Departamento de Comunicação

O Centro de Formação de Atletas do Palmeiras, visando o aperfeiçoamento no desenvolvimento de talentos, trouxe dois novos profissionais de peso para a comissão técnica do clube: Luciano Junior, coordenador da preparação de goleiros, e Jeremias Lopes, treinador específico de habilidades individuais.

Os profissionais participam diariamente das atividades das equipes Sub-17 e Sub-20 do Verdão (Foto: Lucas Zenatti/TV Palmeiras)

Com passagens por Vitória e Athletico-PR, clube no qual treinou por cinco anos o arqueiro Weverton, Luciano iniciou sua trajetória como preparador de goleiros em 1993. São mais de 28 anos de experiência treinando talentos debaixo das traves, profissão essa que teve como um dos precursores o ex-goleiro e ídolo palmeirense Valdir Joaquim de Morais.

“É uma grande honra fazer parte da Academia do Palmeiras. Tenho amigos que trabalham aqui há muito tempo, já acompanho os trabalhos e sei do potencial que o clube tem. Espero agregar valores, e com certeza haverá bastante aprendizado por conta dos profissionais de excelência que aqui trabalham”, declarou Luciano, que trabalhará no dia a dia ao lado dos preparadores de goleiros da base alviverde.

Luciano foi treinador de Weverton no Athletico-PR por cinco anos (Foto: Divulgação)

Jeremias, por sua vez, já teve experiências como atleta de campo tanto no Brasil (Inter de Limeira e União São João) quanto na Alemanha. Naturalizado alemão, fez parte da seleção de beach soccer do país em 2008 antes de migrar para a área técnica do futebol.

O novo contratado do Verdão tem Licença B da UEFA e Licença C da DFB (Federação Alemã de Futebol) para treinadores. Em solo germânico, realizou trabalhos em diversos clubes da Bundesliga (principal liga do país), com foco nas categorias de base. No clube alviverde, será responsável pelo desenvolvimento técnico individual das Crias da Academia.

“O meu trabalho aqui no Palmeiras passará pela moldagem dos atletas desde as categorias menores, para que cheguem já preparados individualmente aos times maiores. Já o trabalho com os mais velhos passa pelo refino dessa parte técnica. É dar a eles mais intimidade com a bola sem perder a essência do futebol brasileiro, que é o drible, a arte, o futebol de rua. Estou muito feliz com essa oportunidade e desafio”, disse Jeremias.

Um dos trabalhos de Jeremias na Europa foi realizado no Borussia Dortmund, um dos principais clubes da Alemanha (Foto: Divulgação)

Na visão de João Paulo Sampaio, coordenador das categorias de base do Palmeiras, a vinda dos profissionais trará uma melhora significativa no desenvolvimento dos atletas do CFA, já que ambos são bastante reconhecidos em suas atribuições.

“O Jeremias é muito reconhecido na Alemanha e já tinha feito um workshop conosco recentemente. Por conta deste trabalho específico, atuamos para especializar alguns profissionais nossos nessa parte de lapidação de talentos. A vinda dele, portanto, será um ‘upgrade’ para a comissão. E a coordenação da preparação de goleiros já é algo que existe há bastante tempo no futebol brasileiro, e o Luciano chegou a nós pela indiscutível capacidade de liderar a implantação deste projeto”, explicou João.

Por conta da pandemia da covid-19, os jogos da base alviverde foram suspensos no mês de março e estão programados para retornar no início de maio, com a disputa da Copa do Brasil Sub-20 e do Brasileiro Sub-17. Em cumprimento aos decretos governamentais e protocolos sanitários, somente estas categorias têm calendário ativo nesta temporada.

CONFIRA ABAIXO AS PALAVRAS DOS NOVOS PROFISSIONAIS DA BASE DO VERDÃO PELAS LENTES DA TV PALMEIRAS/FAM:

Departamento de Comunicação

Em sua temporada mais vitoriosa desde 1993, o Palmeiras teve pelo menos uma Cria da Academia em campo nas partidas rumo aos títulos da Conmebol Libertadores, da Copa do Brasil, do Campeonato Paulista e da Florida Cup. As contribuições não se resumiram somente a minutos jogados, gols e assistências, mas também de muita técnica e polivalência na equipe principal.

E a marca histórica vai além: dos 79 jogos disputados entre 2020 e 2021, os garotos da base alviverde não atuaram somente em um duelo: no empate por 1 a 1 com o Grêmio, no Allianz Parque pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, em 15 de janeiro.

Quando o assunto é Copa do Brasil, a conquista do último domingo (07), quarta na história do Alviverde, teve sabor ainda mais especial para três Crias: o lateral-esquerdo Lucas Esteves, o meio-campista Patrick de Paula e o atacante Gabriel Veron. Eles se tornaram os únicos atletas da história do Verdão a serem campeões das Copas do Brasil Sub-17, Sub-20 e Profissional. Veron, assim como Gabriel Silva, tem outro recorde: ambos venceram o Campeonato Paulista pelo Palmeiras nas categorias Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional.

Wesley (foto) e Gabriel Menino fizeram história: Palmeiras campeão pela primeira vez com gols de atletas criados na base (Foto: Cesar Greco)

A temporada 2020 também está marcada por ser a que mais se viu Crias da Academia relacionadas para jogos da equipe profissional independentemente de terem entrado em campo ou não. Ao todo, 31 atletas na lista: os goleiros Vinicius, Mateus e Leandro; os laterais Lucas Esteves, Quiñonez, Vanderlan, Ramon Rocha, Victor Luis, os zagueiros Renan, Henri, Helder e Pedrão, os meio-campistas Gabriel Menino, Patrick de Paula, Danilo, Vitinho, Ramon Cesar, Pedro Bicalho, Caio Cunha, Juninho e Alan e os atacantes Gabriel Veron, Wesley, Gabriel Silva, Marcelinho, Robinho, Pedro Acácio, Marino, Fabricio, Anibal e Angulo.

Considerando também os atletas que já estão efetivados no plantel principal, ao todo 13 Crias da Academia estrearam pelo Palmeiras na temporada 2020. Na ordem, foram a campo Patrick de Paula, Gabriel Menino, Wesley, Alan, Angulo (emprestado ao Botafogo), Gabriel Silva, Danilo, Renan, Anibal, Marcelinho, Fabricio, Pedro Acácio e Vanderlan. Juntos, eles somaram 220 jogos e fizeram da temporada 2020 a que o Palmeiras mais colocou jovens estreantes da base para atuar no século, superando as 103 partidas de 11 pratas da casa debutantes em 2010.

O recorde de jogadores do Centro de Formação de Atletas relacionados para uma partida do profissional na temporada 2020 aconteceu contra o Atlético-MG, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, com 15 nomes entre titulares e reservas: os goleiros Vinicius e Mateus, os laterais Vanderlan e Lucas Esteves, os zagueiros Renan e Henri, os meio-campistas Danilo e Pedro Bicalho e os atacantes Wesley, Gabriel Silva, Gabriel Veron, Marcelinho, Pedro Acácio, Fabricio e Robinho.

Diante do Coritiba, em outubro de 2020, pelo Campeonato Brasileiro, cinco Crias da Academia foram escaladas no time titular: Renan, Lucas Esteves, Patrick de Paula, Gabriel Menino e Gabriel Veron – isso não acontecia desde 2015. Já contra o Delfín-EQU, na partida de ida das oitavas de final da Libertadores, os 11 suplentes eram oriundos do Centro de Formação de Atletas do Verdão, feito inédito na história do clube.

O CFA do Palmeiras terminou a temporada como líder absoluto pelo terceiro ano consecutivo do ranking publicado pelo site DaBase.com.br, único portal brasileiro com cobertura nacional e internacional das categorias menores. A nova classificação foi divulgada neste mês de março com o Verdão na ponta, com 278 pontos, seguido por Grêmio (205), Flamengo (177), Internacional (175) e São Paulo (173).

