Futebol Feminino

A categoria feminina do futebol do Palmeiras foi criada em 1997, sendo o Verdão um dos primeiros clubes paulistas a investir na modalidade. Há três temporadas, após sete anos de inatividade, a equipe disputa as principais competições estaduais e nacionais em parceria com a prefeitura de Vinhedo, responsável por toda a estrutura de treinamento, repetindo o modelo que já havia sido utilizado em outros momentos, como em 2005-2006 (São Bernardo do Campo), em 2008 (Salto) e em 2012 (Bauru).

Logo no primeiro ano da retomada, em 2019, o Palmeiras mostrou a força de seu projeto ambicioso de figurar entre os protagonistas dentro e fora de campo e já colheu os primeiros frutos em nove meses, sagrando-se campeão da Copa Paulista de Futebol Feminino e garantindo acesso para disputar a Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino.

Em 2020, as Palestrinas não só disputaram o torneio nacional como também o Paulista Feminino, e fizeram história ao chegar à semifinal dos dois campeonatos pela primeira vez e se colocar como uma das quatro melhores equipes do país. Na mesma temporada, o sucesso do Palmeiras feminino fez a fornecedora de material esportivo do clube, a PUMA, fechar acordo inédito com o time para patrocinar 23 atletas.

Fora dos gramados, o futebol feminino do Verdão também se manteve ativo quando o assunto é a responsabilidade social. Nas partidas disputadas no Estádio Nelo Bracalente, em Vinhedo, por exemplo, os ingressos são trocados por 1kg de alimento, em uma ação que, desde 2019, já culminou na arrecadação de mais de quatro toneladas de alimentos, destinadas ao Fundo Social de Solidariedade da cidade.

Com o elenco ainda mais reforçado, o Palmeiras alcançou em 2021 um feito inédito na história do clube: se classificar para a Copa Libertadores ao chegar à final do Brasileiro Feminino. As Palestrinas tiveram a melhor campanha na primeira fase (11 vitórias, quatro empates e nenhuma derrota), além de fechar a competição nacional com o segundo melhor ataque, com 56 gols marcados, e com a atacante alviverde Bia Zaneratto, que participou apenas da primeira fase, na artilharia, com 13 tentos em 15 jogos.

Representado por três atletas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, o Alviverde cedeu um total de 13 jogadoras para a Seleção Brasileira no ano, sendo 11 para o time principal e outras duas para as categorias de base (Sub-20 e Sub-17), e uma para a Seleção Argentina. Outros destaques na temporada são a maior utilização do Allianz Parque, os investimentos na sede administrativa e no centro de treinamento e a maior sequência de jogos invictos da história do futebol feminino alviverde (15 partidas).

Além das talentosas estrelas que fazem parte do elenco atual, o Palmeiras já contou com atletas pioneiras na modalidade, como Maravilha, Tânia Maranhão, Elaine, Cidinha, Robertinha, Gisele Priscila, Sissi, Nilda, Formiga e Michele. As principais conquistas do clube são dois vices do Brasileiro (2000 e 2021), um título do Paulista (2001), três Jogos Regionais (2005, 2008 e 2010) e dois títulos da Copa Paulista (2019 e 2021).

O Verdão também aposta na lapidação de novas craques e, em 2021, disputou o Brasileiro Feminino Sub-18 pelo segundo ano consecutivo, chegando à segunda fase da competição pela primeira vez na história. A campanha de destaque fez com que oito atletas fossem promovidas e tivessem a oportunidade de fazer a integração com o elenco profissional.

14

AWANNY

Goleira

42

JULLY

Goleira

1

TATY AMARO

Goleira

3

AGUSTINA

Zagueira

15

CAROLZINHA

Zagueira

17

KAROL ARCANJO

Zagueira

13

TAINARA

Zagueira

4

THAIS

Zagueira

2

BRUNA CALDERAN

Lateral-direita

29

EVELIN

Lateral-direita

25

JULINHA

Lateral-esquerda

16

MANUELA

Lateral-esquerda

23

ANA CLARA

Meio-campista

8

ARY BORGES

Meio-campista

9

CAMILINHA

Meio-campista

28

DÓROTY

Meio-campista

7

DUDA SANTOS

Meio-campista

5

JULIA BIANCHI

Meio-campista

27

JULIANA

Meio-campista

6

KATRINE

Meio-campista

20

RAFA ANDRADE

Meio-campista

24

THAYNÁ

Meio-campista

19

CAROL BAIANA

Atacante

11

CHÚ

Atacante

18

DANDARA

Atacante

22

GIOVANA

Atacante

30

MARIA ALVES

Atacante

21

OTTILIA

Atacante

ALBERTO SIMÃO
ALBERTO SIMÃO

Diretor Executivo

ANA CAROLINA LORETO
ANA CAROLINA LORETO

Supervisora

HOFFMANN TÚLIO
HOFFMANN TÚLIO

Técnico do Sub-16

VANESSA SILVA
VANESSA SILVA

Analista de Desempenho

CARLOS ALBERTO LIMA
CARLOS ALBERTO LIMA

Preparador de Goleiras

WILLIAM BITENCOURT
WILLIAM BITENCOURT

Preparador Físico

MICHEL RECARTI
MICHEL RECARTI

Auxiliar de Preparação Física

WLADIMIR BRAGA
WLADIMIR BRAGA

Preparador Físico do Sub-16

DANIEL GUEDES
DANIEL GUEDES

Médico

THIAGO ANDRADE
THIAGO ANDRADE

Fisioterapeuta

ANA PAULA DURAN
ANA PAULA DURAN

Nutricionista

ADEIL DE SOUZA
ADEIL DE SOUZA

Massagista

PATRICK WILLIAM TEODORO
PATRICK WILLIAM TEODORO

Roupeiro

 
CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO 2021
PRIMEIRA FASE
Col Equipe P J V E D GP GC SG
Corinthians 38 15 12 2 1 44 13 31
Palmeiras 37 15 11 4 0 45 13 32
São Paulo 29 15 8 5 2 31 14 17
Santos 27 15 8 3 4 27 17 10
Ferroviária 27 15 8 3 4 21 15 6
Internacional 27 15 8 3 4 19 16 3
Grêmio 25 15 7 4 4 27 21 6
Avaí Kindermann 21 15 6 3 6 19 19 0
Flamengo 18 15 4 6 5 14 19 -5
10° Real Brasília 18 15 4 6 5 12 22 -10
11° Cruzeiro 15 15 4 3 8 24 25 -1
12° São José 13 15 3 4 8 16 28 -12
13° Botafogo 11 15 2 5 8 13 22 -9
14° São José 11 15 2 5 8 11 26 -15
15° Napoli 7 15 1 4 10 9 43 -34
16° Bahia 4 15 0 4 11 8 27 -19
 
CAMPEONATO PAULISTA FEMININO 2021
PRIMEIRA FASE
Col Equipe P J V E D GP GC SG
Corinthians 31 11 10 1 0 47 3 44
São Paulo 30 11 10 0 1 34 6 28
Santos 25 11 8 1 2 34 6 28
Ferroviária 24 11 8 0 3 27 11 16
Palmeiras 19 11 6 1 4 28 10 18
São José 18 11 6 0 5 17 16 1
Bragantino 16 11 5 1 5 17 8 9
Taubaté 13 11 4 1 6 12 17 -5
Realidade Jovem 6 11 1 3 7 3 38 -35
10° Pinda/Bola Mágica 4 11 1 1 9 4 41 -37
11° Nacional 4 11 1 1 9 6 44 -38
12° Portuguesa 3 11 1 0 10 7 36 -29
 
Desenvolvido por Foursys