Florida Cup - 2ª rodada
18/01 | 16H00 | Exploria Stadium

New York City x Palmeiras: informações e curiosidades sobre o confronto pela Florida Cup

Pré-jogo: New York City FC-EUA x Palmeiras l Florida Cup 2020
Data e hora: 18/01/2020 l 16h (horário de Brasília)
Local: Exploria Stadium, em Orlando (EUA)
Transmissão: SporTV

O Palmeiras enfrenta os norte-americanos do New York City FC neste sábado (18), às 16h (horário de Brasília), no Exploria Stadium, em Orlando (EUA), pelo segundo e último jogo da Florida Cup 2020. Em sua estreia no torneio de pré-temporada na última quarta-feira (15), o Verdão venceu nos pênaltis o Atlético Nacional-COL, por 10 a 9, após empate sem gols e soma dois pontos da tabela de classificação – os colombianos têm um.

Esta é a primeira participação do Palmeiras no torneio norte-americano. Quatro times participam, cada um jogando duas partidas, e, de acordo com o regulamento, o campeão será definido por pontos corridos – em caso de empate, será realizada cobrança de pênaltis com um ponto extra dado ao vencedor. O Corinthians, o outro participante do torneio, soma três pontos, enquanto o NY City tem zero.

O técnico Vanderlei Luxemburgo encerrou a preparação para este duelo com um treino coletivo na tarde desta sexta-feira (17). Bem ativo, o comandante esboçou a equipe titular e orientou bastante os jogadores durante a movimentação.

PALMEIRAS NOS ESTADOS UNIDOS

O Palmeiras realiza a pré-temporada nos Estados Unidos pela primeira vez. O clube esteve nos EUA anteriormente em julho de 1997, na intertemporada, para a disputa da Taça Amizade, contra o New England Revolution-EUA (o Palmeiras de Luiz Felipe Scolari venceu por 1 a 0, com gol de Euller, e ficou com a taça). Esse é o único jogo do Verdão contra clubes americanos em sua história. Na mesma excursão, o time alviverde disputou também a Rebook Cup contra o Junior Barranquilla-COL e Necaxa-MEX, mas ficou com o terceiro lugar da competição, que também contava com o Borussia Mönchengladbach-ALE.

TORNEIOS INTERNACIONAIS

A participação mais recente do Palmeiras em um torneio amistoso internacional antes da Florida Cup aconteceu no início da temporada de 2016, em Montevidéu, quando participou da Copa Antel. O time foi vice-campeão após superar o Club Libertad-PAR e empatar sem gols com o anfitrião Nacional na decisão (foi superado nos pênaltis por 4 a 3). A última excursão internacional foi realizada em 2018, na parada da Copa do Mundo, com amistosos disputados no Panamá e na Costa Rica contra Árabe Unido, Independiente Medelín e Liga Alajuelense.

MELHOR DEFESA DO BRASIL 

O Palmeiras encerrou 2019 como o time de Série A que menos sofreu gols na temporada: foi vazado 44 vezes em 68 jogos (sem contar amistosos). O Alviverde ainda teve a menor média de gols sofridos (0,65 – sexta melhor média do Verdão na história) e o maior índice de jogos sem ser vazado (não sofreu gol em 52,94% de seus jogos). Nesta temporada, com Weverton atuando no primeiro tempo e Jailson jogando o segundo tempo diante do Atlético Nacional-COL, mais uma vez o Verdão saiu de campo sem sofrer gols.

#CRIASDAACADEMIA EM ALTA

A principal novidade do Palmeiras na partida contra o Atlético Nacional-COL foi a boa participação dos jovens recém-promovidos das categorias de base. O volante Patrick de Paula fez sua estreia como titular ao lado de Bruno Henrique no meio de campo alviverde. No intervalo, o técnico Vanderlei Luxemburgo trocou os 11 jogadores e promoveu as estreias do atacante Wesley e do volante Gabriel Menino – Gabriel Veron também entrou no intervalo. A outra estreia da noite foi do meia Alan, que substituiu Zé Rafael aos 35 minutos da segunda etapa.

