história: 6209 jogos, 3327 vitórias, 1515 empates, 1367 derrotas, 12002 gols marcados e 6.927 gols sofridos
> Primeiro gol: Bianco Spartaco Gambini (Savoia 0x2 Palestra Italia, em 24/01/1915)
> Jogador com mais gols: Heitor, com 315 gols
> Jogador com maior média de gols: Humberto Tozzi, com média de 0,93 por jogo (126 gols em 135 jogos)
> Jogador com mais gols no mesmo jogo:
Heitor, com 6 gols (Palestra Italia 11×0 Internacional-SP, em 08/08/1920)
> Jogador com mais gols no mesmo ano:
Evair, com 53 gols em 1994
> Jogador mais jovem a marcar gol:
Juliano, aos 16 anos, 11 meses e 23 dias (Nacional-URU 0x5 Palmeiras, em 19/08/1998)
> Jogador mais velho a marcar gol: Zé Roberto, aos 42 anos, 10 meses e 18 dias (Palmeiras 3×1 Tucuman-ARG, em 24/05/2017)
> Maior goleada: Combinado Vale D´Aosta-ITA 0x15 Palmeiras (15/07/1999, amistoso)
> Maior goleada em campeonato: Palestra Italia 11×0 Internacional-SP (08/08/1920, Campeonato Paulista)
> Ano com maior quantidade de gols: 1996, com 220 gols (81 jogos)
> Ano com maior média de gols: 1927, com 4,59 gols por jogo (147 gols em 32 jogos)

PALMEIRAS COMPLETARÁ MARATONA DE CINCO JOGOS EM APENAS NOVE DIAS

> Depois de disputar todos os jogos possíveis na temporada 2020, o Palmeiras segue participando de uma maratona de partidas em 2021. Contra a Inter de Limeira, o Verdão completará cinco embates em apenas nove dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04) e Inter de Limeira (29/04). A última vez que o time alviverde teve uma sequência igual foi entre março e abril de 1994, já em abril de 2000 a equipe palestrina disputou os mesmos cinco confrontos em 11 dias.

INVICTO COMO VISITANTE NA TEMPORADA 2021

> O Verdão começou 2021 com uma ótima sequência como visitante. Já são seis jogos disputados e nenhuma derrota, totalizando três vitórias e três empates – triunfos contra Guarani (Paulista), Universitario-PER (Libertadores) e Defensa y Justicia-ARG (CONMEBOL Recopa) e empates com Botafogo, São Bento e Corinthians (Paulista). Além disso, a equipe de Abel Ferreira venceu o último compromisso fora de casa na temporada passada, contra o Grêmio, no jogo de ida final da Copa do Brasil, totalizando sete partidas seguidas sem derrota como visitante.

* Dados levantados até 27/04

RECORDE DE OITO CRIAS DA ACADEMIA NO TIME TITULAR

> No empate entre Palmeiras e Botafogo-SP, pelo Campeonato Paulista, foram escalados oito jogadores oriundos das categorias de base do Verdão entre os 11 titulares (apenas Weverton, Kuscevic e Viña não eram pratas da casa). Desta forma, Vanderlan, Renan, Gustavo Garcia, Fabinho, Lucas Esteves, Wesley, Giovani e Rafael Elias registraram o novo recorde do século de Crias da Academia no 11 inicial. Os garotos Gabriel Silva e Newton também atuaram na partida, mas saindo do banco de reservas.

RECORDE DE 19 PRATAS DA CASA RELACIONADAS PARA UM JOGO

> O Palmeiras relacionou 19 jogadores formados em suas categorias de base para a partida contra o São Bento, em março, pelo Campeonato Paulista, um recorde no século 21: foram chamados os goleiros Vinicius Silvestre e Mateus, o lateral-direito Gustavo Garcia, os zagueiros Henri e Renan, os laterais-esquerdos Victor Luis, Lucas Esteves e Vanderlan, os meio-campistas Danilo, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Fabinho, Ramon e Vitinho e os atacantes Pedro Acácio, Giovani, Gabriel Silva, Rafael Elias e Newton.

> Em todos os jogos desta temporada teve presença de pratas da casa. Ao todo, 16 foram a campo: Vinícius, Gustavo Garcia, Renan, Lucas Esteves, Victor Luis, Gabriel Menino, Danilo, Patrick de Paula, Fabinho, Pedro Bicalho, Gabriel Silva, Rafael Elias, Giovani, Wesley, Newton e Henri. Destes, seis estrearam neste ano: Gustavo Garcia, Fabinho e Giovani, contra o Corinthians, Newton, contra o São Bento, Henri, contra o Guarani, e Pedro Bicalho, contra o Mirassol.

> No total, já foram convocadas 22 Crias da Academia para jogos nesta temporada. Destas, só não estrearam ainda o goleiro Mateus, o zagueiro Michel e os meio-campistas Ramon e Vitinho. Já o atacante Pedro Acácio ainda não jogou em 2021.

> A temporada 2020 ficou marcada por ser a que mais teve pratas da casa convocadas neste século: 31. Destas, 18 entraram em campo (somando 283 jogos, um recorde no século), sendo que 13 estrearam (outro recorde do século): na ordem, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Wesley, Alan, Angulo, Gabriel Silva, Danilo, Renan, Aníbal, Marcelinho, Fabrício, Pedro Acácio e Vanderlan – juntos, eles somaram 220 jogos e fizeram da temporada 2020 a que o Palmeiras mais colocou jovens estreantes da base para atuar neste século.

> Na temporada passada, o Verdão teve pelo menos uma prata da casa em campo em todas as partidas das caminhadas rumo aos títulos da Libertadores, da Copa do Brasil, do Campeonato Paulista e da Florida Cup. Mais do que isso: dos 79 jogos disputados na temporada, em apenas uma não houve uma Cria da Academia, contra o Grêmio, pelo Brasileiro.

> Contra o Delfín-EQU, pelas oitavas de final da Libertadores 2020, os 11 suplentes foram oriundos do Centro de Formação de Atletas do Verdão, feito inédito na história do clube.

COMISSÃO TÉCNICA

> Desde a estreia, em 5 de novembro de 2020, a comissão técnica portuguesa soma 49 jogos | 24 vitórias | 14 empates | 11 derrotas | 78 gols marcados | 39 gols sofridos
Abel Ferreira:
41 jogos | 21 vitórias | 9 empates | 11 derrotas | 63 gols marcados | 32 gols sofridos
João Martins: 7 jogos | 3 vitórias | 4 empates | 13 gols marcados | 5 gols sofridos
Vitor Castanheira: 1 jogo | 1 empate | 2 gols marcados | 2 gols sofridos

> Abel Ferreira e a sua comissão técnica completarão 50 jogos no comando do Verdão diante da Inter de Limeira. Juntos, o treinador e os auxiliares João Martins e Vitor Castanheira somam 49 jogos, com 24 vitórias, 14 empates, 11 derrotas, 78 gols marcados e 39 gols sofridos.

> Único técnico a ganhar dois títulos em uma mesma temporada pelo Palmeiras neste século.

> Em toda a história do clube, apenas Abel (2020), Humberto Cabelli (1933), Ventura Cambon (1951), Oswaldo Brandão (1972), Vanderlei Luxemburgo (1993 e 1994) e Felipão (1998) conquistaram mais de um título em competições oficiais na mesma temporada.

> Apenas Abel (2020) e Vanderlei Luxemburgo (1993) levantaram mais de um troféu na temporada de estreia.

> Campeão da Libertadores com 26 jogos, Abel só não conquistou um título mais precocemente neste século do que Vanderlei Luxemburgo, que faturou o Paulista de 2020 com 20 partidas à frente do time.

> Primeiro técnico estrangeiro a conquistar título pelo Verdão desde 1965, quando o argentino Filpo Nuñez também levantou duas taças: Torneio Rio São Paulo e Torneio Internacional IV Centenário do Rio de Janeiro.

> Primeiro português, oitavo europeu e 23º estrangeiro a assumir o comando do Maior Campeão do Brasil na história. O último treinador nascido na Europa tinha sido o italiano Caetano De Domenico, campeão paulista em 1940, enquanto o mais recente comandante de fora do país era o argentino Ricardo Gareca, em 2014.

NÚMEROS INDIVIDUAIS:

JOGOS
– Mais jogos no geral: Willian (224); Felipe Melo (187); Lucas Lima (166); Weverton (167); Marcos Rocha (149); Luan (137)
– Mais jogos na temporada 2021: Danilo, Gustavo Scarpa e Lucas Esteves e Wesley (9); Weverton, Renan, Patrick de Paula, Danilo e Gabriel Menino (8); Mayke, Luan, Matías Viña, Victor Luis e Rafael Elias (7); Vinicius Silvestre, Gustavo Gómez, Alan Empereur, Felipe Melo, Zé Rafael, Rony, Breno Lopes e Willian (6); Marcos Rocha, Raphael Veiga e Gabriel Silva (5)
– Mais jogos na temporada 2020: Weverton (70); Willian (69); Zé Rafael (64); Gabriel Menino (61); Gustavo Gómez (58); Raphael Veiga (57); Luiz Adriano e Lucas Lima (56)

GOLS
– Mais gols no geral: Willian (57); Raphael Veiga (29); Luiz Adriano (28); Gustavo Scarpa (24); Gustavo Gómez (15); Rony (14); Lucas Lima (13); Felipe Melo e Zé Rafael (12); Gabriel Veron (11)
– Mais gols na temporada 2021: Raphael Veiga (4); Rony (3); Danilo e Lucas Lima (2); Gustavo Gómez, Renan, Danilo Barbosa, Patrick de Paula, Gustavo Scarpa, Willian, Breno Lopes, Rafael Elias, Gabriel Silva e Newton (1)
– Mais gols na temporada 2020: Luiz Adriano (20); Raphael Veiga e Willian (18); Rony (11); Gabriel Veron (9); Gustavo Gómez (6); Zé Rafael, Wesley e Patrick de Paula (5); Gabriel Menino e Gustavo Scarpa (4); Viña, Breno Lopes, Lucas Lima (3); Marcos Rocha e Dudu (2); Ramires, Felipe Melo, Danilo e Emerson Santos (1)
– Último hat-trick: Luiz Adriano (10/03/2020 – Palmeiras 3×1 Guaraní-PAR – Allianz Parque, em São Paulo-SP – Libertadores)