As #CriasDaAcademia fizeram a trinca! (Foto: Cesar Greco)

Confira abaixo as campanhas campeãs com a participação das Crias da Academia:


> CONMEBOL LIBERTADORES

Primeira fase

Tigre-ARG 0 x 2 Palmeiras – estiveram em campo Gabriel Menino e Gabriel Veron
Palmeiras 3 x 0 Guaraní-PAR – esteve em campo Patrick de Paula
Bolívar-BOL 1 x 2 Palmeiras – estiveram em campo Gabriel Menino, Danilo e Gabriel Veron
Guaraní-PAR 0 x 0 Palmeiras – estiveram em campo Danilo, Gabriel Menino, Gabriel Veron e Wesley
Palmeiras 5 x 0 Bolívar-BOL – estiveram em campo Gabriel Menino, Patrick de Paula, Danilo e Wesley
Palmeiras 5 x 0 Tigre-ARG – estiveram em campo Gabriel Menino, Danilo, Gabriel Veron e Wesley

Oitavas de final

Delfín-EQU 1 x 3 Palmeiras – estiveram em campo Patrick de Paula, Renan, Danilo, Gabriel Menino, Lucas Esteves e Gabriel Silva
Palmeiras 5 x 0 Delfín-EQU – estiveram em campo Gabriel Menino, Patrick de Paula, Danilo, Gabriel Veron e Gabriel Silva

Quartas de final

Libertad-PAR 1 x 1 Palmeiras – estiveram em campo Gabriel Menino, Danilo, Gabriel Silva e Gabriel Veron
Palmeiras 3 x 0 Libertad-PAR – estiveram em campo Danilo, Gabriel Menino e Gabriel Veron

Semifinal

River Plate-ARG 0 x 3 Palmeiras – estiveram em campo Danilo e Gabriel Menino
Palmeiras 0 x 2 River Plate-ARG – estiveram em campo Danilo e Gabriel Menino

Final

Palmeiras 1 x 0 Santos – estiveram em campo Danilo, Patrick de Paula e Gabriel Menino

A América é verde e branca! (Foto: Cesar Greco)

> COPA DO BRASIL

Oitavas de final

Red Bull Bragantino 1 x 3 Palmeiras – estiveram em campo Gabriel Menino e Wesley
Palmeiras 1 x 0 Red Bull Bragantino – estiveram em campo Gabriel Menino, Danilo, Wesley e Gabriel Veron

Quartas de final

Palmeiras 3 x 0 Ceará – estiveram em campo Renan, Danilo, Patrick de Paula, Gabriel Veron e Gabriel Silva
Ceará 2 x 2 Palmeiras – estiveram em campo Renan, Patrick de Paula, Lucas Esteves, Anibal e Marcelinho

Semifinal

Palmeiras 1 x 1 América-MG – estiveram em campo Gabriel Menino, Gabriel Veron, Gabriel Silva e Danilo
América-MG 0 x 2 Palmeiras – estiveram em campo Danilo, Gabriel Menino e Patrick de Paula,

Final

Grêmio 0 x 1 Palmeiras – estiveram em campo Danilo, Wesley, Gabriel Menino e Gabriel Veron
Palmeiras 2 x 0 Grêmio – estiveram em campo Patrick de Paula, Wesley e Gabriel Menino

Gol na final?  Na Copa do Brasil de 2020, Menino deixou o dele (Foto: Cesar Greco)

> CAMPEONATO PAULISTA

Primeira fase

Ituano 0 x 4 Palmeiras – estiveram em campo Victor Luis, Gabriel Menino e Gabriel Veron
Palmeiras 0 x 0 São Paulo – estiveram em campo Victor Luis, Gabriel Menino, Patrick de Paula e Gabriel Veron
Palmeiras 4 x 0 Oeste – estiveram em campo Victor Luis, Wesley e Gabriel Veron
Red Bull Bragantino 1 x 2 Palmeiras – estiveram em campo Victor Luis, Gabriel Menino e Wesley
Ponte Preta 0 x 1 Palmeiras – estiveram em campo Victor Luis e Patrick de Paula,
Palmeiras 3 x 1 Mirassol – estiveram em campo Gabriel Menino, Patrick de Paula e Gabriel Veron
Palmeiras 1 x 0 Guarani – estiveram em campo Gabriel Menino, Victor Luis e Gabriel Veron
Santos 0 x 0 Palmeiras – estiveram em campo Gabriel Menino e Gabriel Veron
Palmeiras 1 x 1 Ferroviária – esteve em campo Patrick de Paula
Inter de Limeira 0 x 0 Palmeiras – esteve em campo Patrick de Paula
Corinthians 1 x 0 Palmeiras – estiveram em campo Gabriel Menino, Patrick de Paula e Wesley
Palmeiras 2 x 1 Água Santa – estiveram em campo Gabriel Menino e Patrick de Paula

Quartas de final

Palmeiras 2 x 0 Santo André – estiveram em campo Patrick de Paula e Gabriel Menino

Semifinal

Palmeiras 1 x 0 Ponte Preta – estiveram em campo Patrick de Paula e Gabriel Menino

Final

Corinthians 0 x 0 Palmeiras – estiveram em campo Patrick de Paula, Gabriel Menino e Iván Angulo
Palmeiras 1 (4)x(3) 1 Corinthians – estiveram em campo Patrick de Paula e Gabriel Menino

Patrick de Paula comemora a conversão do pênalti do título paulista (Foto: Cesar Greco)

> FLORIDA CUP

Palmeiras 0 x 0 Atlético Nacional-COL – estiveram em campo Victor Luis, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Alan, Wesley e Gabriel Veron
New York City-EUA 1 x 2 Palmeiras – estiveram em campo Pedrão, Victor Luis, Gabriel Menino, Patrick de Paula, Alan, Gabriel Veron e Wesley

O primeiro embarque em 2020 para uma temporada gloriosa (Foto: Cesar Greco)

Departamento de Comunicação

O Centro de Formação do Palmeiras têm quebrado marcas atrás de marcas ao longo das temporadas. Por conta disso, o clube é líder absoluto pelo terceiro ano consecutivo do ranking publicado pelo site DaBase.com.br, único portal brasileiro com cobertura nacional e internacional das categorias menores.

A nova classificação foi divulgada neste mês de março com o Verdão na ponta, com 278 pontos, seguido por Grêmio (205), Flamengo (177), Internacional (175) e São Paulo (173). Em 2020, devido ao calendário atípico em virtude da pandemia da Covid-19, a base alviverde disputou competições em janeiro e, no segundo semestre, somente nas categorias Sub-20 e Sub-17.

Ao todo, foram seis conquistas na temporada: Paulista Sub-20, Copa Santiago Sub-18, EFIPAN Sub-14, Taça Brasil de Campo Bom Sub-13, IberCup Sub-12 e Copa Cidade Verde Sub-12. Em 2021, o calendário segue momentaneamente restrito às categorias Sub-20 e Sub-17.

O Palmeiras é o atual tetracampeão estadual Sub-20 (Foto: Fabio Menotti)

Na última quarta-feira (03), no clássico contra o Corinthians válido pelo Campeonato Paulista, o Palmeiras estreou na competição estadual com 16 atletas formados em suas fileiras entre os relacionados, recorde absoluto neste século. Foram eles o goleiro Vinicius, os laterais Lucas Esteves, Gustavo Garcia, Victor Luis e Vanderlan, os zagueiros Renan e Henri, os meio-campistas Gabriel Menino, Danilo, Fabinho, Vitinho e Ramon e os atacantes Gabriel Silva, Rafael Elias, Marcelinho e Giovani.

Critérios do ranking

O levantamento feito pelo portal contabiliza cerca de 100 campeonatos de base por todo o país. Levam-se em conta todos os estaduais disputados no Brasil, catalogados nos sites oficiais de cada federação, do Sub-11 ao Sub-20 (assim como as copas com pelo menos quatro participantes), além do Brasileiro de Aspirantes e as competições regionais e nacionais. São contadas também as principais competições internacionais e os torneios com a presença de ao menos dois brasileiros na disputa.

A pontuação é a seguinte:

Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores e Mundial: 10 pontos ao campeão, 5 pontos ao vice e 2 pontos aos semifinalistas;

Copa SP, Copa Ipiranga, Taça BH e Copa Brasil Votorantim: 5 pontos ao campeão, 3 pontos ao vice e 1 ponto aos semifinalistas;

Brasileiro Mirim, Copa do Nordeste, Copa Sul, Copa Santiago, Efipan e Copa Nike: 4 pontos ao campeão e 2 pontos ao vice;

Campeonatos Estaduais: 3 pontos ao campeão e 1 ponto ao vice;

Copas e torneios estaduais: 2 pontos ao campeão e 1 ponto ao vice;

Demais torneios: 3 pontos ao campeão e 2 pontos ao vice.

O ranking atual (revisado em 1º de março de 2021) considera os resultados obtidos entre 1º de janeiro de 2016 e 1º de março de 2021, independentemente da quantidade de jogos realizados por cada agremiação esportiva. A nova atualização será publicada no próximo dia 1º de junho.