No ano passado, o Palmeiras assumiu o posto de #MaiorCampeãoDoBrasil também nas categorias de base. Com o título da Supercopa do Brasil Sub-17, conquistado pelo clube no dia 05/12, diante do Flamengo, no Maracanã, o Palmeiras chegou a cinco títulos nacionais na base e igualou o São Paulo – considerando os torneios oficiais organizados pela CBF. Somando todas as categorias, o Verdão encerrou a temporada com 34 títulos nas equipes de base.

BRUNO HENRIQUE: PERTO DO TOP 100 DE GOLS

Autor de 28 gols em 144 partidas desde que chegou ao clube, em 2017, Bruno Henrique está a apenas dois de entrar no top 100 dos jogadores que mais balançaram as redes na história do Verdão. Atualmente, Marcinho e Osmar dividem a 99ª posição.

Bruno Henrique já é o quinto volante com mais gols na história do Palmeiras, atrás apenas de Dudu (29 gols nos anos 60 e 70), Magrão (29 tentos nos anos 2000), Marcos Assunção (31 gols entre 2010 e 2012) e Zequinha (41 gols nos anos 50 e 60). Com as dez bolas na rede em 2019, Bruno superou nomes como o de Waldemar Fiume (27 gols), Og Moreira (também 27) e Cesar Sampaio (25). Quando o assunto se restringe às médias, o meio-campista salta para a segunda posição, atrás apenas de Marcos Assunção (média de um gol a cada 5,10 jogos, contra 4,67 de Assunção).

DUDU: CINCO ANOS DE PALMEIRAS

Dudu completou cinco anos de Palmeiras no último sábado (11). Com 68 gols, o atacante é o maior artilheiro do clube no século XXI, à frente de Vágner Love, com 54. No ranking geral da história alviverde, é o 32º colocado três atrás de Nei, o 31º com 71 gols – líder é Heitor Marcelino Domingues, com 317 gols, entre 1916 e 1931.

Desde 2015 no Maior Campeão do Brasil, o dono da camisa 7 está perto de alcançar a expressiva marca de 300 jogos pelo Verdão: são atualmente 294 jogos, que o coloca entre os 35 atletas que mais entraram em campo pelo Palmeiras na história (e o segundo no século XXI, atrás apenas de Marcos, com 392 jogos). A estreia pelo clube aconteceu duas semanas após o anúncio oficial: no dia 25 de janeiro de 2015, com vitória sobre o Red Bull Brasil, por 3 a 2, em amistoso realizado no Allianz Parque. O atacante também está na lista dos 35 jogadores que mais venceram pelo Palmeiras em todos os tempos, com 168 vitórias. No século XXI, apenas o goleiro Marcos tem mais triunfos, com 182.

Com 13 gols na temporada 2019, Dudu fechou o ano passado como artilheiro do time ao lado de Gustavo Scarpa. O atacante também foi o principal garçom do Verdão no ano (18 assistências), quem mais partidas disputou (65) e quem mais minutos jogou (5747).

JAILSON: CINCO PÊNALTIS DEFENDIDOS

O goleiro Jailson defendeu a décima cobrança do Atlético Nacional, batida pelo zagueiro Velásquez, e garantiu ao Palmeiras o ponto extra após a cobrança de penalidades na estreia da Florida Cup. Foi o quinto pênalti defendido pelo jogador no Verdão – antes, havia parado cobranças de Flamengo, Barcelona de Guayaquil-EQU, Red Bull Brasil e Santos.

Contra o Flamengo, ele defendeu a cobrança de Diego, no Brasileiro de 2017; diante do Barcelona de Guayaquil-EQU, Jailson parou Damian Diaz, na Libertadores de 2017; enfrentando o Red Bull Brasil, o arqueiro espalmou o tiro de Rodrigo Andrade, no Paulista de 2018; e contra o Santos, Jailson impediu o gol de Diogo Vitor, também do Paulista de 2018 (fase semifinal, que classificou o Alviverde para a decisão).