ASSISTÊNCIAS
– Mais assistências no geral: Willian (25); Lucas Lima (21); Marcos Rocha e Gustavo Scarpa (20); Zé Rafael (13)
– Mais assistências na temporada 2021: Gustavo Scarpa (3); Willian e Raphael Veiga (2); Renan, Victor Luis, Danilo, Felipe Melo, Patrick de Paula, Lucas Lima, Zé Rafael, Rony e Wesley (1)
– Mais assistências na temporada 2020: Gabriel Menino (10); Rony (9); Viña e Gustavo Scarpa (8); Willian e Zé Rafael (7); Wesley e Marcos Rocha (6); Gabriel Veron e Lucas Lima (5); Raphael Veiga (4); Luiz Adriano e Dudu (3); Danilo e Patrick de Paula (2), Gustavo Gómez, Gabriel Silva, Felipe Melo, Mayke e Bruno Henrique (1)

CAPITÃO
– Mais vezes capitão do time na temporada 2021: Gustavo Gómez e Felipe Melo (4); Weverton (2); Willian, Lucas Lima e Gustavo Scarpa (1)
– Mais vezes capitão do time na temporada 2020:
Felipe Melo (36); Gustavo Gómez (20); Weverton e Willian (8)

BOLAS PARADAS
– Último gol de falta: Gustavo Scarpa (07/04/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – Estádio Norberto Tomaghello, na Argentina – CONMEBOL Recopa)
– Último gol de pênalti em tempo regulamentar: Raphael Veiga (14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – CONMEBOL Recopa)
– Último gol de pênalti em disputa de penais: Rony, (14/04/2021 – Palmeiras 1 (3)×(4) 2 Defensa y Justicia-ARG – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – CONMEBOL Recopa)
– Última defesa de pênalti em tempo regulamentar: Weverton (02/11/2019 – Palmeiras 1×0 Ceará – Allianz Parque, em São Paulo-SP – Campeonato Brasileiro)
– Última defesa de pênalti em disputa de penais: Weverton (11/04/2021 – Palmeiras 2 (5)x(6) 2 Flamengo – Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF – Supercopa do Brasil)

INFORMAÇÕES DO ELENCO

GOLEIROS

42. JAILSON
39 anos | 1,87m

> 86 jogos (78 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 17/01/2015 – Palmeiras 3×1 Shandong Luneng-CHI – Amistoso
Último jogo: 26/01/2021 – Palmeiras 1×1 Vasco – Brasileiro
Último como titular: 26/01/2021 – Palmeiras 1×1 Vasco – Brasileiro

> Atleta há mais tempo no elenco profissional (desde 2014) e com mais títulos (Copa do Brasil de 2015 e 2020, Brasileiros de 2016 e de 2018, Paulista 2020 e Libertadores 2020).

> Campeão Brasileiro de 2016 sem perder nenhuma vez em 19 partidas e ainda levando a Bola de Prata.

> Segundo colocado no ranking de palmeirenses com as maiores invencibilidades no Brasileirão em todos os tempos: 27 duelos consecutivos sem perder, superando craques como Ademir da Guia e Leão, com 26, e atrás apenas de Edu Bala, com 34.

> Invicto na CONMEBOL Libertadores: seis jogos, cinco vitórias, um empate e apenas dois gols sofridos.

1. VINICIUS SILVESTRE
27 anos | 1,95m

> 9 jogos (8 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 29/10/2016 – Santos 1×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista

> Atuou em seis das oito partidas do Campeonato Paulista desta temporada: cinco como titular e uma entrando ao longo do jogo após expulsão de Weverton.

> Jogador do atual elenco com mais tempo de casa, está no clube desde 2006 e subiu para o elenco profissional no fim de 2013. Recentemente, renovou o seu contrato até o fim de 2024.

> Após ganhar experiência em empréstimos para Ponte Preta (2018) e CRB (2019), voltou ao Palmeiras na temporada 2020.

21. WEVERTON
33 anos | 1,86m

> 167 jogos (167 como titular) pelo Palmeiras
> 8 jogos (8 como titular) na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 11/03/2018 – Ituano 0x3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Weverton faz parte do top 10 de goleiros que mais venceram pelo Palmeiras. Com a vitória por 5 a 0 sobre o Independiente del Valle-EQU, pela Libertadores, o camisa 21 chegou a 92 triunfos e se isolou na décima colocação da lista, superando Nascimento, com 91.

> 10º goleiro que mais jogou pelo Verdão em todos os tempos – o ranking é encabeçado por Emerson Leão, com 621 jogos, seguido por Marcos (533), Valdir de Morais (480), Velloso (458), Oberdan (353), Sérgio (333), Gilmar (290), Fernando Prass (274) e Primo (185).

> 8º goleiro que mais jogou no Estádio Palestra Italia/Allianz Parque em todos os tempos: 68 partidas – o ranking é encabeçado por Marcos, com 212 jogos, seguido por Velloso (154), Emerson Leão (137), Sérgio (131), Primo (90), Fernando Prass (86) e Jurandyr (74).

> Terceira menor média de gols sofridos na história do Palmeiras: 0,66 gol por partida (111 vezes em 167 jogos), atrás só do paraguaio Benítez, com 0,54 (13 gols sofridos em 24 jogos em 1978), e do também paraguaio Gato Fernández, com 0,62 (22 gols em 35 jogos em 1994). São considerados somente goleiros com ao menos dez jogos disputados pelo clube.

> Terceiro colocado no ranking de mais jogos sem sofrer gol neste século: 85, atrás apenas de Marcos (107) e Fernando Prass (101).

> Recordista do século de mais jogos sem sofrer gol na mesma temporada: 35 em 2020.

> Primeiro goleiro desde Velloso (entre 1995 e 1997) a fechar três temporadas seguidas sem sofrer gols por 20 jogos ou mais (21 em 2018, 26 em 2019 e 35 em 2020).

> Segunda maior sequência de jogos sem sofrer gol na história do clube: nove em 2018, atrás apenas de Zetti, com 12 jogos em 1987.

> 2º com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 22, atrás apenas de Marcos (27).

> 6º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 31, ao lado de Willian e atrás de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Atleta com mais jogos (70) e minutos (6362) em campo na temporada 2020. Atuou em todas as partidas do título da Libertadores.

> Eleito para as seleções da Libertadores, do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil em 2020, além de conquistar sua segunda Bola de Prata (venceu também em 2018).

ZAGUEIROS

> Luan e Gustavo Gómez: 67 jogos, com 40 vitórias, 19 empates, oito derrotas e 36 gols sofridos.
> Gustavo Gómez e Empereur: quatro jogos, com duas vitórias, duas derrotas e quatro gols sofridos.
> Luan e Empereur: três jogos, com uma vitória, dois empates e três gols sofridos.
> Empereur e Renan: dois jogos (ambos na temporada atual), com duas vitórias e nenhum gol sofrido.
> Kuscevic e Gustavo Gómez: dois jogos, com duas vitórias e nenhum gol sofrido.
> Luan e Kuscevic: dois jogos, com uma vitória, uma derrota e dois gols sofridos.
> Gustavo Gómez e Renan: dois jogos, com um empate, uma derrota e dois gols sofridos.
> Kuscevic e Empereur: dois jogos, com um empate, uma derrota e dois gols sofridos.
> Luan e Renan: um jogo, com um empate e dois gols sofridos
> Kuscevic e Renan: um jogo, com uma derrota e dois gols sofridos
> Henri e Empereur: um jogo, com uma derrota e dois gols sofridos
> Danilo Barbosa, Kuscevic e Empereur:
um jogo, com uma derrota e um gol sofrido
> Kuscevic, Renan e Vanderlan: um jogo, com um empate e nenhum gol sofrido
> Luan, Gustavo Gómez e Empereur: um jogo, com uma vitória e dois gols sofridos
> Danilo Barbosa, Henri e Renan: um jogo, com uma vitória e um gol sofrido
> Luan, Gustavo Gómez e Renan: um jogo, com uma vitória e nenhum gol sofrido

33. ALAN EMPEREUR
27 anos | 1,86m

> 23 jogos (15 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> 5 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (1 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 11/11/2020 – Palmeiras 3×0 Ceará – Copa do Brasil
Último jogo:25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular:25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Titular no jogo de ida da semifinal da Libertadores 2020 e entrou nos minutos finais da decisão contra o Santos, em sua primeira partida da carreira no Maracanã.

> Titular no jogo final da Copa do Brasil 2020 contra o Grêmio.

4. BENJAMÍN KUSCEVIC
24 anos | 1,85m

> 14 jogos (10 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 05/12/2020 – Santos 2×2 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista

> Em dezembro de 2020, na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, formou com Gómez a primeira dupla de zaga estrangeira da história do Allianz Parque – a última havia sido formada pelo argentino Tobio e pelo uruguaio Victorino, em setembro de 2014, no Pacaembu.

15. GUSTAVO GÓMEZ
27 anos | 1,85m

> 123 jogos (120 como titular), 14 gols e 1 assistência pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 12/08/2018 – Palmeiras 1×0 Vasco – Brasileiro
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 24/03/2021 – São Bento 1×1 Palmeiras – Paulista

> O zagueiro paraguaio nunca passou uma temporada em branco desde que chegou ao Palmeiras: balançou as redes uma vez em 2021, seis vezes em 2020, cinco em 2019 e três em 2018.

> Autor do gol da vitória por 1 a 0 no jogo de ida da final da Copa do Brasil 2020, foi um dos três palmeirenses a balançar as redes em todas as competições regulares da temporada passada – os outros foram Raphael Veiga e Luiz Adriano.

> 9º colocado na lista de maiores zagueiros artilheiros da história do Palmeiras com 15 gols – o ranking é encabeçado por Luis Pereira, com 36, seguido por Loschiavo (33), Vágner Bacharel (22), Cleber (21), Bianco Gambini (20), Daniel (18), Júnior Baiano e Roque Júnior (16).

> Está a uma bola na rede do top 5 de estrangeiros com mais gols pelo Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileirão: é o sexto com seis tentos (ao lado compatriota Lucas Barrios, do colombiano Mina e do venezuelano Guerra), um a menos do que o atacante argentino Gioino, com sete – completam a lista o também argentino Cristaldo (nove); o colombiano Borja (dez); mais um argentino, Barcos (14); e o chileno Valdivia (15).

> Jogador de linha com mais minutos em campo na temporada de 2020 (4832) e único jogador de linha presente em todos os jogos da Libertadores 2020.

> Segundo que mais vestiu a braçadeira de capitão na temporada 2020: 20 vezes (incluindo a final da Libertadores), atrás só de Felipe Melo, com 36.

> Vencedor das Bolas de Prata de 2019 e 2020 e eleito para a seleção ideal da Libertadores 2020.