Confira abaixo a lista com os 10 primeiros colocados do Ranking DaBase:

Departamento de Comunicação

O Maior Campeão do Brasil chega aos 106 anos de glórias vivendo o melhor momento de sua história nas categorias de base. As Crias da Academia (apelido dado aos craques formados pelo clube) têm quebrado recorde atrás de recorde, seja na conquista de títulos ou em convocações para as Seleções Brasileiras de base. Hoje, são destaques na equipe principal comandada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, coroando o trabalho de reformulação do CFA palmeirense.

No elenco atual, por exemplo, os meio-campistas Patrick de Paula e Gabriel Menino têm se destacado com participação efetiva nas vitórias da equipe na temporada, sobretudo na conquista do Campeonato Paulista diante do rival e nas primeiras rodadas do Brasileirão, mantendo o Verdão invicto até aqui no torneio (duas vitórias e dois empates).

Ao todo, são 10 jogadores com passagens pelo CFA alviverde que estão com Luxemburgo no time principal: o goleiro Vinicius Silvestre, o zagueiro Henri, o lateral-esquerdo Lucas Esteves, os meio-campistas Patrick de Paula, Gabriel Menino e Alan e os atacantes Gabriel Veron, Wesley, Angulo e Gabriel Silva.

Desde 2017, são 76 conquistas entre as categorias Sub-10 e Sub-20. O maior número de taças vencidas no período foi obtido no ano passado, com 34 prêmios. Diversos títulos nacionais e internacionais inéditos entraram para a galeria palmeirense, como o bicampeonato mundial de clubes Sub-17, na Espanha, com direito a vitória sobre o forte Real Madrid em uma das decisões.

A nível nacional, a exemplo do elenco principal, o Verdão também é o #MaiorCampeãoDoBrasil na base, ao lado do São Paulo, com cinco conquistas nos últimos três anos: duas Copas do Brasil Sub-17 (2017 e 2019), uma Supercopa Sub-17 (2019), um Brasileiro Sub-20 (2018) e uma Copa do Brasil Sub-20 (2019).

O Verdão faturou em 2019 o título inédito da Supercopa do Brasil Sub-17 em pleno Maracanã (Foto: Fabio Menotti)

Outro pilar do excelente trabalho de base alviverde é a grande presença das Crias da Academia nas seleções nacionais, fazendo do Palmeiras o clube brasileiro com mais convocados nos últimos três anos. Em 2019, por exemplo, o Verdão teve 18 convocações com pelo menos um atleta nas equipes Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Sub-23 do Brasil. Já em 2018, teve o auge de jogadores chamados para defender a Amarelinha, com 29 nomes. Em 2017, foram 17, dando início à sequência positiva.

A participação de atletas do Palmeiras em seleções de formação vai além das fronteiras, com atletas constantemente convocados para Bolívia, Colômbia e Paraguai. O Verdão também tem ficado de olho em talentos de fora do Brasil, diversificando seu trabalho de captação. Somente neste ano, por exemplo, nove estrangeiros de seis países diferentes (Angola, Bolívia, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru) integram o elenco Sub-20.

“Estamos em um momento único na história do clube. Ter atletas da base entre os protagonistas do time principal é a confirmação de um trabalho árduo de reformulação que tem dado muitos resultados nos últimos anos, com diversos títulos e convocações. Investimos muito em estrutura, pessoas, processos, profissionais e metodologia, para que pudéssemos agora colher os frutos desse trabalho”, declarou Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras.

Os garotos do Verdão já têm data para reestrear em 2020 após a suspensão das competições nacionais e estaduais por conta da pandemia da Covid-19. O time Sub-20 será o primeiro a entrar em campo, no mês de setembro, pelo Brasileiro da categoria.

A base alviverde teve expressiva participação na conquista do Paulista de 2020 (Foto: Divulgação)

> Confira as conquistas palmeirenses na base nos últimos anos:

Sub-20 = 13 títulos

Campeonato Brasileiro: 2018
Copa do Brasil: 2019
Copa Internacional Ipiranga (Copa RS): 2018 (invicto)
Copa Santiago de Futebol Juvenil: 2018 e 2020 (invicto)
Campeonato Paulista: 2017, 2018 e 2019
Torneio Internacional de Bellinzona-SUI: 2017
Terborg Toernooi-HOL: 2018 e 2019
CEE Cup-TCH: 2018 (invicto) e 2019 (invicto)
Aesch Turnier-SUI: 2019 (invicto)

Sub-17 = 9 títulos

Mundial de Clubes: 2018 (invicto) e 2019 (invicto)
Copa do Brasil: 2017 e 2019
Supercopa do Brasil: 2019
Campeonato Paulista: 2018
Scopigno Cup-ITA: 2017 e 2018
SNAF Mondial Cup-FRA: 2019

Sub-16 = 3 títulos

Future Cup International Youth Tournament Sub-16-CHN: 2017
Saitama International Football Festival Sub-16-JAP: 2018
Copa Cidade de Blumenau: 2017

Sub-15 = 10 títulos

Nike Premier Cup: 2017
Copa Brasil de Futebol Infantil: 2018 (invicto)
Campeonato Paulista: 2017 e 2019
Copa 2 de Julho: 2019
Torneio Brasil-Japão: 2017
We Love Football Sub-15-ITA: 2018 e 2019
Evergrande Cup U15 International Football Championship-CHN: 2019
Jeju International Youth Football Tournament-COR: 2019 (invicto)

Sub-14 = 10 títulos

Campeonato Brasileiro Mirim: 2018 (invicto)
Encontro de Futebol Infantil Pan-Americano (EFIPAN): 2017 (invicto), 2018 (invicto) e 2020 (invicto)
Paulista Cup: 2017
Dani Cup: 2018
Torneio Brasil-Japão: 2019 (invicto)
Festival Desportivo Brasil: 2019 (invicto)
Tokyo U-14 International Youth Football Tournament-JAP: 2018 (invicto) e 2019 (invicto)

Sub-13 = 11 títulos

Campeonato Paulista: 2018 (invicto)
Copa de Futebol Cidade Verde: 2017
Copa Ouro: 2017 e 2019 (invicto)
Copa Cidade de São Ludgero: 2017 e 2019 (invicto)
Taça Brasil de Campo Bom: 2019 e 2020 (invicto)
Mito HollyHock Cup U-13-JAP: 2018 (invicto) e 2019 (invicto)
Funroots Cup-JAP: 2019 (invicto)

Sub-12 = 9 títulos

IberCup: 2020 (invicto)
Copa de Futebol Cidade Verde: 2019 (invicto) e 2020 (invicto)
Copa São Carlos de Futebol (Sanca Cup): 2019 (invicto)
Torneio Internacional de Avanhandava: 2018
Copa PUMA Toreros-JAP: 2018 (invicto) e 2019 (invicto)
Hainan Qiongzhong International Cup-CHN: 2019 (invicto)
Carpesol International Challenge-JAP: 2019 (invicto)

Sub-11 = 8 títulos

Campeonato Paulista: 2017 (invicto)
GO Cup: 2018 (invicto) e 2019 (invicto)
Copa Ouro: 2019 (invicto)
Dani Cup: 2019 (invicto)
Leme Cup: 2019
Belmare International Cup-JAP: 2017 (invicto) e 2018 (invicto)

Sub-10 = 3 títulos

IberCup: 2018 e 2019 (invicto)
Dani Cup: 2019 (invicto)

> Veja também a relação de atletas convocados para seleções nacionais:

*os atletas marcados por asterisco não entram na conta

> 2020 = 8 convocados (até o momento)

Sub-17: Natan (G), Jhow (Z) e Ruan Ribeiro (A)
Sub-16: Serafim (Z), Robinho (MC) e Giovani (A)
Sub-15: Gabriel Vareta (Z) e Keven (A)

> 2019 = 18 convocados (mais convocados entre os clubes brasileiros)

Sub-23: Arthur Cabral
Sub-20: Ramon Rocha
Sub-17: Garcia, Renan, Daniel Alves, Henri, Fabinho, Gabriel Silva, Gabriel Veron, Ian Custódio, João Pedro Maciel
Sub-15: Robinho, Murilo, Matheus Matias, Robert, Pedro Karalkovas, Vinicius Serafim, Allan

*Robson Mateus: convocado para a Seleção Boliviana Sub-20
**Iván Angulo: convocado para a Seleção Colombiana Sub-20

> 2018 = 29 convocados (mais convocados entre os clubes brasileiros)

Sub-20: Luan Candido, Vitão, Alan, Fernando, Papagaio, Gabriel Menino, Gabriel Furtado
Sub-17: Bruno Carcaioli, Gustavo Garcia, Emerson Maranhão, Henri, Renan, Fabinho, Gabriel Vieira, Gabriel Veron, Fabricio
Sub-15: Mateus Oliveira, Kauan, Clebson, João Pedro Maciel, Ruan, Murilo, Matheus Matias, Robinho, Pedro Karalkovas, Ian Custodio, Jhow, Pedro Lima, Marcio