Jailson está integrado ao elenco desde 2014, quando veio contratado do Ceará. Desde então, foi campeão da Copa do Brasil de 2015 e dos Brasileiros de 2016 e 2018. Mas foi no Brasileirão de 2016 que Jailson se firmou, após a ida de Fernando Prass para a Seleção Olímpica e, logo em seguida, a lesão sofrida pelo seu então companheiro de time. A partir de então, o atual camisa 42 ganhou sequência no time e também o carinho da torcida, sendo apelidado carinhosamente de ‘Jailsão da Massa’.

WEVERTON: 2ª MENOR MÉDIA DE GOLS SOFRIDOS

O goleiro Weverton ostenta atualmente uma importante marca: a de segundo goleiro menos vazado dos 105 anos de história da agremiação palestrina, levando em consideração a média de tentos sofridos: em 90 jogos pelo Palmeiras, incluindo o duelo com o Atlético Nacional-COL, são 57 gols tomados, média de 0,6 por partida – igual a de Gato Fernández, que em 1994 atuou no Alviverde por 35 partidas e sofreu 22 gols. Já a melhor média de um guarda-metas na história esmeraldina pertence ao paraguaio Benítez, com apenas 13 gols sofridos em 24 jogos (média de 0,5). Os dados computam apenas goleiros que atuaram pelo menos 10 vezes pelo Verdão.

VANDERLEI LUXEMBURGO: QUINTA PASSAGEM

Esta é a quinta passagem de Vanderlei Luxemburgo pelo Palmeiras. Terceiro treinador com mais jogos (375) e mais vitórias (227) à frente do clube na história, também é o comandante com o maior número de títulos pelo Verdão (sete). Teve sua primeira passagem em 1993 e encerrou um jejum de quase 17 anos sem títulos com uma histórica goleada por 4 a 0 sobre o Corinthians na final do Paulista. Também venceu o Campeonato Brasileiro naquele ano, diante do Vitória, pondo fim a um período de 20 anos sem conquistas nacionais. Repetiu o feito no ano seguinte e foi bicampeão paulista e nacional. Em 1996, venceu o Paulista com campanha avassaladora – o jogo bonito e ofensivo da equipe ficou conhecido como “ataque dos 100 gols”, tendo anotado 102 gols com 27 vitórias, dois empates e somente um revés. Em seu último trabalho à frente do Alviverde, em 2008, o treinador acabou com mais um jejum de oito anos sem títulos ao vencer o Paulista diante da Ponte Preta.

DADOS GERAIS DO ELENCO EM 2019

Atletas com mais jogos disputados:

Dudu (65); Bruno Henrique (60); Weverton (52).

Gols:

Gustavo Scarpa, Dudu (13); Bruno Henrique (10); Deyverson (8); Luiz Adriano, Zé Rafael (7); Felipe Melo (6); Borja, Gustavo  Gómez, Raphael Veiga (5); Ricardo Goulart, Willian (4); Marcos Rocha (3); Gabriel Veron, Moisés, Hyoran (2); Luan, Mayke, Felipe Pires, Edu Dracena, Carlos Eduardo, Thiago Santos, Lucas Lima, Arthur Cabral (1).

Assistências:

Dudu (18); Marcos Rocha, Gustavo Scarpa (7); Lucas Lima, Bruno Henrique (5); Hyoran, Diogo Barbosa (4); Ricardo Goulart, Moisés, Zé Rafael, Deyverson (3); Raphael Veiga, Borja, Mayke (2); Edu Dracena, Luan, Felipe Melo, Gabriel Veron, Jean, Willian, Luiz Adriano (1).

Cartões Amarelos: Gabriel Menino, Raphael Veiga, Felipe Melo, Zé Rafael (PAL);
Andres Jasson, Justin Haak (NYC)

Palmeiras: .
TÉCNICO: Vanderlei Luxemburgo.

  • LocalExploria Stadium

    ÁRBITROJJ Bilinski

  • Data18/01 - 16H00

    Assistentes de vídeo

Fonte: Footstats
Desenvolvido por Foursys