> Em 2019, Luan e Gómez atingiram a expressiva marca de 1081 minutos consecutivos sem sofrer gols (sem considerar os acréscimos), segunda maior sequência de uma dupla de zagueiros na história do Palmeiras – o recorde ainda pertence a Marcio e Vágner Bacharel, que, em 1987, ficaram sem levar gols por 1148 minutos. Um ano antes, durante a campanha do decacampeonato brasileiro de 2018, eles já haviam contribuído para estabelecer o recorde palmeirense de menos gols sofridos na história do Brasileirão de pontos corridos: apenas 26 tentos (a marca anterior era de 32, na caminhada do título de 2016).

> Oitavo estrangeiro que mais atuou pelo Palmeiras em todos os tempos – o ranking é encabeçado pelo também paraguaio Arce e pelo chileno Valdivia, ambos com 241 jogos, seguidos pelo colombiano Muñoz (140), pelo uruguaio Villadoniga e o português Arouca (ambos com 138), o argentino Echevarrieta (128) e outro argentino, Luiz Villa (127).

44. HENRI
19 anos | 1,87m

> 2 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 2 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não atuou pela Libertadores 2021
Estreia: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Convocado para partidas da equipe profissional após recuperar-se de uma lesão no joelho sofrida ainda no primeiro semestre de 2020, foi titular nas partidas contra Guarani e Mirassol, ambas pelo Campeonato Paulista.

> Capitão do Palmeiras no Sub-15, no Sub-17 e no Sub-20, foi titular e capitão da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

> No clube desde 2015, foi bicampeão do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Verdão em 2018 e 2019, entre outros títulos.

13. LUAN
27 anos | 1,89m

> 137 jogos (119 como titular), 5 gols e 1 assistência pelo Palmeiras
> 7 jogos (6 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 18/06/2017 – Bahia 2×4 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/01/2019 – São Caetano 0×2 Palmeiras – Paulista

> Titular em cinco das oito partidas que disputou na Libertadores 2020, inclusive na final diante do Santos.

> Em 2019, Luan e Gómez atingiram a expressiva marca de 1081 minutos consecutivos sem sofrer gols (sem considerar os acréscimos), segunda maior sequência de uma dupla de zagueiros na história do Palmeiras – o recorde ainda pertence a Marcio e Vágner Bacharel, que, em 1987, ficaram sem levar gols por 1148 minutos. Um ano antes, durante a campanha do decacampeonato brasileiro de 2018, eles já haviam contribuído para estabelecer o recorde palmeirense de menos gols sofridos na história do Brasileirão de pontos corridos: apenas 26 tentos (a marca anterior era de 32, na caminhada do título de 2016).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras defendendo o clube do início ao fim das competições – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

66. MICHEL
17 anos | 1,88m | Atleta do Sub-20

> 0 jogo pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021

> No Verdão desde 2019, mesmo com idade Sub-16 na época, participou das conquistas da Copa do Brasil Sub-17 e da Supercopa do Brasil Sub-17 daquele ano.

> Em 2020, foi um dos titulares da zaga do Sub-17 ao lado de Jhow e Ruan Santos, com 12 partidas e um gol pela categoria. O time teve uma das melhores campanhas da primeira fase do Brasileiro Sub-17 e chegou à semifinal da Copa do Brasil Sub-17.

> Também atuou pelo Sub-20 no ano passado e foi importantíssimo na conquista do tetracampeonato paulista da categoria, já que anotou o gol do empate alviverde na final contra o Corinthians (1 a 1) em bela cabeçada. Mais tarde, o duelo terminou com vitória palestrina nas penalidades. No total, foram 10 partidas e um tento marcado pelo Sub-20.

> Fã de Felipe Melo, foi relacionado pela primeira vez para o Profissional contra o Mirassol, na oitava rodada do Paulista.

3. RENAN
18 anos | 1,84m

> 19 jogos (17 como titular), 1 assistência e 1 gol pelo Palmeiras
> 8 jogos (7 como titular), 1 assistência e 1 gol na temporada 2021
> 6 jogos (6 como titular) e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 2 jogos (1 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 14/10/2020 – Palmeiras 1×3 Coritiba – Brasileiro
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Terceiro palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Universitario-PER, pela fase de grupos de 2021 (seu primeiro como profissional), aos 18 anos, 11 meses e 2 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016.

> Líder em desarmes na temporada: 19, à frente de Danilo, com 14, e Luan, com 11.

> Líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 22, seguido por Danilo, com 20.

> Chegou ao Verdão em 2015, aos 13 anos de idade, e desde o início de 2019 começou a jogar também como lateral-esquerdo pelo Sub-17. Na base, conquistou importantes troféus, entre eles o bicampeonato do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Palmeiras, em 2018 e 2019, e a Copa do Mundo Sub-17 em 2019 pelo Brasil.

> Em 2020, sua temporada de transição ao time principal, teve participação direta no título da Libertadores, com um jogo disputado, e da Copa do Brasil, com duas partidas. Efetivado no plantel profissional em 2021.

LATERAIS

32. GUSTAVO GARCIA
19 anos | 1,75m | Atleta do Sub-20

> 6 jogos (3 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (3 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Campeão do mundo com a Seleção Brasileira Sub-17 em 2019 e bicampeão mundial pelo Palmeiras Sub-17 em 2018 e 2019, entre outros títulos.

> Desde 2014 no clube, fez parte do intercâmbio com o futsal, pelo qual foi campeão metropolitano e estadual Sub-14 em 2016, este último em final contra o Corinthians.

> Em 2017, na final do Campeonato Paulista Sub-15 contra o São Paulo, no Allianz Parque, fez um gol do meio de campo e garantiu a taça para o Verdão.

2. MARCOS ROCHA
32 anos | 1,76m

> 149 jogos (143 como titular), 6 gols e 21 assistências pelo Palmeiras
> 5 jogos (5 como titular) na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 18/01/2018 – Grêmio Novorizontino 0x3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 29/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André – Paulista

> Marcos Rocha está a apenas uma partida de completar 150 jogos com a camisa do Palmeiras. O camisa 2 é o quinto atleta do atual elenco com mais duelos pelo clube, atrás apenas de Weverton (167), Lucas Lima (166), Felipe Melo (187) e Willian (224).

> Vice-líder em assistências na história do Allianz Parque: 13, seguido de Willian e Lucas Lima (11) e atrás só de Dudu (35).

> Terceiro colocado em assistências do atual elenco: 21, atrás de Lucas Lima (22) e Willian (25).

> Terceiro colocado em passes para finalizações na temporada 2020: 69, atrás de Gabriel Menino (73) e Lucas Lima (81).

> Líder em desarmes na temporada 2020: 130, seguido de Zé Rafael e Viña (ambos com 114). Em 2019, fechou o Campeonato Brasileiro como o atleta com mais desarmes, com 103, à frente de Gregore, do Bahia, com 102.

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Gustavo Gómez, Matías Viña, Zé Rafael e Luiz Adriano.

> Em toda a história da Libertadores, desde 1960, Marcos Rocha é o jogador brasileiro que mais disputou o torneio em sequência, com nove participações consecutivas entre 2013 (quando atuava pelo Atlético-MG) e 2021. No geral de participações, o camisa 2 do Verdão fica atrás apenas de Danilo (Corinthians e São Paulo) e Jean (Palmeiras, Fluminense e São Paulo), ambos com 10.

12. MAYKE
28 anos | 1,79m

> 127 jogos (96 como titular), 2 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (4 como titular) na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 27/05/2017 – São Paulo 2×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 30/05/2019 – Palmeiras 2×0 Sampaio Corrêa – Copa do Brasil

> Polivalente, na temporada 2020 chegou a atuar algumas vezes como lateral-esquerdo (sendo titular no jogo de ida contra o Delfin-EQU, pelas oitavas da Libertadores) e até como atacante pelo lado direito (inclusive nas duas partidas finais da Copa do Brasil, entrando no segundo tempo).

> Bola de Prata 2018: esteve presente em 20 jogos na campanha do decacampeonato brasileiro, sendo 14 como titular.

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, o lateral Marcos Rocha, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

6. LUCAS ESTEVES
20 anos | 1,71m

> 22 jogos (13 como titular) pelo Palmeiras
> 9 jogos (6 como titular) na temporada 2021
> 7 jogos (6 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 20/03/2019 – Palmeiras 1×0 Ponte Preta – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Quarto colocado em desarmes na temporada: dez roubos de bola, ao lado de Gustavo Gómez e atrás apenas de Luan, com 11, Danilo, com 14, e Renan, com 19.

> Presente em 14 dos 21 jogos mais recentes e titular nos quatro primeiros duelos da temporada – o último deles, ocupando o lado esquerdo do ataque, posição em que também foi utilizado ao longo de 2020.

> No Palmeiras desde 2014, quando passou a integrar o elenco Sub-15, treinou com elenco Profissional em boa parte de 2019 e subiu definitivamente em 2020. Na base, conquistou quatro taças nacionais, inclusive uma, a Copa do Brasil Sub-17 de 2017, convertendo a última cobrança de pênalti na decisão da diante do Corinthians, no Pacaembu.

17. MATÍAS VIÑA
23 anos | 1,80m

> 57 jogos (56 como titular), 3 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 7 jogos (7 como titular) na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 16/02/2020 – Palmeiras 3×1 Mirassol – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último gol: 22/02/2021 – Palmeiras 1×1 Atlético-GO – Brasileiro

> O uruguaio é o atleta com mais minutos em campo pelo clube em 2021: 1.709, seguido por Luan, com 1.678 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Vice-líder em desarmes na temporada 2020: 114, ao lado de Zé Rafael e atrás apenas de Marcos Rocha, com 130.

> Terceiro colocado em assistências na temporada 2020: oito, ao lado de Gustavo Scarpa e atrás apenas de Rony (nove) e Gabriel Menino (dez)

> Jogador de linha com mais minutos em campo na Libertadores 2020 (1132), foi eleito pela Conmebol para a seleção da competição.

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Zé Rafael e Luiz Adriano.

> 20º uruguaio da história do Palmeiras e quarto que mais atuou, atrás apenas de Héctor Silva (80), Villadoniga (138) e Diogo (146).

46. VANDERLAN
18 anos | 1,83m | Atleta do Sub-20

> 3 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 1 jogo (1 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 26/01/2021 – Palmeiras 1×1 Vasco – Brasileiro
Último jogo: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista

> Treinando com o elenco profissional desde o final de 2020, foi convocado em dez oportunidades na temporada passada, entrando em campo em duas. Em 2021, ficou no banco nas quatro primeiras partidas da temporada.