*Robson Mateus: convocado para a Seleção Boliviana Sub-20
** Aníbal: convocado para a Seleção Paraguaia Sub-20

> 2017 = 17 convocados

Sub-20: Léo Passos
Sub-17: Lucas Rosa, Luan Cândido, Vitão, Alan e Bruno Tattavito
Sub-15: Mateus Oliveira, Bruno Carcaioli, Henri, Renan, Garcia, Maranhão, Fabinho, Hiago, Gabriel Silva, Vinicius e Gabriel Veron

*Aníbal: convocado para a Seleção Paraguaia Sub-17

Família Palmeiras: atletas e funcionários das categorias de base aderem ao Avanti em solidariedade ao clube

Departamento de Comunicação

Solidariedade e empatia têm sido as palavras que norteiam as atitudes da Sociedade Esportiva Palmeiras em meio à pandemia da Covid-19. Pensando nisso, atletas e funcionários das categorias de base do clube aderiram ao plano de sócio-torcedor Avanti, iniciativa que reforça a importância das boas ações no atual cenário mundial.

Todos os funcionários do CFA palmeirense aderiram ao Avanti (Fabio Menotti)

A associação foi feita por 100% dos funcionários do Centro de Formação de Atletas, inclusos gestores e diretores, e por alguns atletas das categorias Sub-17 e Sub-20, totalizando mais de 110 adesões ao programa. A expectativa é que o índice cresça nos próximos dias, já que jogadores de outras categorias também demonstraram interesse na ação e cada um tem a liberdade de escolher o melhor plano para si.

“Essa atitude é um agradecimento a tudo o que o clube tem feito por todos aqueles que vestem sua camisa. Diversas medidas têm sido tomadas para o bem-estar dos empregados, e isso reforça os pilares do lema ‘Família Palmeiras’, sobretudo a união e a solidariedade, essenciais neste momento”, destacou João Paulo Sampaio, gerente do CFA palmeirense.

João Paulo (dir.), gerente das categorias de base, ao lado de Marcelo Dedeschi (esq.), diretor do CFA alviverde (Fabio Menotti)

Vale lembrar que a base palmeirense, no dia 13 de março, foi uma das primeiras a suspender as atividades na Academia de Futebol 2, em Guarulhos-SP, por conta da pandemia. Inicialmente, os elencos Sub-10, Sub-11, Sub-12, Sub-13 e Sub-14 foram dispensados, condição que se estendeu aos demais na mesma semana.

“Na situação prática, diante de tudo o que nos foi ofertado, ainda tínhamos um sentimento de que poderíamos fazer mais, além do grandioso gesto da carta aberta. Uma família permanece unida nos bons e nos maus momentos, e sabemos que iniciativas como esta são importantes. Foi de coração, e só tenho a agradecer ao clube por tudo o que tem feito por nós”, disse Rodrigo Jordão, treinador do time Sub-11 do Verdão.

Após a suspensão das atividades presenciais, o Palmeiras prescreveu atividades diárias para todas as categorias, além de realizar acompanhamento online com psicólogo, pedagogo, nutricionista e assistente social. O clube também tem auxiliado os atletas com cestas básicas, maior ajuda de custo (equipes menores) e manutenção de salários (equipes maiores).

“Nós decidimos ajudar o clube que tanto pensa em nós e nos possibilita fazer dele ainda maior a cada dia que passa. Essa luta é de todos, e nesse momento vimos que precisamos uns dos outros para fazer a diferença. A união é a nossa força para combater esse vírus e espero que tudo volte ao normal em breve”, ponderou Henri, zagueiro da equipe Sub-20 alviverde.

Henri é o capitão do time Sub-20 do Palmeiras (Fabio Menotti)

Além destas iniciativas, o Verdão tem realizado também diversas ações em suas redes sociais para conscientizar os usuários sobre a importância do isolamento social e de demais medidas de higiene para frear a propagação da Covid-19. O departamento de futebol profissional acordou em reduzir 25% os salários registrados em carteira dos jogadores, do técnico Vanderlei Luxemburgo, do gerente Cícero Souza e do diretor Anderson Barros nos meses de maio e junho.

Os consulados de torcedores palmeirenses também têm feito a diferença em comunidades com ações solidárias nesta pandemia. Foram arrecadadas mais de 10 toneladas de alimentos, além de 1.000 máscaras de proteção, 300 metros de tecido para confecção de máscaras, 39 litros de álcool em gel, roupas, produtos de higiene e dinheiro para aquisição de camas hospitalares e ajuda de custo a profissionais da saúde.

Tais iniciativas estão alinhadas ao programa ‘Por Um Futuro Mais Verde’. O programa busca, com base nos pilares econômico, social e ambiental, consolidar o Palmeiras como uma organização responsável, geradora de impacto positivo para a indústria do futebol e toda a sociedade a partir de diversas ações.

O Consulado de Tupã-SP arrecadou cestas básicas para doação no dia 07 de abril (Divulgação)

Comunicado sobre atividades relativas ao futebol do clube

Departamento de Comunicação

Em concordância com a decisão da Federação Paulista de Futebol (FPF), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) de suspender temporariamente as partidas de suas respectivas competições, a Sociedade Esportiva Palmeiras informa que as atividades relativas ao futebol do clube, tanto nas categorias principal e de base masculina quanto na equipe feminina, estão paradas por tempo indeterminado desde 16 de março.

Seguindo as recomendações das autoridades de saúde municipal, estadual e federal de evitar locais de aglomeração e contato pessoal, a medida de interromper os treinamentos visa combater a propagação do coronavírus e assegurar o bem-estar e a saúde de atletas, funcionários e colaboradores.

Todos os jogadores receberam programa de treinamento individualizado a ser monitorado pelo Núcleo de Saúde e Performance (NSP). Os atletas também foram orientados a respeitar as recomendações de prevenção e os médicos estão à disposição para qualquer dúvida ou necessidade.

No dia 13 de março, o Palmeiras havia anunciado a suspensão das atividades no clube social, incluindo áreas de lazer, de alimentação e locais de aulas, treinos e jogos. Em 26 de março, acordou-se a cessão de férias para seus atletas, comissão técnica e funcionários do departamento de futebol no período compreendido entre os dias 1 e 20 de abril.

Na última quarta-feira (15/04), com base no que foi tratado na videoconferência do Conselho Nacional de Clubes e na reunião virtual da Federação Paulista de Futebol, o clube decidiu prorrogar este período de férias por mais 10 dias, ou seja, até 30/04/2020.

Base do Verdão inicia ano em busca de títulos nacionais nas categorias Sub-17 e Sub-20

Angelo Salvioni
Departamento de Comunicação

As equipes de base do Palmeiras retornaram aos treinos no último mês de fevereiro e iniciam março com a disputa de torneios nacionais importantes. O Sub-17, por exemplo, busca o título inédito do Campeonato Brasileiro da categoria a partir do dia 11 de março (quarta-feira), às 16h, contra o Botafogo, no Allianz Parque.

A equipe Sub-17 do Verdão iniciou a temporada 2020 com a disputa da FAM Cup (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Na temporada passada, o Sub-17 alviverde faturou quatro dos históricos 34 títulos da base, número recorde do clube. Entre eles, o bicampeonato mundial de clubes da categoria, na Espanha, a Copa do Brasil e a Supercopa do Brasil, além da SNAF Mondial Cup, na França. Para o técnico Artur Itiro, o ano será, mais uma vez, de grandes aspirações.

“Teremos Brasileiro e Copa do Brasil mais uma vez, além de outros torneios ao longo do ano. A base tem apresentado grandes resultados nos últimos anos e isso nos transformou em referência e em ‘time a ser batido’. Esperamos um ano mais competitivo em relação a 2019, pois as equipes querem jogar contra nós e vencer. Vamos entrar para brigar pelo título em todos os torneios e faremos o nosso melhor para estar no topo da base mais uma vez”, declarou o treinador do Sub-17 alviverde.

Já o Sub-20 busca o bicampeonato consecutivo da Copa do Brasil neste primeiro semestre e estreia na competição no dia 18 de março, diante do Serra-ES, fora de casa. A categoria faturou outros quatro troféus em 2019: Paulista (tricampeão), Torneio de Terborg (Holanda), CEE Cup (República Tcheca) e Aesch Turnier (Suíça), além de vices no Brasileiro e na Supercopa do Brasil.