> Polivalente, pode atuar tanto como lateral-esquerdo quanto como zagueiro ou aberto pelo lado esquerdo da linha ofensiva.

> Desde sua chegada ao clube para o Sub-15, em 2017, conquistou diversos títulos, entre eles o Mundial de Clubes Sub-17 em 2019.

26. VICTOR LUIS
27 anos | 1,79m

> 121 jogos (99 como titular), 3 assistências e 3 gols pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 09/03/2014 – Paulista 1×3 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 03/11/2018 – Palmeiras 3×2 Santos – Brasileiro

> Foi titular em todas as dez partidas de Libertadores que disputou pelo Palmeiras (quatro em 2018, quatro em 2019 e duas em 2021) e tem 100% de aproveitamento, com dez vitórias e apenas quatro gols sofridos. Na vitória por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, na última terça-feira (27), deu assistência para Rony anotar um dos gols da partida.

> Torcedor do Palmeiras desde a infância, começou no Sub-11 do clube em 2006, subiu em 2014, foi emprestado nos anos seguintes para o Ceará e o Botafogo para adquirir experiência e retornou em 2018.

> Na campanha do decacampeonato brasileiro, entrou em campo 22 vezes e marcou um gol, o da vitória sobre o Santos por 3 a 2 na reta final da competição.

> Emprestado ao Botafogo novamente em 2020, iniciou em 2021 mais uma temporada com a camisa alviverde.

MEIO-CAMPISTAS

40. ALAN
21 anos | 1,61m

> 2 jogos (0 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0×0 Atlético Nacional-COL – Florida Cup
Último jogo: 18/01/2020 – Palmeiras 2×1 NY City-EUA – Florida Cup

> Chegou ao clube em 2013 para jogar futsal e depois migrou para o campo, onde conquistou a Copa do Brasil Sub-17 (2017), a Copa do Brasil Sub-20 (2019) e o Campeonato Brasileiro Sub-20 (2018), entre outros troféus.

> Acumula convocações para as categorias Sub-15, Sub-17 e Sub-20 da Seleção Brasileira e conquistou o Campeonato Sul-Americano Sub-15 de 2015, sendo eleito o melhor jogador da final, e o Sul-Americano Sub-17 de 2017 marcando três gols contra o Chile no duelo decisivo.

> Emprestado ao Guarani em 2020, sofreu grave lesão no joelho e iniciou a temporada de 2021 em tratamento.

28. DANILO
20 anos | 1,77m

> 45 jogos (26 como titular), 3 gols e 3 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (7 como titular), 2 gol e 1 assistência na temporada 2021
> 4 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia:06/09/2020 – Red Bull Bragantino 1×2 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo:27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Vice-líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 20, atrás apenas de Renan, com 22.

> Vice-líder em desarmes nesta temporada: 14, atrás apenas de Renan, com 19.

> Terceiro artilheiro do Palmeiras na temporada com dois gols, ao lado de Lucas Lima e atrás apenas de Rony, com três, e Raphael Veiga, com quatro.

> Quarto colocado em participação em gol na temporada, com três (dois gols e uma assistência), ao lado de Lucas Lima (dois gols e uma assistência) e Willian (um gol e duas assistências) e atrás apenas de Gustavo Scarpa (um gol e três assistências) e Rony (três gols e uma assistência), com quatro, e Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

> Quarto palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Delfín-EQU, em 2020, aos 19 anos, 7 meses e 13 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, também em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016, e Renan o terceiro ao marcar contra o Universitario-PER, pela fase de grupos de 2021, aos 18 anos, 11 meses e 2 dias.

> Chegou ao Palmeiras em 2018, foi titular na Copa São Paulo de 2020 e, no início do segundo semestre daquele ano, chamou a atenção da comissão técnica durante os treinos do Sub-20 na Academia de Futebol. Promovido ao Profissional desde então, foi titular na final da Libertadores.

18. DANILO BARBOSA
25 anos | 1,83m

> 4 jogos (2 como titular) e 1 gol pelo Palmeiras
> 4 jogos (2 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (0 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 16/04/2021 – Palmeiras 0x1 São Paulo – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Primeira (e até agora única) contratação do Verdão para a temporada 2021, também pode atuar como zagueiro, função que desempenhou nas duas partidas em que iniciou como titular: São Paulo e Guarani, ambas pelo Paulista.

> Revelado pelo Vasco, transferiu-se para a Europa aos 18 anos e foi comandado por Abel Ferreira no Sporting Braga-POR na temporada 2017-18, quando atuou em 46 partidas e anotou quatro gols. Em seguida, foi adquirido pelo Nice-FRA antes de chegar ao Maior Campeão do Brasil.

> Convocado em todas as categorias de base da Seleção Brasileira, foi campeão sul-americano Sub-15 em 2011 e vice-campeão mundial Sub-20 em 2015 (sendo capitão e eleito o segundo melhor jogador do torneio).

45. FABINHO
18 anos | 1,78m | Atleta do Sub-20

> 6 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (2 como titular) na temporada 2021

> 6 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Estreou pelo time profissional logo no primeiro jogo em que foi convocado, contra o Corinthians, no pontapé inicial desta temporada.

> Chegou ao clube em 2015 e participou do programa de intercâmbio com o futsal, pelo qual foi campeão metropolitano e estadual Sub-14 em 2016, este último em final contra o Corinthians.

> Acumula diversas conquistas pelo Verdão, entre elas o bicampeonato mundial de clubes Sub-17 em 2018 e 2019 e os Paulistas Sub-15 (2017), Sub-17 (2018) e Sub-20 (2020).

30. FELIPE MELO
37 anos | 1,84m

> 187 jogos (174 como titular), 12 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 6 jogos (4 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 2 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 21/01/2017 – Chapecoense 1×1 Palmeiras – Amistoso
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 29/07/2020 – Palmeiras 2×0 Santo André – Paulista

> Vice-líder do elenco em jogos, atrás só de Willian (224), e vice-líder em vitórias (113), também só atrás de Willian (120).

> 7º colocado na lista dos jogadores com mais vitórias pelo Palmeiras neste século: 113, atrás apenas de Márcio Araújo (118), Willian (120), Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

> 7º colocado na lista dos jogadores com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 20, ao lado de Alex e Ademir da Guia e atrás apenas de Weverton, Willian e Dudu (21) e Marcos (27).

> 10º colocado na lista dos jogadores com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 28, atrás de Dudu (volante) e Ademir da Guia (ambos com 29), César Sampaio (30), Weverton (31), Willian (32), Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Quarto colocado na lista dos que mais atuaram no Allianz Parque: 82 jogos, atrás só de Fernando Prass (86), Willian (91) e Dudu (127).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

25. GABRIEL MENINO
20 anos | 1,76m

> 69 jogos (55 como titular), 4 gols e 10 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (5 como titular) na temporada de 2021
> 6 jogos (5 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 07/03/2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio – Copa do Brasil

> Cria da Academia que mais entrou em campo na temporada 2020: 61 jogos, seguido por Patrick de Paula (52).

> Líder em assistências na temporada 2020: dez, seguido por Rony (nove).

> Na temporada 2020, foi ainda vice-líder em assistências para finalização, vice-líder em interceptações de jogadas do adversário, terceiro em dribles e quarto em desarmes.

> Polivalente, atua como lateral-direito (posição na qual foi convocado duas vezes para a Seleção Brasileira) e na linha ofensiva pelo lado direito (como no caso da final da Libertadores 2020).

> Quinto palmeirense mais jovem a fazer gol na história da Libertadores: contra o Bolívar-BOL, pela fase de grupos de 2020, aos 19 anos, 11 meses e 16 dias – o recorde é de Gabriel Veron, que com 18 anos, um mês e 19 dias deixou sua marca contra o Tigre-ARG, também em 2020, enquanto Gabriel Jesus é o segundo com o gol aos 18 anos, 10 meses e 13 dias contra o River Plate-URU, em 2016, Renan é o terceiro com o tento anotado aos 18 anos, 11 meses e 2 dias contra o Universitario-PER, em 2021, e Danilo é o quarto ao marcar contra o Delfín-EQU, em 2020, aos 19 anos, 7 meses e 13 dias.

> Eleito para a seleção ideal da Libertadores 2020 pela CONMEBOL.

> No clube desde 2017, faturou o Campeonato Brasileiro Sub-20 (2018), a Copa do Brasil Sub-17 (2017) e três títulos paulistas seguidos (2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo profissional) no clube.

14. GUSTAVO SCARPA
27 anos | 1,76m

> 127 jogos (69 como titular), 24 gols e 20 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (5 como titular), 1 gol e 3 assistências na temporada 2021
> 6 jogos (5 como titular) e 2 assistências pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 29/10/2020 – Red Bull Bragantino 1×3 Palmeiras – Copa do Brasil
Último jogo: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 07/04/2021 – Defensa y Justicia-ARG 1×2 Palmeiras – CONMEBOL Recopa

> O camisa 14 do Verdão é o jogador com mais partidas pelo clube em 2021: 24 no total, seguido por Danilo e Gabriel Menino, ambos com 21 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.

> Líder em assistências nesta temporada, com três, foi o vice-líder no quesito em 2019 (sete) e o terceiro em 2020 (oito).

> Vice-líder em participação em gol na temporada, com quatro (um gol e três assistências), ao lado de Rony (três gols e uma assistência) e atrás apenas de Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

> Quarto colocado em assistências para finalização nesta temporada: sete, ao lado de Patrick de Paula e atrás apenas de Rony, Raphael Veiga e Wesley, com oito.

> Marcou mais um gol de falta com a camisa do Palmeiras na vitória por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia-ARG, na Argentina, pela CONMEBOL Recopa. O último tento de falta do Verdão havia sido anotado justamente pelo camisa 14, no dia 14 de fevereiro deste ano, no triunfo por 3 a 0 sobre o Fortaleza, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

> Polivalente, revezou-se em diversas posições durante a temporada passada: meia-armador, lateral-esquerdo e atacante pelos dois lados.

> Terceiro maior garçom do elenco: 20 assistências, ao lado de Marcos Rocha e atrás apenas de Lucas Lima (21) e Willian (25).

> Quarto maior artilheiro do elenco: 24 gols, atrás só de Raphael Veiga (29), Luiz Adriano (28) e Willian (57) – em 2019, foi o goleador do time, ao lado de Dudu, com 13.