“A nossa expectativa é sempre a melhor possível em se tratando de torneios nacionais. Não será diferente agora na Copa do Brasil e, mesmo com um grupo novo, com muitas promoções do Sub-17, esperamos fazer uma grande estreia. Temos um grupo bastante qualificado e sabemos que conquistar o bicampeonato não será fácil, mas vamos trabalhar bastante para obter a melhor campanha”, declarou Wesley Carvalho, técnico do Sub-20 do Verdão.

Em 2020, Wesley Carvalho se tornou o técnico que mais vezes comandou o Palmeiras na história da Copa São Paulo, com 18 jogos (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

> Confira os calendários das categorias Sub-20, Sub-17 e Sub-15

Em janeiro, antes das férias coletivas do Centro de Formação de Atletas palmeirense, a base faturou cinco títulos: Copa Santiago (Sub-18), EFIPAN (Sub-14), Taça Brasil de Campo Bom (Sub-13), Copa Cidade Verde (Sub-12) e IberCup (Sub-12).

Após recordes, base do Palmeiras abre temporada e discute metas para 2020

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

O Palmeiras abriu oficialmente a temporada 2020 da base nesta segunda-feira (17). Funcionários das áreas administrativas e de todas as comissões técnicas reuniram-se no Centro de Excelência da Academia de Futebol para comemorar o bom desempenho recente e traçar as novas metas. O encontro foi apresentado pelo gerente de futebol, Cícero Souza, pelo coordenador geral da base, João Paulo Sampaio, e pelo diretor de futebol, Anderson Barros.

Profissionais de todas as áreas no CFA se reuniram na Academia de Futebol 1 nesta segunda-feira (17)

Cícero Souza apresentou os objetivos de 2020 divididos nas quatro áreas que norteiam a gestão do futebol palmeirense há cinco anos: técnica, financeira, de imagem e de formação. Já a base especificamente tem o projeto dividido nas áreas de administração, formação, captação e transição. Em relação à estrutura física, foram apresentadas as melhorias previstas a curto prazo nas dependências da Academia de Futebol 2, em Guarulhos-SP.

Além de formar bons atletas, o Palmeiras tem a preocupação de criar bons cidadãos. Dentro de campo, o clube busca jogadores que saibam fazer mais de uma função em campo e que, inseridos na ideia de futebol moderno, tenham equilíbrio nas ações ofensivas e defensivas. Todos os funcionários da base também tiveram a oportunidade de se apresentar e explicar brevemente suas funções dentro do projeto.

O grande desafio será elevar ainda mais o nível do trabalho, já consolidado como referência na formação de atletas no futebol brasileiro. Foram 34 títulos em 2019, com destaque para o bi do Mundial de Clubes Sub-17, na Espanha, as Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20 e a Supercopa do Brasil Sub-17, dentre outros títulos estaduais, nacionais e internacionais. O Verdão também cedeu 19 jogadores às seleções brasileiras de base nesta temporada.

O comando da base também esteve representado na reunião pelo diretor estatutário Marcelo Dedeschi. Estiveram presentes funcionários das áreas de coordenação, supervisão, comissões técnicas, diretoria, captação, serviço social, análise de desempenho, Núcleo de Saúde e Performance, psicologia, nutrição, futebol profissional e comunicação.

As categorias de base do Palmeiras celebraram as marcas históricas conquistadas em 2019 na tradicional festa de confraternização para atletas, familiares e funcionários realizada nesta terça-feira (17), na sede social do Verdão. Centenas de pessoas compareceram à celebração, que contou com a exposição de alguns dos 34 troféus conquistados pelo Centro de Formação de Atletas no ano até o momento.

Fabio Menotti/Palmeiras _ Os atletas com melhor desempenho escolar foram homenageados na festa

> Clique aqui e confira as fotos da confraternização

Estiveram na festa atletas de diversas categorias do Sub-10 ao Sub-17. Elenco e comissão técnica do Sub-20, por sua vez, não participaram do evento em virtude da disputa da primeira partida da Supercopa do Brasil Sub-20, em Saquarema-RJ. Os 34 títulos da base palmeirense em 2019 superaram a marca recorde de 2018, quando o clube venceu 23 torneios.

Além disso, o Verdão se tornou o Maior Campeão do Brasil também na base, ao lado do São Paulo, consideradas as competições organizadas pela CBF. Se vencer a Supercopa do Brasil Sub-20 diante do Flamengo, o time alviverde se isola no ranking com seis taças.

Marcelo Dedeschi, diretor da base, e João Paulo Sampaio, coordenador geral da base, conduziram a cerimônia de premiações. Também foram homenageados parceiros do clube e outros diretores alviverdes, como Enrique Guillen, diretor de esportes não profissionais, Davi Gueldini, diretor financeiro, e Marco Polo Calandriello, diretor de atendimentos internos.

Todas as categorias da base conquistaram ao menos uma taça em 2019, com destaque para o bi do Mundial de Clubes Sub-17, na Espanha, as Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20 e a Supercopa do Brasil Sub-17, dentre outros títulos estaduais, nacionais e internacionais. O Verdão também cedeu 19 jogadores às seleções brasileiras de base nesta temporada, tendo inclusive representantes de destaque na conquista da Copa do Mundo Sub-17 pelo Brasil.

A festa também reservou espaço para os destaques do Palmeiras na temporada. A eleição é feita pelos próprios jogadores, e os vencedores de 2019 foram Guilherme Herchner (Sub-10), Derick Araújo (Sub-11), Thiago Mendes (Sub-12), Vitor Figueiredo (Sub-13), João Cintra (Sub-14), Wendell Mendes (Sub-15), Jhonatan Nunes (Sub-16), Gabriel Veron (Sub-17), Danilo Oliveira (Sub-18), Gabriel Menino (Sub-19) e Patrick de Paula (Sub-20). O Departamento Psicossocial, organizador da confraternização, realizou ainda a premiação escolar para os melhores alunos de cada categoria.

O Palmeiras realizou neste fim de semana mais uma edição do Festival Cidade Verde, torneio de futebol voltado a crianças de projetos sociais, escolinhas e clubes convidados da Grande São Paulo. O evento é realizado na Academia de Futebol 2, em Guarulhos-SP, e tem caráter social e recreativo – esta edição teve participação de 48 times nas categorias Sub-10 e Sub-12.

Divulgação_O Rio Branco foi o campeão na categoria Sub-12

O principal objetivo dos festivais é o de proporcionar integração e novas experiências para as crianças e suas comissões técnicas no centro de treinamentos da base do clube, além de fortalecer o relacionamento do Palmeiras com as equipes participantes. Os jovens também têm a oportunidade de serem avaliados pelos observadores técnicos do Verdão.

O clube já havia realizado outra edição do evento em março deste ano, na ocasião voltado às categorias Sub-11 e Sub-13. Desta vez, participaram 24 equipes no Sub-12 (Rio Branco campeão) e outras 24 no Sub-10 (Olímpia campeão). Foram seis grupos de quatro times em cada na primeira fase, e mata-matas a partir das quartas de final (veja abaixo a lista de participantes).

Divulgação_O Olímpia levantou a taça na categoria Sub-10

O Palmeiras organiza frequentemente torneios semelhantes na Academia de Futebol 2. A primeira edição do Festival Cidade Verde foi realizada em 2017, com a presença de oito equipes Sub-13 – a Ponte Preta ficou com o título. Em 2015 e 2016, o clube também realizou no centro de treinamento da base duas edições da Copa Palmeiras das Comunidades.

O Verdão também é o organizador da FAM Cup, competição nacional da categoria Sub-17 que teve duas edições até o momento (2018 e 2019). Neste ano participaram dez clubes com destaque para o austríaco Red Bull Salzburg, primeiro representante internacional. O Verdão venceu a Série Prata com sua equipe Sub-16 nas duas edições.
[album]

Participantes do Festival Cidade Verde Sub-12 – 2019

Bola na Rede – São Paulo-SP

Inter de Franca – Franca-SP

Tolentino Sports – Osasco-SP

DS Sports – Bom Jesus-SP

Inter Academy – São Paulo-SP

Primavera – Indaiatuba-SP

Soccer Blue – Osasco-SP

União Mogi – Mogi das Cruzes-SP

Marítimo – São Paulo-SP

Academia Achadre – Ribeirão Preto-SP

CFAF – Taboão da Serra-SP

Olímpia – Olimpia-SP

Vila Carioca – São Paulo-SP

Catanduva – Catanduva-SP

AA Flamengo – Guarulhos-SP

R23F3 Sports – Presidente Venceslau-SP

R. Soccer – São Paulo-SP

Brazucas – Brasília-DF

ADESM São Carlos – São Carlos-SP

Ingleses – Santos-SP

Cleuza Bueno – São Paulo-SP

Rio Branco – Americana-SP

Mauá – Mauá-SP

SPFC – Jacareí-SP

Participantes do Festival Cidade Verde Sub-10 – 2019

TC Liderança – São Paulo-SP

Inter Academy – Cotia-SP

Rio Branco – Americana-SP

R23F3 Sports – Presidente Venceslau-SP

Neurosport – São Paulo-SP

Chute Inicial – São Paulo-SP

Mauá F.C. – Mauá-SP

Olímpia – Olímpia-SP

Codó – São Paulo-SP

Brazucas – Brasília-DF

Primavera – Indaiatuba-SP

Tolentino Sports – Osasco-SP

Novos Talentos – São Paulo-SP

ADESM São Carlos – São Carlos-SP

Soccer Blue – Osasco-SP

Esplanada – São José-SP

CDC Veleiros – São Paulo-SP

Inter de Franca – Franca-SP

Futebolando – Itapevi-SP

ADAF – Cubatão-SP

Nacional – São Paulo-SP

Inter Academy – Minas Gerais

Academia Achadre – Ribeirão Preto-SP

MESC – São Bernardo do Campo-SP

Departamento de Comunicação

O Palmeiras abre regularmente as portas da Academia de Futebol 2, centro de treinamento de suas categorias base, em Guarulhos-SP, para visitas guiadas em benefício da comunidade. Na manhã desta sexta-feira (25), cerca de 35 alunos e monitores da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Barueri (SDPD) tiveram um dia inesquecível ao lado dos jogadores e comissões técnicas.

Divulgação_Cerca de 35 convidados da SDPD visitaram a Academia de Futebol 2

A iniciativa tem o nome de “Comunidade na Academia” e visa mostrar aos convidados o trabalho realizado pelo clube na formação de atletas – além de propiciar aos jovens e funcionários do Palmeiras o contato com diferentes realidades fora do futebol. Para isso, o clube busca parceria com instituições governamentais, não governamentais e projetos sociais.

A SDPD atende pessoas com deficiências física, auditiva, visual, intelectual, múltipla ou transtorno global do desenvolvimento. O trabalho vista promover espaços inclusivos e estimular a implementação de melhorias nas áreas básicas de saúde, educação, lazer, esporte e cultura visando o exercício pleno da cidadania.

A Academia de Futebol 2

A Academia de Futebol 2 do Palmeiras, de uso da base, fica na Rodovia Ayrton Senna, km 15,5 (sentido interior – capital), dentro do Parque Ecológico do Tietê. O CT conta com cinco campos em tamanho oficial com grama natural (um deles possui arquibancada e receber partidas), campo para treino de goleiros, um campo society, vestiários e área administrativa recém-reformados, academia de musculação com área funcional, sala de fisioterapia, entre outros.

Divulgação_A iniciativa tem o nome de 'Comunidade na Academia'

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

O time Sub-10 do Palmeiras sagrou-se campeão invicto da IberCup, um dos principais torneios para jovens jogadores de futebol no mundo. A equipe disputou as finais da etapa de São Paulo no Centro de Práticas Esportivas da USP, neste domingo (28), e levantou a taça após bater o Grêmio na decisão, por 5 a 2. O Sub-12 também fez grande campanha e foi vice-campeão.

Divulgação_O Sub-10 palmeirense venceu o Athletico-PR na semifinal e o Grêmio na final

A IberCup é um dos maiores torneios de categorias de base do mundo, com etapas realizadas em vários países – além dos clubes, as inscrições são abertas para projetos sociais e escolinhas. A atual edição foi uma etapa preliminar que garante aos vencedores condições especiais nas etapas Qualifiers Cup, que serão disputadas em países como Portugal, Estados Unidos e o próprio Brasil durante o ano.

O Sub-10 do Palmeiras, sob comando do técnico Eduardo Mendes, foi campeão invicto e teve campanha de oito vitórias e um empate, com 61 gols pró e 11 gols sofridos, com direito a goleada por 9 a 2 sobre o Corinthians na fase de grupos. O atacante Brenno Junqueira ainda ganhou o prêmio de melhor jogador da competição. O Sub-12, comandado pelo técnico Vinicius Giuseppe, sofreu somente um revés, justamente na final diante do Flamengo.  

No ano passado, o Verdão foi campeão da etapa qualificatória da IberCup com o time Sub-10. Com o troféu, o clube se credenciou a participar da etapa mundial, em Porto Alegre-RS, na qual fez grande campanha e acabou eliminado pelo Manchester City na semifinal, em janeiro.

Contando todas as categorias, a base alviverde chegou a 24 títulos em 2019 e superou o recorde estabelecido no ano passado, quando encerrou a temporada com 23 taças. A marca incluiu conquistas inéditas e nos níveis estaduais, nacionais e internacionais, como a Copa do Brasil Sub-20, o bi-Mundial Sub-17, na Espanha, e a Copa 2 de Julho Sub-15, entre outros.  

Facebook IberCup_As categorias Sub-10 e Sub-12 do Palmeiras disputaram a IberCup São Paulo

IberCup 2019 – Preliminary Cup

SUB-10

Primeira Fase:

24/07: Palmeiras 1 x 1 Company Sports Fut Soccer
Gol: João França

25/07: Palmeiras 8 x 0 SM Jundiaí
Gols: Brenno Junqueira (4), Guilherme Ferreira, Kaio Gomes, Isacc Nicolas e Samuel Enzo

25/07: Palmeiras 17 x 0 Escola Furacão Arujá
Gols: Brenno Junqueira (5), Guilherme Ferreira (5), Davi Monteiro (2), Guilherme Rangel (2), Cristhopher, João França e Lucca Ruiz

26/07: Palmeiras 3 x 2 Corinthians (Seleção chute Inicial PSJ)
Gols: Brenno Junqueira, Guilherme Rangel e João França

Super Grupos:

26/07: Palmeiras 5 x 0 Adac
Gols: Brenno Junqueira, Davi Monteiro, Guilherme Ferreira, Isac Nicollas e João França

27/07: Palmeiras 9 x 2 Corinthians
Gols: Guilherme Rangel (3), Kaio Gomes (3), Brenno Junqueira, Guilherme Ferreira e João França

28/07: Escuela Lanús (Peru) 2 x 7 Palmeiras
Gols: Eduardo Conceição (4), Kaio Gomes (2) e Isaac Nicollas

Playoff Ouro:

28/07 (Semifinal): Palmeiras 6 x 2 Athletico-PR
Gols: Guilherme Rangel (3), Brenno Junqueira, João Bispo e Isaac Nicollas

28/07 (Final): Palmeiras 5 x 2 Grêmio
Gols: Brenno Junqueira (3) e Guilherme Rangel (2)

SUB-12

Primeira Fase:

24/07: Palmeiras 8 x 0 Allstars F.C.
Gols: Lucas Astolfi (5), Pedro Malheiros, José Henrique e Paulo Marcelo

25/07: Palmeiras 8 x 0 EF São Paulo Cotia
Gols: Heittor Nunes (2), Murilo Dourado (2), Lucas Corrêa (2), Pedro Malheiros e Erik Belé

25/07: Palmeiras 9 x 0 CT Neurosport
Gols: Pedro Malheiros (2), Murilo Dourado (2), Lucas Corrêa, Thiago Mendes, Lucas Astolfi, José Henrique e João Maranduba

26/07: Palmeiras 8 x 1 Esplanada
Gols: Murilo Dourado (2), Heittor Nunes (2), Lucas Corrêa, Pedro Malheiros, Paulo Marcelo e João Maranduba  

Super Grupos:

26/07: Yokohama Marinos (Japão) 1 x 3 Palmeiras
Gols: Lucas Corrêa, Matheus Lacorte e Murilo Dourado

27/07: Grêmio 0 x 0 Palmeiras

28/07: Corinthians Associativo 0 x 4 Palmeiras
Gols: Murilo Dourado (2), Erik Belé e Heittor Nunes

Playoff Ouro:

28/07 (Semifinal): Palmeiras 2 x 1 Athletico-PR
Gols: Lucas Astolfi e Nicholas

28/07 (Final): Palmeiras 0 x 4 Flamengo

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

As categorias Sub-10 e Sub-11 do Palmeiras foram campeãs da DaniCup 2019, em Mirassol-SP, e garantiram mais dois títulos para a base do clube nesta quarta-feira (17). O Sub-10 atropelou na final o Caterpillar Motor, da Colômbia, por 10 a 0, e o Sub-11 goleou o Estrelas do Amanhã, de Bauru-SP, por 4 a 0. Os dois times alviverdes levantaram a taça com 100% de aproveitamento.