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Lucas Lima e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

20. LUCAS LIMA
30 anos | 1,75m

> 166 jogos (115 como titular), 13 gols e 22 assistências pelo Palmeiras
> 3 jogos (3 como titular), 2 gols e 1 assistência na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular), 2 gols e 1 assistência pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 18/01/2018 – Palmeiras 3×1 Santo André – Paulista
Último jogo: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista
Último como titular: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista
Último gol: 11/03/2021 – Palmeiras 3×0 São Caetano – Paulista

> Terceiro artilheiro do Palmeiras na temporada com dois gols, ao lado de Danilo e atrás apenas de Rony (3) e Raphael Veiga (4), marcou contra Corinthians (o primeiro do time em 2021) e São Caetano.

> Curiosamente, ele também foi o autor do primeiro gol do time na temporada 2020, contra o New York City-EUA, pela Florida Cup, da qual o Verdão se sagrou campeão.

> Quarto colocado em participação em gol na temporada, com três (dois gols e uma assistência), ao lado de Danilo (dois gols e uma assistência) e Willian (um gol e duas assistências) e atrás apenas de Gustavo Scarpa (um gol e três assistências) e Rony (três gols e uma assistência), com quatro, e Raphael Veiga, com seis (quatro gols e duas assistências).

> Líder em assistências para finalização na temporada 2020: 81, seguido por Gabriel Menino (73).

> Segundo maior garçom do elenco (21 assistências contra 25 de Willian) e terceiro com mais jogos (atrás só de Willian e Felipe Melo).

> Terceiro colocado na lista dos maiores garçons do Allianz Parque: 11 assistências, ao lado de Willian e atrás de Marcos Rocha (13) e Dudu (35).

> Um dos 14 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras – os outros são os goleiros Weverton, Jailson, Marcos e Velloso, os zagueiros Luan, Gómez e Cleber, os laterais Marcos Rocha e Mayke, os meio-campistas Felipe Melo, Gustavo Scarpa e Zinho e o atacante Willian. O zagueiro Victor Hugo e o atacante Dudu também se sagraram campeões das quatro competições, mas não disputaram o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

5. PATRICK DE PAULA
21 anos | 1,80m

> 60 jogos (43 como titular), 6 gols e 3 assistências pelo Palmeiras
> 8 jogos (6 como titular), 1 gol e 1 assistência na temporada 2021
> 4 jogos (3 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 1 gol e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia:15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo:
27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Terceiro colocado em interceptação de jogadas adversárias e quinto em desarmes na temporada 2020.

> Jogador de linha com mais tempo em campo no Brasileirão 2020 como: 1897 minutos, seguido de Gabriel Menino (1937).

> Captado para a base do Palmeiras em 2017, foi campeão brasileiro Sub-20 em 2018, faturou a Copa do Brasil Sub-20 em 2019 e, assim como Gabriel Veron, Gabriel Silva e Wesley, enfileirou quatro títulos paulistas seguidos pelo clube: 2017, 2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo Profissional.

> Responsável pela quinta e decisiva cobrança do Verdão na disputa de pênaltis na final do Paulista 2020 contra o rival Corinthians.

65. PEDRO BICALHO
20 anos | 1,78m | Atleta do Sub-20

> 1 jogo (1 como titular) pelo Palmeiras
> 1 jogo (1 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Reforço para o Sub-20 adquirido do Cruzeiro no final do ano passado, não pôde atuar em competições nacionais de base naquela temporada por já ter jogado pelo clube mineiro.

> Um dos principais nomes do Palmeiras na conquista do tetracampeonato paulista Sub-20 em 2020. Capitão do time no título vencido contra o Corinthians, foi o responsável por levantar a taça em plena casa do adversário.

> Ainda em 2020, foi relacionado para três jogos do time profissional, todos pelo Brasileirão (contra Ceará, Botafogo e Atlético-MG). Nesta temporada, foi convocado para as partidas contra Guarani e Mirassol, sendo titular pela primeira vez na última delas.

23. RAPHAEL VEIGA
25 anos | 1,78m

> 115 jogos (68 como titular), 29 gols e 8 assistências pelo Palmeiras
> 5 jogos (5 como titular), 4 gols e 2 assistências na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 1 gol e 2 assistências pela Libertadores 2021
Estreia: 21/01/2017 – Chapecoense 2×2 Palmeiras – Amistoso
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 21/04/2021 – Universitario-PER 0x0 Palmeiras – Libertadores

> Segundo maior artilheiro do elenco no geral: 29 gols, atrás apenas de Willian (57).

> Artilheiro do time na temporada 2021 com quatro bolas na rede, à frente de Rony (3) e Lucas Lima e Danilo (2).

> Com o gol marcado contra o Universitario-PER, pela Libertadores, entrou para o top 100 de artilheiros da história do Verdão, ao lado de Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas e Magrão.

> O camisa 23 está só a três gols de atingir outra marca expressiva: entrar para o top 10 dos palmeirenses com mais gols neste século. Para isso, precisa chegar aos mesmos 32 tentos de Pedrinho, décimo colocado da lista.

> Líder em participação em gol na temporada, com seis (quatro gols e duas assistências), seguido por Gustavo Scarpa (um gol e três assistências) e Rony (três gols e uma assistência), com quatro.

> Vice-líder em finalizações certas a gol nesta temporada: sete chutes no alvo, atrás apenas de Rony, com oito.

> Vice-artilheiro do Palmeiras na temporada 2020: 18 gols, ao lado de Willian e atrás apenas de Luiz Adriano (20).

> Titular nas finais da Libertadores e da Copa do Brasil, foi um dos três palmeirenses a fazer gols em todas as competições regulares disputadas em 2020, ao lado de Luiz Adriano e Gustavo Gómez.

> Artilheiro do time no Brasileirão 2020: 11 gols, seguido por Luiz Adriano (10).

> Artilheiro (quatro gols) e o garçom (duas assistências, uma em cada partida das finais) do Palmeiras na Copa do Brasil 2020. Eleito pela CBF o craque da competição.

> Único jogador presente em todas as partidas do time na Copa do Brasil 2020.

> Quarto maior artilheiro do Allianz Parque com 15 gols, atrás apenas de Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

8. ZÉ RAFAEL
27 anos | 1,75m

> 109 jogos (83 como titular), 12 gols e 13 assistências pelo Palmeiras
> 6 jogos (4 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 3 jogos (2 como titular) e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 23/01/2019 – Palmeiras 1×0 Botafogo-SP – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último gol: 25/11/2020 – Delfín-EQU 1×3 Palmeiras – Libertadores

> Quinto colocado na lista de maiores garçons do elenco no geral: 13 assistências, atrás apenas de Gustavo Scarpa e Marcos Rocha (20), Lucas Lima (21) e Willian (25) – no Brasileirão 2019, foi o vice-líder do time com cinco passes a gol, atrás apenas de Dudu, com 11.

> Quinto colocado na lista de maiores garçons da temporada 2020: sete assistências, ao lado de Willian e atrás apenas de Matías Viña e Gustavo Scarpa (ambos com oito), Rony (nove) e Gabriel Menino (dez).

> Garçom do time na Copa do Brasil 2020: duas assistências, ao lado de Raphael Veiga.

> Líder em dribles na temporada 2020: 43 fintas completas, seguido por Rony (33).

> Vice-líder em desarmes na temporada 2020: 114 roubos de bola, ao lado de Matías Viña e atrás apenas de Marcos Rocha (130).

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Matías Viña e Luiz Adriano.

ATACANTES

19. BRENO LOPES
25 anos | 1,78m

> 29 jogos (15 como titular) e 4 gols pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 14/11/2020 – Palmeiras 2×0 Fluminense – Brasileiro
Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último como titular: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último gol: 11/03/2021 – Palmeiras 3×0 São Caetano – Paulista

> Quarto colocado em finalizações certas a gol nesta temporada, ao lado de Danilo, Rafael Elias e Patrick de Paula: quatro chutes no alvo, com um gol marcado, atrás apenas de Gustavo Scarpa, com cinco, Raphael Veiga, com sete, e Rony, com oito.

> Contratado no segundo semestre de 2020, foi o autor do gol do título da Libertadores com apenas 17 partidas disputadas pelo Verdão. Na final, entrou aos 39 min do segundo tempo e fez o gol pouco antes dos 54 min.

> Fechou o Brasileirão 2020 como palmeirense com mais partidas em sequência: 17 (da 23ª rodada até a 38ª).

49. GABRIEL SILVA
19 anos | 1,77m

> 23 jogos (4 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Palmeiras
> 5 jogos (1 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 5 jogos (1 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 23/08/2020 – Palmeiras 2×1 Santos – Brasileiro
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 03/03/2020 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista

> Fez o primeiro gol de sua carreira profissional na estreia do time pelo Paulista 2021, empate em 2 a 2 contra o Corinthians, em Itaquera, no primeiro jogo desta temporada.

> Chegou ao Palmeiras em 2015, aos 13 anos, participando do programa de intercâmbio entre o futsal e o futebol de campo do clube, e tem no currículo dois títulos do Mundial de Clubes Sub-17 pelo Verdão, ambos na Espanha – nas duas finais, aliás, ele deixou sua marca: primeiro na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid, em 2018, e depois na vitória por 2 a 1 sobre o Leganés-ESP, em 2019.

> Campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão, marcou 40 gols em 46 jogos atuando pela base em 2019 e se destacou também por balançar as redes em todas as finais nacionais que disputou naquela temporada. Em 2020, fez seis gols em sete jogos entre Brasileiro Sub-20 e Copa do Brasil Sub-20 antes de iniciar a transição para o elenco profissional, concluída em 2021.

27. GABRIEL VERON
18 anos | 1,74m

> 44 jogos (18 como titular), 11 gols e 6 assistências pelo Palmeiras
> 2 jogos (0 como titular) na temporada 2021
> Ainda não estreou pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 28/11/2019 – Fluminense 1×0 Palmeiras – Brasileiro
Último jogo: 14/04/2021 – Palmeiras 1×2 Defensa y Justicia-ARG – CONMEBOL Recopa
Último como titular: 14/11/2020 – Palmeiras 2×0 Fluminense – Brasileiro
Último gol: 24/01/2021 – Ceará 2×1 Palmeiras – Brasileiro

> Segundo jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras em todos os tempos: balançou as redes duas vezes aos 17 anos, três meses e dois dias, na vitória por 5 a 1 sobre o Goiás pelo Brasileiro 2019, desbancando Mazzola, que marcou (também duas vezes) com 17 anos, seis meses e cinco dias em um amistoso contra o Catanduva em 1956, e ficando atrás apenas de Juliano, que, com 16 anos, 11 meses e 23 dias, fez um na goleada por 5 a 0 sobre o Nacional-URU, pela Copa Mercosul 1998.

> Jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras na história da Libertadores: 18 anos, um mês e 19 dias, no 5 a 0 contra o Tigre, em 2020, superando Gabriel Jesus, com 18 anos, 10 meses e 13 dias em 2016.

> Jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras na história da Copa do Brasil: 18 anos, dois meses e três dias, na vitória por 1 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, em 2020, superando Gabriel Jesus, com 18 anos, três meses e 13 dias em 2015.

> No Palmeiras desde 2017, foi campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão. Destaque também para o bicampeonato mundial de clubes sub-17 em 2018 (marcando gol na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid na decisão e terminando a competição como o artilheiro e eleito o melhor jogador) e 2019, além das Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20.

> Com a Seleção Brasileira, foi campeão e eleito o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

41. GIOVANI
17 anos | 1,82m | Atleta do Sub-17

> 6 jogos (2 como titular) pelo Palmeiras
> 6 jogos (2 como titular) na temporada 2021
> 6 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 03/03/2021 – Corinthians 2×2 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Mais jovem entre os inscritos do Palmeiras no título da Libertadores 2020, treina com o elenco profissional desde o início deste ano.

> Mais jovem também entre os palmeirenses inscritos na Libertadores de 2021.

> No Verdão desde 2014, foi campeão paulista Sub-11 no ano seguinte, campeão paulista Sub-15 em 2019 e soma mais de 100 gols pelas categorias de base do clube.

> Artilheiro geral da base em 2020 com 14 gols em 13 jogos pelo Sub-17 e pelo Sub-20.

9. LUAN SILVA
22 anos | 1,80m

> 1 jogo (1 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista
Último jogo: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista
Último como titular: 07/03/2020 – Palmeiras 1×1 Ferroviária – Paulista

> Destaque na base do Vitória, chegou por empréstimo no início de 2019 para tratar de duas lesões no joelho. Recuperado, foi elogiado nos primeiros treinos da temporada 2020, mas sofreu nova lesão em seu jogo de estreia, contra a Ferroviária, na campanha do título paulista, e desde então está entregue ao Núcleo de Saúde e Performance.

> Convocado pela Seleção Brasileira Sub-20 em 2017.

10. LUIZ ADRIANO
34 anos | 1,83m

> 75 jogos (64 como titular), 28 gols e 5 assistências pelo Palmeiras
> 4 jogos (3 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular) e 1 gol pela Libertadores 2021
Estreia: 11/08/2019 – Palmeiras 2×2 Bahia – Brasileiro
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Com 28 gols, Luiz Adriano está a apenas mais um de entrar para o top 100 de maiores artilheiros da história do Palmeiras, igualando Carlos Alberto Seixas, Dudu (volante), Enéas, Magrão e Raphael Veiga, todos com 29.

> Terceiro artilheiro do elenco no geral com 28 gols, atrás de Raphael Veiga, com 29, e Willian, com 57.

> Artilheiro do time na temporada 2020 com 20 gols, seguido por Willian e Raphael Veiga, ambos com 18.

> Artilheiro do time na Libertadores 2020 (cinco gols, ao lado de Rony) e eleito para a seleção da competição pela CONMEBOL.

> Vice-artilheiro do time no Brasileiro 2020 com dez gols, atrás de Raphael Veiga, com 11.

> Vice-líder em participação em gols na temporada 2020 com 23 ações (gols e assistências somadas), atrás só de Willian, com 25.

> Um dos três palmeirenses a ter marcado em todas as competições regulares da temporada 2020, ao lado de Raphael Veiga e Gustavo Gómez.

> Deixou sua marca em momentos decisivos da Tríplice Coroa em 2020, com gol na final do Paulista contra o Corinthians (1 a 1), na semifinal da Libertadores contra o River na Argentina (3 a 0) e na semifinal da Copa do Brasil contra o América-MG em Belo Horizonte (2 a 0).

> Um dos seis que foram titulares nas três partidas decisivas da temporada 2020 (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), ao lado de Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Matías Viña e Zé Rafael.

> Melhor média de gols da história do Allianz Parque: 0,48 (14 gols em 29 jogos), seguido por Borja (0,38 – 19 gols em 50 jogos), Cristaldo (0,34 – 11 gols em 32 jogos), Leandro Pereira (0,33 – 7 gols em 21 jogos), Gabriel Jesus (0,32 – 11 gols em 34 jogos), Deyverson (0,30 –13 gols em 42 jogos), Rafael Marques (0,28 – 12 gols em 42 jogos), Barrios (0,26 – 5 gols em 19 jogos), Dudu (0,25 – 33 gols em 127 jogos), Keno (0,25 – 9 gols em 35 jogos) e Alecsandro (0,25 – 6 gols em 24 jogos). Willian é o segundo do atual elenco com 0,23 (21 gols em 91 jogos).

> Quinto maior artilheiro do Allianz Parque com 14 gols, atrás de Raphael Veiga (15), Borja (19), Willian (21) e Dudu (33).

> Dois hat-tricks pelo clube, ambos no Allianz Parque: contra o Fluminense, no Brasileirão 2019, e contra o Guaraní-PAR, na Libertadores 2020.

38. MARCELINHO
18 anos | 1,64m | Atleta do Sub-20

> 4 jogos (1 como titular) pelo Palmeiras
> 1 jogo (0 como titular) na temporada 2021
> 1 jogo (0 como titular) pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 18/11/2020 – Ceará 2×2 Palmeiras – Copa do Brasil
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último jogo como titular: 21/11/2020 – Goiás 1×0 Palmeiras – Brasileiro

> O veloz atacante chegou ao Palmeiras em 2019 para integrar a equipe Sub-17 e teve papel importante nas conquistas da Copa do Brasil e da Supercopa da categoria naquele ano.

> Promovido ao Sub-20 desde a temporada passada, foi um dos atletas mais participativos da categoria, com 26 jogos e dois gols anotados. Ainda em 2020, o garoto teve sua primeira chance entre os profissionais, sendo relacionado para 10 partidas (foi a campo em três).

> Nesta temporada, Marcelinho foi relacionado em quatro partidas do time principal do Verdão pelo Campeonato Paulista (contra Corinthians, São Caetano, Ferroviária e Mirassol).

48. NEWTON
20 anos | 1,90m

> 3 jogos (0 como titular) e 1 gol pelo Palmeiras
> 3 jogos (0 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 3 jogos (0 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 24/03/2021 – São Bento 1×1 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último gol: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista

> Primeiro jogador panamenho e da América Central a jogar e a fazer gol pelo Palmeiras na história.

> Pela Copa do Brasil Sub-20 deste ano, em sua única partida na base alviverde, marcou três vezes na goleada por 8 a 0 sobre o Presidente Médici-MA.

> Chegou ao clube no fim de 2020 e estreou pelo time profissional logo no primeiro jogo em que foi convocado.

57. PEDRO ACÁCIO
18 anos | 1,74m | Atleta do Sub-20

> 3 jogos (0 como titular) pelo Palmeiras
> Ainda não estreou na temporada 2021
Estreia: 18/01/2021 – Palmeiras 4×0 Corinthians – Brasileiro
Último jogo: 24/01/2021 – Ceará 2×1 Palmeiras – Brasileiro

> Contratado pelo Sub-20 no ano passado após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Canaã, da Bahia, atua pelas pontas do gramado tendo como características a velocidade e o drible.

> Em 2021, foi convocado para jogos do Profissional em três oportunidades, todas pelo Campeonato Paulista, contra Ferroviária, São Bento e Mirassol. Já em 2020, foi convocado em nove jogos do Brasileirão, tendo atuado três vezes (contra Corinthians, Flamengo e Ceará).

> Pela base, em apenas um jogo realizado pelo Sub-20 nesta temporada, marcou um dos tentos da goleada por 8 a 0 contra o Presidente Médici, do Maranhão, pela primeira fase da Copa do Brasil da categoria.

37. RAFAEL ELIAS
22 anos | 1,79m

> 13 jogos (4 como titular) e 2 gols pelo Palmeiras
> 7 jogos (3 como titular) e 1 gol na temporada 2021
> 7 jogos (3 como titular) e 1 gol pelo Paulista 2021
> Ainda não estreou pela Libertadores 2021
Estreia: 05/03/2018 – Palmeiras 0×1 São Caetano – Paulista
Último jogo: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último como titular: 25/04/2021 – Palmeiras 1×2 Mirassol – Paulista
Último gol: 14/03/2021 – Palmeiras 2×0 Ferroviária – Paulista

> Contratado em 2015 para reforçar as equipes de futsal, marcou mais de 100 gols até 2017 e conquistou um Sul-Americano Sub-17 com a Seleção Brasileira. Ainda em 2015, começou a jogar também no campo, tornou-se titular do Sub-20 em 2018 e estreou profissionalmente no mesmo ano, inclusive integrando o elenco decacampeão brasileiro.

> Foram mais de 30 gols marcados no Sub-20 em 2018 e três títulos: Brasileiro, Paulista e Copa RS.

> Serviu a Seleção Brasileira no Sul-Americano Sub-20 de 2019 antes de ser emprestado a Atlético-MG e Goiás para ganhar experiência.

7. RONY
25 anos | 1,67m

> 58 jogos (46 como titular), 14 gols e 10 assistências pelo Palmeiras
> 6 jogos (6 como titular), 3 gols e 1 assistência na temporada 2021
> 1 jogo (1 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (2 como titular), 2 gols e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 29/02/2020 – Santos 0x0 Palmeiras – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último gol: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores

> Líder em dribles na temporada 2021, com sete, seguido por Wesley, com seis.

> Líder em assistências para finalização nesta temporada: oito, ao lado de Raphael Veiga e Wesley e seguido por Gustavo Scarpa e Patrick de Paula, com sete.

> Líder em finalizações certas em 2021, com oito, seguido por Raphael Veiga, com sete.

> Artilheiro do time na Libertadores 2020 com cinco gols, ao lado de Luiz Adriano, recebeu quatro vezes o prêmio de melhor em campo e foi eleito para a seleção do torneio pela CONMEBOL. Em 2021, já marcou duas vezes em apenas dois duelos disputados, com direito ao prêmio de melhor em campo na goleada por 5 a 0 contra o Independiente del Valle-EQU, no Allianz Parque.

> Líder geral em assistências na Libertadores 2020 com oito passes certeiros, inclusive o cruzamento para Breno Lopes marcar o gol do título diante do Santos, já tem uma assistência na Libertadores 2021, para o gol de Raphael Veiga contra o Universitário-PER, logo na estreia do time na competição.

> Vice-líder em assistências na temporada 2020 com nove passes a gol, atrás só de Gabriel Menino, com dez.