Divulgação_O Sub-10 alviverde goleou na decisão e sobrou nos números do torneio

A campanha foi de sete vitórias nas duas categorias – o Sub-10 do técnico Eduardo Mendes marcou 71 gols e sofreu dois, enquanto o Sub-11 comandado pelo treinador Rodrigo Jordão terminou com 60 marcados e dois sofridos. Agora, o clube tem três títulos desta competição na história, já que havia vencido a DaniCup do ano passado com a equipe Sub-14.

O torneio foi disputado nas categorias Sub-7 a Sub-14, com 146 equipes e 1800 crianças de sete países (Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Bolívia e Equador) e dez estados brasileiros. Além do Palmeiras, estiveram presentes clubes como Ceará, San Lorenzo (ARG), Peñarol (URU), Olímpia (PAR) e o Caterpillar Motor (COL), entre outros.

As duas equipes tiveram também os melhores ataques e as melhores defesas da competição. Pelo Sub-11, Luiz ganhou o prêmio individual de melhor goleiro e Vinicius Lima foi o artilheiro do time, com 12 gols. No Sub-10, Gustavo Milani também levou o prêmio de melhor goleiro e Brenno foi o artilheiro geral do torneio na categoria, com 13 gols.

As categorias de base do Palmeiras chegam agora a 20 títulos na temporada 2019, incluindo taças históricas como a Copa do Brasil Sub-20, o bicampeonato do Mundial de Clubes Sub-17 e a Copa 2 de Julho Sub-15, entre outros (veja a lista de títulos do clube). O Verdão já está perto de superar o recorde estabelecido no ano passado, quando terminou com 23 títulos.

Divulgação_O Sub-11 do Verdão fez campanha impecável no torneio

DaniCup 2019

> Sub-11

Final:

17/07: Palmeiras 4 x 0 Estrelas do Amanhã – Clube Monte Líbano
Gols: João Paulo, Murilo Felpa, Matheo Simitan e Bernardo Silva

Semifinal:

17/07: Palmeiras 4 x 0 FutSoccer – Clube Monte Líbano
Gols: Vinicius Lima (2) e João Paulo (2)

Quartas de Final:

16/07: Palmeiras 8 x 0 Zico 10 (ES) – Clube Monte Líbano
Gols: Vinicius Lima (3), Murilo Felpa (2), Bernardo Silva (2) e João Paulo

Primeira Fase:

13/07: Palmeiras 11 x 0 Águia Brasil (BOL) – Clube Monte Líbano
Gols: Murilo Felpa (2), Gabriel Abdo (2), Bernardo Silva (2), Vinicius Lima, Guilherme Giehl, João Paulo, Henry, Daniel Prates

14/07: Palmeiras 19 x 0 Gaviões do Cerrado (MG) – Clube Monte Líbano
Gols: Matheo Simitan (3), Lucas Soares (2), Bernardo Silva (2), Vinicius Lima (2), João Paulo (2), Daniel Prates (2), Roger Almeida (2), Henry, Gabriel Abdo, Guilherme Giehl e Murilo Felpa

14/07: Palmeiras 2 x 1 Estrelas do Amanhã – Clube Monte Líbano
Gols: Vinicius Lima e Henry

15/07: Palmeiras 16 x 1 Caruaru City – Clube Monte Líbano
Gols: João Paulo (4), Vinicius Lima (3), Murilo Felpa (3), Bernardo Silva (2), Matheo Simitan (2), Gabriel Abdo e Henry

> Sub-10

Final:

17/07: Palmeiras 10 x 0 Caterpillar Motor (Colômbia) – Clube Monte Líbano
Gols: João França (3), Guilherme Kerchner (2), Brenno Junqueira (2), Eduardo Silva, Osvaldo e Guilherme Rangel

Semifinal:

16/07: Palmeiras 5 x 0 Pitangui – Clube Monte Líbano
Gols: João França (2), Eduardo Silva, Osvaldo e Guilherme Kerchner

Primeira Fase:

13/07: Palmeiras 19 x 0 Zebu EC (Uberaba) – Clube Monte Líbano
Gols: Guilherme Rangel (4), Eduardo Silva (3, Breno (2), Felipe Mitsuru (2), João França (2), João Vitor (2), Lucas Prado, Osvaldo, Cristhofer e Guilherme Kerchner

14/07: Palmeiras 10 x 1 Olimpiense – Clube Monte Líbano
Gols: Guilherme Rangel (2), Guilherme Kerchner (2), João Vítor (2), Osvaldo, João França, Eduardo Silva e Brenno

14/07: Palmeiras 6 x 1 Juventude (MG) – Clube Monte Líbano
Gols: Eduardo Silva (2), Guilherme Rangel (2) e João Vítor (2)

15/07: Palmeiras 7 x 0 Monte Líbano – Clube Monte Líbano
Gols: Brenno (2), Eduardo Silva (2), Osvaldo, Guilherme Kercher e João Vitor

15/07: Palmeiras 14 x 0 Meninos da Vila – Clube Monte Líbano
Gols: Brenno (4), João França (2), João Chaves (2), Eduardo Silva, Lucas Prado, Osvaldo, Felipe Mitsuru, João Vitor e Matheus Rocha

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

Os times Sub-10 e Sub-11 do Palmeiras seguem avançando na DaniCup, disputada em Mirassol-SP. O Sub-11 passou pelo Zico 10 de Vila Velha-ES com goleada por 8 a 0 nas quartas de final, nesta terça-feira (16), enquanto o Sub-10 bateu o Pitangui por 5 a 0 na semifinal e classificou-se para a decisão. As duas categorias têm 100% de aproveitamento na competição.

Divulgação_Com participantes de diversos países, a DaniCup está sendo disputada em Mirassol, no interior de São Paulo

O Sub-11 volta a campo pela semifinal na manhã desta quarta (17), às 8h30, contra o FutSoccer – caso avance, a final será disputada no mesmo dia, às 16h. Já garantido na decisão, o Sub-10 enfrenta o Caterpillar, da Colômbia, às 11h.

O torneio é disputado nas categorias Sub-7 a Sub-14, com 146 equipes e 1800 crianças de sete países (Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Bolívia e Equador) e dez estados brasileiros. Além do Palmeiras, estiveram presentes clubes como Ceará, San Lorenzo (ARG), Peñarol (URU), Olímpia (PAR) e o Caterpillar Motor (COL), entre outros.

O Palmeiras foi campeão da DaniCup do ano passado com a categoria Sub-14. Neste ano, as categorias de base do clube já conquistaram 18 títulos, que incluem taças históricas como a Copa do Brasil Sub-20, o bicampeonato do Mundial de Clubes Sub-17 e a Copa 2 de Julho Sub-15. O Verdão busca superar o recorde do ano passado, quando a base terminou com 23 títulos.

DaniCup 2019

Sub-11

Quartas de Final:

16/07: Palmeiras 8 x 0 Zico 10 (ES) – Clube Monte Líbano
Gols: Vinicius Lima (3), Murilo Felpa (2), Bernardo Silva (2) e João Paulo

Primeira Fase:

13/07: Palmeiras 11 x 0 Águia Brasil (BOL) – Clube Monte Líbano
Gols: Murilo Felpa (2), Gabriel Abdo (2), Bernardo Silva (2), Vinicius Lima, Guilherme Giehl, João Paulo, Henry, Daniel Prates

14/07: Palmeiras 19 x 0 Gaviões do Cerrado (MG) – Clube Monte Líbano
Gols: Matheo Simitan (3), Lucas Soares (2), Bernardo Silva (2), Vinicius Lima (2), João Paulo (2), Daniel Prates (2), Roger Almeida (2), Henry, Gabriel Abdo, Guilherme Giehl e Murilo Felpa

14/07: Palmeiras 2 x 1 Estrela do Amanhã – Clube Monte Líbano
Gols: Vinicius Lima e Henry

15/07: Palmeiras 16 x 1 Caruaru City – Clube Monte Líbano
Gols: João Paulo (4), Vinicius Lima (3), Murilo Felpa (3), Bernardo Silva (2), Matheo Simitan (2), Gabriel Abdo e Henry

Sub-10

Semifinal:

16/07: Palmeiras 5 x 0 Pitangui – Clube Monte Líbano
Gols: João França (2), Eduardo Silva, Osvaldo e Guilherme Kerchner

Primeira Fase:

13/07: Palmeiras 19 x 0 Zebu EC (Uberaba) – Clube Monte Líbano
Gols: Guilherme Rangel (4), Eduardo Silva (3, Breno (2), Felipe Mitsuru (2), João França (2), João Vitor (2), Lucas Prado, Osvaldo, Cristhofer e Guilherme Kerchner

14/07: Palmeiras 10 x 1 Olimpiense – Clube Monte Líbano
Gols: Guilherme Rangel (2), Guilherme Kerchner (2), João Vítor (2), Osvaldo, João França, Eduardo Silva e Brenno

14/07: Palmeiras 6 x 1 Juventude (MG) – Clube Monte Líbano
Gols: Eduardo Silva (2), Guilherme Rangel (2) e João Vítor (2)

15/07: Palmeiras 7 x 0 Monte Líbano – Clube Monte Líbano
Gols: Brenno (2), Eduardo Silva (2), Osvaldo, Guilherme Kercher e João Vitor

15/07: Palmeiras 14 x 0 Meninos da Vila – Clube Monte Líbano
Gols: Brenno (4), João França (2), João Chaves (2), Eduardo Silva, Lucas Prado, Osvaldo, Felipe Mitsuru, João Vitor e Matheus Rocha

Sub-10 e Sub-11 do Palmeiras iniciam a DaniCup 2019 com goleadas na primeira fase

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

Os times Sub-10 e Sub-11 do Palmeiras avançaram invictos e com várias goleadas aos mata-matas da DaniCup 2019, torneio realizado na cidade de Mirassol-SP. As equipes encerraram a primeira fase nesta segunda-feira (15) e terminaram ambas com 100% de aproveitamento – o Sub-11 marcou 48 gols e sofreu dois, enquanto o Sub-10 anotou 56 e também sofreu dois.

Divulgação_O Sub-11 do Palmeiras enfrenta o Zico 10 de Vila Velha-ES nas quartas de final da DaniCup

O torneio é disputado nas categorias Sub-7 a Sub-14, com 146 equipes e 1800 crianças de sete países (Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Bolívia e Equador) e dez estados brasileiros. Além do Palmeiras, estão presentes clubes como Ceará, San Lorenzo (ARG), Peñarol (URU), Olímpia (PAR) e Caterpillar Motor (COL), entre outros.

O Sub-11 disputa as quartas de final nesta terça-feira (16), às 8h30, contra o Zico 10 de Vila Velha-ES. O Sub-10 avançou direto para as semifinais e encara o Sinteticbol Arena Pitangui, às 13h30.

O Palmeiras foi campeão da DaniCup do ano passado com a categoria Sub-14. Neste ano, as categorias de base do clube já conquistaram 18 títulos, que incluem taças históricas como a Copa do Brasil Sub-20, o bicampeonato do Mundial de Clubes Sub-17 e a Copa 2 de Julho Sub-15. O Verdão busca superar o recorde do ano passado, quando a base venceu 23 títulos.

DaniCup 2019

Sub-11

Primeira Fase:

13/07: Palmeiras 11 x 0 Águia Brasil (BOL) – Clube Monte Líbano
Gols: Murilo Felpa (2), Gabriel Abdo (2), Bernardo Silva (2), Vinicius Lima, Guilherme Giehl, João Paulo, Henry, Daniel Prates

14/07: Palmeiras 19 x 0 Gaviões do Cerrado (MG) – Clube Monte Líbano
Gols: Matheo Simitan (3), Lucas Soares (2), Bernardo Silva (2), Vinicius Lima (2), João Paulo (2), Daniel Prates (2), Roger Almeida (2), Henry, Gabriel Abdo, Guilherme Giehl e Murilo Felpa

14/07: Palmeiras 2 x 1 Estrela do Amanhã – Clube Monte Líbano
Gols: Vinicius Lima e Henry

15/07: Palmeiras 16 x 1 Caruaru City – Clube Monte Líbano
Gols: João Paulo (4), Vinicius Lima (3), Murilo Felpa (3), Bernardo Silva (2), Matheo Simitan (2), Gabriel Abdo e Henry

Sub-10

Primeira Fase:

13/07: Palmeiras 19 x 0 Zebu EC (Uberaba) – Clube Monte Líbano
Gols: Guilherme Rangel (4), Eduardo Silva (3, Breno (2), Felipe Mitsuru (2), João França (2), João Vitor (2), Lucas Prado, Osvaldo, Cristhofer e Guilherme Kerchner

14/07: Palmeiras 10 x 1 Olimpiense – Clube Monte Líbano
Gols: Guilherme Rangel (2), Guilherme Kerchner (2), João Vítor (2), Osvaldo, João França, Eduardo Silva e Brenno

14/07: Palmeiras 6 x 1 Juventude (MG) – Clube Monte Líbano
Gols: Eduardo Silva (2), Guilherme Rangel (2) e João Vítor (2)

15/07: Palmeiras 7 x 0 Monte Líbano – Clube Monte Líbano
Gols: Brenno (2), Eduardo Silva (2), Osvaldo, Guilherme Kercher e João Vitor

15/07: Palmeiras 14 x 0 Meninos da Vila – Clube Monte Líbano
Gols: Brenno (4), João França (2), João Chaves (2), Eduardo Silva, Lucas Prado, Osvaldo, Felipe Mitsuru, João Vitor e Matheus Rocha

Sub-10 é campeão da IberCup e base chega a 14 títulos em 2018

Daniel Romeu
Departamento de Comunicação

O time Sub-10 do Palmeiras sagrou-se campeão da IberCup, um dos principais torneios para jovens jogadores de futebol no mundo. A competição foi disputada entre sexta (20) e domingo (22), no Centro de Práticas Esportivas da USP, com o principal intuito de desenvolver e formar os garotos, mas sem deixar de lado o caráter competitivo. O clube participou ainda com as categorias Sub-11, que foi vice-campeã, e Sub-12.
[album]

O Verdão terminou a primeira fase com três goleadas: 7 a 0 sobre o Esplanada Society, 8 a 0 sobre o Referência Brasil e 8 a 1 sobre o Olímpia Soccer. Classificado aos Playoffs Ouro, o time Sub-10 alviverde bateu ainda o Sacoma Sports, por 4 a 2, nas oitavas, o Volta Redonda, por 8 a 0, nas quartas de final, e o Corinthians, na semi, por 3 a 0. Na grande final, superou o Iate Clube Brasília, por 4 a 3. Yago Bodo foi o artilheiro, com 12 gols marcados.

A IberCup é um dos maiores torneios de categorias de base do mundo, com etapas realizadas em vários países – é a primeira vez que uma delas foi disputada no Brasil. A competição é inclusiva e contou com a participação de mais de mil atletas, das categorias Sub-8 a Sub-12. Além dos grandes clubes, as inscrições eram abertas também para projetos sociais e escolinhas.

A etapa realizada em São Paulo serviu de classificatória para as etapas mundiais da IberCup que acontecerão em 2019 em Porto Alegre (entre os dias 15 e 20 de janeiro), Cascais, em Portugal, Dallas, nos Estados Unidos, e Esbjerg, na Dinamarca. Esses quatro, por sua vez, classificam os times para a final mundial, em Bolton, na Inglaterra, marcada para 25 a 28 de maio.

O Sub-11 também fez bonito. Na primeira fase, goleou a Academia Aliança, por 4 a 1, o Esplanada Society, por 7 a 0, e o Aces Sport Academy, por 3 a 0. Nos mata-matas, o Palmeiras passou pelo Volta Redonda, por 5 a 0, nas quartas de final, e pelo Taubaté, na semifinal, por 5 a 0. Na final, acabou superado pelo Flamengo, por 2 a 1.

O Palmeiras participou ainda com os garotos do Sub-12, que na fase de grupos venceram AD Amigos Cidão, por 7 a 0, FSA Esporte Clube, por 6 a 0, e Olímpica EF, por incríveis 18 a 1. Nos playoffs, o Palmeiras derrotou a Portuguesa B, nas oitavas, por 5 a 0, e a Portuguesa A, por 3 a 0, nas quartas de final. Na semifinal, acabou superado pelo Atlético-PR pelo placar mínimo de 1 a 0.

A base do Palmeiras vive seu melhor momento na história do clube e, com a conquista deste domingo (22), chegou a 14 títulos somente em 2018 (oito deles em torneios no exterior). O título do Sub-10 marca ainda a primeira taça conquistada pela categoria no Palmeiras, já que ela foi inserida nesta temporada no futebol de campo.

Junior Gois/ Divulgação Ibercup_Sub-11 do Palmeiras sagrou-se vice-campeão do torneio