> Na Copa do Brasil, iniciou a jogada do gol de Gabriel Menino que sacramentou a conquista do título contra o Grêmio.

> Segundo jogador que mais acertou a meta adversária na temporada 2020 com 45 finalizações certas, atrás de Willian, com 46.

> Segundo jogador que mais driblou na temporada 2020, com 33 fintas completas, atrás só de Zé Rafael, com 43.

11. WESLEY
22 anos | 1,75m

> 36 jogos (20 como titular), 5 gols e 7 assistências pelo Palmeiras
> 9 jogos (4 como titular) e 1 assistência na temporada 2021
> 5 jogos (2 como titular) pelo Paulista 2021
> 2 jogos (0 como titular) e 1 assistência pela Libertadores 2021
Estreia: 15/01/2020 – Palmeiras 0x0 Atlético Nacional de Medellín-COL – Florida Cup
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 18/04/2021 – Botafogo-SP 0x0 Palmeiras – Paulista
Último gol: 07/03/2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio – Copa do Brasil

> Vice-líder em dribles nesta temporada: seis, atrás apenas de Rony, com sete.

> Líder em assistências para finalização nesta temporada, ao lado de Raphael Veiga e Rony: oito, seguido por Gustavo Scarpa e Patrick de Paula, com sete.

> Retornou de lesão no joelho após 32 jogos afastado (cerca de três meses e meio), fez duas partidas de readaptação no Brasileiro e foi titular nas duas finais da Copa do Brasil 2020 contra o Grêmio, inclusive fazendo o primeiro gol na vitória por 2 a 0 no duelo decisivo.

> Apesar do longo tempo fora do time, foi o terceiro jogador que mais driblou na temporada 2020, com 31 fintas, ao lado de Gabriel Menino e atrás só de Zé Rafael (43) e Rony (33).

> Chegou ao Palmeiras em 2016 para o Sub-17, subiu para o Sub-20 na temporada seguinte e conquistou o Campeonato Brasileiro em 2018, a Copa do Brasil em 2019 e, assim como Patrick de Paula, Gabriel Veron e Gabriel Silva, enfileirou quatro títulos paulistas seguidos pelo clube: 2017, 2018 e 2019 pelo Sub-20 e 2020 pelo Profissional.

29. WILLIAN
34 anos | 1,71m

> 224 jogos (151 como titular), 57 gols e 25 assistências pelo Palmeiras
> 6 jogos (4 como titular), 1 gol e 2 assistências na temporada 2021
> 4 jogos (3 como titular), 1 gol e 1 assistência pelo Paulista 2021
> 1 jogo (0 como titular) pela Libertadores 2021
Estreia: 29/01/2017 – Palmeiras 1×1 Ponte Preta – Paulista
Último jogo: 27/04/2021 – Palmeiras 5×0 Independiente del Valle-EQU – Libertadores
Último como titular: 23/04/2021 – Guarani 1×2 Palmeiras – Paulista
Último gol: 09/01/2021 – Sport 0×1 Palmeiras – Brasileiro

Jogador do atual elenco com mais partidas (224), gols (57) e assistências (25).

Segundo maior artilheiro do Palmeiras neste século: 57 gols, atrás só de Dudu (70).

> 6º com mais partidas pelo Palmeiras neste século (224, atrás de Valdivia, com 241), e 5º com mais vitórias: 120, atrás de Valdivia (122), Fernando Prass (151), Dudu (174) e Marcos (182).

> Segundo maior artilheiro do Palmeiras na era dos pontos corridos do Brasileiro: 28 gols, atrás apenas de Dudu (41).

> 9º maior artilheiro do Palmeiras em Brasileiro: 28 gols, ao lado de Evair e atrás apenas de Jorginho Putinatti (29), Jorge Mendonça (31 gols), Toninho Catarina (32), Edmundo (34), Ademir da Guia (36), Leivinha (40), Dudu (41) e César Maluco (61).

> 3º com mais vitórias pelo Palmeiras em Libertadores: 21, ao lado de Dudu e atrás apenas de Weverton (22) e Marcos (27).

> 4º maior artilheiro do Palmeiras em Libertadores: nove gols, ao lado de Lopes e atrás apenas de Borja e Tupãzinho (ambos com 11) e Alex (12).

5º com mais partidas pelo Palmeiras em Libertadores: 32, atrás apenas de Dudu (34), Galeano (38), Alex (39) e Marcos (57).

> Artilheiro do Palmeiras e vice-artilheiro no geral do Paulista 2020, com seis gols, atrás só de Ytalo, do RB Bragantino, com sete.

> Jogador de linha que mais atuou na temporada 2020: 69 das 79 partidas, atrás só de Weverton (70).

> Líder em participação nos gols da temporada 2020 com 25 ações (somando gols e seis assistências), seguido de Luiz Adriano, com 24.

> Vice-artilheiro do time na temporada 2020: 18 gols, ao lado de Raphael Veiga e atrás de Luiz Adriano (20).

> Vice-artilheiro do Palmeiras na Libertadores 2020: quatro gols, atrás só de Luiz Adriano e Rony (ambos com cinco).

> Autor da assistência para Gabriel Menino fazer o último gol da temporada 2020, na vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio que garantiu o título da Copa do Brasil.

> Autor da assistência para Deyverson fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco no Brasileiro 2018, sacramentando o decampeonato alviverde.

> 45º no ranking dos maiores artilheiros da história do Palmeiras: 57 gols, ao lado de Arce e Carrone e logo atrás de Luiz Imparato, com 58.

> 65º no ranking dos atletas com mais jogos na história do Palmeiras: 224 partidas, logo atrás de Pedrinho Vicençote, com 227.

> No Allianz Parque, é o vice-artilheiro (21 bolas na rede, atrás só de Dudu, com 33), o segundo em jogos (91, também atrás só de Dudu, com 127) e o terceiro em assistências (11, ao lado de Lucas Lima e atrás de Marcos Rocha, com 13, e Dudu, com 35).

> Único atacante da história que conseguiu conquistar o Paulista, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo Palmeiras defendendo o clube do início ao fim das competições – Dudu também se sagrou campeão dos quatro torneios, mas não disputou o Paulista 2020 e a Libertadores 2020 até o final.

Departamento de Comunicação

O Palmeiras se reapresentou na tarde desta quarta-feira (28), na Academia de Futebol, após a goleada por 5 a 0 sobre o Independiente Del Valle-EQU, no Allianz Parque, pela segunda rodada da primeira fase da CONMEBOL Libertadores. Atual campeão, o Verdão tem 100% de aproveitamento no torneio sul-americano e lidera o Grupo A com seis pontos conquistados.

Os atletas que atuaram como titulares no confronto permaneceram na parte interna do centro de excelência para trabalhos regenerativos – alguns também foram a campo para uma atividade física leve. Os demais realizaram trabalhos táticos visando o duelo com a Inter de Limeira, nesta quinta-feira (29), às 22h, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista.

O atacante Willian durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Em campo reduzido, o técnico Abel Ferreira e sua comissão separaram o grupo em duas equipes e orientaram posicionamento, jogadas e movimentações, entre outros aspectos. Os jogadores também disputaram um recreativo e fecharam a atividade com cobranças de bolas paradas e pênaltis.

O Verdão tem 12 pontos conquistados e é o terceiro colocado do Grupo C da primeira fase do Estadual.

Titulares na goleada contra o Independiente Del Valle-EQU, Patrick de Paula, Rony e Luiz Adriano (da esquerda para a direita) fizeram trabalhos regenerativos e atividade física leve (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Departamento de Comunicação

O Palmeiras goleou o Independiente del Valle-EQU por 5 a 0, nesta terça-feira (27), no Allianz Parque, pela segunda rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores – com o resultado, o Verdão permanece na liderança do Grupo A do torneio sul-americano com seis pontos conquistados.

“Sou feliz demais por tudo o que a vida está me proporcionando. Ninguém quer vencer mais do que eu, nem as minhas filhas eu deixo ganhar. Eu quero ganhar todos os jogos, seja contra quem for e seja onde for. No ano passado, eu disse que o nosso lema era ‘Todos somos um’. Neste ano, o nosso lema será ‘Contra tudo e contra todos’. Procuraremos fazer o nosso trabalho”, declarou o técnico Abel Ferreira, após o triunfo contra os equatorianos.

O próximo compromisso do Palmeiras será na quinta-feira (29), às 22h, contra a Internacional de Limeira, no Allianz Parque, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Confira abaixo a entrevista coletiva do lateral Victor Luis e do treinador Abel Ferreira:

Departamento de Comunicação

O atacante Rony comemorou a atuação de gala na vitória por 5 a 0 sobre o Independiente del Valle, pela Libertadores, na noite desta terça-feira (27), com ótimos números pela competição continental. Na edição campeã, em 2020, o jogador havia acumulado 13 participações (somando os cinco gols marcados e as oito assistências concedidas); já na edição atual, soma outras três participações (dois gols na rodada desta noite e um passe no duelo anterior pela competição). Desta forma, o jogador totaliza 16 participações em 13 jogos no Continental (somando as edições de 2020 e 2021).

“Estou muito feliz. Primeiramente, agradecer a Deus por tudo o que Ele vem fazendo na minha vida e dos meus companheiros. Todo mundo de parabéns pelo jogo. Sabíamos que iriamos encontrar um adversário difícil, mas a nossa equipe estava concentrada para fazer um grande jogo. Todo mundo de parabéns pela entrega. A gente sempre mantém o foco para fazer uma grande partida e sair com um resultado maravilhoso como foi hoje”, disse o camisa 7 após sua atuação.

Vale lembrar que, com os cinco gols marcados na Libertadores 2020, ele fechou sua participação no torneio como o principal artilheiro do Verdão no Continental, ao lado de Luiz Adriano. E com as oito assistências à época, o então camisa 11 também coroou a edição vencedora sendo o garçom máximo da edição 2020 do Continental, dentre todos os clubes, com oito passes a gol. Desta forma, foi líder isolado em participação em gols em todo o torneio sul-americano, com 13 ações (ou seja, gols e assistências somadas – no caso, oito passes a gol e cinco bolas na rede).

“O Palmeiras tem um elenco muito qualificado para disputar todas as competições como foi no ano passado. Foram muitos jogos, graças a Deus fomos privilegiados com três títulos. Acredito que a nossa equipe sabe o que quer na competição, todo mundo sabe o que é melhor para o clube. Fomos alguns jogos poupados, mas vamos lutar até o fim. Tem jogo na quinta-feira pelo Paulista, vamos dar nosso melhor para tentar sair com a vitória também”, completou o jogador, focando no campeonato estadual.

Reforço contratado do Athletico-PR, o jogador estreou em fevereiro de 2020 e soma 58 jogos pelo clube, com 32 vitórias, 19 empates, sete derrotas e 13 gols marcados.

OUTROS DESTAQUES INDIVIDUAIS

Além de Rony, outro jogador que chamou os holofotes para si foi Patrick de Paula. Não só por seu gol, que foi o terceiro da partida, mas também pela importância e expectativa criada. Quando o time palmeirense entrou em campo para enfrentar o adversário equatoriano, somava 11.997 gols marcados em sua história. Portanto, desta forma, quem fizesse o terceiro gol palmeirense nesta partida marcaria, consequentemente, o gol de número 12 mil da história do Verdão! E esta honraria coube ao jovem volante, que manteve a sina de marcar gols históricos pelo clube: além do tento desta noite, havia feito também, em disputa de pênaltis, o histórico gol contra o Corinthians que deu ao Verdão o título do Paulista de 2020, em decisão disputada no mesmo Allianz Parque, palco do duelo de hoje.

Outros jogadores que se destacaram foram Luiz Adriano e Danilo Barbosa. Danilo Barbosa marcou seu primeiro gol pelo Verdão nesta noite, apenas em sua quarta partida pelo clube, enquanto Luiz Adriano chegou ao seu 28° tento pelo clube (em 71 partidas), sendo o terceiro artilheiro do atual elenco com estes números (atrás só de Raphael Veiga, com 29, e Willian, com 57) e, além disso, se isolando como o quinto principal artilheiro da história do Allianz Parque, agora com 14 gols, deixando Deyverson para trás (com quem antes estava empatado com 13 bolas na rede no local), e atrás só de Raphael Veiga (15 gols), Borja (19 gols), Willian (21 gols) e Dudu (31 gols no Allianz Parque). Entretanto, a melhor média de gols da história da casa palmeirense pertence a Luiz Adriano:  0,48 gol por jogo  (14 gols em 29 jogos), seguido por Borja (0,38 – 19 gols em 50 jogos), Cristaldo (0,34 – 11 gols em 32 jogos), Leandro Pereira (0,33 – 7 gols em 21 jogos), Gabriel Jesus (0,32 – 11 gols em 34 jogos), Deyverson (0,30 –13 gols em 42 jogos), Rafael Marques (0,28 – 12 gols em 42 jogos), Barrios (0,26 – 5 gols em 19 jogos), Dudu (0,25 – 33 gols em 127 jogos), Keno (0,25 – 9 gols em 35 jogos) e Alecsandro (0,25 – 6 gols em 24 jogos).

Com o gol desta noite, Luiz Adriano passa a conservar a tradição de nunca ter passado em branco em nenhuma das edições que disputou pela Libertadores com a camisa do Verdão: em 2019, foram dois jogos e um gol; em 2020, sete jogos e cinco bolas na rede (sendo, ao lado de Rony, o principal artilheiro do Verdão na Libertadores) e, em 2021, dois jogos e agora um gol marcado.

Além deles, vale destacar o brio de Weverton, que melhorou sua marca nos rankings de goleiros que mais jogaram pelo clube e goleiros que mais jogaram pelo clube na história do estádio (em qualquer período). Dentre os principais guarda-redes que atuaram pelo clube, Weverton está no top 10, agora com 167 atuações; O ranking é encabeçado por Emerson Leão, com 621 jogos, seguido por Marcos (533), Valdir de Morais (480), Velloso (458), Oberdan (353), Sérgio (333), Gilmar (290), Fernando Prass (274) e Primo (185).

E na lista dos arqueiros que mais jogaram especificamente no estádio do Verdão, a colocação do atual camisa 21 é ainda melhor: ele é o 8º goleiro que mais jogou no Estádio Palestra Italia/Allianz Parque em todos os tempos, agora superando as 67 partidas de Nascimento, das décadas de 30 (portanto, agora Weverton soma 68 jogos no local). Já este ranking é liderado por Marcos, com 212 jogos, seguido por Velloso (154), Emerson Leão (137), Sérgio (131), Primo (90), Fernando Prass (86) e Jurandyr (74).

O fato de não sofrer gols também melhorou ainda mais Weverton, dentre os goleiros em toda a história do Palmeiras, que possuem as menores médias de gols sofridos: apenas 0,66 gol sofrido por jogo (111 em 167 partidas), e, neste quesito, o atual arqueiro palmeirense está atrás apenas do paraguaio Benítez, com 0,54 (13 gols sofridos em 24 jogos em 1978), e do também paraguaio Gato Fernández, com 0,62 (22 gols em 35 jogos em 1994). Neste levantamento, são considerados somente goleiros com ao menos dez jogos disputados pelo clube.

Por último, vale destacar ainda uma marca extremamente curiosa. O lateral Victor Luis chegou à sua décima partida de Libertadores pelo Verdão, sendo que venceu todas! Pela ordem, os duelos de Victor Luis pelo Continental no Verdão foram: Júnior Barranquilla-COL (3×0 em 2018); Alianza Lima-PER (3×1 em 2018); Júnior Barranquilla-COL (3×1 em 2018); Colo-Colo-CHI (2×0 em 2018); Júnior Barranquilla-COL (2×0 em 2018); Melgar-PER (3×0 em 2019); Melgar-PER (4×0 em 2019); San Lorenzo-ARG (1×0 em 2019); Universitário-PER (3×2 em 2021) e, agora, o triunfo de hoje: Independiente del Valle (5×0 em 2021).

Departamento de Comunicação

Atual campeão, o Palmeiras enfrentou pela segunda rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2021 o Independiente del Valle e venceu por 5 a 0, na noite desta terça-feira (27), no Allianz Parque – este era um adversário contra o qual o time alviverde nunca antes havia duelado contra. Os gols da partida foram marcados por Rony e por Luiz Adriano, aos 10 e 19 minutos do primeiro tempo, e pela dupla Patrick de Paula, aos 19 da etapa final – sendo este o gol de número 12 mil da história palestrina -, Rony, aos 28, e Danilo Barbosa, aos 35.

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

De quebra, com a vitória, o Palmeiras segue com 100% de aproveitamento no torneio: a outra vitória foi na estreia do time pela competição, contra o Universitário-PER, fora de casa, por 3 a 2 com gol de Renan nos acréscimos.

Com a vitória de hoje por 5 a 0, o Maior Campeão do Brasil ampliou ainda mais o seu saldo como o time brasileiro com mais resultados positivos em toda a história da Libertadores! Agora são 110 vitórias (em 199 jogos). O segundo colocado dessa lista é o Grêmio.

Especificamente no cenário mandante, o Verdão também detém o recorde de time brasileiro com mais gols na história da Libertadores: são 220 bolas na rede, contra 201 do Cruzeiro, segundo colocado. Vale ressaltar que o Maior Campeão do Brasil ocupa a sétima equipe, dentre times de qualquer nacionalidade, com mais gols na história do torneio continental: com 371 gols! Neste quesito, só estão à frente do Palmeiras o Cerro Porteño-PAR, (6°, com 403 gols em 310 jogos), o Olimpia-PAR (5°, com 444 gols em 312 jogos), o Boca Juniors-ARG (4°, com 465 gols em 298 jogos), o Nacional-URU (3°, com 549 gols em 394 jogos), o Peñarol-URU (2°, com 555 gols em 369 jogos) e o River Plate-ARG (líder do ranking, com 606 gols em 363 jogos).

Além disso, o resultado favorável fez o time de Abel Ferreira emplacar quatro vitórias seguidas contra times equatorianos (agora é, isolada, a maior série contra times dessa nacionalidade), coincidentemente, todas elas pela Libertadores. Antes do triunfo desta noite, o Verdão havia vencido por 1 a 0 do Barcelona-EQU (jogo de volta das oitavas de final, pela Libertadores de 2017) e, depois, o Delfín-EQU, por 3 a 1 e 5 a 0, respectivamente, nos jogos de ida e volta das oitavas de final da Libertadores do ano passado – mesma fase em que enfrentou o Barcelona. Contra times do Equador, aliás, o Palmeiras tem ótimo aproveitamento: 13 vitórias, dois empates e quatro derrotas em 19 jogos.

O placar elástico tem se tornado comum por Libertadores em casa. Nos últimos seis jogos do Verdão pelo Continental no Allianz Parque, esta já é a quarta vitória por 5 a 0. As outras foram contra o Bolívar-BOL, Tigre-ARG, e Delfín-EQU. Com o resultado, o Verdão também repetiu as maiores goleadas da história do Allianz Parque: além dos placares citados por 5 a 0, houve ainda três triunfos anteriores, em 2015, contra o Sampaio Corrêa-MA pela Copa do Brasil, em 2017, contra o Sport, pelo Brasileiro, e em 2018, diante do Grêmio Novorizontino, pelo Campeonato Paulista.

Individualmente, destaque especial para Rony, que marcou dois gols na partida e, no total pelo clube, tem desempenho avassalador pela Libertadores: 13 jogos, sete gols e nove assistências. Destaque ainda para Patrick de Paula, que tem a sina de fazer gols históricos: além de marcar, nesta noite, o tento de número 12 mil da história do clube, havia feito também, em disputa de pênaltis, o histórico gol contra o Corinthians que deu ao Verdão o título do Paulista de 2020.

Outros jogadores que se destacaram foram Danilo Barbosa e Weverton. Danilo Barbosa marcou seu primeiro gol pelo Verdão nesta noite, apenas em sua quarta partida pelo clube; enquanto Weverton fez ótimas atuações no gol palmeirense. Além deles, por último, vale destacar o brio de Luiz Adriano, que marcou mais um gol com muita classe, chegando ao 28° tento pelo clube em 71 partidas, sendo o terceiro artilheiro do atual elenco com estes números (atrás só de Raphael Veiga, com 29, e Willian, com 57).

PALMEIRAS: Weverton; Luan Garcia, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Patrick de Paula (Zé Rafael, 23/2ºT), Danilo (Felipe Melo, 31/2ºT), Raphael Veiga (Danilo Barbosa, 23/2ºT) e Victor Luis; Rony (Wesley, 31/2ºT) e Luiz Adriano (Willian, 22/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

GOLS: Rony (10 ’1ºT) (1-0), Luiz Adriano (19 ’1ºT) (2-0); Patrick de Paula (19 ’2ºT) (3-0); Rony (28 ’2ºT) (4-0) e Danilo Barbosa (35 ’1ºT) (5-0)

Cartões amarelos (SEP): Abel Ferreira (treinador) e Patrick de Paula